(1) 2 3 4 ... 98 »
Amor e Sexo : Advogado embriagado atropela ciclista com BMW e na sequencia carreta esmaga corpo da vítima na zona leste de Porto Velho
Enviado por alexandre em 29/11/2022 14:36:54


A Polícia Militar do batalhão de trânsito esteve no local realizando os trabalhos de praxe e solicitou apoio de uma guarnição de setor para dá suporte no atendimento da ocorrência

Porto velho, RO - Uma tragédia foi registrada na noite de segunda-feira (28), onde uma ciclista ainda não identificada foi violentamente atropelada por um carro modelo BMW e na sequência ser esmagada por uma carreta na rotatória da Avenida Imigrantes com Guaporé no bairro Aponiã, zona leste de Porto Velho.

De acordo com informações preliminares, o motorista da BMW é um advogado que não foi identificado seguia na Guaporé e quando fez a rotatória para seguir na Estrada da Penal atropelou a ciclista que também seguia na rotatório e ao ser atingida ela foi atingindo e arrastada por uma carreta que seguia no mesmo sentido e acabou sendo esmagada pela carreta tendo a ciclista morte instantânea.

A Polícia Militar do batalhão de trânsito esteve no local realizando os trabalhos de praxe e solicitou apoio de uma guarnição de setor para dá suporte no atendimento da ocorrência onde convidaram o motorista a fazer o teste do bafômetro onde ele se negou a fazer e recebeu voz de prisão, pós apresentava visível embriaguez e foi conduzido e apresentado na central de flagrantes para as devidas providências que o caso requer. O motorista da carreta fez o teste do bafômetro dando resultado negativo para embriaguez na direção e foi liberado.

A perícia criminal junto com o rabecão foram solicitados para fazer os trabalhos necessários e após a conclusão o corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal. Até o fechamento dessa matéria a mulher ainda não havia sido identificada.

Foi identificada como Helem Tayná Oliveira de Araújo, de 18 anos, a ciclista que morreu, na noite desta segunda-feira (28), após ser atropelada por uma carreta, na rotatória da Avenida Guaporé com Imigrantes, em Porto Velho. O advogado André M.N., 40 anos, que dirigia um BMW 320i ActiveFlex, apontado como o causador do acidente, foi preso pela Polícia Militar. 


De acordo com o boletim de ocorrência, o motorista da carreta trafegava pela Imigrantes, sentido avenida Rio Madeira, para a Estrada Penal. Helem Tainá estava em uma bicicleta e seguia pela mesma via, no lado direito da pista, no mesmo sentido da carreta. 

Em determinado momento, ao passarem pelo cruzamento da Guaporé, entrando juntos na rotatória, André, que trafegava pela Avenida Guaporé, no sentido da Calama, entrou na rotatória colidindo violentamente com a ciclista, que foi arremessada para baixo da carreta.

Ao frear a carreta, o motorista do veículo pesado acabou passando em cima do corpo da ciclista, dilacerando a região do abdômen, virilhas e membros inferiores da jovem. Ela morreu na hora, antes mesmo de receber atendimento médico. 

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada, e quando chegou no local, percebeu que André apresentava sinais de embriaguez. Ele foi convidado a realizar o teste do bafômetro, mas se recusou. 

Mesmo com a recusa de fazer o teste do bafômetro, os policiais constataram que ele apresentava sinais de embriaguez, como odor etílico, capacidade psicomotora alterada e desordem nas vestes. André afirmou para os militares que teria ingerido bebidas alcoólicas cerca de 30 minutos antes de se envolver no acidente. 

O motorista da carreta também realizou o teste do bafômetro, que apresentou resultado negativo. 

André recebeu voz de prisão, e foi levado para o Departamento de Flagrantes, onde ficou à disposição do delegado plantonista.t

Rondoniagora.com

Fonte: Redação


Amor e Sexo : Será que eu vou gozar? 6 atitudes que podem te dar ansiedade sexual
Enviado por alexandre em 22/11/2022 00:22:45

A ansiedade sexual é mais comum do que se pode imaginar. De acordo com um estudo publicado no National Library of Medicine, até 25% dos homens experimentam a sensação, enquanto cerca de 16% das mulheres a sentem.


