(1) 2 3 4 ... 75 »
Concurso Público : Edital do novo concurso da Caixa com mais de 4 mil vagas sai nesta quinta-feira
Enviado por alexandre em 22/02/2024 10:07:42

De nível médio, são 2 mil para o cargo de técnico bancário novo e 2 mil para técnico bancário novo para a área de TI

A Caixa Econômica Federal lança, nesta sexta-feira, o edital do concurso público que irá preencher mais de 4 mil vagas, incluindo cadastro reserva. De nível médio, são 2 mil para o cargo de técnico bancário novo e 2 mil para técnico bancário novo para a área de TI. Além disso, de nível superior, serão 28 vagas para médicos do trabalho e 22 para engenheiros de segurança do trabalho.

 

O anúncio foi feito pelo presidente da Caixa, Carlos Vieira, após encontro no Palácio do Planalto com o presidente Lula. Segundo Vieira, a reunião foi para apresentar a Lula a cópia do edital.


Os postos de técnico bancário novo, incluindo para a área de TI, terão remuneração inicial de R$ 3.762. Já as carreiras de médico do trabalho e de engenheiro de segurança do trabalho começam com remuneração de R$ 11.186 e R$ 14.915, respectivamente.

 

Veja também

 

Concurso BACEN: Inscrições abertas! Até R$ 20,9 mil! Veja

 

Concurso para a Guarda Municipal da Prefeitura de Manaus teve mais de 24 mil inscritos

 

Os empregados contarão ainda com benefícios de assistência à saúde, previdência complementar, auxílio alimentação e refeição, vale transporte, auxílio creche etc.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatAppCanal e Telegram

 

 

A banca organizadora será a Fundação Cesgranrio, e a previsão do presidente é que as provas aconteçam ainda no primeiro semestre do ano, com convocação dos aprovados até dezembro.

 

 

Fonte: O Globo

 

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso Público : Tesouro Nacional abre 40 vagas de nível superior, com salários acima de R$ 20 mil
Enviado por alexandre em 29/01/2024 11:21:07

Inscrições começam na próxima segunda-feira (29) e vão até 4 de março, no site da FGV Conhecimento

A Secretaria do Tesouro Nacional abrirá, na próxima segunda-feira (29), as inscrições para o concurso público com 40 vagas de auditor federal de Finanças e Controle.

 

Os interessados devem acessar, até 4 de março, o site da FGV Conhecimento, para se candidatarem. A remuneração inicial da carreira é de R$ 20.924,80.

 

A confirmação da candidatura depende do pagamento de uma taxa de inscrição de R$ 160. O concurso também exige nível superior em qualquer área. Haverá ainda prova objetiva, com 40 questões de Conhecimentos Gerais e 70 de Conhecimentos Específicos, e discursiva de Redação.

 

Veja também 

 

Ministério do Planejamento faz concurso para preencher 371 vagas de nível superior

 

Forças Armadas têm mais de 2.500 vagas abertas no país para quem sonha com a carreira militar

 

As vagas são para cinco áreas: econômico-financeiro (18), econômico-financeiro - contratações (2), contábil (7), tecnologia da informação - operação e infraestrutura (5), tecnologia da informação - transformação digital (8). 

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

Fonte: Extra

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso Público : Prefeitura de Theobroma abre concurso público com quase 50 vagas
Enviado por alexandre em 28/01/2024 13:00:02

A prefeitura de Theobroma (RO) abriu um concurso público para a contratação de 47 profissionais em cargos de nível fundamental, médio e superior. As inscrições abrem no dia 29 de janeiro e podem ser realizadas até o dia 17 de fevereiro.

Os interessados devem se cadastrar pelo site da RHS Consult, responsável pela organização do certame. As taxas variam de R$ 50 a R$ 100, variando conforme o cargo pretendido.

A seleção será realizada por meio de prova objetiva, prova prática (para motorista e operador de máquinas) e avaliação de títulos (para cargos de nível superior), que devem começar a ser aplicados no dia 31 de março. Confira o edital na íntegra.

As jornadas de trabalho são de 20h ou 40h semanais e os salários chegam a R$ 4,2 mil.

