Regionais - Silvio Santos pede programa especial sobre Edir Macedo - Notícias
(1) 2 3 4 ... 4217 »
Regionais : Silvio Santos pede programa especial sobre Edir Macedo
Enviado por alexandre em 31/10/2014 01:37:46

Se Rede Record e Globo não se dão bem, com o SBT o clima é de amizade. Tanto é que o dono da emissora, Silvio Santos, encomendou um programa especial para mostrar a vida de Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da Record. O apresentador Roberto Cabrini foi escalado para fazer uma reportagem especial sobre o líder religioso, mostrando toda a história de Macedo, desde o começo de seu ministério até os dias de hoje. Segundo o colunista Flavio Ricco, o Templo de Salomão será o capítulo final desta matéria, a megaigreja localizada no bairro do Brás mostra todo o poder que a Igreja Universal possui no Brasil e no mundo, já que a obra faraônica custou mais de R$ 600 milhões. O programa “Conexão Repórter” com a história de Edir Macedo não tem data para ser exibido, mas o jornalista garante que além do líder da Universal, as trajetórias de Roberto Marinho, dono da Globo, e Johnny Saad, da Band, também serão contadas em outros programas especiais. Vale lembrar que Edir Macedo lançou uma trilogia com sua biografia. Os dois primeiros livros foram as obras mais vendidas no Brasil e também em outros países do mundo, sucesso que o terceiro livro da série deve repetir. A biografia assinada por Douglas Tavolaro também deve ser adaptada para o cinema.

Regionais : Mulher é detida por correr nua em parque no RS
Enviado por alexandre em 31/10/2014 01:35:12

Uma cena inusitada surpreendeu os frequentadores de um dos mais tradicionais parques de Porto Alegre na manhã desta quinta-feira (30). Por volta das 11h, uma mulher foi flagrada correndo nua e descalça no Parque Moinhos de Vento, o Parcão. Além de ser ponto de encontro dos gaúchos, o local reúne praticantes de corrida e caminhada. Ao ser alertada por pessoas que estavam no parque, a Brigada Militar foi até o local e a abordou. A mulher foi levada em uma viatura até um posto de saúde na Zona Norte de Porto Alegre, onde ela ainda passava por avaliação psiquiátrica às 17h30. Segundo testemunhas, os policiais usaram um lençol do posto para enrolar a mulher e levá-la para atendimento. A polícia não deve registrar boletim de ocorrência. A Secretaria da Saúde disse que só irá se manifestar depois que o atendimento for concluído. (G1)

Regionais : Inácio homenageado, 13º para os deputados, vice ruim de voto
Enviado por alexandre em 30/10/2014 23:13:11

Professor – Homenagem das mais justas a prestada pela Escola do Legislativo, no Dia do Professor, ao mestre Inácio Loyola. Ele foi um dos fundadores da escola que já prestou inestimáveis serviços à população. Hoje está servindo apenas como cabide de emprego para muita gente, mas pouco de prático oferece à população, o que não deixa de ser lamentável, pois os propósitos são ótimos. O maior prêmio para o professor Inácio seria entregar a direção da Escola a ele.
  
 
Piada – Os deputados estaduais resolveram economizar, quando faltam três meses para o final do mandato. Foi aprovado projeto de lei mudando item do Regimento Interno relacionado a concessão de ajuda de custo, de caráter indenizatório aos parlamentares. O primeiro pagamento será no início do mandato e o segundo no final do mandato, mas só a partir da próxima legislatura. Os deputados aprovaram também, o pagamento do 13º salário a eles, afinal de contas merecem receber o benefício que é um direito de todo trabalhador...
  
 
Internet – É uma vergonha o serviço de internet em Rondônia. Esta semana o sistema vem apresentando problemas com constância, como ocorreu na última quarta-feira (29), durante praticamente a tarde toda e hoje (30), das 8h45 às 9h40. É necessário que a bancada federal (três senadores e oito deputados) cobre a efetividade no serviço de internet, pois hoje não há mais condições de exercer atividades sem o sistema. A Oi é a empresa que oferece o serviço mais precário. É o fim da rosca...
 
