Regionais - Juíza admite favorecimento para policiais civis em concurso para delegado em MT - Notícias
« 1 2 3 4 (5) 6 7 8 ... 12059 »
Regionais : Juíza admite favorecimento para policiais civis em concurso para delegado em MT
Enviado por alexandre em 15/10/2017 12:00:25

Juíza admite favorecimento para policiais civis em concurso para delegado em MT

Célia Vidotti, porém, quer ouvir parecer do MPE antes de decidir sobre anulação de provas

A juíza da Vara de Ação Civil Pública e Ação Popular, Celia Regina Vidotti, admitiu a possibilidade de “situação privilegiada” para candidatos ao concurso de delegado substituto da Polícia Judiciária Civil (PJC) que tenham atuado nas carreiras da Polícia Civil pois, como prevê o edital, por conta desta experiência, recebem 1 ponto a mais na classificação final do certame por cada ano trabalhado na corporação, até o limite de 5 pontos, na avaliação de títulos. A análise ocorreu num pedido de anulação do concurso.

“Sobre a ofensa ao princípio da isonomia, verifica-se que os pontos atribuídos na fase classificatória do certame, mais especificamente no item 8.3, denominado ‘Avaliação de Títulos’ revelam, em tese, uma situação privilegiada a um determinado grupo de pessoas que coloca os demais concorrentes em acentuada desproporcionalidade, pois, o candidato que estiver em exercício em cargo da carreira da Polícia Civil poderá receber mais pontos que um candidato que possui doutorado. E o exercício de cargo não é título”, disse a magistrada.

A juíza deu o parecer na última quarta-feira (11) no âmbito de uma ação civil pública proposta por um dos candidatos que denunciavam o suposto benefício. Por ora, Celia Regina Vidotti não determinou a suspensão do certame, porém, enviou os autos para manifestação do Ministério Público Estadual (MP-MT), que pode requerer a anulação do edital ou sugerir o arquivamento do caso.

O autor da demanda, ao descobrir que já existem procedimentos instaurados no MP-MT para apurar as condições da concorrência, optou pela desistência da ação. No entanto, a palavra final sobre seu prosseguimento na Justiça será da juíza. “Desta forma, e considerando que já existem procedimentos investigatórios sob a presidência do Ministério Público, para apurar outras denúncias de irregularidades no concurso para provimento do cargo de delegado da Polícia Judiciária Civil do Estado de Mato Grosso, determino que seja dada vista dos autos ao Promotor de Justiça, Dr. Ezequiel Borges de Campos, para manifestação e, se for o caso, o prosseguimento desta ação”, finalizou a magistrada.

O autor da ação contra o Estado de Mato Grosso alegou ainda que duas servidoras que já ocuparam cargos comissionados na Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) e na Secretaria de Estado de Gestão (Seges-MT), “foram responsáveis por elaborar o edital do certame”, o que também poderia configurar uma concorrência desleal. Celia Regina Vidotti, por sua vez, disse que o candidato não apresentou “indícios” desta suposta fraude.

“Nada foi apresentado, nem mesmo indícios de qualquer favorecimento a estas candidatas, ou que de qualquer forma tenham obtido informações privilegiadas, de modo que as afirmações não passam de conjecturas. O simples fato de as candidatas terem exercido cargos em comissão nas secretarias de segurança pública e de gestão, por si só, não autoriza concluir que teriam vantagem sobre os demais candidatos”, ponderou a magistrada.

Segundo informações da Sesp-MT, o salário inicial oferecido aos delegados substitutos é de R$ 19.316,49. O concurso teve 13.290 candidatos inscritos a ampla concorrência e 205 para pessoas com deficiência. A avaliação possui 6 fases que devem se estender até junho de 2018. A primeira delas – composta pelas provas escritas objetiva e dissertativa -, ocorreram no dia 8 de outubro de 2017.

POLÊMICA

O concurso para delegado substituto da Polícia Civil de Mato Grosso teve sua primeira fase realizada na semana passada e foi cercado de polêmica. Na aplicação das provas teria ocorrido diversas irregularidades denunciadas pelos candidatos.

A mais grave dela é o vazamento de imagens das provas antes mesmo do início. A situação gerou revolta dos concorrentes, que registraram boletins de ocorrência. Houve também situações em que o envelope com as provas já teria sido aberto antes de chegar a sala.

A banca organizadora - Cespe-UNB - negou fraudes no certame, considerando as ocorrências relatadas pelos candidatos como "normais". Porém, a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) instaurou procedimento para investigar o caso.

FOLHAMAX

Regionais : "Televisão e arte moderna representam violência maior", diz vereador após defesa a uso de chicote para educar crianças em post
Enviado por alexandre em 15/10/2017 11:57:18


Após gerar polêmica e dividir opiniões em postagem nas redes sociais no último dia 11, ao defender chicotadas como método para a educação das crianças, o vereador de Lucas do Rio Verde Airton Callai (PSB) emitiu nota se esclarecendo. Ele reafirma ser contrário à violência "o relho utilizado na postagem é meramente ilustrativo, para chamar atenção dos pais e colocar limites nos filhos, não acredito que a violência seja a solução dos problemas dentro de casa", diz trecho da nota. Horas após a postagem, mais de 220 pessoas comentaram sobre o post e outras 80 compartilharam.

No documento, ele negou incentivar violência e o espancamento como forma de educação e que a imagem de um chicote para a postagem foi meramente ilustrativa. “Não acredito que a violência seja a solução dos problemas dentro de casa”, frisou. Adiante, afirmou que a televisão e arte moderna representam violência maior do que a incentivada em sua rede social. Veja na íntegra a nota enviada pelo político ao Olhar Direto na tarde deste sábado (14):

“Quero agradecer o apoio e o entendimento que a maioria teve sobre meu post. Quero também, antes de qualquer coisa afirmar que sou contra a violência, crueldade, espancamento e tortura seja ela com quem for. Esclareço que fico absolutamente indignado com a falta de respeito que a geração de hoje tem, se achando os donos da verdade, não há limites! O relho utilizado na postagem é meramente ilustrativo, para chamar atenção dos pais e colocar limites nos filhos, não acredito que a violência seja a solução dos problemas dentro de casa, mas acredito que os pais devem tomar uma decisão e uma atitude perante a educação da criança. Nunca tive a intenção de polemizar ou incentivar a violência, e noto que muitos que comentam a reportagem também entenderam o que quis dizer".

Ele ainda assevera: "Hoje vimos e ouvimos em todos os locais crianças/adolescentes, tendo atitudes no mínimo reprováveis, respondões, valentões, viciados, traficantes, roubando, matando, desocupados e com todos os direitos a seu favor. O Estado que deveria proteger, dar Médico no PSF, remédio na farmácia, escola boa e agradável, creche e segurança não o faz, e ai, neste momento vejo poucas defesas das crianças. A família educa, a escola ensina. Enfim, ao meu leigo ver, noto que os valores estão sendo invertidos... temos pornografia, falcatruas e traições, o bulling, a escola do crime em novelas, na televisão a toda e qualquer hora do dia, filmes de extrema violência como cartaz principal dos picos de audiência, e depois na maior cara de pau pedir o teu dinheiro para ajudar entidades que cuidam de crianças, onde na maioria de sua grade de programação ensina totalmente ao contrário, e ainda tem arte moderna com homens nus (que dessa me recuso a falar)... Isso é que estão ensinando através da TV?, me pergunto. “Será que isto não é mais ‘violento’ do que meu post?”. Aos poucos que discordaram, o meu respeito as suas convicções. A verdade está escancarada para quem quiser ver e entender, ou se esconder atrás de mundos perfeitos que geralmente só existe em alguns livros, porque a realidade da vida é bem diferente”.


OLHAR DIRETO

Brasil : PREPARATÓRIO
Enviado por alexandre em 15/10/2017 11:47:10


Redes sociais podem ser aliadas de estudantes na preparação para o Enem
Segundo ele, a maioria dos alunos que acessa os conteúdos do YouTube usa a internet como complemento dos estudos, principalmente na véspera das provas.
Agência Brasil
A internet e as redes sociais já fazem parte do dia a dia dos jovens brasileiros e podem ser ferramentas na preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A possibilidade de estudar nos horários mais convenientes e gastando pouco são facilidades que vêm atraindo estudantes para a prática de estudar online.

Há quatro anos, o professor goiano Paulo Valim decidiu trocar as salas de aula de cursinhos em São Paulo por aulas de química à distância. Seu canal no YouTube, que começou com 20 vídeos caseiros, hoje tem mais de 427 mil seguidores e mais de 31 milhões de visualizações nos vídeos.

Segundo ele, a maioria dos alunos que acessa os conteúdos do YouTube usa a internet como complemento dos estudos, principalmente na véspera das provas. Já os estudantes cadastrados em uma plataforma online criada por ele, que oferece aulas, exercícios e material didático, fazem todo planejamento e se preparam para as provas exclusivamente pela internet. Alguns materiais são de graça, mas outros são pagos.

As principais vantagens do estudo online, segundo Valim, são a economia de tempo no trânsito, principalmente nas grandes cidades, a possibilidade de se organizar conforme o tempo disponível, além da economia financeira e da variedade de conteúdos e professores diferentes.

No entanto, o professor alerta para a importância da organização para os estudos pela internet. “Se não tiver disciplina, não rola. Você tem que se policiar para não ficar na cama mais 30 minutinhos e depois mais 30 minutinhos e perder um dia de estudos. Tem que ter um plano de estudos e segui-lo religiosamente. Ter horário para começar e horário para parar os estudos e manter uma rotina saudável”, aconselha Valim, que é embaixador do Youtube Edu do Brasil.

Outro cuidado que os alunos devem ter ao estudar pela internet é se certificar da competência dos educadores. O professor de matemática Mick Xavier diz que é preciso procurar saber qual a formação do professor, obtendo informações sobre sua experiência profissional e acadêmica. “Em geral, os alunos se deixam levar pela fama e popularidade dos professores em canais na internet, e às vezes nãos sabem a procedência e a formação do professor”, diz.

