Brasileira é vítima de feminicídio nos EUA na frente dos filhos - Regionais - Notícias
Regionais : Brasileira é vítima de feminicídio nos EUA na frente dos filhos
Enviado por alexandre em 22/04/2021 08:34:24

Brasileira é assassinada por ex-namorado nos Estados Unidos enquanto pegava as compras de supermercado no carro. O homem não aceitava o fim do relacionamento. Feminicídio ocorreu na frente das crianças

Débora Evangelista Brandão
Débora Evangelista Brandão

Débora Evangelista Brandão, de 34 anos, foi vítima de feminicídio no último domingo (18) no estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos. O autor do crime é o ex-namorado Danilo Sousa Cavalcante. O homem não aceitava o fim do relacionamento e atacou a vítima com golpes de faca.

Nascida no Maranhão, Débora morava nos Estados Unidos há cerca de cinco anos com os dois filhos. O assassinato aconteceu na frente das crianças, enquanto ela retirava as compras de supermercado do carro.

“Foi enquanto ela pegava as compras do supermercado no carro dela, com as crianças. Ele pegou ela pelo cabelo e a golpeou no tórax, deixando as crianças verem tudo”, informou a irmã de Débora, Sarah Brandão. “Ela vivia pros filhos e ele não aceitou o fim do relacionamento. Ele já tinha tentado matar ela duas vezes. Tinha medida protetiva e tudo”, relatou Sarah.

“Até quando as mulheres vão ter que passar por isso? Quando os homens vão entender quando uma mulher acaba o relacionamento e não quer mais? Agora estou sozinha, em outro país, sem a minha irmã e com os dois filhos dela. Eu quero agradecer o apoio de todos”, concluiu Sarah, que também mora nos EUA.

A família de Débora está pedindo ajuda para trazer o corpo para o Brasil. “A gente está fazendo um grupo de amigos, pedindo ajuda, para fazer o translado e tentar trazer o corpo para ser enterrado na terra natal dela”, disse Washington Brandão, irmão da vítima.

Danilo Sousa Cavalcante fugiu para o estado da Virgínia, mas foi preso pela polícia local menos de duas horas após o assassinato. Ele segue detido e deverá ser julgado segundo as leis da Pensilvânia.

Danilo

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo