Política - HOSPITAL DO CÂNCER - Notícias
(1) 2 3 4 ... 471 »
Política : HOSPITAL DO CÂNCER
Enviado por alexandre em 01/05/2015 23:35:23


Barretinho de Porto Velho pode fechar as portas por falta de empenho do governo do Estado

Depois de vários anos de funcionamento do Hospital do Câncer da Fundação Pio XII o “Barretinho” em Porto Velho, o Diretor Geral Henrique Duarte Prata afirmou que pode fechar as portas e deixar o estado de Rondônia.

Este impasse só aconteceu porque a Secretaria de Saúde Estadual deixou de informar ao Ministério da Saúde que a Fundação havia resolvido fazer investimentos pesados no estado, construindo o “Hospital da Amazônia” que seria referência na Região Norte com novas tecnologias, modernas e avançadas.

Devido a esta falta de comunicação, o projeto passou por licitação para ser construído junto ao Hospital de Base de Porto Velho ao invés do local reservado pela Fundação Pio XII o “Barretinho”, inviabilizando 100% do projeto inicial do Hospital do Câncer, pela impossibilidade da existência de dois centros especializado na mesma cidade.

ROSÁRIA HELENA e HENRIQUE PRATA EM OURO PRETO DO OESTE

A última esperança agora é que o Governador e seu Secretário de Saúde se sensibilizem e transfiram a construção para o local onde já se encontra o Hospital da Fundação Pio XII.

Conforme o Diretor Henrique, se isso não acontecer o Hospital de Base só terá como atender tão somente 25% dos pacientes que o Hospital do Câncer trata, e infelizmente o tão sonhado Barretinho e Fundação serão obrigados a deixar o estado.

Diante desta circunstância o Diretor Geral do Hospital do Câncer de Barretos/SP o Sr. Henrique Duarte Prata pede socorro aos Coordenadores para que eles mobilizem suas comunidades posicionando-os contra a atual situação, com manifestações para que seja mudado o local da construção.

O Diretor ainda disse: “O povo de Rondônia é sempre muito solidário com nossa causa, apóia e abençoa com sua ajuda sem medir esforços, merecem o que existe de melhor em saúde, e nos da Fundação Pio XII temos o “know-how” necessário para isso”.

Ainda conforme ele: “É incrível imaginar, mas parece que existem forças maiores exigindo que a população rondoniense volte a viajar 3.000 quilômetros para se tratar em Barretos/SP, quando já experimentaram o que existe de melhor em saúde perto de casa. Vamos reverter esta situação, possibilitar Rondônia com a continuidade de um tratamento de excelência”, finalizou.


A população Ouropretense através de sua coordenadora, sem duvida unirá aos demais coordenadores de outras cidades para reverter este quadro, pensando assim já promove um “Chá” em Prol do Hospital de Câncer de Barretos – Fundação Pio XII.

O “Chá” que já virou tradição em Ouro Preto do Oeste entra na sua 4ª edição, e vai acontecer no dia 16 de maio no salão de festas e eventos Elegancy, localizado na Rua Padre Adolfo Rohl, n° 420, próximo ao hospital municipal. O evento está previsto para ter inicio a partir das 15h.

Todas que adquirirem o convite pelo valor de 50 reais, além do delicioso chá, concorrerão a vários sorteios de brindes valiosos, ainda participarão de bingos e brincadeiras, todo o valor arrecadado será revertido em prol do Hospital de Câncer de Barretos – Fundação Pio XII “O Barretinho”.

Chá em prol do Hospital do Câncer de Barretos em Ouro Preto edição 2014 foto: Correio Central

 

 

Por: Wellington Gomes

Esporteenoticia.com / Mandatotransparente.com

Política : HOMENAGEM
Enviado por alexandre em 30/04/2015 23:17:34


Deputado Marcelino felicita todos os Trabalhador pelo seu dia

Deputado Marcelino Tenório parabeniza a todosos Trabalhadores.
O deputado estadual Marcelino Tenório felicita todos os trabalhadores pela passagem do seu dia nesse Primeiro de Maio, estendendo a congratulação a todos que exercem as mais distintas profissões e funções, seja na esfera privada ou pública.
Na passagem do dia 1º de Maio, o deputado Marcelino Tenório saúda todos os profissionais que desempenham sua função com competência e boa vontade, contribuindo dessa forma para um mundo melhor e mais justo.
“O trabalho dignifica o homem que na sua atividade do dia a dia tem a possibilidade de ser útil para a sociedade. E Rondônia é formada por um exército de trabalhadores incansáveis que ajudam a construir a nossa história”, destacou o deputado Marcelino Tenório.


ASCOM

Política : CRIME AMBIENTAL
Enviado por alexandre em 30/04/2015 17:39:39


Corte de árvore em frente ao prédio da Emater revolta moradores de Ouro Preto
No município de Ouro Preto do Oeste as árvores são consideradas bens públicos, sendo proibido o procedimento de corte sem a expressa autorização da administração municipal. No entanto parece que esta regra não foi respeitada pelo engenheiro agrônomo chefe do escritório local da Emater/RO Senhor Elias Monteiro da Silva que solicitou o corte de um pé de árvore que tinha em frente ao órgão estadual localizado na Rua Dos Seringueiros , bairro Jardim Tropical.