Também chamada de ansiedade de desempenho, ela se manifesta por conta da preocupação com a logística do sexo: “Vou conseguir ter uma ereção/mentâ-la?”; “Vou estar lubrificada o suficiente?”; “Será que vou conseguir gozar?”; “Será que essa posição me deixa esquisita?”, entre outras coisas.


Se este é seu caso, confira alguns motivos – segundo especialistas entregaram ao site Insider – que podem estar te levando a isso:

 

Veja também

 

Por que tantos millennials relatam viver casamento sem sexo

 

4 motivos para fazer terapia e colocar a saúde mental em primeiro lugar

Imagem corporal ruim: não se sentir bem com o próprio corpo pode estragar toda a diversão na hora do sexo. “Isso realmente nos tira da experiência de sentir com completude o que está acontecendo no nosso corpo, que é o que queremos focar”, diz a terapeuta sexual Rachel Zar.

 

Falta de conexão com a parceria: a desconexão pode acontecer porque você conheceu alguém há pouco tempo, mas também ocorre com pessoas que estão em relacionamentos longos.

 

“Essa desconexão pode fazer sua mente vagar durante o sexo, dando à ansiedade um espaço para se infiltrar. Além disso, se você estiver se sentindo distante, é mais provável que seu cérebro entre no ‘modo de desempenho’, desencadeando ansiedade”, diz Zar.

 

Crenças negativas e vergonha: não é incomum carregar crenças negativas sobre sexualidade, que ainda é considerada um tabu. “Por exemplo, se você foi ensinado quando criança que o sexo é ruim ou sujo, você pode sentir vergonha de se envolver em comportamentos sexuais”, explica a terapeuta Lena Elkhatib.Se concentrar demais na parceria:

 

“Tendemos a pensar que estar sintonizado com os desejos de nossos parceiros durante o sexo é uma coisa boa, mas se você se concentrar demais nele em detrimento do seu próprio prazer, isso pode causar ansiedade de desempenho”, afirma Lena.

 

Obstáculos físicos: Rachel Zar elucida que, se algo aconteceu para que seu desempenho sexual tenha mudado em algum aspecto, isso pode ser um gatilho para a ansiedade. “Por exemplo, se você não consegue mais ter uma ereção de forma consistente – algo que acontece com muitos homens à medida que envelhecem – você pode desenvolver ansiedade”, diz.

 

Experiências negativas anteriores: Se alguém comentou negativamente sobre seu desempenho sexual no passado, isso pode deixá-lo ansioso sobre futuros encontros sexuais. Comentários pequenos como ‘Por que você não está duro?’ ou ‘Por que você não está tendo um orgasmo?’ podem facilmente te deixar ansioso(a)”, pontua a terapeuta Jennifer Litner.

 

Fonte: Metropóles
 

LEIA MAIS

Amor e Sexo : SEXO PROGRAMADO: entenda como a prática pode salvar seu relacionamento
Enviado por alexandre em 13/11/2022 21:00:25

Quando se é casado, não necessariamente no sentido civil, mas quando o casal mora junto, é comum que as pessoas, depois de um tempo, caiam em uma certa rotina. Correria do dia a dia, problemas financeiros, trabalho, obrigações e discussões podem acabar se sobrepondo à intimidade e esfriando o “rala e rola” quando o assunto é sexo.

Apesar de isso acontecer com frequência, não precisa ser obrigatório. De acordo com a terapeuta sexual Tâmara Dias, manter a chama do relacionamento acesa é, antes de qualquer coisa, uma decisão.

“Se você quis estar em um relacionamento duradouro e incrível, trabalhe para isso, se esforce. Isso não será somente pelo outro, mas por vocês dois”, explica.

Até porque, ainda que as pessoas considerem algo “normal”, cair na rotina é algo que pode ser muito nocivo para a relação. “Se deixarmos a rotina do relacionamento ficar chata, isso irá refletir nas outras áreas da vida e vice e versa. Acabamos deixando de perceber a magia das pequenas coisas e o sexo ganha outro significado – deixa de ser conexão e troca para ser alívio de estresse ou qualquer outra coisa”, diz.

Sexo programado

Ao longo do tempo, as pessoas são ensinadas que sexo é todo sobre espontaneidade, mas não precisa ser assim. Pelo contrário: um sexo marcado na agenda ou separar um dia da semana para mandar os filhos para a casa da avó e ter um “date do casal” é algo muito importante e recomendado para a manutenção do relacionamento.

“Assim, o casal consegue planejar o que querem fazer e principalmente aumentar a tensão sexual. A expectativa alimenta o desejo”, afirma Tâmara.

Para isso, não é necessário fazer algo elaborado ou ir para um restaurante caríssimo. Na verdade, o date especial pode ser na própria casa. Quer saber como inovar o repertório sexual nesse momento e já marcar com o mozão?

Confira algumas dicas da sexóloga:

Massagem erótica: o legal da massagem erótica é que não tem certo ou errado. Você não precisa ser um mestre na massagem. A intenção é criar intimidade e conexão entre os dois, além de relaxar sua parceria. Isso também vai fazer com que ela fique mais aberta e receptiva ao seu toque. É muito importante que você esteja totalmente concentrado somente na massagem. Use a criatividade para preparar o ambiente, escolha um óleo ou gel de massagem e explore o toque. Use as mãos, as pontas dos dedos, objetos com diferentes texturas. Aperte, lamba, sopre, aproveite o momento”.

Dança sensual: a dança é uma forma de empoderamento, de aumentar a autoestima. Não precisa ser algo profissional, tem muitas dicas no YouTube bem legais. “Treine para sentir-se segura, mas lembrando que o mais importante é curtir o momento”, ensina.

Bondage: o simples fato de amarrar sua parceria oferece novas experiências físicas, sentimentos intensos de confiança e cumplicidade. Cordas, algemas, fitas adesivas, gravata ou qualquer coisa que possa ser utilizada para amarrar e prender uma pessoa pode ser utilizada para essa brincadeira. As vendas nos olhos podem deixar a brincadeira ainda mais interessante.

Aqui, o parceiro ativo pode explorar o corpo do outro alternando entre toques sutis e mais fortes, masturbação, sexo oral, uso de vibrador, enquanto a parceria passiva sente prazer pela sensação de ser estimulada enquanto está imóvel. Essa prática pode fortalecer o relacionamento, já que, exige e implica em um nível de confiança e entrega da pessoa amarrada. Importante: essa entrega é voluntária e de comum acordo!

Brinquedos eróticos: os vibradores são brinquedos que estimulam e relaxam dando prazer. Existem também os dildos, que são os brinquedos fálicos que imitam o pênis e podem vibrar ou não. Podem ser utilizados para penetração durante a masturbação ou simular dupla penetração. Também existem os estimuladores de mamilos, entre outros. O importante é se permitir a novas sensações, respeitando sempre o seu limite e o do outro. Géis excitantes e lubrificantes não podem faltar. Há uma seleção ampla de marcas, tipos e qualidades. Vocês certamente irão gostar de algum.

Fonte: Polêmica Paraíba com Pouca Vergonha

Créditos: Polêmica Paraíba

Amor e Sexo : Especialista ensina 6 maneiras de cuidar do seu bem-estar sexual
Enviado por alexandre em 05/11/2022 21:36:53

Os cuidados com o corpo e a mente estão em voga nos dias atuais, até porque tratar de si mesma é um sinal de amor-próprio e amor à vida. Mas, para além dos tratamentos para a pele, unhas e cabelos, o que você tem feito pelo seu bem-estar sexual?

 

Pois é. Essa é uma pergunta muito importante e é possível ir além: o que você tem feito para cuidar da saúde de sua região íntima? Você sabe como fazer a higiene íntima do jeito certo? Parece uma pergunta óbvia, mas sabia que muitos hábitos que podem parecer higiênicos são prejudiciais à saúde?

 

Esses questionamentos são importantes para garantir uma rotina de “ppkare” de respeito. O termo, cunhado por Isabella Cerqueira, que é CEO de uma marca de bem-estar sexual, se assemelha a outros termos já existentes no mercado como o skincare, haircare e diz respeito aos cuidados com a região íntima da mulher.

 

Veja também

 

Sexo: qual sua importância para o bem-estar e a relação a dois

 

Sonhando com sexo? Confira o significado de 10 sonhos eróticos

“Voltar os olhares e cuidados para ela, diariamente, fará toda a diferença. Você se sentirá mais leve e confortável e ainda poderá prevenir possíveis problemas de saúde e disfunções. A melhor rotina começa com o autoamor e autoconhecimento”, defende a empreendedora.
Por isso, que tal conferir maneiras de garantir seu bem-estar sexual a partir de passos simples? Continue a leitura e saiba quais são.

 

1. USE LUBRIFICANTES

 

Item essencial para garantir a hidratação da região íntima, o produto também ajuda a manter o pH vaginal, evitar ressecamentos e fissuras e ainda auxilia na proteção contra a vaginose, fungos e bactérias. Além de potencializar o seu prazer, é claro!

 

A dica para escolher o produto ideal é prezar sempre por lubrificantes neutros, sem essências com odor, hipoalergênicos e à base de água, já que se dão bem em todos os tipos de pele e ocasiões.

 


 

2. PRATIQUE EXERCÍCIOS VAGINAIS 

 

Se o corpo humano como um todo precisa de exercícios, por que a região íntima não precisaria, não é mesmo? E isso se deve principalmente por conta do assoalho pélvico, um músculo que fica fraco se não for exercitado.

 

Fonte:Metopóles 

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRI

Amor e Sexo : Orgasmo mental? Saiba se é possível gozar sem toques físicos
Enviado por alexandre em 24/10/2022 09:37:48

Com o metaverso em alta, muito se fala sobre o sexo dentro dessa realidade virtual, com pessoas relatando sentir muito prazer e até mesmo chegar a orgasmos. Mas a dúvida que não quer calar é: chegar ao climax sem nenhum toque físico é mesmo possível?

 

A resposta, segundo a psicóloga e sexóloga Alessandra Araújo, é sim. Ainda que o sexo seja muito atrelado ao toque físico — principalmente às genitálias —, a especialista lembra que o ápice do prazer está tão atrelado à mente quanto ao corpo.

 

A mente tem poderes muito mágicos. Um exemplo dessa possibilidade é o fato de muitas pessoas acordarem excitadas e completamente molhadas depois de um sonho erótico, em que tudo aconteceu na imaginação. É tudo trabalho da mente”, exemplifica.

 

Veja também

 

Como ter um orgasmo usando apenas a respiração

 

Orgasmo anal existe? Confira 3 dicas para chegar lá

O processo de chegada ao orgasmo só com a mente é o mesmo da excitação visual e auditiva, por exemplo. Para Alessandra, quando as pessoas aprendem a trabalhar os cinco sentidos, juntos e separadamente, elas passam a experimentar sensações jamais vividas.

 

 

E A INTENSIDADE? 


Ainda que seja possível, um clímax atingido só com o poder do pensamento costuma ser menosprezado pelas pessoas. “A habilidade de gozar sem toques físicos pode, sim, ser treinada. E, com o tempo, esses orgasmos podem vir a ser até mais intensos do que os tradicionais”, pontua.
“Infelizmente, nós temos uma cultura que diz ser necessário estar muito bem, tranquilo e com todas as necessidades atendidas para poder ter uma vida sexual legal com a parceria, mas não é isso. O sexo serve também como esse relaxamento”, diz.

 

Fonte:Metropólis

LEIA MAIS

(1) 2 3 4 ... 98 »
Publicidade Notícia