Justiça - OURO PRETO - Notícias
(1) 2 3 4 ... 124 »
Justiça : OURO PRETO
Enviado por alexandre em 12/05/2015 00:21:50


Prefeitura realiza limpeza de ruas em ação preventiva 
Por meio da Secretaria municipal de Infraestrutura - Seminfra, a prefeitura de Ouro Preto do Oeste está realizando uma ação de limpeza urbana nos bairros e ruas da cidade. O trabalho envolve a retirada de entulhos das calçadas, aparação de gramas, pinturas de meio fio além da poda de árvores. A ação é uma medida voltada à saúde pública, prevenção de patrimônio público e bem estar social segundo afirmou o chefe de equipe da Seminfra Bobi Charlton Goes Gil acrescentando “Quando se tem bairros e ruas limpos, se têm mais qualidade de vida, menos índices de doenças”.

O trabalho que já foi realizado em alguns bairros da cidade conta com uma equipe de recolhimento, caminhão e maquinário. Em alguns casos é preciso maior colaboração da comunidade ouro pretense para manter as vias limpas.
A determinação da prefeita em exercício Joselita Araujo (PMDB) é intensificar os trabalhos de limpeza para tanto a equipe de funcionários da Seminfra será reforçada para que os serviços tenham uma maior abrangência. Um dos pontos que recebeu a operação limpeza foi a Avenida capitão Silvio Gonçalves Farias em toda sua extensão desde o entroncamento com a BR 364 até o residencial Colina Park.




Fonte: ouropretoonline.com

Justiça : AGRADECIMENTO
Enviado por alexandre em 04/05/2015 22:25:03


Ex- chefe da CIRETRAN de Mirante da Serra agradece ao apoio recebido durante sua gestão
O ex-chefe da Circunscrição Regional de Trânsito – Ciretran do município de Mirante da Serra Francisco Gregório que esteve a frente do órgão de trânsito estadual no período de 07 de Janeiro de 2011 à 13 de Março de 2015, fez um relato de suas atividades e agradecimentos de apoios recebidos durante sua gestão. Francisco Gregório que é funcionário concursado do DETRAN/RO ao assumir a Ciretran deve como meta fazer o diferencial na prestação dos serviços ao público fato este reconhecido por toda comunidade de Mirante da Serra que desta forma pode ter uma operacionalidade voltada para o bem do cidadão, para tanto a equipe de funcionários teve um papel fundamental para que este índice de satisfação fosse alcançado.

Como medida imediata Francisco Gregório buscou fazer parcerias com: órgãos públicos, escolas públicas e particular, Igrejas, comércio e entidades de classe organizadas no qual foram desenvolvidas atividades voltada para a educação no trânsito tais como: palestras, teatro, festival com tema ligado a Paz No Trânsito, passeatas entre outras atividades que tiveram o apoio de todos.

Ao agradecer pela sua indicação Francisco Gregório disse em primeiro plano a Deus, a sua família e as pessoas de Amarildo Almeida, Wagner Roberto Almeida, vereadora Cleide Almeida, Dr. Elikacia, deputado estadual Airton Pedro Gurgacz e o senador Acir Gurgacz, pela oportunidade e pela confiança depositada. “Tenho na minha consciência que fiz o meu melhor possível, horando a Deus, o serviço publico as pessoas que me confiaram, e dando a minha contribuição para a população de Mirante da Serra. Só quero agradecer a Deus, aos amigos, aos servidores que trabalharam comigo, e todos os parceiros: policias: Rodoviária Federal, Militar e Civil, prefeitura e Câmara municipal, IAAMO - Instituto Adventista da Amazônia Ocidental, escolas Migrantes, Florizel, Arquimedes, Edson Jorge de Lima, Duque de Caxias, Laticínio Monte Cristo, autos escolas: Líder e Mirante, Adesivo Mania, despachantes, Guarda Mirim de Nova União e equipe, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), Cometa Motocenter, imprensa, Igrejas, comerciantes e todos que participaram dos trabalhos.








ASCOM

Justiça : PROMOVIDO
Enviado por alexandre em 01/05/2015 19:30:31


Comandante do CB de Ouro Preto é promovido ao posto de 1º tenente
O oficial do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Rondônia, Márcio Strauss Nunes de França, que há 2 anos está no comando do 2º Subgrupamento do município de Ouro Preto do Oeste, foi promovido no dia 21 de abril ao posto de 1° Tenente.

Strauss, que é natural da cidade de Olinda – PE, ingressou nas fileiras do Corpo de Bombeiros de Rondônia no mês de agosto de 2012 após se formar na Academia da Escola Superior de Bombeiros do Estado de São Paulo.