  
Lixão – A aprovação pelo Congresso Nacional da dilatação do prazo para implantar medidas adequadas à destinação dos resíduos sólidos e extinção de lixões foi comemorada pelos prefeitos brasileiros. O prazo para implantar as medidas expirou no dia 2 de agosto último, mas agora foi estendido por mais 4 anos, mais do que suficientes para que a situação seja regularizada. É importante que os prefeitos implantem as medidas antes do prazo final, pois meio ambiente é prioridade.
  
 
Vice – Se a participação dos vices fosse importante o ex-senador Expedito Jr (PSDB) seria o governador eleito, e não Confúcio Moura (PMDB). É que no município de Cerejeiras, do vice de Confúcio, o falante sindicalista Daniel Pereira (PSB), Expedito ganhou no segundo turno (5.461 a 3.646). Em Machadinho, terra de Neodi Carlos (PSDC), vice de Expedito, Confúcio e Daniel levaram uma peia (11.276 a 4.254). E Daniel esnobou os parceiros de Confúcio senadores Valdir Raupp (PMDB) e Acir Gurgacz (PDT) e os deputados federais Marinha Raupp (PMDB), Nilton Capixaba (PTB), reeleitos e Lúcio Mosquini (PMDB), eleito.
 
 
 
Respigo
 
Estamos em pleno inverno amazônico (chuvas) e a promessa dos políticos federais de recapear a BR 364 não ocorreu. A duplicação nem pensar +++ O governador Confúcio Moura (PMDB), reeleito para mais um mandato, promoveu uma limpeza em seu gabinete demitindo inúmeros comissionados. A maioria mulheres +++ O grupo mais parecia o Clube da Luluzinha. A mudança no secretariado é esperada com muita expectativa, pois boa parte dos secretários e diretores teve um desempenho sofrível +++ Choveu muito na noite de ontem (20) e na madrugada de hoje em Porto Velho. Mesmo assim o dia foi de calor intenso na capital +++ O prefeito de Porto Velho Mauro Nazif (PSB) disse em entrevista à imprensa, como citamos ontem, que não há área de alagamentos na cidade. A chuva de ontem alagou vários setores da área central e a maioria dos bairros +++ O veículo recomendável era um barco. A miopia administrativa deve ter atingido o prefeito Mauro.

WALDIR COSTA/RONDONIADINAMICA

Regionais : Delegado se defende de acusações, “faço questão que os fatos sejam apurados”
Enviado por alexandre em 30/10/2014 23:10:47

estupro
O delegado de Polícia Civil Marcos Barp de Almeida, vítima de acusação de assédio por parte de duas mulheres esta semana, sendo que uma delas chegou a acusa-lo de supostamente tê-la estuprado, enviou nota a PAINEL POLÍTICO onde defende-se das acusações e afirma fazer questão que os fatos sejam apurados e “não tem a menor dúvida que a verdade aparecerá e que essas mulheres irresponsáveis e criminosas respondam pelo dano que vem causando à minha pessoa e também à Instituição Polícia Civil”. Elas foram conduzidas à delegacia no início dessa semana sob acusação de participar de um bando que saqueou um motel, ainda não inaugurado e furtaram diversos objetos. Veja a nota do delegado:

Prezados Senhores,

Sou o Delegado que está sendo apontado como tendo cometido estupro dentro da Central de Flagrantes.
Venho por meio desta apresentar esta nota de repúdio à forma como os fatos vem sendo noticiados de forma irresponsável, sem ouvir a minha pessoa, violando meu direito de defesa, minha privacidade, causando extremo prejuízo à minha honra.

Faço questão que os fatos sejam apurados, o que já está sendo feito, e não tenho a menor dúvida de que a verdade aparecerá e que essas mulheres irresponsáveis e criminosas respondam pelo dano que vem causando à minha pessoa e também à Instituição Polícia Civil, órgão que luta pela sociedade de forma imparcial.
Irresponsável também a forma como ligam um fato ao outro, o que aconteceu em Guajará-Mirim foi apurado e já respondi pela minha conduta, e posso assegurar que não houve processo criminal e que os fatos noticiados à época também não se deram conforme amplamente noticiado pelos meios de comunicação.

