Regionais - Facebook deve excluir postagem de Confúcio Moura sobre Expedito Júnior - Notícias
« 1 ... 3 4 5 (6) 7 8 9 ... 7251 »
Regionais : Facebook deve excluir postagem de Confúcio Moura sobre Expedito Júnior
Enviado por alexandre em 21/10/2014 21:53:01


Porto Velho, RO – A rede social Facebook tem 24 horas para excluir uma postagem feita pelo atual governador Confúcio Moura (PMDB), candidato à reeleição, que menciona uma suposta cassação de seu adversário Expedito Júnior (PSDB) à época em que foi eleito deputado federal, nos anos 80. A mesma postagem deverá ser excluída do site oficial de campanha do peemedebista.

A decisão é do juiz Guilherme Ribeiro Baldan, do Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia que, ao analisar novamente representação eleitoral com pedido de liminar promovida pela coligação “Frente Muda Rondônia”, encabeçada pelo tucano, disse:

– Em análise mais aprofundada dos documentos colacionados aos autos (fls. 17/40), verifico que o candidato Expedito Junior, deputado federal, eleito em 1986, não perdeu seu mandato, haja vista a ocorrência de uma recontagem de votos, após decisão na Corte Superior que anulou os 501 (quinhentos e um) votos recebidos pelo candidato. Isso quer significar que ele sequer foi eleito, depois da recontagem dos votos. Não ser eleito tem significado absolutamente diferente de ser cassado – destacou Baldan em trecho da decisão.

E logo concluiu:

– Assim sendo, as notícias publicadas no sítio eletrônico de campanha do Confúcio e em seu perfil de campanha no Facebook, estão em desacordo com a legislação eleitoral. Dessa forma, reconsidero minha decisão anteriormente concedida para entender que estão presentes os requisitos a sustentar a tutela de urgência – asseverou o magistrado.

Caso o Facebook não exclua a postagem, poderá incorrer em crime de desobediência eleitoral e pagar multa que poderá variar de trezentos a trinta mil reais. Também foi determinado pelo juiz tanto a Confúcio quanto sua coligação, a “Rondônia no Carminho Certo”, que excluam a notícia veiculada no site da campanha.

Neste segundo caso, o prazo para cumprimento é de 2 horas. Moura e sua coligação também podem, caso não cumpram a decisão, incorrer na prática de crime de desobediência eleitoral, além das multas nos mesmos valores que poderão ser aplicados à rede social.

 

Postagem em que Confúcio mente, segundo a Justiça Eleitoral, sobre Expedito Júnior

Autor:  Rondoniadinamica

Regionais : Jaqueline Cassol foi quem mais arrecadou. Fátima Cleide doou R$ 500 a Padre Ton
Enviado por alexandre em 21/10/2014 21:49:06

Porto Velho, Rondônia – Nas prestações parciais das receitas e despesas de campanha dos cinco candidatos ao Governo de Rondônia, divulgadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), quem mais arrecadou em doações foi Jaqueline Cassol (PR), que foi apenas a terceira colocada no primeiro turno.

Jaqueline, com o poderoso sobrenome Cassol, família com força política e econômica em Rondônia, arrecadou R$ 1.354.750,00. Entre os seus doadores, está a sua mãe, Elga Bergamin, que doou R$ 8.500,00.

No caso do Padre Ton (PT), chama a atenção a doação de R$ 500 em cheque, feita pela ex-senadora e mais uma vez derrotada nas urnas, Fátima Cleide (PT). No total, o santo Padre arrecadou R$ 359.553,60.

Já o governador Confúcio Moura (PMDB) arrecadou R$ 1.090.996,00 e Expedito Junior (PSDB) arrecadou R$ 821.480,00.

Enquanto Pimenta de Rondônia (PSOL) amealhou modestos R$ 44.902,20.

No total, os cinco candidatos somados, arrecadaram R$ 3.671.681,80 em doações, um volume muito abaixo e que deve aumentar com as prestações finais das contas, incluindo a dos dois candidatos que disputam o segundo turno.

Clique no link abaixo e acesse as contas detalhas de cada candidato, com receitas e despesas:

http://inter01.tse.jus.br/spceweb.consulta.receitasdespesas2014/abrirTelaReceitasCandidato.action


Fonte: Rondonoticias

Regionais : Militares das Forças Armadas vão atuar no segundo turno das eleições em RO
Enviado por alexandre em 21/10/2014 21:47:17

Rondônia: O Ministério da Defesa mobilizou cerca de 15 mil militares das Forças Armadas para atuar no segundo turno das eleições de 2014.

Segundo o Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), órgão da Defesa que coordena a operação, 280 localidades vão contar com auxílio dos militares em 15 estados da Federação.

Os estados que receberão os militares apresentaram solicitação junto aos tribunais regionais eleitorais (TREs), que as encaminharam para análise e deliberação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Coube ao TSE acionar o Ministério da Defesa.

Ao todo, 89 localidades receberão apoio logístico para entrega de urnas e transporte de pessoal da Justiça Eleitoral nos estados do Acre (42), Amapá (5), Mato Grosso do Sul (4), Rondônia (4) e Roraima (34).

Além disso, 191 cidades terão suporte de efetivos para garantir a votação e apuração do pleito nos seguintes estados: Amazonas (18), Maranhão (4), Mato Grosso (12), Pará (57), Paraíba (2), Piauí (38), Rio de Janeiro (1), Rondônia (12), Rio Grande do Norte (37), Sergipe (6) e Tocantins (4).

Outras 16 requisições de apoio para garantir a realização segura das eleições encontram-se em fase de julgamento no TSE: Rio Grande do Norte (10), Paraíba (1) e Ceará (5).

O apoio permitirá que os eleitores possam exercer sua cidadania pelo voto em locais isolados e de difícil acesso, bem como assegurar a normalidade da votação e apuração do pleito em municípios indicados pelo TSE.

Além dos 15 mil militares envolvidos na operação, as Forças Armadas farão emprego de aeronaves, helicópteros, barcos, caminhões e veículos leves.

De acordo com o chefe da Seção de Operações Complementares, comandante Walter Marinho de Carvalho Sobrinho, a colaboração da Defesa nas eleições, ao longo dos anos, tem sido fundamental para a inclusão de toda a população brasileira no processo democrático, garantindo o direito constitucional do voto.

“As operações também atestam a capacidade das nossas Forças Armadas em atuar em qualquer lugar do território nacional, bem como sua prontificação em atender ao chamado de nossa sociedade”, afirma.

O apoio militar à realização das eleições é previsto constitucionalmente e pela legislação ordinária. As regras de engajamento das Forças Armadas foram definidas em julho último, quando o ministro da Defesa, Celso Amorim, e o presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, assinaram acordo de cooperação com as regras de engajamento dos militares no pleito de 2014.


Fonte: Ministério da Defesa

Regionais : Expedito diz que este é um governo da enrolação
Enviado por alexandre em 21/10/2014 21:44:12

Embora o candidato à reeleição afirme que a área de saúde estadual está
excelente quanto ao atendimento da população carente de Rondônia, o
Sindicato dos Médicos alerta que a UTI Neonatal corre o risco de não
conseguir fechar os plantões mensais porque vários especialistas pediram
demissão e foram trabalhar em outros estados que possuem uma carreira e
remuneração mais atrativas que Rondônia.
O candidato Expedito Junior (PSDB) garantiu que tem como proposta melhorar
a saúde implementando o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração e
colocando em prática a regionalização para que o atendimento na atenção
básica no interior do estado funcione corretamente. Junior disse que vai
dialogar com todos os segmentos que compõem a saúde para encontrar as
saídas de forma negociada, em particular quanto à questão salarial.
"Destinar recursos para Saúde e Educação não é gasto, é investimento.
Tenho consciência do tamanho dos problemas que vamos enfrentar a partir de
janeiro e vou indicar para os cargos comissionados das pastas pessoas que
conheçam a área e com experiência. Não é possível melhorar a saúde e
educação sem ouvir e prestigiar quem de fato esta dentro do sistema e sabe
diagnosticar os problemas, apresentando as soluções.  Chega de improviso e
enrolação. Confúcio Moura loteou o governo com os políticos e os partidos
aliados e o resultado é catastrófico. Um dos gargalos é a corrupção. É
revelador o silêncio do governador em relação as denúncias de corrupção
que foram divulgadas a partir da delação premiada feita por José Batista,
ex-homem de confiança do governador. Confúcio se calou e faz de conta que
as denúncias de corrupção envolvendo seus parentes não existem. Querem
ainda mais quatro anos? Pra isso?", desabafou Junior.
De acordo com o sindicato, nos últimos cinco anos o número de cirurgiões
vasculares caiu pela metade e de lá pra cá não se operam mais varizes no
serviço público. Muitos pacientes estão ficando incapacitados para o
trabalho e o problema já se tornou um caso de saúde pública, como já
atestou o próprio MP.
Para piorar, segundo um dirigente sindical,  o estado conta na capital com
três cirurgiões pediátricos e no interior existe apenas um, muito menos do
que há cinco anos. As filas para as cirurgias pediátricas são enormes e os
casos mais graves são os priorizados por profissionais abnegados  que se
desdobram para evitar o caos. O estado criou várias vagas de UTI, mas não
tem médicos intensivistas para ocupar estas vagas, por isto coloca médicos
sem a especialidade para cuidar dos casos graves.
 "Só existem hoje no serviço público do estado dois cirurgiões cardíacos,
exatamente a metade do que havia há dez anos. Ou seja, fica impossível
que os pacientes cardíacos tenham um tratamento adequado" revela um
sindicalista que optou em manter o anonimato.
Recentemente o estado pressionado pelos sindicatos, pelo MP e pelo TCE
abriu um concurso público. Mas só ofereceu uma vaga em cada especialidade.
O que revela o descaso com o setor, embora o governo se regozije com as
compensações arquitetônicas.

