Prefeito de Porto Velho vai ao MP denunciar “esquema” de super salários de servidores estatutários da PGM, SEMFAZ E CGM que passam de R$ 100 mil reais - Regionais - Notícias
Regionais : Prefeito de Porto Velho vai ao MP denunciar “esquema” de super salários de servidores estatutários da PGM, SEMFAZ E CGM que passam de R$ 100 mil reais
Enviado por alexandre em 10/06/2021 14:51:24

Agora cabe ao Ministério Público apurar a quanto tempo os super salários estão sendo pagos e quanto foi o rombo bilionário que deixou nos cofres do município.



O prefeito do município de Porto Velho, Dr. Hildon Chaves (PSDB), protocolou na manhã desta quinta-feira (10) no Ministério Público de Rondônia, denúncia de super salários de servidores públicos estatutários que em sua grande maioria chegam a ganhar mais de 50 mil reais por mês.

De acordo com o prefeito, um possível esquema na folha de pagamento do Município foi instalado para beneficiar servidores do alto escalão da Procuradoria Geral do Município, Controladoria Geral e da Secretaria de Fazenda.

Conforme apurado pelo JH Notícias no portal da transparência do município de Porto Velho pelo endereço https://transparencia.portovelho.ro.gov.br/folha-pagamento, o salario de um procurador chega ao valor bruto de R$ 58.864,48, não muito diferente dos salários de um auditor municipal que ganha R$ 42.690,02 e de um fiscal de tributos da Secretaria de Fazenda que chega a quase R$ 30 mil por mês.

Há indícios que existem servidores que possuem salários mensais superiores a R$ 100 mil e se blindam mutuamente para continuarem “assaltando” os cofres públicos, como se fossem verdadeiros marajás do erário. É um caso de repercussão nacional.

O prefeito está preocupado com a situação porque enquanto faz de tudo para manter em dia a folha e, abrindo mão da extinção de cargos da administração através de uma minirreforma administrativa, há servidores ganhando até quatro vezes mais que o chefe do Executivo. Se a denúncia for aceita, prisões poderão sacudir a cúpula de procuradores, fiscais e controladores.

Agora cabe ao Ministério Público apurar a quanto tempo os super salários estão sendo pagos e quanto foi o rombo bilionário que deixou nos cofres do município.

 


Por JH Notícias

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo