Painel Político - Painel Político por Alan Alex - Notícias
(1) 2 3 4 ... 126 »
Painel Político : Painel Político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 15/09/2014 21:30:00

Obra que foi entregue nesta segunda-feira também possui apenas uma pista para pedestre e não tem proteção na lateral esquerda

Yes, nós temos ponte

Ou quase uma ponte completa, já que incrivelmente o DNIT, órgão do governo federal responsável pela obra não colocou uma lâmpada sequer, aliás, nem um poste de iluminação na ponte sobre o rio Madeira, tornando a travessia noturna, um verdadeiro breu. Mas isso não é novidade, o DNIT aparentemente tem problemas com iluminação de suas obras aqui em Rondônia. O trecho da BR 364 duplicado entre Candeias do Jamari e campus da Unir sofre com o mesmo problema. Mas para essa situação eles culpam os “ladrões de fios elétricos”, e na ponte, qual será a desculpa?

Na verdade

Essa situação comprova o descaso do governo federal com as obras públicas em Rondônia e a falta de uma representação firme de nossa bancada em Brasília. Em Porto Velho temos viadutos inacabados, não conseguimos fazer as obras de saneamento e a única ponte que conseguiram concluir, após muito tempo e dinheiro, é um dos projetos mais simples e ainda está incompleta. Ela possui apenas uma passarela para pedestres e o lado esquerdo (sentido Humaitá) conta com uma proteção baixa, sem oferecer segurança alguma, se ocorrer um pequeno acidente, o risco de despencar no rio é imenso. Um projeto completamente diferente dos executados em outros estados.

Porém

Como por essas bandas nada fica pronto de fato, devemos ficar todos felizes porque agora temos uma ponte. Vamos nos alegrar e aguardar só mais uns 10 anos para que venha a próxima, dessa vez em Abunã.

Esfriou

Com o advento do período eleitoral, Mauro Nazif que andava sumido, desapareceu de vez. Ninguém encontra o prefeito e a cidade está sofrendo com a sujeira causada agora pelos fortes ventos e tempestades que chegam do nada, com direito a relâmpagos e trovões. O asfalto continua esburacado e tudo continua como dantes no quartel de Abrantes. Só que sem o Abrantes.

Na Câmara

O cenário é exatamente o mesmo. Como os vereadores estão envolvidos em campanhas, alguns são candidatos e outros estão ajudando candidaturas de amigos e padrinhos, or lá não acontece mais nada. Situação complicada em que nos encontramos. Pior é que quando encerrar o processo eleitoral (incluindo o segundo turno), o ano vai estar acabando, portanto, ações do poder público em Porto Velho só em 2015, depois do carnaval e quando acabarem as chuvas.

Olha essa

Ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, um dos líderes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), João Pedro Stedile, prometeu nesta segunda-feira realizar um protesto diário se Marina Silva (PSB) for eleita para o lugar de Dilma Rousseff. “Vamos estar todos os dias aqui em protesto”, afirmou Stedile segundo o jornal Folha de S. Paulo, durante o ato organizado por Lula no Rio. Ou seja, pensar em ajudar o país, seja lá quem for o governante, nada. Depois chamam quem não apóia o MST de “reacionários”.

E do Acre

Nos chega a notícia que imigrantes ilegais, em sua maioria africanos vindos do Senegal e Nigéria, tentam burlar a fiscalização na fronteira do Acre com o Peru para entrar no Brasil. Para conseguir chegar até a cidade acreana de Epitaciolândia, eles estariam pagando até R$ 450 para taxistas do município de Assis Brasil, uma corrida que custa normalmente R$ 30.  A viagem é feita pela madrugada, quando as fronteiras do Acre estão desprotegidas. Há casos ainda de imigrantes senegaleses que se passam por haitianos para entrar no país com mais facilidade.

“Erro de digitação”

O empresário que estava furioso com o candidato que havia “recebido uma doação” de R$ 50 mil, em espécie de sua empresa informou que, em conversa com o tal, ele foi informado que tudo não passou de um “erro de digitação” e que “seria corrigido”. Bom, o Ministério Público foi informado sobre a tal “doação” e vai apurar. Por enquanto, no sistema do TRE continua exatamente igual, “depósito feito em espécie”.

Mais 180 dias

O governo federal autorizou a permanência da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP), pelo período de 180 dias, na região do Vale do Jamarí. O objetivo é preservar a ordem pública, a incolumidade das pessoas e do patrimônio. O território Vale do Jamari abrange uma área de 32 mil quilômetros quadrados e é composto por nove municípios: Alto Paraíso, Ariquemes, Buritis, Cacaulândia, Campo Novo de Rondônia, Cujubim, Machadinho D’Oeste, Monte Negro e Rio Crespo.