Confira as vagas disponíveis:

 

  • Agente Comunitário de Saúde;
  • Agente de Combate à Endemias;
  • Agente de Defesa Ambiental;
  • Agente de Portaria;
  • Arquiteto; Assistente Social;
  • Auxiliar de Farmácia;
  • Auxiliar de Serviços Gerais – Homem;
  • Auxiliar de Serviços Gerais – Mulher;
  • Contador – Câmara Municipal;
  • Controlador Interno – Câmara Municipal;
  • Controlador Interno – IPT;
  • Cuidador de Alunos da Educação Infantil;
  • Desenhista Cadista;
  • Educador Físico;
  • Enfermeiro;
  • Engenheiro Civil;
  • Farmacêutico Generalista;
  • Engenheiro Eletricista;
  • Fiscal Ambiental;
  • Fiscal de Obras;
  • Fiscal de Rendas;
  • Fiscal de Vigilância Sanitária;
  • Fisioterapeuta;
  • Gestor Ambiental;
  • Médico Clínico Geral;
  • Merendeira;
  • Monitor de Transporte Escolar;
  • Monitora de Educação Infantil;
  • Motorista de Transporte Escolar;
  • Motorista de Veículos Leves;
  • Motorista de Veículos Pesados;
  • Nutricionista;
  • Operador de Máquinas Pesadas;
  • Orientador Educacional;
  • Orientador Educacional;
  • Pedagogo;
  • Professor de Ciências;
  • Professor de Educação Física;
  • Professor de Geografia;
  • Professor de História;
  • Professor de Língua Inglesa;
  • Professor de Língua Portuguesa;
  • Professor de Matemática;
  • Professor do AEE;
  • Professor Pedagogo;
  • Psicólogo;
  • Supervisor Educacional;
  • Supervisor Educacional;
  • Técnico Administrativo;
  • Técnico de Controle Interno;
  • Técnico de Enfermagem;
  • Técnico de Radiologia;
  • Técnico Educacional;
  • Técnico em Informática;
  • Zeladora e
  • Zeladora – Câmara Municipal.

 

G1

Concurso Público : Concursos: país abre maior número de vagas em 15 anos. Veja as oportunidades
Enviado por alexandre em 24/01/2024 09:12:10

O ano começa com 9.116 novas vagas autorizadas. Desse total, cerca de 6,6 mil oportunidades serão preenchidas pelos aprovados no Concurso Nacional Unificado

A estabilidade no emprego e a chance de seguir uma carreira no serviço público com boa remuneração move milhões de brasileiros que se preparam para a retomada dos concursos pelo governo federal. O ano de 2024 começa com 9.116 novas vagas autorizadas, o maior número de postos abertos no Executivo desde 2009, quando a União selecionou 20,4 mil funcionários públicos, no segundo mandato do presidente Lula.

 

Agora, cerca de 6,6 mil das novas posições serão preenchidas pelos aprovados no Concurso Nacional Unificado (CNU), que abriu inscrições na semana passada e aplica provas em 5 de maio. Mas a volta dos concursos após um longo período de poucas oportunidades ocorre num ambiente diferente do de 15 anos atrás.


Mudaram os conteúdos a serem avaliados e a dinâmica das provas, além da ampliação do acesso com a realização de provas em 220 cidades e taxas de inscrição acessíveis (R$ 90 para cargos de ensino superior e R$ 60 para os de ensino médio, com isenções sociais), o que acirra a concorrência. Essas inovações se tornaram o combustível de uma repaginação que o setor de cursos preparatórios foi obrigado a fazer em muito pouco tempo.

 

Veja também

 

Petrobras abre processo seletivo para estágio de nível superior com vaga no Amazonas

 

Anatel abre 50 vagas de nível superior. Salário inicial é de R$ 16.400

O levantamento de vagas, feito pelo GLOBO com base em dados do Ministério da Gestão e Inovação (MGI), não considera estatais como Petrobras e bancos públicos, que engordam a temporada de recrutamentos. A petroleira faz concurso para 6,4 mil vagas. A Caixa Econômica Federal vai selecionar 4 mil para as áreas de tecnologia e bancária.

 

Nesse intervalo de 15 anos, o menor número de abertura de vagas no setor público federal foi em 2019, no governo Bolsonaro, com 309 cargos autorizados para órgãos e entidades ligados à União. A gestão anterior chegou a propor uma Reforma Administrativa para conter os gastos com pessoal, mas a proposta não avançou.