Causa-me estranheza que certos veículos de comunicação, cujo dever em tese seria o de levar ao conhecimento do público fatos verídicos, publique matérias sem antes averiguar a verdade dos fatos, que aliás cabe ao Governo, através de suas Instituições próprias.

Estranho também que os nomes das supostas vítimas sejam preservados enquanto a identidade de um Delegado seja exposta dessa forma.

Aliás, no Brasil é assim, Direitos Humanos nunca para Policiais ou cidadãos de bem, sempre para os bandidos que vem cada dia mais assolando nosso país.

E por falar nos cidadãos infratores, uma das supostas vítimas estava descrita como testemunha e foi apurado por mim que sabia da origem ilícita dos bens que negociava, pois para quem não sabe as duas supostas vítimas fazem parte do grupo de pessoas que teria furtado diversos bens de um estabelecimento comercial e que foram presas pela Polícia Militar em um excelente trabalho.

Aliás, conheço profissionalmente os Policiais Militares que realizaram a prisão e posso assegurar que realizaram seu trabalho da melhor forma possível, e como não poderia deixar de acontecer, estão sendo acusados de terem agredido uma das supostas vítimas, certamente a fim de afastarem sua conduta ou denegrir os órgãos policiais.

Já se foi a época em que a Polícia era órgão da Ditadura Militar, a Polícia de hoje é formada por pessoas que dão o sangue literalmente para proteger a sociedade, e muitas vezes ficam a mercê de comentários e pré-julgamentos que não condizem com a verdade.

Lamento que meu nome tenha sido irresponsavelmente exposto dessa forma e tenho fé que a verdade aparecerá.

Grato pelo direito de resposta.

Marcos Barp de Almeida.

Delegado de Polícia.

Regionais : Garçon condenado por improbidade pela Justiça Federal
Enviado por alexandre em 30/10/2014 23:09:51

Encrencado

O recém-eleito deputado federal Lindomar Garçon (PMDB) nem conseguiu comemorar direito a vitória nas urnas e foi surpreendido com uma derrota na justiça. O parlamentar foi condenado por improbidade pela Justiça Federal por envolvimento naquele indecoroso caso dos “Sanguessugas” (escândalo em que parlamentares federais colocavam emendas no orçamento dirigidas a uma empresa que vendiam ambulâncias superfaturadas e usadas).

Cassação

A condenação impôs a Garçon à perda das funções públicas. Embora caiba recurso, a situação do parlamentar complica porque ao assumir a Câmara Federal o caso vai ao STF e nessa instância a vida de parlamentares encalacrados não tem sido fácil. E os julgamentos, remetidos para as turmas, têm sido relativamente mais rápidos. Garçon pode perder pela segunda vez consecutiva o mandato em pleno gozo das funções.

Rolo

Para ter uma ideia do rolo em que está Garçon, após a condenação, passadas as eleições, os deputados federais voltaram a se preocupar com seus problemas na Justiça. Ontem uma comitiva de deputados foi ao STF tentar convencer os ministros a devolver a competência penal ao Plenário do Supremo Tribunal Federal e evitar que sejam sumariamente julgados nas turmas. Treze líderes partidários na Câmara dos Deputados se reuniram com o presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski para demonstrar preocupação com o fato de, em um colegiado de cinco ministros, três terem o poder de condenar criminalmente um deputado e fazê-lo perder o mandato.

Degola

Ao que tudo indica a comitiva de deputados federais saiu da reunião no STF com a mesma preocupação com que entrou. Portanto, Lindomar Garçon, além de uma dezena de outros parlamentares, está enrolado. O suplente dele pode começar a encomendar a fatiota porque é questão de tempo a degola. Esse caso ainda vai alcançar o deputado Nilton Capixaba (PTB), que, segundo investigações, seria supostamente um dos mentores da sangria no orçamento em favor da empresa de Mato Grosso que fornecia as ambulâncias a prefeitos igualmente encalacrados com os malfeitos.