ASCOM

Regionais : Hermínio assina emenda para COE criar projeto esportivo para crianças
Enviado por alexandre em 21/10/2014 21:41:38

O presidente da Assembleia Legislativa Hermínio Coelho assinou na manhã desta

terça-feira uma emenda parlamentar no valor de R$ 150 mil, destinado a Companhia de

Operações Especiais (COE), para a construção e adaptação de uma estrutura que será

transformada em escola esportiva que atenderá crianças e jovens dos 8 a 14 anos, da

Zona Sul da capital.

De acordo com o major Alexandre dos Santos França, a emenda possibilitará a realização

de um sonho que é a criação da Escola de Artes Marciais, iniciativa que tem por objetivo

aproximar a comunidade da corporação, por meio de práticas esportivas. O projeto deverá

atender cerca de 80 crianças, nos turnos da tarde e da noite.

Outras iniciativas sociais da Polícia Militar, como as guardas-mirins de Vilhena e de

Guajará-Mirim e o Programa de Prevenção e Resistência ao Uso de Drogas (Proerd),

também já receberam a ajuda do deputado Hermínio Coelho.

O presidente da Assembleia demonstrou preocupação com a liberação dos recursos

da emenda. “Embora o dinheiro seja do orçamento da Assembleia, será liberado via

Superintendência de Obras, isto é, depende da autorização do governo”, observou, ao

orientar o comandante do pelotão de elite da PM rondoniense, a fazer gestões junto ao

Executivo para agilizar o repasse.

Bomba

Nesta reunião tratou-se também da compra de equipamentos para manusear explosivos

e agentes químicos. Alexandre França disse que embora possua policiais treinados, não

tem equipamentos de segurança. “Nossos vizinhos Acre e o Mato Grosso já contem com

esses equipamentos, mas nós ainda estamos atrasados”, disse.

O chefe de Operações da COE, tenente Henrique, responsável pelo Esquadrão Anti-
Bombas, disse que já se viu obrigado a retirar explosivo de caixa eletrônico utilizando

cabo de vassoura e protegido apenas pelo colete. ‘É uma operação de alto risco”,

destacou. O custo do equipamento, de fabricação exclusiva de uma empresa canadense,

é de aproximadamente R$ 700 mil. Hermínio sugeriu aos oficiais a criação de uma

emenda coletiva para a aquisição. Ele vai expor a situação aos demais parlamentares

para ver se reúne número suficiente para aprovação da emenda.

“Apesar de tudo o que diz e das falsas propagandas, esse governo não leva a segurança

a sério. Equipar um grupo de elite como a COE, é um dever elementar. Esses policiais

deveriam merecer um tratamento diferenciado por serem diferenciados e enfrentar

situações também diferenciadas”, disse Hermínio Coelho.

ASCOM

« 1 ... 3 4 5 (6) 7 8 9 ... 7251 »