 

Os selecionados agora serão contratados antes de uma reforma alternativa, estudada pelo governo para otimizar a gestão pública. Como mostrou O GLOBO, estão na mesa propostas como redução do número de carreiras e salários iniciais mais baixos.

 

Com a autorização, os órgãos têm um cronograma para lançar edital e realizar as provas neste ano. A efetivação do servidor pode ficar para os anos seguintes, respeitando prazo legal. Só para as vagas das instituições e ministérios que aderiram ao CNU, o governo espera perto de 3 milhões de candidatos em todo o Brasil, com provas aplicadas de norte a sul do país.

 

A lista de municípios vai de Pelotas (RS) a Breves, na Ilha do Marajó (PA). Os salários iniciais variam de R$ 4 mil a quase R$ 23 mil, e os servidores começam a ser convocados já em agosto.

 

Para Antonio Batista, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (FURG) e especialista em administração pública, é natural que as mudanças provoquem um forte aumento da demanda nos cursos preparatórios. Mas, para ele, a adaptação aos conteúdos representa o maior desafio já enfrentado por essa indústria de concursos:

 

— Como as provas serão diferentes daquilo que se esperava, os diretores de cursinhos agora correm atrás de adequar o que faziam. O cenário discutido entre eles para serem atraentes aos alunos é sempre em caráter de urgência.


Aos 23 anos, Thiago Maia se prepara para o CNU pagando dois cursos, um presencial, em Brasília, e outro on-line.

 

— Vi nessa quantidade de vagas uma oportunidade boa de conseguir a estabilidade e a tranquilidade que já almejava — diz o jovem, que tentará vagas ligadas à saúde.

 

Assim como ele, em Brasília, onde vão trabalhar 30% dos aprovados no CNU, os concurseiros já estão em campo, preparando-se inclusive para seleções para as quais ainda não há datas marcadas, como as do Judiciário. Uma das mais aguardadas é a do Superior Tribunal de Justiça (STJ), para a qual Luísa Veras, de 22 anos, estuda. Enquanto espera, decidiu também fazer o CNU:

 

— Estou animada com tantas vagas e oportunidades. Eu me surpreendi que áreas como Direitos Humanos e História do Brasil estejam na programação. Todos sairão do mesmo ponto de partida.

 

Essa é também a avaliação nos cursos preparatórios. Marcos Britto, diretor pedagógico do Degrau Concursos, avalia que o CNU tem atraído tanto os concurseiros profissionais (que estão em preparação contínua e vivem fazendo provas), quanto trabalhadores que nunca tinham pensado em seguir carreira pública, mas querem aproveitar a oportunidade.

 

Para Britto, as disciplinas novas fazem com que diferentes perfis de concorrentes saiam praticamente em condições iguais, já que todos precisarão começar do zero a revisão do conteúdo. A vantagem dos mais experientes é apenas já terem desenvolvido disciplina para estudar, diz:

 

— A procura é de um público bem heterogêneo. Notamos aumento de 40% de alunos em comparação com janeiro de 2023. Já temos seis turmas presenciais para o CNU e estamos calculando abrir mais dez até o fim do período de inscrições (em 9 de fevereiro).

 

Professor de comportamento organizacional da FGV Ebape, Marco Túlio Zanini destaca que é preciso ter condições mínimas de preparação, como tempo disponível para estudar e renda para se manter:

 

— Quando um jovem de 30 anos abre mão da carreira no mercado para fazer concurso, isso tem de levantar um alerta. Nossa economia continua baseada em commodities e carente de indústrias de maior valor agregado que possam gerar vagas com salários mais altos.


Aryana Aragão, de 42 anos, trabalha numa agência de comunicação, mas se preocupa com empregabilidade na maturidade. Ela decidiu dedicar as noites, após o trabalho, aos estudos para o CNU em uma biblioteca pública de Brasília.

 

— Quero mais estabilidade para o futuro. Quando estamos envelhecendo, pensamos mais nisso. Percebo que o mercado, na minha área, dá preferência aos mais jovens. Ao contrário de concursos anteriores, esse tem número maior de vagas na minha área — diz.


