Regionais - Eleições na OAB/RO: Pré-candidata Zênia Cernov foi pedir as Bençãos do governador Marcos Rocha - Notícias
(1) 2 3 4 ... 18067 »
Regionais : Eleições na OAB/RO: Pré-candidata Zênia Cernov foi pedir as Bençãos do governador Marcos Rocha
Enviado por alexandre em 19/10/2021 22:21:44

Capital: A Folha Rondoniense recebeu foto e relato da visita que a pré-candidata nas eleições da OAB/RO Zênia Cernov, fez ao governador Marcos Rocha, de um advogado funcionário público, que pediu para não ser identificado, baseado na lei de Imprensa que rege o sigilo das informações e fonte.

Vale Tudo nas Eleições da OAB

Segundo a Fonte, já começa a circular entre os advogados servidores do estado, que Zênia Cernov é a candidata do governador Marcos Rocha, e que a visita foi mais um “Beija Mão do Governador” sendo uma grande demonstração da mais pura vassalagem ao chefe de governo do estado.

A advogada Zênia Cernov, cuja credencial mais relevante, é a de ser esposa do advogado mega milionário Hélio Viera, ex presidente da OAB, parte para o vale tudo nas eleições, fazendo com que as eleições da Ordem, extrapole o universo da advocacia, mostrando claramente uma ingerência do poder executivo nas eleições, ocorrendo um sério risco de os advogados servidores do estado se sentirem intimidados a acompanhar o governador Marcos Rocha nesse seu posicionamento.

Essa relação  de dirigentes da Ordem  com poderes do estado, já trouxe muitos dissabores  para a OAB no inicio da década de 2 mil

Segundo um advogado ouvido pela Folha, que falou que a Ordem dos Advogados de Rondônia, não tem partido, não tem preço, não tem cor partidária, nem grupo politico,  e essa visita de Beija Mão, não acrescenta nada ao processo eleitoral da Ordem, é sim um episódio lamentável, que  merece uma análise muito séria de toda a advocacia o estado

 

Da Redação Folha

Autor Jornalista Gomes Oliveira- Reg. prof. 1272/RO

Regionais : Primeiras-Damas: Ieda Chaves e Luana Rocha são dois fortes nomes para as eleições de 2022
Enviado por alexandre em 19/10/2021 22:20:00

O fato é que Ieda Chaves e Luana Rocha são dois importantes nomes que podem causar muita dor de cabeça em seus adversários. Lembrando-se que há muito tempo não tínhamos duas primeiras-damas tão atuantes.

Não é mais segredo para ninguém as pretensões políticas da primeira-dama de Porto Velho, Ieda Chaves, que tem desenvolvido um brilhante trabalho social na capital através do seu projeto ‘Criando Laços’ nos últimos 5 anos. Há quem diga que a estreia de Ieda na política está demorando, tendo em vista que ela conseguiu consolidar seu nome e seu trabalho em Porto Velho, nos distritos e em muitas outras cidades do estado.

Sempre ao lado de seu marido, o Prefeito Hildon Chaves, Ieda se faz extremamente importante em articulações dentro do grupo político a qual o casal faz parte, sempre atenta e disposta ajudar a primeira-dama, acabou ganhando seu próprio espaço e se destacando.

Falando em primeira-dama, temos também nossa Secretária Estadual de Assistência Social, esposa do governador Marcos Rocha, Luana Rocha, que estreou na política quando foi candidata a deputada federal em 2018, tendo 5.605 votos. Com a tentativa de reeleição de Marcos Rocha, nos bastidores do grupo político do casal, o nome de Luana se destacou para uma possível nova candidatura.

Luana está sempre acompanhando seu marido em suas agendas pelo interior do estado e apresentando os projetos que vem desenvolvendo, mas apesar de estar à frente de uma grande Secretaria, seu trabalho através da pasta acaba não recebendo o merecido destaque. O porque não sabemos, entretanto, as más línguas dizem que é por falta de divulgação, outras por descuido de assessoria.