Xavier lançou um canal no YouTube há cerca de um ano, com aulas e dicas de matemática. “A possibilidade de atingir alunos de diversas partes do Brasil e do mundo é algo fascinante. Além disso, com as aulas online você trabalha com alunos que estão realmente interessados em aprender”, conta o professor, que também dá aula em escolas e cursinhos.

Este ano, o Enem será realizado nos dias 5 e 12 de novembro, com a participação de 6,7 milhões de candidatos.

Grupo de Whatsapp reúne professores e alunos

Pensando na facilidade de estudar pela internet, há três anos a funcionária pública Karol Ferraz decidiu criar um grupo no Whatsapp com professores e alunos. Atualmente, cerca de 180 pessoas estudam diariamente com as aulas repassadas pelos professores voluntários, que incluem textos, áudios, imagens e atividades.

Para Karol, que mora em Icaraí de Minas (MG), a principal vantagem de estudar online é a disponibilidade de tempo. “Estudando em grupo pelo whatsapp conseguimos rapidamente ter acessos, por meio de outras pessoas, a matérias que realmente precisamos estudar. Isso já é um ponto de início para quem nem sabe por onde começar”, diz a estudante, que pretende entrar no curso de psicologia.

Um dos integrantes do grupo é Leandro Guimarães, de São Paulo, que vai fazer o Enem pela segunda vez este ano, para tentar entrar em uma faculdade de direito. Ele decidiu estudar apenas pela internet por causa da disponibilidade de conteúdos sem custo para os estudantes. “O interessante é a variedade de professores, cada um ensina do seu jeito e você pode aproveitar o melhor de cada um”, avalia. Guimarães também diz que estudar pela internet dá mais flexibilidade de horários, diferente de cursinhos presenciais, que exigem uma rotina mais rígida.

O estudante Thiago Felipe, mora no distrito de Barra do Sitiá (CE), e também está estudando para o Enem apenas pela internet. “Eu terminei o ensino médio em 2014, tem muito tempo que não pego em um livro. É a primeira vez que estou levando a sério o estudo para o Enem, e estou gostando de estudar pela internet”, diz.

Regionais : Filho esfaqueia mãe dentro de casa e quando vizinha chega ele diz 'ela merece'
Enviado por alexandre em 15/10/2017 11:44:36


Uma cena lamentável foi vista na madrugada de sábado, 14, quando uma vizinha ao ouvir se deparou com um filho tentando matar a mãe com vários golpes de faca no bairro João Bosco Pinheiro, em Cuiabá.

Segundo informações do boletim de ocorrência, uma viatura foi chamada por vizinhos que flagram a mulher toda ensanguentada e com vários cortes pelo corpo.

Péricles Vinicius Rodrigues Ribeiro, filho adotivo, foi visto por uma moradora próxima esfaqueando a mãe e com muita raiva dizendo, “ela merece, ela merece”.

Quando a polícia chegou no local o homem estava dormindo com várias marcas de hematomas pelo corpo.

Uma unidade do Samu esteve no local e a vítima foi levada para receber atendimento médico. O estado de saúde dela é desconhecido.

O motivo da violência não foi declarado. Pericles foi preso em flagrante e levado para a delegacia.

24 Horas News

Saúde : KANELA
Enviado por alexandre em 14/10/2017 23:46:35


A paraibana Debora Dantas de 23 anos mostra que só um belo bumbum é capaz de unir brasileiros e argentinos.
Dona de curvas exuberantes a morena é mais uma das quase famosas brasileiras que acaba sendo escolhida Miss Bumbum de algum País e aparece nua na Sexy Especial. As fotos de Debora Dantas nua foram feitas pela fotógrafa Vanessa Dalceno.

Confira a entrevista picante com Debora Dantas.

– Como aconteceu isso de ser Miss Bumbum Argentina?
Tem o concurso nacional (a vencedora do Miss Bumbum Brasil será capa da SEXY de dezembro) e concursos internacionais. No Miss Bumbum Argentina teve uma votação feita por jurados e eu fiquei em primeiro lugar.

– A idade faz diferença na performance sexual?
Sim. O cara mais velho se preocupa mais com a mulher… Se bem que meu ex-marido tentava me satisfazer, mas em cinco minutos já era (risos).

– Tem alguma posição que você goste mais?
De quatro. É a posição que me faz chegar no ápice. Geralmente preciso me estimular, mas de quatro consigo sem (risos). Mas ele tem que ter feito um bom trabalho antes…

– Um bom sexo oral…
Com certeza. Pra mim sem sexo oral não rola. Pô, vou fazer no cara, como ele não vai fazer em mim?

– Você se masturba?
Sim (risos)! Um dia sim e outro dia também. Adoro ver filmes…

– Que tipo de filme?
Eu gosto mais de filmes com duas mulheres e um homem…

– Você já fez isso na realidade?
Já. E gosto.

– Já fez bastante, então…
Já (risos).


















« 1 2 3 4 (5) 6 7 8 ... 12059 »