Política - CONFIRMADO - Notícias
(1) 2 3 4 ... 443 »
Política : CONFIRMADO
Enviado por alexandre em 19/12/2014 20:21:32


Senador Raupp é um dos 28 nomes citados por envolvimento na Lava Jato por ex-diretor da Petrobras

Em delação premiada, Paulo Roberto Costa listou políticos que integrariam o esquema de corrupção: um deles seria o senador Valdir Raupp de Matos - PMDB/RO

Em 80 depoimentos, o primeiro delator da Operação Lava-Jato, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, citou 28 políticos que teriam se beneficiado do esquema de corrupção na estatal. Um deles é gaúcho: o deputado federal José Otávio Germano (PP). As informações são do jornal O Estado de São Paulo.

A relação inclui parlamentares que integram a base aliada do Palácio do Planalto, ministro, ex-ministro, governador e ex-governadores. Alguns dos nomes não haviam sido revelados até então. É o caso do governador do Acre, Tião Viana (PT), e dos deputados Vander Luiz dos Santos Loubet (PT-MS), Alexandre José dos Santos (PMDB-RJ), Luiz Fernando Faria (PP-MG) e José Otávio Germano.

Germano nega qualquer envolvimento com o esquema de corrupção. O deputado admite que esteve duas vezes com Paulo Roberto na sede da Petrobras, no Rio de Janeiro, para tratar de assuntos institucionais. Nas oportunidades, o delator ocupava a diretoria de Abastecimento da estatal e o deputado presidia a Comissão de Minas e Energia da Câmara.

— Afirmo categoricamente que nada sei sobre os fatos denunciados pela Operação Lava-Jato, e que por isso mesmo nada devo e nada temo — disse Germano, que se manifestou por meio de nota.

Políticos citados negam relação com corrupção na Petrobras

Entre os nomes citados, oito são políticos do PMDB, 10 do PP, oito do PT, um do PSB e um do PSDB. Alguns, segundo o ex-diretor de Abastecimento, recebiam repasses com frequência ou valores que chegaram a superar R$ 1 milhão – dinheiro que teria sido usado em campanhas eleitorais. Outros teriam recebido repasses esporadicamente.

Confira os nomes:

Gleisi Hoffmann (PT-PR) - senadora e ex-ministra da casa civil
Humberto Costa (PT-PE) - senador e líder do PT no Senado
Antonio Palocci - ex-ministro dos governos Lula e Dilma
Lindbergh Farias (PT-RJ) - senador
Tião Viana (PT-AC) - governador
Delcídio Amaral (PT-MS) - senador
Cândido Vaccarezza (PT-SP) - deputado federal
Vander Loubet (PT-MS) - deputado federal
Renan Calheiros (PMDB-AL) - presidente do Senado
Edison Lobão (PMDB-MA) - ministro de Minas e Energia
Henrique Alves (PMDB-RN) - presidente da Câmara
Sérgio Cabral (PMDB-RJ) - ex-governador do Rio de Janeiro
Roseana Sarney (PMDB-MA) - ex-governador do Maranhão
Valdir Raupp (PMDB-RO) - senador
Romero Jucá (PMDB-RR) - senador
Alexandre José dos Santos (PMDB-RJ) - deputado federal
Eduardo Campos (PSB-PE) - ex-governador, morto em agosto
Sérgio Guerra (PSDB) - ex-presidente nacional do partido
Ciro Nogueira (PP-PI) - senador
João Pizzolatti (PP-SC) - deputado federal
Nelson Meurer (PP-PR) - deputado federal
Simão Sessim (PP-RJ) - deputado federal
José Otávio Germano (PP-RS) - deputado federal
Benedito de Lira (PP-AL) - senador
Mário Negromomento (PP) - ex-ministro das Cidades
Luiz Fernando Faria (PP-MG) - deputado federal
Pedro Corrêa (PP-PE) - ex-deputado federal
Aline Lemos de Oliveira (PP-SP) - deputada federal

CGU aponta prejuízo de US$ 659,4 mi na compra de Pasadena
Presidente da Petrobras põe cargo à disposição de Dilma
Justiça aceita denúncia contra Nestor Cerveró e Fernando Baiano na Lava-Jato

Os depoimentos do ex-diretor, que se estenderam por duas semanas, entre agosto e setembro, fazem parte do acordo de delação premiada firmado com o Ministério Público Federal em troca de redução da pena. Desde que sua delação foi aceita pelo Supremo Tribunal Federal, ele cumpre prisão em regime domiciliar, no Rio de Janeiro.

Política : DIPLOMADO
Enviado por alexandre em 19/12/2014 11:57:22


Laerte Gomes é diplomado deputado estadual pelo TRE/RO
O Deputado Estadual eleito, Laerte Gomes (Alvorada do Oeste - PEN), foi diplomado na tarde desta quarta-feira, 17, no Auditório da Unopar em Porto Velho, em uma solenidade realizada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE- RO). Laerte, que esteve acompanhado de familiares e amigos ressaltou sua gratidão a Deus pelo momento de consolidação de mais uma etapa de sua vida política alacançada.