Nada mudou

Consciência é algo que depende da própria pessoa e ela adquire através da educação e de exemplos. Parece que aqui em Rondônia isso não funciona. De acordo com nota emitida nesta segunda-feira pela Polícia Militar, os índices de motoristas embriagados flagrados nas blitz de lei seca continuam exatamente os mesmos de antes da implantação das operações. Ainda segundo a PM, neste final de semana foram 23 pessoas presas por embriaguez ao volante e um por lesão corporal. Estes números incluem as operações e as prisões efetuadas pelos policiais militares de trânsito que realizam as blitz diariamente.

Atualmente

Com as novas ferramentas de comunicação, como Whatsapp e Facebook, os bêbados criaram grupos que avisam onde estão ocorrendo as blitz. Porto Velho precisa, além de blitz rotineiras, radares de velocidade em todas as principais avenidas e câmeras de monitoramento que funcionem. É com tecnologia que se resolve. E claro, com consciência que beber e dirigir não combinam.

Registro

Faleceu neste domingo, 14, em Barretos (SP), Juarez Alves da Silva, pai da jornalista Ivonete Gomes. Ele estava em tratamento de saúde naquela cidade. O velório será realizado na Funerária Ramos, em Porto Velho, na noite desta terça-feira e o sepultamento no dia seguinte.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no https://www.facebook.com/alan.alex.pvh e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Pedalar ou caminhar para o trabalho aumenta o bem-estar

Pesquisadores da Universidade de East Anglia, no Reino Unido, confirmaram o que muita gente já desconfiava: pedalar ou caminhar até o trabalho aumenta o bem-estar e é melhor para a saúde mental do que dirigir. Pessoas que pararam de dirigir e começaram a caminhar ou pedalar para o trabalho passaram a ter melhor concentração e a se sentir sob menos pressão. Usar o transporte público, outro item da pesquisa, também foi considerado melhor para a saúde do que dirigir. — O surpreendente é que em vez de se sentirem estressados nos ônibus ou trens cheios, as pessoas relaxavam, liam e socializavam — diz o principal autor da pesquisa, Adam Martin. A equipe de Martin estudou dados de 18 anos em cerca de 18 mil britânicos, entre 18 e 65 anos observando múltiplos aspectos da saúde psicológica, como sentimentos de infelicidade, fracasso diante dos problemas e falta de sono. Também foram levados em conta fatores que afetam o bem-estar, como renda, filhos, mudança de casa ou emprego e relacionamentos. — Nosso estudo mostra que quanto mais a pessoa usa carro, pior se sente. E na outra ponta, as pessoas que fazem uma longa caminhada para o trabalho costumam se sentir melhor — observa Martin.

Fonte: Alan Alex (www.PAINELPOLITICO.COM)


Empresário nega ter feito doação a candidato


Ele afirma que vai apresentar denúncia ao TRE. Doação teria sido feita em espécie

Suspendeu

O Grupo Ancar, responsável pelo Porto Velho Shopping e a Welcon Incorporadora (que construiu a expansão do shopping) decidiram em comum acordo suspender a construção das torres comerciais, cujas obras seriam iniciadas em breve. A medida foi tomada em função do complicado momento econômico que o Estado de Rondônia e o país atravessam. O reflexo dessa crise se reflete imediatamente no setor imobiliário e foi percebido logo no lançamento do projeto. As torres seriam integradas ao shopping e já estavam com 20% vendidas, mas esse número não é suficiente para garantir uma obra desse porte.

Contratos

Os compradores irão receber de volta o dinheiro pago, corrigido, conforme estabele o contrato. Quem preferir poderá optar em utilizar o crédito em outros imóveis do grupo Welcon.

O mais preocupante

Dessa decisão é que ela confirma os prognósticos mais sombrios sobre a economia do país, e mais especificamente de Rondônia. A capacidade de endividamento chegou ao limite e não está circulando dinheiro novo na praça. Se tornou um círculo, o governo paga os salários, que circula no comércio e volta para o governo. Os empréstimos que foram feitos para obras de infra-estrutura foram mal utilizados. Asfaltar municípios só serve como “moeda eleitoral”, traduzindo, vira voto, mas não vira dinheiro. O recurso deveria ter sido aplicado em melhorias e abertura de novas estradas para escoamento de produção. Isso gera dinheiro.

