Bolsonaro manda suspender uso de radares nas rodovias federais - Regionais - Notícias
Regionais : Bolsonaro manda suspender uso de radares nas rodovias federais
Enviado por alexandre em 15/08/2019 23:56:58

O despacho foi publicado no Diário Oficial da União / Foto: Fernando Oliveira/Divulgação PRF/PR

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, determinou ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio de despachos publicados nesta quinta-feira (15) no Diário Oficial da União, que suspenda o uso de radares estáticos, móveis e portáteis até que o Ministério da Infraestrutura “conclua a reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas”. A medida não muda a atuação dos radares fixos, popularmente conhecidos como lombadas eletrônicas. 

De acordo com o documento, a medida tem por objetivo “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória dos instrumentos e equipamentos medidores de velocidade”. O despacho do presidente pede também que o ministério “proceda à revisão dos atos normativos internos que dispõem sobre a atividade de fiscalização eletrônica de velocidade em rodovias e estradas federais pela Polícia Rodoviária Federal”. 

De acordo com a resolução 396 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), em seu artigo número 1:

I – Fixo: medidor de velocidade com registro de imagens instalado em local definido e em caráter permanente;

II – Estático: medidor de velocidade com registro de imagens instalado em veículo parado ou em suporte apropriado;

III – Móvel: medidor de velocidade instalado em veículo em movimento, procedendo a medição ao longo da via;

IV – Portátil: medidor de velocidade direcionado manualmente para o veículo alvo.

Medida já era anunciada

Na última segunda-feira (12), Bolsonaro já havia comentado sobre a intenção de acabar com os radares nas estradas brasileiras. A declaração da última segunda aconteceu em uma cerimônia de liberação de um trecho de 47 quilômetros de duplicação da BR-116, na cidade de Pelotas, no interior do Rio Grande do Sul. “Estou com uma briga na Justiça, junto com o ministro Tarcísio Gomes de Freitas, da Infraestrutura, para acabar com os radares móveis do Brasil”, comentou o presidente. “Isso é coisa de máfia de multas, é um dinheiro que vai para o bolso de poucos aqui no Brasil, é uma indústria de multas”, completou.

No mesmo dia, o presidente prometeu que acabaria com os radares. “A partir da semana que vem, não teremos mais essa covardia de radares móveis no Brasil”.

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo