Regionais - Pará anuncia concursos com mais de 4.9 mil vagas na área da Segurança Pública em 2020 - Notícias
(1) 2 3 4 ... 8684 »
Regionais : Pará anuncia concursos com mais de 4.9 mil vagas na área da Segurança Pública em 2020
Enviado por alexandre em 15/11/2019 23:58:31

Na PC-PA serão ofertadas 1.495 vagas para os cargos de delegado, escrivão, investigador e papiloscopista. No caso da PM-PA, serão 2.469 vagas. A abertura das licitações está prevista para os dias 6 e 8 de janeiro de 2020

Portal Amazônia, com informações da Agência Pará

jornalismo@portalamazonia.com



O Governo do Estado do Pará abre, na próxima semana, os editais de licitação para contratação da(s) realizadora (s) dos concursos públicos da Polícia Civil e Polícia Militar programados para 2020. As publicações serão divulgadas no Diário Oficial do Estado (DOE), edições dos dias 18 e 20 de novembro, respectivamente.  
   
Foto:Divulgação/Agência Pará
 

Na PC-PA serão ofertadas 1.495 vagas para os cargos de delegado, escrivão, investigador e papiloscopista. No caso da PM-PA, Helder Barbalho cumpre 35% de um compromisso de Governo de 7 mil novas vagas em quatro anos, com 2.469 vagas. A abertura das licitações está prevista para os dias 6 e 8 de janeiro do próximo ano.


O governador recebeu o titular da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Segup), Uálame Machado, na tarde desta quinta-feira (14), no Palácio dos Despachos, para tratar de detalhes sobre os certames.


"Assim que houver a contratação, nossa expectativa é realizar os concursos ainda no primeiro semestre, com chamamento dos aprovados, concretizando assim os investimentos para melhorar e ampliar a presença de policiais nas ruas, com estratégias e ações ostensivas, para garantir algo que é direito do cidadão", avaliou Helder.




   

Regionais : Começou nesta sexta-feira, o período de defeso de oito espécies de peixes amazônicos
Enviado por alexandre em 15/11/2019 23:56:03

O período de defeso é estabelecido pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em função do período reprodutivo das espécies

Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

jornalismo@portalamazonia.com



Começa nesta sexta-feira (15), em toda a bacia Amazônica, o período de defeso para oito espécies de peixes: Pirapitinga, Mapará, Sardinha, Pacu, Aruanã, Matrinxã, Caparari e Surubim. Para proteger essas espécies durante a fase sensível de sua reprodução e, assim, preservar os níveis do estoque pesqueiro, a pesca fica proibida até o próximo dia 15 de março de 2020.

Foto:Divulgação/Prefeitura de Maricá


O Decreto 6.514/2008 estipula, em seu artigo 35, que quem for flagrado pescando, transportando, comercializando ou armazenando as espécies que devem ser preservadas pode ser punido com multa de 700 reais a 100 mil reais, com acréscimo de 20 reais, por quilo ou fração do produto da pescaria.


O período de defeso é estabelecido pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em função do período reprodutivo das espécies. Com a proibição em vigor, os peixes só poderão ser comercializados por produtores individuais e associações licenciadas por órgãos competentes e aqueles com a apresentação da Declaração de Estoques registradas até 18 de novembro.


Em recente entrevista à Rádio Nacional, a gerente de Controle da Pesca do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Nonata Lopes, detalhou os procedimentos declaratórios. “Quem pescou até o dia 14, tem até o dia 18 para fazer sua declaração de estoque. Aruanãs, matrinxãs, mapará, sardinhas, pirapitingas e pacus devem ser declarados ao Ibama. Já os caparari e os surubins devem ser declarados só ao Ipaam, conforme estabelece a norma do governo estadual."

Foto:William Costa/Portal Amazônia


Em território brasileiro, a Bacia Amazônica compreende áreas pertencentes a sete estados brasileiros (Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia e Roraima), ocupando aproximadamente 3,8 milhões de km2 do território nacional.


Em função da riqueza em recursos hídricos, a pesca representa uma das principais atividades econômicas da região, sendo os pescados um alimento básico da dieta da população local. Para ajudar quem vive da pesca e se vê impedido de capturar e vender algumas das espécies mais procuradas, o Instituto Nacional do Seguro Social (Inss) paga aos pescadores profissionais artesanais o Seguro Defeso – benefício previdenciário equivalente a um salário-mínimo mensal, ou seja, R$ 998.

Regionais : Levantamento da PM aponta que 94% dos fuzis apreendidos vieram do exterior
Enviado por alexandre em 15/11/2019 23:52:03

Foto: Domingos Peixoto/ Agência O Globo

Um levantamento da Subsecretaria de Inteligência da Polícia Militar aponta que 94% dos fuzis apreendidos este ano pela corporação no estado foram fabricados no exterior. De 1º de janeiro até o dia 13 de novembro foram capturados 446 fuzis, dos quais 419 são de fabricação estrangeira — o que indica que as armas entraram no Brasil contrabandeadas de outros países, enquanto uma minoria (27), equivalente a 6%, foi produzida em território nacional. Segundo a PM, as apreensões deste ano já superam as feitas em 2017 e 2018, quando foram capturados, respectivamente, 382 e 330 fuzis.

Wilson Witzel x Flávio Bolsonaro

A eficiência (ou falta dela) do governo federal em combater a entrada de armas e drogas no Brasil virou motivo de polêmica envolvendo o governador Wilson Witzel (PSC) e o senador Flávio Bolsonaro (sem partido) esta semana. Ao repercutir, em uma rede social, postagem na qual Witzel criticava a "falta de combatividade" da União, Flávio chamou o governador de "traidor", "mentiroso contumaz" e "incompetente".

Procurado pela coluna para comentar as críticas de Flávio, Witzel rebateu: "Só falo sobre essa questão com presidente ou ex-presidente. As perguntas que estou fazendo devem ser analisadas e respondidas pelo chefe de estado e não por auxiliares ou familiares. A quantidade de drogas apreendidas não chega a 10% do comércio que passa pelas fronteiras. O mesmo ocorre com as armas. O problema é grave e está ceifando a vida de milhares de pessoas inocentes. Nossos policiais militares estão morrendo. Qual a solução?"

Em seu post, além de criticar Witzel, Flávio afirmou que a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal bateram, em 2019, recorde na apreensão de drogas — não chegou a escrever sobre armas. A coluna procurou o senador para saber se gostaria de acrescentar outros argumentos ao debate, mas não recebeu retorno.

Regionais : Mãe indenizará filho em R$ 3 milhões por mandar matar ex-marido
Enviado por alexandre em 15/11/2019 23:46:42


julgamento.jpeg

 

A Justiça de São Paulo condenou uma mulher, presa pela morte do ex-marido (diretor de um importante frigorífico brasileiro) em 2008, a pagar indenização por danos morais e materiais, que pode chegar a R$ 3 milhões, ao filho do casal. Cabe recurso.

Giselma Carmem Campos Carneiro Magalhães foi obrigada a indenizar Carlos Alberto Campos Magalhães, o Cadu, em R$ 500 mil por danos morais. Segundo a decisão judicial, a mãe levou a polícia a suspeitar do envolvimento do filho no assassinato do pai, o diretor-executivo da Friboi Humberto Magalhães.

Ainda de acordo com a juíza Andrea de Abreu e Braga, da 10ª Vara Cível do Fórum Central Cível da capital, Giselma terá de pagar a Cadu indenização por danos materiais, em valor a ser calculado, baseado nos salários do empresário. No entendimento da magistrada, a mãe tirou do filho o pai, que lhe dava sustento financeiro, quando mandou mata-lo. Cadu tinha 17 anos à época e teria direito a receber ajuda do pai até seus 24 anos.

Cadu tem atualmente 28 anos, dá aulas de inglês e mora num apartamento no Centro da cidade. O pedido de indenização foi feito pelo advogado dele, Renato Ferri Soares Pinto. O valor sugerido da ação é de R$ 3.143.555,02. “A sentença fixou critérios de correção monetária e juros legais dos quais discordamos. Ainda vamos estudar se recorreremos de tal fato”, disse Renato ao G1. “De todo o modo, a indenização deve superar R$ 1,5 milhão, mesmo na pior das hipóteses para o autor".

De acordo com o advogado de Cadu, a indenização teria de ser R$5 milhões, levando-se em conta correção e juros calculados por ele. A reportagem não conseguiu localizar a defesa de Giselma para comentar o assunto.


G1

Regionais : Wesley Safadão posta foto irreconhecível
Enviado por alexandre em 15/11/2019 23:45:06

SAFAD�O.jpg


 

Wesley Safadão usou o Instagram para compartilhar um #TBT especial. Ele dividiu com os fãs um vídeo no qual aparece anunciando um show da banda Garota Safada – grupo que fez o cantor deslanchar na carreira.

“E aí, galera! Acabamos de chegar e daqui a pouquinho vocês vão curtir mais um show da ‘safadinha do forró’. Beijão do Safadão para vocês”, diz uma cabeludo Wesley Safadão.

Rapidamente, o vídeo conseguiu mais de 500 mil visualizações. Nas imagens, é possível ver como Safadão mudou nos últimos anos. O próprio artista brincou com a situação: “Na época, eu me achava lindo”.

Veja o vídeo, clicando AQUI.

(1) 2 3 4 ... 8684 »