Outro ponto

É a falta de um perfil industrial para o Estado. Porto Velho vive basicamente de comércio, mas não produz. Nós temos um dos maiores rebanhos bovinos do país, mas não temos um pólo calçadista. Temos produção de peixe, mas vendemos a produção praticamente “in natura”. O mesmo podemos dizer da madeira, castanhas, etc. Também é bom destacar que grandes grupos como a Ancar e Welcon fazem pesquisas mercadológicas e avaliações de risco o tempo todo. Decisões dessa natureza indicam que estamos no caminho errado. Ou os governantes (seja quem for) elaboram um planejamento a médio e longo prazo, ou estaremos sempre ao sabor da maré. E elas tendem a subir.

Pode isso Arnaldo?

Os candidatos da Assembleia de Deus Marcelo Cruz (deputado estadual) e Agnaldo Muniz (deputado federal) estão sendo acusados de utilizar a estrutura da igreja para pedir votos. No caso do primeiro, circula foto tirada dentro das dependências de ensino bíblico da igreja Assembleia de Deus na capital. Todo o local é custeado pelas verbas da igreja, mantida através das ofertas dos fiéis. No caso de Agnaldo, foi gravado um áudio durante reunião ocorrida no último final de semana na sede da Assembleia de Deus, localizada na Rua José de Alencar, região central de Porto Velho, onde o líder do grupo de jovens, Iranilson Souza avisa aos fiéis que quem não votar nos candidatos a deputado federal – e Marcelo Cruz – a deputado estadual – terão que entregar seus respectivos cargos.

Quer outra?

Em coluna anterior falamos sobre a prestação de contas de alguns candidatos de Rondônia, e destacamos algumas doações. Um dos “doadores” entrou em contato com a coluna e informou “não ter conhecimento de nenhuma doação feita por sua empresa” para determinado candidato. Ele se disse surpreso e perguntou como seu CNPJ poderia constar naquela relação sem seu conhecimento. Ou seja, fizeram “um gato” na prestação de contas. Ele informou que conversaria com seus advogados e pretende apresentar denúncia ao Tribunal Regional Eleitoral.

Nesse caso

Especificamente ele consta como doador de R$ 50 mil, em especie a determinado candidato. Quando ele apresentar a denúncia, eu conto quem é. Ele também ficou de elaborar uma nota sobre o assunto e pediu que publicássemos. Faremos com toda a certeza, estamos aguardando.

Mais papagaios

Dia desses falamos sobre a triste situação financeira que se encontra Guajará-Mirim, cheia de dívidas e problemas junto a União. Inácio Azevedo, que já foi diretor da Eletrobrás Distribuição Rondônia, acrescentou a informação que o município deve cerca de R$ 10 milhões a empresa, desde a época em que chamava Ceron. Se tem débito de energia, certamente deve ter com a Caerd também. Triste destino da Pérola do Mamoré.

Pilon advinhou

Pouco antes de perder o mandato de prefeito de Guajará, Cláudio Pilon publicou um decreto municipal estabelecendo que a partir daquela data, “Guajará-Mirim pertencia ao Senhor Jesus”. Pois só entregando a Deus mesmo…

Intolerância

O ato de racismo praticado pela torcedora do Grêmio que virou notícia no mundo inteiro teve mais um episódio lamentável. A moça teve sua casa incendiada por um suspeito que foi preso no início da tarde desta sexta-feira em Porto Alegre. Ela não estava dormindo em casa há dias em função de ameaças. O racismo é um ato hediondo, mas tocar fogo na casa da moça não vai resolver a questão. Lamentável e repugnante esse tipo de atitude.

Mudança

Por uma decisão empresarial, deixei de usar o meu perfil pessoal no Facebook. Ele foi transformado em uma página, mas continua com as mesmas funcionalidades, entre elas e a de envio e recebimento de mensagens. Integramos essa conta ao Twitter (@painelpolitico) o que deu mais dinamismo as duas contas. Faça uma visita a nossa nova página (https://www.facebook.com/alan.alex.pvh), é importante coloca-la entre seus favoritos, pois estamos sempre postando informações relevantes por lá. Nos siga no Face e mantenha-se bem informado.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no https://www.facebook.com/alan.alex.pvh e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Ficar em pé 3 horas por dia equivale a 10 maratonas por ano

Se você acha que é difícil encontrar tempo e disposição para ir à academia, aqui vai uma boa notícia: ficar em pé três horas por dia faz tão bem para o corpo quanto correr 10 maratonas por ano. De acordo com Mike Loosemore, consultor em exercício e medicina no Instituto de Esporte, Exercícios e Saúde, as orientações oficiais sobre exercícios são impraticáveis e muito difíceis de serem executadas para a maioria das pessoas. Mas até mesmo uma mínima quantidade de atividade física pode trazer benefícios à saúde. O indicado é gastar meia hora por dia, durante cinco dias por semana, fazendo exercícios. No entanto, segundo Loosemore, apenas 7% dos homens britânicos e 4% das mulheres cumprem essa regra. Outras maneiras de praticar atividade física que fazem a diferença é estacionar o carro a 50 m do mercado e ir andando e descer um andar abaixo do seu no elevador, para subir escadas.