O fato é que Ieda Chaves e Luana Rocha são dois importantes nomes femininos no cenário político de 2022 e que podem causar muita dor de cabeça em seus adversários. Lembrando-se que há muito tempo não tínhamos duas primeiras-damas tão atuantes, mostrando que a frase ‘Por trás de todo rei, existe uma rainha’ é coisa do passado, e que as mulheres estão caminhando lado a lado com seus parceiros e construindo seu próprio espaço.

Fonte - Rayane Trajano


Primeira – dama de Porto Velho recebe homenagem por apoio ao esporte

Atletas estenderam tapete vermelho para Ieda Chaves que não conteve as lágrimas diante da surpresa

“Com toda reverência que lhe é merecida, nós crianças e jovens do esporte de Porto Velho, estendemos o tapete vermelho para que a senhora saiba da nossa gratidão pelo apoio incondicional que recebemos.”

O trecho do discurso da atleta que representou os seus pares na homenagem prestada à primeira – dama de Porto Velho Ieda Chaves,  pelo apoio à prática esportiva, simboliza a gratidão de dezenas de crianças e adolescentes  que vêm recebendo o incentivo por parte da gestão municipal.

Hildon Chaves é o primeiro prefeito de Porto Velho que doa integralmente todo mês o seu salário em prol da população.  O esporte é uma das áreas contempladas pela  remuneração do chefe do Executivo, por meio da primeira – dama que incentiva atletas a participarem de competições,  dentro e fora do Estado.

Apontada numa pesquisa realizada por intelectuais como a primeira – dama mais atuante na história da capital de Rondônia e homenageada por outros setores da sociedade, a exemplo, da AMA-RO – Associação de Pais e Amigos do Autista de Rondônia – Ieda Chaves não tinha se emocionado tanto em público, como ocorreu ao receber os agradecimentos do esporte.

“É muito emocionante acompanhar de perto o sucesso dessas crianças e adolescentes. Vocês brilham e ainda têm muito para brilhar. Muito obrigada”, declarou a homenageada.

Ieda Chaves , que   recebeu flores e uma placa, não conteve as lágrimas ao ser surpreendida pelas crianças e adolescentes lhe estendendo um tapete vermelho na sua chegada.  A  homenagem foi  prestada  no sábado, 16, no  no Centro de Artes e Esportes Unificados (Praça CEU), localizado no bairro JK, na zona Leste.

 

FONTE: ASSESSORIA –  AUTOR:> JOÃO ALBURQUERQUE

Regionais : Jair diz que Padovani virou ‘dono’ da SEAGRI e denuncia nomeações suspeitas
Enviado por alexandre em 19/10/2021 22:11:36

Montes aproveitou a oportunidade para denunciar outra suposta prática irregular, a terceirização de britagem das rochas de calcário do Estado.

Pouco mais de cinco minutos foi o tempo suficiente para o deputado Jair Montes (AVANTE) “causar” na sessão de hoje (19) da Assembleia Legislativa de Rondônia (ALERO) com torpedos de denúncias e reclamações. Na ocasião, ele alertou o Governador Marcos Rocha (PSL) sobre a postura de alguns secretários, principalmente do atual gestor da Secretaria de Estado de Agricultura (SEAGRI), Evandro Padovani e da existência de suposta terceirização de calcário na região de Pimenta Bueno.

“Tem secretários aqui que estão se achando os donos das secretarias! Um desses é o Padovani, Secretário de Agricultura. Ele vai fazer 12 anos de secretaria, pois esteve no tempo do Confúcio e agora do Rocha. A Secretaria é dele! E tem uma senhora Regiane Lucas, que acho que ela é adjunta ou é a dona de lá porque nomeou irmão, cunhado e o irmão nomeou outro irmão, virou uma Secretaria familiar! Ela manda e venho recebendo denúncias de servidores da Seagri de pessoas que são obrigadas a tomar a vacina por causa de uma norma dela. Quem não apresentar o cartão, deixa de entrar na secretaria!”, disparou.