Além do Concurso Nacional Unificado outras nove seleções reúnem ainda mais chances:

 

Banco Central - Vai realizar um concurso para 300 vagas de analista: 150 (50 imediatas) na área de Economia e Finanças e 150 (50 imediatas) em Tecnologia da Informação.


ANTT 

 

No total, são oferecidas 220 vagas, sendo 50 imediatas e 170 destinadas à formação de um cadastro de reserva, todas voltadas para a carreira de especialista em regulação de transportes terrestres.


Petrobras - Foram reabertas as inscrições para o concurso público que pretende preencher 6.412 vagas de nível médio e técnico, sendo 916 oportunidades de início imediato e 5.496 para a formação de um cadastro de reserva.


Anvisa - Serão contratados 50 especialistas em Regulação e Vigilância Sanitária da Anvisa, formados em graduações de diversas áreas.
CVM - São 20 chances para o cargo de inspetor e 40 para analista. A remuneração inicial será de R$ 20.924,80.


Fiocruz - São oferecidas 300 vagas de nível superior, distribuídas para os cargos de tecnologista em saúde pública, analista de gestão em saúde e pesquisador em saúde pública.


Casa da Moeda - O concurso tem 68 vagas de níveis médio e superior, com salários que variam entre R$ 3.749,70 e R$ 9.126,73.


Inmetro - Estão disponíveis cem vagas imediatas nos cargos de pesquisador - tecnologista em metrologia e qualidade (60 chances) e analista executivo em metrologia e qualidade (40 postos). O processo seletivo vai também formar um cadastro de reserva, com 760 oportunidades (370 para pesquisador e 390 para analista).


Caixa Econômica Federal - Ainda sem edital, o concurso foi confirmado com mais de quatro mil vagas, incluindo cadastro reserva. De nível médio, serão duas mil oportunidades para o cargo de técnico bancário novo e duas mil chances para técnico bancário novo para a área de Tecnologia da Informação (TI). Além disso, de nível superior, haverá 28 vagas para médicos do trabalho e 22 para engenheiros de segurança do trabalho.

 

Apenas as vagas abertas pelo CNU terão custo anual de R$ 2 bilhões por ano, de acordo com o governo.

 

— O ideal seria extrapolar esse impacto para anos à frente, mas isso só será possível com o marco fiscal de médio prazo (que consta no novo arcabouço fiscal) implementado, bem desenhado e calibrado — diz Vilma Pinto, diretora da Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado.

 

Para Gabriel Leal de Barros, sócio e economista-chefe da Ryo Asset, preocupa novos concursos serem feitos antes de uma reforma que revise a velocidade de progressão nas carreiras públicas, assim como os salários inicial e final:

 

— É amplamente conhecido e documentado que o salário de entrada é elevado e a progressão é desproporcionalmente calibrada, o que tem substancial impacto no equilíbrio fiscal.

 

Carla Beni, economista e professora de política fiscal da FGV, ressalta que faltam servidores em vários órgãos, prejudicando serviços públicos:

 

— Há uma ideia rasa e superficial sobre Reforma Administrativa, de que é para cortar cargos e salários. É para tornar o Estado mais eficiente.

 

CONCURSO NACIONAL UNIFICADO:


O governo federal lançou o primeiro Concurso Público Nacional Unificado, popularizado como "Enem dos concursos", com a publicação de oito editais para 6.640 vagas no funcionalismo.


Os salários iniciais variam de 4 mil a quase R$ 23 mil e as provas serão realizadas em 220 cidades.


As inscrições começam dia 19 de janeiro e vão até 9 de fevereiro.


A taxa de inscrição será de R$ 60, para as vagas de nível médio, e de R$ 90, para as de nível superior. Haverá isenção da cobrança para candidatos da baixa renda, inscritos no Cadastro Único (CadÚnico), assim como para beneficiários do Bolsa Família.

 

O plano no governo é contratar mais nos próximos anos.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram  

 

— As autorizações de concurso para os próximos períodos ainda estão em discussão. Nossa intenção é tentar (novas) autorizações para algo como 9 mil ou 10 mil novas vagas até 2026 — diz o secretário de Gestão de Pessoas do MGI, José Celso Cardoso. 