Fonte: Alan Alex (www.PAINELPOLITICO.COM)


Consórcio enfrenta problemas judiciais e junto a credores

 

Registro

Faleceu nesta quinta-feira em Brasília Jerônimo Garcia Santana, ex-prefeito de Porto Velho e ex-governador de Rondônia. Ele foi o primeiro a ser eleito pelo voto direto em 15 de novembro de 1986, sendo empossado em 15 de março de 1987 para um mandato de quatro anos. Advogado, havia se formado pela Universidade Federal de Minas Gerais em 1963. Após militar no Movimento Revolucionário Oito de Outubro ingressou no MDB sendo eleito deputado federal em 1970, 1974 e 1978. Com a reforma partidária efetuada no governo João Figueiredo ingressou no PMDB e foi candidato a senador em 1982 sendo derrotado, porém, pela votação maciça dos nomes do PDS.1 Eleito prefeito de Porto Velho em 15 de novembro de 1985 e empossado no primeiro dia do ano seguinte, renunciou ao cargo em maio de 1986 a fim de disputar as eleições de novembro nas quais foi eleito governador de Rondônia.

Nos últimos anos

Jerônimo amargava no ostracismo em Brasília, estava recluso e vez em quando recebia visitas de políticos e amigos. Vivia da aposentadoria de ex-governador.

11 de setembro

E neste dia 11 os Estados Unidos relembram o fatídico 11 de setembro de 2001, quando foram vítimas de um ataque terrorista que chocou o mundo. Aviões comerciais foram lançados contra as torres do edifício World Trade Center, matando aproximadamente 3 mil pessoas.

Para entender

Nas últimas semanas a população de Rondônia vem comentando sobre os problemas que estão sendo enfrentados pela usina de Santo Antônio, que estava com um débito gigantesco. Mas essa conta não surgiu “do nada”, ela foi feita em função de uma previsão que não se concretizou. Foi assim, como a hidrelétrica começou a operar em março de 2012, nove meses antes do previsto no contrato de concessão (dezembro de 2012), eles aproveitaram a antecipação para lucrar com a venda dessa energia extra, mas acabou não conseguindo entregar toda a carga que vendeu aos clientes.

O custo

De venda dessa “energia excedente” seria um determinado valor, estabelecido no edital de concessão. Como a empresa não conseguiu cumprir, ela teve que comprar energia de terceiros, a preço de mercado, que tem uma variação absurda. E a conta ficou alta. Tão alta que foram necessários alguns, digamos, “ajustes”, entre eles a demissão de trabalhadores. Para complicar ainda mais, os credores ingressaram na justiça. Até 2021, existe a expectativa dessa conta chegar a R$ 4,2 bilhões. Esse valor foi informado pelo próprio presidente do consórcio, Eduardo de Melo Pinto.

Na última segunda

O consórcio conseguiu, através de seus acionistas, um aporte financeiro para quitar a dívida de R$ 860 milhões junto ao setor elétrico. Isso porque na quarta-feira (4/9) o Superior Tribunal de Justiça (STJ) indeferiu pedido de liminar do consórcio, que não queria pagar a multa de R$ 594 milhões. As multas aplicadas pela indisponibilidade das turbinas (eram para ser 44, hoje são 31), somada ao custo dos 63 dias de energia não entregues entre fevereiro e julho, formam os R$ 860 milhões.

Crise

Essa situação vem intensificando uma crise no consórcio, que anda cogitando inclusive a possibilidade de empurrar a batata quente para outros. A venda não está descartada. Resta saber quem estaria disposto a assumir esse abacaxi elétrico.

Mudança

Por uma decisão empresarial, deixei de usar o meu perfil pessoal no Facebook. Ele foi transformado em uma página, mas continua com as mesmas funcionalidades, entre elas e a de envio e recebimento de mensagens. Integramos essa conta ao Twitter (@painelpolitico) o que deu mais dinamismo as duas contas. Faça uma visita a nossa nova página (https://www.facebook.com/alan.alex.pvh), é importante coloca-la entre seus favoritos, pois estamos sempre postando informações relevantes por lá. Nos siga no Face e mantenha-se bem informado.