O corte da árvore deixou indignado os moradores que não aceitam o porque foi autorizado o corte da mesma e ainda mas partindo de uma pessoa que é engenheiro agrônomo. No entanto o histórico de ser contra o meio ambiente do Senhor Elias Monteiro vem desde a época em que o mesmo ocupou a chefia do Centro de Treinamento da Emater localizado na BR km 22 sentido Ouro Preto à Ji – Paraná no local por determinação de Elias inúmeras árvores que ficavam entorno do campo de futebol foram cortadas e o claro crime ambiental de conhecimento da direção da Emater/RO ficou impune.

No caso do corte da árvore em frente ao escritório local da Emater a reportagem apurou que quem executou o serviço foi funcionários da prefeitura, mas a autorização por escrito a imprensa não teve acesso, autorização essa que é chancelada pelo Secretario Municipal de Infraestrutura – Seminfra Braz Paganini que é funcionário de carreira do órgão estadual e cedido a administração municipal.

As funções ecológicas das árvores estão associadas à melhoria da qualidade de vida devido à purificação do ar, melhoria do microclima da cidade, redução da velocidade do vento, favorece ainda a infiltração de água no solo e evaporação mais lenta, serve de abrigo aos pássaros, e amortece ruídos. Além destes benefícios, as árvores na área urbana embelezam a cidade, contribuindo com a estética local.
“É revoltante vermos um crime ambiental ser praticado em frente a um órgão público e nada acontecer com quem solicitou tal fato”, disse a estudante Ana Lúcia do Carmo.



Fonte: ouropretoonline.com

Política : DESABANDO
Enviado por alexandre em 30/04/2015 00:01:13


Escola de Ouro Preto ameaça cair sobre às cabeças dos alunos e funcionários
A Escola Municipal Edna Carioca localizada na Rua Castelo Branco, bairro Incra em Ouro Preto do Oeste ameaça cair a qualquer momento sobre as cabeças dos alunos e funcionários da referida unidade escolar que conta com aproximadamente 900 alunos matriculados. Toda estrutura física que é de madeira se encontra em precárias condições, o telhado que ainda é de telhado de amianto está nas mesmas condições a parte elétrica não suporta as cargas de Ar condicionados com isso os alunos são obrigados a assistirem aulas a base de ventiladores velhos o que torna os locais em uma verdadeira “sauna”.

Cansados de esperar uma resposta por parte da Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Educação – Semece uma comissão de pais de alunos resolveram procurar o Ministério Público do Estado – MP/RO através da Promotoria de Justiça da Comarca de Ouro Preto do Oeste. Os pais alegam que desde o ano de 2013 que desde o ano de 2013 que o então prefeito Alex Testoni (afastado do cargo judicialmente) é sabedor das condições precárias da Escola Edna Carioca, mas mesmo assim nada foi feito para serem sanados os problemas enfrentados não só pelos alunos, mas de todo o corpo de funcionários da unidade escolar.

Em 2014, nenhum projeto foi apresentado aos pais informando se a Semece estaria alinhando recursos e outras providências para executar projeto de reforma ou construção de novas instalações do estabelecimento de ensino .

Os pais alegam que seus filhos estão enfrentando crise de alérgica tanto no sistema respiratório como com irritação na pele, devido ao pó de madeira que é totalmente tomada de cupim por ser uma construção antiga (cerca de 30 anos) e sem manutenção. Enfatizam que a escola não possui acessibilidade o que dificulta a locomoção dos portadores de necessidade especial principalmente cardeirante. O risco de incêndio é uma preocupação constante devido as condições da rede elétrica estarem fora das normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT.
A grande queixa dos pais é a falta de informação por parte da Secretaria Municipal de Educação que prefere o silêncio paroquial a dialogar e pelo menos mostrar uma iniciativa quanto a busca de uma solução para o fato exposto. Vale lembrar que a prefeita em exercício Joselita Araujo (PMDB) continuou com a mesma equipe na Semece herdada do prefeito afastado judicialmente Alex Testoni não foi trocada nenhuma peça do tabuleiro educacional.

A SOLUÇÃO

A solução em curto prazo seria a retomada para o município de Ouro Preto de duas escolas estaduais Horacio Careli e Joaquim Nabuco. As duas unidades escolares estão instaladas em edificações que pertencem ao município de Ouro Preto e o que está faltando para se resolver o problema da Escola municipal Edna Carioca é vontade política.

Fonte: ouropretoonline.com

Política : VALE DO PARAÍSO
Enviado por alexandre em 27/04/2015 19:47:10


Deputado Laerte intercede pela população de Vale do Paraíso
Laerte Gomes solicita a construção de pontes

A construção de uma ponte de concreto sobre o rio São Pedro, na Linha E, que liga a Linha 196, no município de Castanheiras a Cacoal, e a reconstrução da ponte sobre o rio Paraíso, no travessão que liga o município de Vale do Paraíso ao distrito de Rondominas, foram solicitadas pelo deputado Laerte Gomes (PEN) ao governo do Estado. As indicações foram lidas em sessão na Assembleia Legislativa.

Em relação à ponte de concreto em Castanheiras, o parlamentar explicou que a extensão é de 70 metros e que há quatro anos a falta de condições de tráfego tem impossibilitado o escoamento de produtos agrícolas.

Sobre a reconstrução da ponte em Vale do Paraíso, o deputado Laerte Gomes disse que visa atender solicitação da população, proporcionando melhores condições de tráfego para suprir as necessidades sociais, de saúde, educação, lazer e esporte da comunidade, e principalmente o escoamento de produtos agrícolas produzidos pelas famílias do campo.

DECOM

(1) 2 3 4 ... 471 »