Em seguida, o parlamentar fez um alerta direto a Marcos Rocha: “Abra o olho, governador! Eu estou levantando tudo, pedindo informações da Seagri!”.

Montes aproveitou a oportunidade para denunciar outra suposta prática irregular, a terceirização de britagem das rochas de calcário do Estado. Sobre o assunto, o parlamentar disse que o atual gestor precisa se explicar e informou que vai acionar o Ministério Público de Rondônia (MP-RO) e a Polícia Civil para investigar a denúncia.

“O Queridão terceirizou a britagem das rochas de calcário do estado de Rondônia! Ele terceirizou para uma empresa! Há um tempo atrás, no tempo do Cassol não podia, no tempo do Confúcio não podia, e agora pode por quê?” Por que o Queridão fez isso? Foi terceirizado e ninguém sabia de nada! Outro absurdo, governador Marcos Rocha! Eu vou passar as informações para o Ministério Público de Rondônia para investigar, para a Polícia Civil investigar. Não podemos chegar num ótimo mandato do governador Marcos Rocha e viver nessa situação”, acrescentou.

O deputado Lazinho da Fetagro (PT) pediu que a Mesa Diretora pudesse tomar alguma providência sobre a denúncia. Ele questionou se houve algum pedido na Casa de Leis quanto à existência de algum projeto neste sentido, de privatização ou terceirização. No final, o presidente da sessão solicitou que Jair Montes pudesse encaminhar um requerimento para convidar o “Queridão” para prestar informações. 

Fonte - News Rondônia

Regionais : Confúcio Moura faz críticas ao MDB e diz que partido deve lutar para formar chapas puro-sangue
Enviado por alexandre em 19/10/2021 22:10:47

Porto Velho, RO – O senador licenciado Confúcio Moura, do MDB, já cotado como possível pré-candidato ao Governo de Rondônia em 2022, postou texto em seu blog particular tecendo críticas ao partido a qual pertence.

Em determinadas passagens, Moura admite que a sigla faz composições “a Deus dará” e que há “caciques que não mudam”.

Por fim, aposta nas chapas puro-sangue como alternativa.

Leia a íntegra abaixo:
MDB renovado

O MDB (Movimento Democrático Brasileiro), por ser um dos partidos mais antigos, deve dar uma guinada espetacular, mais ou menos, como os artistas do Circo de Soleil fazem. Coisa que parece impossível de o ser humano fazer, no circo é feito e bem feito.

Assim, o nosso partido já cumpriu as fases da história que exigiu coragem e determinação.

E fez bem feito o que precisava ser feito.

Passado o tempo, o MDB se contentou em ser um partido sem unidade, quase sempre, apoia um candidato aqui, outro ali, mesmo de outro partido, que não tenha nada a ver com o nosso estatuto e vai fazendo composições a “deus dará”.

Termina virando uma sopa de letrinhas, que basta dar um estalido de dedos e lá vai o MDB atrás, por qualquer que seja as oferendas. Do outro lado, um partido com seus “caciques”, que não mudam, enquanto vivos, nem que a vaca tussa.

Assim não dá.

Todo mundo está vendo a crise da democracia no mundo e mais intensamente por aqui (Brasil).  O povo clamando por um discurso que venha de encontro às suas necessidades reais. E nada acontece na prática, para que as pessoas se sintam bem.

Pois bem, o que estamos vendo nas favelas brasileiras, a luta criativa pela organização das comunidades, de tal forma, que um ajude o outro, e que o favelado deixe de se sentir vitimado e passe a ser um brasileiro orgulhoso, criativo, empreendedor. Eu li dias atrás que a solução para o Brasil pode vir das favelas. Por suas lideranças e organizações da sociedade civil.