Nada legal

O programa “Nota Legal” do governo do Estado continua confundindo a cabeça da população. Um leitor da coluna afirma ter solicitado a transferência de determinado valor em janeiro desse ano, e até hoje o dinheiro não apareceu em sua conta.

Autoestima

Com o argumento de “devolver a autoestima dos magistrados” o ministro do Supremo Tribunal Federal, novo presidente da Corte, Ricardo Lewandowski defendeu o aumento salarial que foi aprovado por eles próprios em sessão administrativa no final do mês passado. O contra-cheque, pela proposta, vai saltar de R$ 29,4 mil para R$ 35,9 mil.

Confusão

O Planalto vetou o aumento e enviou ao Congresso um Orçamento que prevê salário de R$ 30,9 mil para os ministros do STF, que são o teto do Judiciário. O reajuste proposto pela presidente deve entrar em vigor a partir de janeiro e terá efeito cascata sobre os salários de todos os servidores do Judiciário, que também receberão aumento. A ministra do STF (Supremo Tribunal Federal) Rosa Weber deu nesta quinta-feira (11) um prazo de dez dias para que a presidente Dilma Rousseff justifique o corte feito na proposta de orçamento do Judiciário para 2015. Agora o gato subiu no telhado.

30 anos

Painel Político : Painel Político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 10/09/2014 00:26:58

Sem salvação

O município de Guajará-Mirim está financeiramente inviabilizado devido a desastrosa e corrupta gestão do ex-prefeito Cláudio Scolari Pilon. A afirmação foi feita por gente que entende de contas públicas. Um dos maiores problemas das contas é que o município não arrecada o suficiente sequer para fechar a folha, que extrapola o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal e não tem como ser reduzida, já que os servidores são concursados.

Outro ponto

É a inadimplência do município junto a União. Diversos convênios deixaram de ser honrados e a coisa é muito, mas muito séria mesmo. Tão complicada que independente de quem seja o próximo prefeito, ele está fadado a se tornar inelegível em função dos problemas gerados pelas contas municipais. Sem contar que a arrecadação é pífia, não permitindo nenhum tipo de investimento. A conclusão, portanto, é que qualquer candidato que ande por aquelas bandas dizendo que “vai resolver o problema da cidade” estará mentindo.

E o culpado?

Claudio Pilon, ex-prefeito peemedebista responsável pelas maiores lambanças administrativas do Estado de Rondônia está impedido de contratar e ser contratado pelo poder público. E só.

Em Brasília

Funciona assim, os membros da bancada federal (deputados e senadores) quando assumem, fazem um acordo com a presidência da República em relação aos cargos de órgãos federais em seus estados de origem. Em troca, esses parlamentares votam e dão suporte político ao Palácio. Quando as relações azedam os cargos são entregues. O gestor indicado pelo parlamentar, evidente, é pessoa de sua confiança e ajuda no que pode o seu “padrinho político”. Durante vários anos o PMDB, por exemplo, mandou e desmandou na Ceron, o PDT ainda manda na Superintendência do Trabalho e Emprego, e por ai vai.

Aqui em Rondônia

O PTB de Nilton Capixaba tem fortes relações com a Superintendência de Pecuária e Agricultura. Esse órgão vem sofrendo com uma defasagem absurda em seu quadro de fiscais, responsáveis por inspeções em frigoríficos, como os da JBS. De acordo com declarações do próprio superintendente José Valterlins Calaça, “o órgão conta com 18 fiscais”. Ele disse ainda que “nos últimos 3 anos, Rondônia aumentou em 300% a exportação de carne, sendo que em 2013 o setor foi responsável pela arrecadação de R$ 2,5 milhões”.

Essa situação

É grave. O Estado atualmente é responsável por exportar cerca de 20% da carne consumida no país e se tivesse um setor de fiscalização com mais pessoal, certamente conseguiria aumentar esses números. Está pendente a nomeação de 857 fiscais federais agropecuários, candidatos excedentes de um concurso público realizado em maio de 2014, que poderia amenizar a escassez de força de trabalho do setor, mas a medida depende de análise do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). O ministério afirmou, em nota, que “o pedido de vagas para nomeação dos aprovados do concurso público para o Ministério da Agricultura está em tramitação no Ministério do Planejamento, sem previsão de data de aprovação”. Ou seja, vamos continuar do mesmo jeito.

Competência

Ouro Preto do Oeste é uma cidade que vem se destacando nos últimos tempos graças as suas empresas. Uma delas é a responsável pelas obras do Espaço Alternativo em Porto Velho. Outras estão fazendo asfalto em diversos municípios do Estado e agora mais uma chega em Porto Velho, dessa vez para administrar o terminal rodoviário da capital. A empresa Administradora Silvestre LTDA venceu uma licitação e vai poder explorar os serviços por um período de 10 anos. Na licitação ela apresentou o menor preço nas taxas de manutenção, R$ 1,47.

Interessante

Que essa mesma empresa administra o terminal rodoviário de Ouro Preto e lá, que é bem menor, a taxa é de R$ 1,50. A Silvestre também administra outros terminais pelo Estado. A licitação ocorreu em março deste ano e foi feita a pedido do DER. Aliás, as empresas de Ouro Preto e região venceram quase todas as licitações do órgão.

Nesta quarta-feira

Está marcado para acontecer em Vilhena o julgamento de Fabiano Vergutz, ex-marido da designer Abla Rahhal, que foi asfixiada e violentada na residência do casal em Vilhena, em 27 de abril do ano passado. A defesa arrumou uma história fantasiosa que não convenceu a justiça.

Explicando

Em 27 de abril, após uma “discussão áspera”, Fabiano alega ter ido dormir em seu caminhão, que estava parado em frente a sua casa. Ele afirmou “não ter visto nem ouvido nada”, porém na residência haviam cachorros, que não paravam de latir quando a polícia chegou, comprovando que, se algum estranho entrasse, eles iriam dar o alerta. Ele disse ainda que “por volta das 05h30min olhou por cima do muro e viu a casa e portão fechados tendo se afastado do local”. Aos policiais ele declarou que, “assim que soube dos fatos ele teria entrado na casa de manhã e que tudo estava normal. Ocorre que os laudos apontam que naquele momento a vítima já estava morta”. A corda com a qual Abla foi asfixiada era a mesma encontrada no caminhão e o nó, segundo a perícia, era do tipo feito por quem utiliza cordas no dia a dia.

Segundo a defesa

“Um traficante teria assassinado Abla por causa de uma dívida de drogas”. Ela, inclusive, teria mudado para Vilhena por causa dessa suposta dívida e chegou a vender o carro para pagar parte desse débito. Essa versão, sem pé nem cabeça não se sustenta por vários motivos, o primeiro é que Abla mudou-se para Vilhena para viver maritalmente com Fabiano. Isso é público, Abla era uma pessoa comunicativa e falava tudo sobre sua vida. O pior é que ela não está aqui para se defender.

Não está

Porque foi espancada, violentada com um pedaço de pau, asfixiada com uma corda e teve o corpo encontrado por sua filha pequena, que hoje vive com os tios. Está tendo sua vida devassada, sem nenhuma chance de defesa.

Reassumiu

O deputado estadual Adriano Boiadeiro (PRP) reassumiu nesta terça-feira o mandato, do qual estava afastado desde 12 de março deste ano. O parlamentar chegou na Assembleia Legislativa montado em uma mula e acompanhado de dezenas de simpatizantes. Sobre a forma inusitada de transporte, o deputado afirmou “se tratar de um compromisso com seu povo, que percorre grandes distâncias ainda em lombo de mulas e essa foi a forma que ele encontrou para prestigiar a ‘turma do chapéu’”.

No STJ

Por 3 votos a 1, o candidato a governador do Distrito Federal José Roberto Arruda foi declarado inelegível e está fora do páreo.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no Facebook.com/painel.político e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Automutilação cresce 70% entre crianças e adolescentes

A automutilação entre crianças e adolescentes cresceu mais de 70% nos últimos dois anos. Números do Sistema Nacional de Saúde britânico mostram que os casos de pessoas com idade entre 10 e 14 anos, que foram tratadas em hospitais depois de, deliberadamente, terem machucado a si próprias, ultrapassou os 2.700 desde 2012. Na faixa etária de 15 a 19 anos, o aumento durante o mesmo período foi de 23%. Especialistas afirmam que estes dados são alarmantes, e Lucie Russel, diretora de campanhas da instituição Young Minds, alerta que o mundo online em que estas crianças e adolescentes vivem atualmente pode estar contribuindo para o cenário. “Essa pressão do mundo moderno é algo sem precedentes”, ressaltou. A pressão entre adolescentes relacionada ao bullying, ao sexo, à escola e ao trabalho sempre existiu, mas, na esfera online, é algo relativamente novo. “É um território desconhecido”, pontuou a especialistas. Os jovens se sentem constantemente pressionados a retratar certo estilo de vida nas redes sociais, mostrando corpos perfeitos e momentos rodeados de amigos. A especialista observa que, na esfera online, as pessoas querem deixar uma marca. O mundo da internet também cria um novo espaço para o bullying. “Antigamente, você sofria o bullying na escola, mas podia voltar para casa e fechar a porta. Agora, os jovens estão  no celular o tempo todo e isso aumenta a pressão”, conclui.

