Justiça em Foco - Advogada é pedida em casamento durante audiência na Justiça do Trabalho - Notícias
(1) 2 3 4 ... 118 »
Justiça em Foco : Advogada é pedida em casamento durante audiência na Justiça do Trabalho
Enviado por alexandre em 27/05/2015 23:21:02

Advogada é pedida em casamento durante audiência na Justiça do Trabalho


Uma audiência na Justiça do Trabalho de Vitória, no Espírito Santo, que aconteceu nesta terça-feira (26), foi marcada por um pedido inusitado de um reclamante, para que a juíza fizesse consta na ata da sessão um pedido de casamento para sua advogada. A advogada Silvia Veloso foi pedida em casamento pelo também advogado Pablo Rodrigues, que era seu cliente em uma ação trabalhista. A juíza Flávia Martins Pepino afirma que nunca havia presidido uma audiência que culminasse em um pedido de casamento. “Era uma audiência normal, a secretária apregoou, as partes entraram, tinha que designar uma perícia, a advogada, no início, disse que não estava se sentindo bem, perguntou se poderia antecipar, ai eu fiz tudo, e no final, o reclamante pediu a palavra e perguntou se podia fazer um requerimento para constar em ata”, conta. A juíza diz que o reclamante disse que precisava fazer constar em ata uma prova de outro processo. “Eu perguntei: sim, mas o que? Aí ele disse, quando eu falar, a senhora vai saber. Eu disse: o senhor pode fazer e se eu entender que é válido eu consto na ata. Aí ele falou: eu gostaria que constasse meu pedido de casamento e saber se a doutora, minha advogada, se aceita casar comigo. Todo mundo ficou muito surpreso” lembra a magistrada. A juíza afirma que olhou para Silvia e percebeu que ela ficou muito envergonhada. Ela também perguntou para advogada se poderia fazer constar em ata o pedido de casamento e se ela aceitava se casar com Pablo. Os dois se olharam, e foi aí que a julgadora percebeu que os dois já se conheciam. “Até então, eu achei que era um reclamante que se apaixonou pela advogada e resolveu pedir em casamento, mas não. Eles já eram noivos, mas não tinham demonstrado antes”, afirma. Segundo Flávia Martins, o pedido de casamento “foi uma coisa diferente para alegrar o dia”. O site G1 do Espírito Santo, Pablo contou que entrou com uma ação contra a empresa que havia trabalhado pedindo adicional de periculosidade, e que Silvia foi sua advogada, por atuar na esfera trabalhista. Tudo foi planejado por ele a caminho da audiência. O casal participa de uma promoção para se casar no Rock in Rio, em setembro deste ano, e já foi aprovado em duas etapas. Em 2013, o casal fez uma festa de noivado para mais de 100 pessoas, mas o pedido, na época, não foi de casamento, foi apenas de noivado. Silvia disse que foi pega de surpresa com o pedido, pois não imaginava que ele fosse fazer isso em uma audiência. Os dois se conheceram na faculdade, quando Silvia ela era aluna dele. Na época, Pablo era noivo e Silvia era casada, o que os impediu de ficarem juntos. Anos depois, com o fim do relacionamento dos dois, eles se reencontraram e começaram a namorar em junho de 2010.

Justiça em Foco : STF barra PEC da Bengala a outras instâncias
Enviado por alexandre em 22/05/2015 12:15:04

STF barra PEC da Bengala a outras instâncias

O Supremo Tribunal Federal decidiu por freio aos tribunais estaduais que nos últimos dias autorizaram a extensão dos benefícios da chamada PEC da Bengala a juízes de instâncias inferiores.

Aprovada no dia 5, a emenda constitucional elevou de 70 para 75 anos a idade da aposentadoria obrigatória no Supremo Tribunal Federal e em outros tribunais superiores, mas não estendeu a mudança aos desembargadores dos tribunais estaduais nem aos juízes da primeira instância.

Mesmo assim, desembargadores de São Paulo e Pernambuco decidiram aplicar as novas regras a seus colegas, em decisões de caráter provisório. Nesta quinta-feira (20), o Supremo decidiu que só uma lei complementar proposta por iniciativa do próprio STF e aprovada pelo Congresso poderia garantir esse direito a outros magistrados.(Da Folha de S.Paulo - Pedro Thomé)

Justiça em Foco : Novo ministro toma posse em junho
Enviado por alexandre em 22/05/2015 12:12:46

Novo ministro toma posse em junho

O novo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luiz Edson Fachin tomará posse no dia 16 de junho. A cerimônia está prevista para começar às 16 horas.

O evento ocorrerá no plenário da corte, onde o magistrado assinará o termo de posse. Em seguida, o ele irá receber cumprimentos no Salão Branco do Supremo.

O nome de Fachin foi aprovado pelo plenário do Senado por 57 votos a 22, na última terça-feira (19). Ele ocupará a cadeira deixada por Joaquim Barbosa, que se aposentou no final de julho do ano passado.

Justiça em Foco : Novo ministro toma posse em junho
Enviado por alexandre em 22/05/2015 12:11:54

Novo ministro toma posse em junho

O novo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luiz Edson Fachin tomará posse no dia 16 de junho. A cerimônia está prevista para começar às 16 horas.

O evento ocorrerá no plenário da corte, onde o magistrado assinará o termo de posse. Em seguida, o ele irá receber cumprimentos no Salão Branco do Supremo.

O nome de Fachin foi aprovado pelo plenário do Senado por 57 votos a 22, na última terça-feira (19). Ele ocupará a cadeira deixada por Joaquim Barbosa, que se aposentou no final de julho do ano passado.

Justiça em Foco : Consequências da PEC da Bengala
Enviado por alexandre em 10/05/2015 23:44:53

Consequências da PEC da Bengala

A aprovação da chamada PEC da Bengala deve gerar uma corrida aos tribunais para que outras instâncias da magistratura consigam aumentar de 70 para 75 anos a idade da aposentadoria compulsória.

A emenda só vale para ministros do Supremo Tribunal Federal, dos tribunais superiores e do Tribunal de Contas de União, mas uma liminar da Justiça de Pernambuco concedeu a medida a um desembargador do Estado.

Para a presidente do Conselho Consultivo da Associação Nacional dos Procuradores de Estado, Márcia Semer, a decisão é equivocada, mas deve “fazer pipocar mais pedidos” país afora. As informações são do jornal O Globo.

(1) 2 3 4 ... 118 »