O 1° Tenente, que tem como ponto forte sua operacionalidade e competência, desde abril de 2013 vem prestando um excelente serviço, juntamente com seus comandados, à população de Ouro Preto do Oeste, a qual considera uma cidade pacata e composta por um povo humilde e acolhedor.

Em suas horas de folga, Strauss frisou que gosta de praticar esportes de aventura, principalmente rapel.

GAZETA CENTRAL

Justiça : OURO PRETO
Enviado por alexandre em 27/04/2015 23:31:18


Forte chuva causa sérios transtornos aos moradores de Ouro Preto
A chuva forte que atingiu Ouro Preto do Oeste no inicio da tarde desta segunda feira (27/04) causou transtornos em diversos pontos da cidade. A situação ficou ainda mais complicada para os moradores do bairro Alvorada conhecido como setor da Madersan quando a enxurrada invadiu as residências.


Os moradores afirmaram que a prefeitura municipal é a grande responsável por toda situação que os mesmos passam. A falta de manutenção das ruas no bairro é uma realidade, com enormes crateras que se formaram nas vias. “O sofrimento de nós moradores é o ano todo no verão convivemos com a poeira e no inverno com lama e buracos. Somos moradores de um bairro esquecido pelos políticos que só aparecem aqui em época de eleições prometendo solucionar todos os problemas existentes no bairro e como este ano não teremos eleições não vamos ter a visita deles (políticos)”, desabafou a dona de casa Maria Auxiliadora Neves.A reportagem tentou um contato com a prefeita em exercício Joselita Araujo (PMDB) e o secretario municipal de Infraestrutura – Seminfra Braz Paganini, mas ambos não foram localizados para falar sobre o assunto que está em tela.

Fonte: ouropretoonline.com

Justiça : QUEREMOS PAZ
Enviado por alexandre em 17/04/2015 10:46:25


Confira as mudanças propostas pela Câmara para o Estatuto do Desarmamento
RIO - O projeto em discussão no Congresso desfigura o Estatuto do Desarmamento. O texto propõe, por exemplo, a diminuição da idade permitida para compra de arma de 25 para 21 anos, afrouxa os antecedentes criminais que proíbem a aquisição de armamento, e aumenta de 6 para 9 o número permitido de armas por pessoa, entre outras mudanças.


Confia abaixo cada ponto da proposta:

Antecedentes criminais

Como é hoje: Quem solicita autorização para comprar armas não pode ter nenhum tipo de antecedente criminal.

O projeto: Processados ou condenados por crime culposo podem comprar armas. Só ficam proibidos condenados por qualquer tipo de crime doloso. Investigados por crime doloso contra a vida ou cometido com violência também não podem pedir autorização.

Quantidade de armas

Como é hoje: Civis (pessoas comuns) podem ter até 6 armas.

O projeto: Civis passam a poder comprar até 9 armas.

Quantidade de munições

Como é hoje: O Estatuto fixa limite máximo de 50 munições por arma por ano.

O projeto: Até 600 munições por arma por ano podem ser compradas por civis.

Idade do comprador

Como é hoje: Idade mínima para comprar armas é 25 anos.

O projeto: Idade mínima para compra de armas é 21 anos.

Publicidade de armas

Como é hoje: A publicidade de armas só pode ser feita em meios especializados.

O projeto: Fica liberada a publicidade de armas em todo e qualquer veículo.

Registro das armas

Como é hoje: O registro de posse de arma tem que ser revalidado a cada três anos.

O projeto: Uma vez obtido o registro de posse, não é mais necessário renová-lo.

Comércio ilegal

Como é hoje: A pena para comércio ilegal é de 4 a 8 anos.

O projeto: Penas de 3 a 7 anos.

Porte de armas (na rua)

Como é hoje: O porte para civil é proibido, sendo concedido apenas em casos excepcionais.

O projeto: Se preenchidos os requisitos, o civil terá direito de portar a arma. Os requisitos são ter curso básico de manuseio e iniciação ao tiro, atestado de pleno gozo das faculdades mentais, e não ter crime doloso.

PF x Polícia Civil

Como é hoje: Somente a Polícia Federal faz os registros de armas de fogo de civis no país.

O projeto: As polícias civis dos estados também teriam competência, por delegação, de fazer o registro e autorização para porte de arma de fogo.

Apreensões

Como é hoje: Arma apreendida deve ser destruída.

O projeto: Destina as armas apreendidas ao Exército, aos órgãos de Segurança, aos museus, entre outros locais.

Fonte: oglobo.globo.com

(1) 2 3 4 ... 124 »