O deputado estadual diplomado Laerte Gomes, foi eleito com 11.360 votos, sendo o 9º mais votado de Rondônia para uma das 24 vagas para a Assembleia Legislativa do Estado. “É um momento importante, é a consolidação do processo eleitoral e, com a diplomação, estamos aptos para assumir o nosso mandato no dia 1° de fevereiro.

É uma alegria, sou muito grato a Deus e ao povo de Rondônia por essa oportunidade que nos deram. Vou procurar corresponder à altura trabalhando muito para que, nós, como representante da população, possamos atender as demandas da nossa gente através do nosso trabalho. A única forma de corresponder é trabalhando muito para que possamos, com projetos importantes, defender na Assembleia Legislativa, ações que possam verdadeiramente melhorar a vida do povo”, afirmou Laerte Gomes que já foi prefeito de Alvorada do Oeste por dois mandatos e presidente da Associação Rondoniense dos Municípios – Arom tendo na sua gestão priorizado o pacto municipalista sendo um árduo defensor junto aos governos: federal e estadual.

Laerte Gomes garantiu que terá um mandato voltado para a educação, saúde, fortalecimento da agricultura com a valorização do homem do campo, geração de emprego e renda para os jovens, dentre outras prioridades que serão pautadas de acordo com os anseios da população.

ASCOM

Política : REPROVADO
Enviado por alexandre em 19/12/2014 00:29:19


Curso de medicina da Facimed é reprovado em avaliação do MEC
Cerca de 17% dos cursos de Medicina avaliados pelo Ministério da Educação (MEC) foram reprovados no Conceito Preliminar de Curso (CPC) de 2013. Os dados foram publicados nesta quinta-feira (18) no Diário Oficial da União. O Inep informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que só vai divulgar as planilhas com os dados consolidados nesta sexta.

Ao todo, 154 cursos de Medicina foram avaliados no Exame Nacional de Avaliação dos Estudantes (Enade) de 2013. Destes, 27 (17,5%), foram reprovados por terem obtido nota inferior a 3 em uma escala de números inteiros que vai de 1 a 5. Todas as instituições com conceito considerado “insatisfatório” pelo MEC obtiveram nota 2. No Rio de Janeiro, foram reprovadas as graduações do Centro Universitário Serra dos Órgãos, em Teresópolis, e a Universidade do Grande Rio Professor José de Souza Herdy, em Duque de Caxias. Nenhum curso obteve nota máxima (5).

Veja aqui

Em 2013, tiveram de fazer o Enade formandos dos cursos de Agronomia, Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Serviço Social, Zootecnia, Tecnologia em Agronegócio, Tecnologia em Gestão Ambiental, Tecnologia em Gestão Hospitalar e Tecnologia em Radiologia.

O CPC considera os resultados do Enade e a qualidade da infraestrutura, do projeto pedagógico e dos professores. Os cursos que forem reprovados duas vezes consecutivas, com notas 1 ou 2, na escala até 5, sofrem punições como a suspensão de seus vestibulares.

Ao todo, foram avaliados 3.439 cursos no ano passado. E destes, 302 (8,7%) obtiveram conceitos 1 ou 2, considerado “insatisfatório”. Somente 70 cursos (2%) conseguiram nota máxima.

APENAS 1% DE INSTITUIÇÕES COM NOTA MÁXIMA


Além do CPC, o MEC divulgou nesta quinta-feira o Índice Geral de Curso (IGC), que é calculado com base no CPC, além das notas de mestrados e doutorados atribuídas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) para cada instituição. Das 2.023 instituições avaliadas no Índice Geral de Cursos (IGC) em 2013, 354 (17,4% do total) foram reprovadas, 344 com conceito 2, e 10 com conceito 1, considerados insatisfatórios pelo MEC. Apenas 25 obtiveram a nota máxima 5 (1,2% do total), nenhuma do Rio de Janeiro.

Entre as universidades fluminenses, UFRJ, UFRRJ, UFF, Uerj, PUC e Unirio ficaram com IGC 4. Naquelas que possuem cursos de Medicina, Uerj e UFRJ obtiveram CPC 4. Com CPC 3, ficaram as graduações de Unirio, UFF, Estácio de Sá, Souza Marques e Unig (Itaperuna e Nova Iguaçu).

Confira a lista dos cursos reprovados em Medicina:

1) UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - BA

2) UNIVERSIDADE JOSÉ DO ROSÁRIO VELLANO - MG

3) UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE ALAGOAS (UNCISAL) - AL

4) UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA - SC

5) UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ - SC

6) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI - MG

7) UNIVERSIDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS - MG

8) UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO - SP

9) FACULDADE EVANGÉLICA DO PARANÁ - PR

10) UNIVERSIDADE DO GRANDE RIO PROFESSOR JOSÉ DE SOUZA HERDY - RJ

11) CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS – RJ

12) PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS – GO

13) UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ – PA

14) UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL – RS

15) UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS – RS

16) UNIVERSIDADE NILTON LINS – AM

17) CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG – TO

18) UNIVERSIDADE DE CUIABÁ – MT

19) CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ – PA

20) UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS – SP

21) FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS – BA

22) FACULDADE DE MEDICINA ESTÁCIO DE JUAZEIRO DO NORTE – CE

23) CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESPÍRITO SANTO – ES

24) FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL – RO

25) UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE (Cajazeiras) – PB

26) CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA – MG

27) FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS - TO

Confira as instituições com nota máxima no Índice Geral de Cursos:


1) UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS

2) FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS DA SANTA CASA SÃO PAULO

3) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS

4) FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA

5) UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

6) UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

7) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

8) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO

9) UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS

10) FACULDADE JESUÍTA DE FILOSOFIA E TEOLOGIA

11) ESCOLA DE GOVERNO PROFESSOR PAULO NEVES DE CARVALHO

12) INSPER INSTITUTO DE ENSINO E PESQUISA

13) ESCOLA SUPERIOR DE ENSINO ANÍSIO TEIXEIRA

14) FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

15) ESCOLA BRASILEIRA DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS

16) FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS

17) ESCOLA DE ECONOMIA DE SÃO PAULO

18) FACULDADE DE ODONTOLOGIA SÃO LEOPOLDO MANDIC

19) FACULDADE FUCAPE

20) ESCOLA BRASILEIRA DE ECONOMIA E FINANÇAS

21) ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS SOCIAIS

22) FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC

23) ESCOLA SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DA BAIXADA SANTISTA

24) INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA

25) INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA

O GLOBO

Política : SEM FREIO
Enviado por alexandre em 18/12/2014 16:58:30


Hermínio chama Confúcio de psicopata e dissimulado
Ao fazer uso da palavra, na sessão extraordinária desta quinta-feira (18), o presidente da

Assembleia Legislativa, deputado estadual Hermínio Coelho (PSD) repetiu que o

governador Confúcio Moura (PMDB) é um “psicopata e dissimulado”.

Ele comentou as declarações do chefe do Executivo, na solenidade de diplomação desta

quarta-feira (17), no tribunal Regional Eleitoral quando prometeu “jogar duro” contra a

corrupção.

“Confúcio Moura fala como um paladino da justiça. Se mostra como se nada de errado

acontecesse em seu Governo. Ele ainda acredita que é o cara mais honesto do mundo.

Ele é um psicopata de marca maior. Um dissimulado”, desabafou.

DECOM

Política : ENTREGOU TODO MUNDO
Enviado por alexandre em 17/12/2014 18:50:00


Rodrigo Guerreiro tem delação premiada e revela os nomes dos políticos envolvidos no esquema de desvios das emendas parlamentares
O promoter de eventos artístico Rodrigo Mota de Jesus, preso durante a Operação Zagreu que foi desencadeada pelo Ministério Público, que constatou a existência de sólida e articulada associação criminosa instalada nos Poderes: Executivo e Legislativo, com o propósito de desviar verbas do erário, mediante o direcionamento de emendas parlamentares para entidades do terceiro setor, utilizadas como laranjas, para a realização de supostos eventos festivos públicos. Rodrigo Guerreiro que se entregou na última segunda-feira (15) no 1º DP de Ji - Paraná e após os procedimentos legais foi recolhido a uma cela do Presídio central, permaneceu apena uma noite na unidade carcerária e na manhã de terça-feira (16) foi recambiado para Porto Velho por homens do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – GAECO para prestar depoimentos aos promotores de Justiça que investigam o esquema criminoso que lesou os cofres públicos em mais de R$ 4 milhões de reais através de emendas parlamentares para a realização de eventos gospel.

Durante 5 (cinco) horas Rodrigo Guerreiro acompanhado pelos seus advogados Odair Jose e Juan Manuel Quiros Sadir prestou depoimento o acusado resolveu corroborar com a Justiça ou seja a delação premiada. Rodrigo revelou nomes de envolvidos com a suposta organização criminosa em troca de benefícios, como perdão judicial ou diminuição da pena.

A estrutura hierárquica e a divisão de tarefas da organização criminosa foram reveladas aos promotores de Justiça por Rodrigo Guerreiro que declinou os nomes dos agentes públicos envolvidos no esquema criminoso. Segundo um dos advogados do acusado Dr. Odair José novos fatos virão a luz da verdade, mas o operador do Direito preferiu não revelar os nomes dos deputados estaduais que segundo Rodrigo Guerreiro teve participação ativa no esquema assim como de outras pessoas que tem na lista funcionários graduados de órgãos públicos: estadual e municipal. Após o depoimento Rodrigo Guerreiro foi recolhido a uma cela de triagem no Presídio Urso Branco onde ficará a disposição da Justiça a defesa do mesmo já estuda a impetrar um habeas corpus. A cópia do depoimento de Rodrigo Guerreiro vamos disponibilizar em breve aqui no site.

O que é a delação premiada?

É um acordo firmado com o Ministério Público  pelo qual o réu ou suspeito de cometer crimes se compromete a colaborar com as investigações e denunciar os integrantes da organização criminosa em troca de benefícios, como redução da pena. Essa colaboração está prevista na lei 12.805, de 5 de agosto de 2013.

Fonte:ouropretoonline.com

(1) 2 3 4 ... 443 »