Temos que dar uma guinada. Não é fácil dar esta guinada de 180 graus. Em todos os sentidos. Buscando gente nova. Porque tem por aí, gente valorosa, idealista, procurando um partido político que os acolha e que aceite a divergência.

Creio que o momento é este. Não havendo mais coligações, o MDB deve lutar para formar suas chapas puro-sangue. Formar um discurso novo. Capacitar novas lideranças. E abrir os braços, com um programa de governo que possa ser seguido pelos seus filiados, vereadores, prefeitos, Governadores, enfim, a todos os políticos -novos e velhos – para um propósito, de longe falado e nunca colocado em prática, que é o de encaminhar o país num rumo ao crescimento econômico e social, como se diz: “desenvolvimento sustentável”.

Por Rondoniadinamica
 
Leia Também
Prefeitura de Porto Velho prioriza recapeamento, PDT fortalecido em Nova Brasilândia, Câmara Arbitral e Escola do Legislativo parceiras
RD POLÍTICA
Prefeitura de Porto Velho prioriza recapeamento, PDT fortalecido em Nova Brasilândia, Câmara Arbitral e Escola do Legislativo parceiras

Regionais : Grande operação de desocupação de fazendas tem prisões e ponte queimada em Nova Mutum
Enviado por alexandre em 19/10/2021 21:59:42

Grande operação de desocupação de fazendas tem prisões e ponte queimada em Nova Mutum

Dois homens foram presos pela Polícia Militar nesta segunda-feira (18), durante a Operação Nova Mutum, que tem como objetivo de dar cumprimento nos mandados judiciais de reintegração de posse nas fazendas Arco-Íris, Boi Sossego, Três irmãos I e III, Norbrasil, Nova Esperança e Santa Carmem.

A abordagem da dupla aconteceu no fim da linha 23. Entre um dos presos, está um integrante da Liga dos Camponeses Pobres (LCP). Ele foi conduzido para a Delegacia Policial do distrito de Extrema pelo crime de organização criminosa.

Segundo a Polícia, há indícios de que o homem pertence e dá suporte a organização criminosa que se encontra instalada na região. Ele estava com aproximadamente R$ 2 mil em espécie, R$ 5 mil em cheque e uma nota promissória no valor de R$ 10 mil, um aparelho celular novo e uma motocicleta Honda Broz, que foi apreendida.

Ainda na segunda-feira, o patrulhamento preventivo rendeu na saída de algumas pessoas voluntariamente do local de litígio.

Nos primeiros dias também foi verificado a inutilização de pontes, que foram cerradas e queimadas, e tentativa de bloqueio de vias rurais com a derrubada de árvores pelos invasores, objetivando dificultar o trabalho de reconhecimento da região pelos integrantes da Operação Policial.

O patrulhamento aéreo do Núcleo de Operações Aéreas (NOA) facilitou o reconhecimento de toda a região.

Grande operação de desocupação de fazendas tem prisões e ponte queimada em Nova Mutum

A missão

A Operação objetiva agir preventivamente na região, cessando e evitando ilícitos diversos com o patrulhamento ostensivo, dando o aporte de segurança necessária para a reintegração de posse da área em litígio, com o apoio na segurança dos oficiais de Justiça que executarão os mandados judiciais.

A Polícia informou que a operação deu início no dia 16 de outubro, com o lançamento de efetivo policial no terreno para efetivação do policiamento rural nas imediações do local de litígio, com o objetivo de controlar as estradas de acesso, buscando evitar a entrada de suprimentos e pessoas na região invadida.

Um levantamento feito pelas autoridades policiais apontou que mais de 400 famílias e aproximadamente três mil invasores estão na região.

Participam da operação a Polícia Militar, com suas diversas organizações policial administrativa e operacional, Corpo de Bombeiros Militar, Força Nacional de Segurança Pública, Núcleo de Operações Aéreas (NOA) da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) e outros.






(1) 2 3 4 ... 18067 »