O corvo

Para piorar a situação de Garçon e Capixaba, Amir Lando é o segundo suplente nesta mesma coligação em que os dois saíram vencedores e, por duas vezes, quando suplente, assumiu ao cargo em situações em que os titulares foram defenestrados por fatos macabros: a primeira com a morte de Olavo Pires e, a segunda, com a prisão de Donadon. Nessa última também era segundo suplente e virou primeiro exatamente depois que Lindomar Garçon perdeu o mandato. Reza a lenda que tê-lo (Lando) no encalço não é nada auspicioso.

Assepsia

A higienização feita pelo eleitor no Poder Legislativo não foi completa embora tenha sido boa. Quem acompanha os bastidores judiciais tem a real dimensão do que espera boa parte da turma barrada nas urnas que usou e abusou no exercício do cargo. A coluna conseguiu acessar inquéritos que dará boas enxaquecas à trupe por um longo tempo.

Impeachment

É quase uma unanimidade que o prefeito de Porto Velho é incapaz de resolver os problemas mais comezinhos do municípios. A exemplo do lixo e dos buracos. Estamos encaminhando para o terceiro ano de mandato sem que Mauro Nazif possa apontar uma única e miserável obra de sua administração. Chegamos também a mais um período de inverno que anuncia ser rigoroso sem que as ações para conter as enchentes nos bairros tenham sido adotadas para minimizar o infortúnio das pessoas que neles residem.

Impeachment II

Os motivos são fartos para que Mauro seja defenestrado no cargo e abundam a cada estação, mas numa democracia onde impera a lei qualquer ação de força necessita seguir as garantias constitucionais. Portanto, o impeachment na marra proposto pelos zelos vereadores somente fortalece um prefeito capenga e incompetente. O erro dos vereadores deu a Nazif uma sobrevida para se mantenha no cargo sem a ameaça de ser afastado imediatamente. Enquanto a edilidade não cumprir com correção suas funções o melhor é deixar que a defenestração seja feita pelo eleitor. Embora não seja fácil aguentar Mauro Nazif por mais dois anos conduzindo o paço municipal. No entanto, impeachment sem seguir a liturgia jurídica é transforma-lo em vítima da própria inoperância. Tudo o que rezava pra acontecer.

Interfaces

Os desafetos do Mauro Nazif quando tiram sarro dele gostam de dizer que administrar não é o forte do prefeito. E ilustram as atividades privadas no ramo da medicina com exemplo de atuação mal sucedida. Todavia, não seria diferente o Mauro em administrar a coisa pública. Verdade ou exagero há uma distância incomensurável entre o Mauro Nazif parlamentar do Mauro Nazif executivo. Caso um pudesse conviver simultaneamente com o outro, o primeiro pediria a cassação do segundo. Uma renúncia seria uma saída digna, diria o ex-deputado Nazif. Mas ambos preferiram o silêncio e resolver a crise nas coxias.

Espalhafato

Ano passado o prefeito da capital fez o maior salseiro na imprensa anunciando que a cidade iria virar um canteiro de obras com a aquisição de uma centenas de máquinas pesadas. O anúncio não passou de mais uma extravagante enganação publicitária. Ou as máquinas não existem ou estão paradas em algum pátio da prefeitura de Porto Velho prontas para serem utilizadas apenas no ano eleitoral. Aliás, método enganoso que surtiu efeito em eleições recentes.

Reprise

Revigorado nas urnas que lhes concederam eleger o maior número de governadores e congressistas, o PMDB não aguardou uma semana de trégua para colocar a faca afiada na garganta do governo e começar a cobrar as faturas futuras. Os sinais emitidos pelos peemedebistas indicam que os petistas e a presidente não terão sossego no segundo mandato. É o toma-la-da-cá em pleno vigor. Com a chancela das urnas. Esse filme é velho, reprisado no tempo, não tem mocinho e com final inexoravelmente conhecido.

Pergunta

Um leitor enviou uma mensagem eletrônica perguntando em nossa opinião o que faltou e qual principal motivo que impôs ao tucano e carismático Expedito Junior a perder pela segunda vez as eleições ao Governo de Rondônia? Resposta da coluna: faltaram os votos suficientes e necessários para vencer o adversário. O resto é conversa mole e fiada de palpiteiro da ponta de esquina que repete as mesmas tolices depois que o resultado é conhecido.

(1) 2 3 4 ... 4217 »