 

Fonte: O Globo

LEIA MAIS

Concurso Público : Cesgranrio lança página para o Concurso Nacional Unificado
Enviado por alexandre em 19/01/2024 10:01:07

O Concurso Nacional Unificado oferece 6.640 vagas de níveis médio e superior para 21 órgãos da esfera federal

A banca Cesgranrio, organizadora do Concurso Nacional Unificado, lançou uma página em seu portal destinada ao certame!

 

Para acessar essa página, é necessário acessar o site cpnu.cesgranrio.org.br/home. Ao abrir o site, a página abaixo será a primeira encontrada.


Ao clicar no botão “Entrar com gov.br”, o interessado será redirecionado à página do portal do portal Gov.br para efetuar o seu login e poder acessar a página. Como visto abaixo:

 

Veja também 

 

MPF pede inclusão de cotas para trans em edital do Concurso Unificado

 

Concurso Nacional Unificado: Polícia Federal e outras forças de segurança vão atuar na aplicação da prova


Quando o interessado realizar seu login no portal Gov.br (necessário colocar o CPF e a senha), o mesmo será redirecionado para o site cpnu.cesgranrio.org.br/home. Nessa página é possível encontrar os oito editais do Concurso Nacional Unificado, o cronograma de atividades e uma aba dedicada a “perguntas frequentes”, para poder tirar as principais dúvidas sobre o certame unificado. Como é possível visualizar abaixo:

 

O Concurso Nacional Unificado oferta 6.640 vagas de níveis médio e superior e o Direção Concursos preparou o material mais completo e o time de professores mais qualificado do mercado para te ajudar a conquistar sua vaga!


Clique no botão abaixo e acelere sua preparação para esta incrível oportunidade:

 

O Concurso Nacional Unificado irá ofertar 6.640 vagas destinadas à 21 órgãos e entidades do Poder Executivo Federal. Os salários iniciais podem alcançar o valor de R$ 23 mil.

 

O CNU é dividido em oito blocos temáticos, sendo eles:

 

Bloco 1 – Infraestrutura, Exatas e Engenharias – 727 vagas


Bloco 2 – Tecnologia, Dados, e Informação – 597 vagas


Bloco 3 – Ambiental, Agrário e Biológicas – 530 vagas


Bloco 4 – Trabalho e Saúde do Servidor – 971 vagas


Bloco 5 – Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos – 1.016 vagas


Bloco 6 – Setores Econômicos e Regulação – 359 vagas


Bloco 7 – Gestão Governamental e Administração Pública – 1.748 vagas;


Bloco 8 – Nível Intermediário – 692 vagas.


Interessados devem entrar no site do Gov.br entre os dias 19 de janeiro e 9 de fevereiro de 2024. Para homologar a candidatura, é necessário efetuar o pagamento da taxa de:

 

R$ 60,00 para nível médio


R$ 90,00 para nível superior


As provas objetivas e discursivas do Concurso Nacional Unificado serão aplicadas, para todos os cargos, no dia 5 de maio de 2024, em dois turnos, sendo:

 

Turno matutino (2h30 de prova)


Nível superior: provas objetivas de conhecimentos gerais (20 questões) + prova discursiva de conhecimento específico do bloco;


Nível médio: provas objetivas (20 questões) + redação.


Turno Vespertino (3h30 de prova)


Nível superior: provas objetivas de conhecimentos específicos (50 questões);


Nível médio: provas objetivas (40 questões).


Resumo:


Situação: edital publicado


Banca: Cesgranrio


Vagas: 6.640 + CR


Cargos: diversos


Escolaridade: níveis médio e superior


Salários iniciais: até R$ 22.921,71


Inscrições: de 19/1 a 9/2


Taxa: R$ 60,00 e R$ 90,00


Provas: 5/5/2024


Editais:


Bloco 1 – Infraestrutura, Exatas e Engenharias


Bloco 2 – Tecnologia, Dados, e Informação


Bloco 3 – Ambiental, Agrário e Biológicas


Bloco 4 – Trabalho e Saúde do Servidor


Bloco 5 – Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos


Bloco 6 – Setores Econômicos e Regulação


Bloco 7 – Gestão Governamental e Administração Pública

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram


Bloco 8 – Nível Intermediário

 

Fonte: Metrópoles

LEIA MAIS

(1) 2 3 4 ... 75 »
Publicidade Notícia