 

Painel Político : painel político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 08/09/2014 23:02:45

No TRE

Foi liberada a segunda parcial dos gastos de campanha dos candidatos e tem uns valores inacreditáveis declarados por alguns candidatos. No caso do candidato a governo, Confúcio Moura, o Centro Médico Anestesiológico de Rondônia – CMA, fez outra quantia generosa ao governador, no valor de R$ 60 mil. Na primeira parcial o CMA também apareceu como doador de igual valor.

Fragmentação

Além do CMA, que detém um vultoso contrato com o governo do Estado, chamou a atenção na prestação de contas de Confúcio os nomes de alguns médicos, que fizeram juntos, doações em dinheiro no valor global de R$ 140 mil, divididos entre eles. Ocorre que esses médicos, que são neurocirurgiões, prestam serviços e são associados de uma empresa que presta serviços nessa área ao Estado. Uma anestesiologista que também presta serviços a essa mesma empresa doou R$ 30 mil.

Já Roberto Sobrinho

O ex-prefeito de Porto Velho que dispuita uma vaga na Câmara dos Deputados alega ter arrecadado até o momento pouco mais de R$ 140 mil. Apenas uma empresa fez uma doação para a campanha do petista, trata-se da Venbrax – Venezuela Brasil Transportes, comércio de madeiras importação e exportação LTDA, que doou R$ 10 mil. O restante veio do próprio Roberto que doou R$ 36 mil e sua esposa, R$ 10 mil, além do cunhado, sogro e amigos.

Lúcio Mosquini

O ex-diretor do DER declarou ter arrecadado até o momento R$ 274 mil, sendo que as doações mais substanciais foram feitas pelas empresas Auto Posto Ribeiro (Chupinguaia) que doou R$ 50 mil e Comércio de Produtos Mais, que também repassou R$ 50 mil . É bom destacar que essa empresa “Comércio de Produtos Mais” é um posto de combustíveis sediado em Rolim de Moura. O prefeito de Nova Mamoré, Laerte Queiroz que é do PSDB, também doou R$ 15 mil em espécie para a campanha do peemedebista Mosquini. Também doaram para ele, Edmar Dias Franskoviaki e Polliana da Silva Nogueira Franskoviaki. Ele é residente do DER em Rolim de Moura e doou R$ 6 mil e ela é Assessora de Informática da SEAS e depositou, em espécie, R$ 15 mil.

Vale lembrar

Que existem regras para essas doações. Pessoas físicas poderão doar até 10% (dez por cento) dos rendimentos brutos auferidos no ano anterior ao da eleição. Pessoas jurídicas poderão doar até 2% (dois por cento) do faturamento bruto do ano anterior ao da eleição. O doador que fizer repasse de valores acima dos limites permitidos, ficará sujeito ao pagamento de multa de 5 a 10 vezes a quantia em excesso. Além disso, a pessoa jurídica que infringir este artigo poderá ficar proibida de participar de licitações e de celebrar contratos com o poder público pelo prazo de 5 anos.

E o controle?

A verificação dos limites de doação observará as seguintes disposições, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), após a consolidação das informações sobre os valores doados e apurados até 31.12.2014, as encaminhará à Receita Federal do Brasil até 10.1.2015; a Receita Federal fará o cruzamento dos valores doados com os rendimentos de pessoa física e faturamento da pessoa jurídica e, apurando indício de excesso, fará, até 31.3.2015, a devida comunicação ao Ministério Público Eleitoral, a quem incumbirá propor representação, solicitando a quebra do sigilo fiscal ao juiz eleitoral competente. A comunicação a ser feita pela Receita Federal restringe-se à identificação nominal, seguida do respectivo número de inscrição no CPF ou CNPJ, Município e UF fiscal do domicílio do doador, resguardado o respectivo sigilo dos rendimentos da pessoa física, do faturamento da pessoa jurídica e do possível excesso apurado.

Na internet

O candidato a deputado federal Everaldo Fogaça anda se queixando dos candidatos Allan França e Marcelo Bessa, que segundo Fogaça estariam “arracando suas propagandas eleitorais e colando as deles por cima”. Fogaça chegou a escrever em seu perfil, “atenção coordenadores do candidato a deputado federal Bessa e Allan França deputado estadual favor parar de arrancar nosso material da campanha. Senão serei obrigado a tomar providências que não serão boas para nenhuma das partes”.

Capixaba

O deputado federal Nilton Capixaba, que concorre a reeleição e vai enfrentar sérios problemas no futuro próximo com a justiça, recebeu de doação da JBS, R$ 248.950 que foram depositados em cheque para a direção estadual de sua campanha. Essa foi a doação mais substancial que ele declarou. Capixaba alega ter arrecadado, até o momento, R$ 265.390.

Suspendeu

O Tribunal de Contas determinou a suspensão dos pagamentos para o consórcio responsável pelas obras do Espaço Alternativo de Porto Velho. Já foram pagos quase R$ 9 milhões, e as obras já estão cerca de 80% concluídas. Ocorre que a empreiteira ainda quer receber cerca de R$ 13 milhões, o que é muito, mais muito acima do necessário para a conclusão.

Enquanto isso

Em Ji-Paraná as obras do anel viário continuam paralisadas. Os fiscais se recusam a assinar as medições, alegando má qualidade no material que vem sendo utilizado, além de outros problemas.

Era o que faltava

Um motorista de um ônibus coletivo e uma passageira ficaram feridos na noite de sábado (06),em Porto Velho, quando foram atingidos por balas perdidas nas confluência da rua Campos Sales com BR 364. Segundo informações policiais o ônibus, que seguia na via sentido zona Sul, parou no semáforo e foi alvejado.  Os tiros atingiram o para-brisa do veículo e consequentemente feriu o condutor, Nivaldo Cesar, e uma mulher, Elisangela Alves (35). Mesmo ferido o motorista dirigiu o ônibus até a frente do Hospital João Paulo II, onde foram socorridos. As vítimas passam bem e não correm risco de morte. Equipes da polícia militar foram acionadas e fizeram ronda no local. Nenhum suspeito foi localizado. O caso foi registrado no DP da área e será investigado.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no Facebook.com/painel.político e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Andar de bicicleta pode melhorar sexo e trabalho, diz estudo

Sente-se infeliz? Que tal começar a andar de bicicleta? De acordo com pesquisa da campanha Cycle to Work Day (em tradução livre, Dia de Andar de Bicicleta até o Trabalho), do Reino Unido, pedalar até o trabalho pode melhorar a vida sexual, o relacionamento e carreira. O levantamento contou com dados de 2,5 mil ciclistas e constatou que 89% acreditam que fazer o trajeto entre o escritório e a casa na “magrela” permite que se desliguem dos afazeres do trabalho e tenham melhor estado de espírito para conviver com parceiros, amigos e familiares. Como resultado, 66% acham que suas relações têm melhorado desde que começaram a andar de bicicleta, enquanto 39% afirmaram que o exercício lhes deu energia extra entre quatro paredes. Quase metade dos entrevistados disse que agora pode gerenciar um grande volume de trabalho mais facilmente e 82% se sentem menos estressados. Um terço afirmou que se considera mais criativo depois que começou a pedalar, já que tem as melhores ideias justamente enquanto anda de bicicleta. Fora isso, 15% acham que suas carreiras estão progredindo mais rápido do que a dos colegas que não apostam nesse meio de transporte.

 

Painel Político : Painel Político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 05/09/2014 22:01:19

Depoimento

Respondendo por crimes de lavagem de dinheiro, peculato, corrupção ativa, lavagem ou ocultação de bens na Ação Penal 644, que tramita em segredo de justiça, o deputado federal e candidato a reeleição Nilton Capixaba esteve depondo em 4 de agosto no Supremo Tribunal Federal sobre a “Operação Sanguessuga”, da Polícia Federal que investigou fraudes em licitação na compra de ambulâncias que eram destinadas aos municípios de Rondônia. E a audiência foi bem agitada. O ministro tratou com desdém o deputado, que tentava explicar o inexplicável. Como resultado, a audiência foi tensa. Muito tensa.

E a coisa complicou

O Procurador-Geral da República (PGR), Rodrigo Janot ofereceu denúncia no dia 15 de agosto último contra o deputado Nilton Capixaba, e Luiz Antônio Trevisan Vedoin. Segundo a denúncia os acusados teriam desviado, em proveito da empresa Klass Comércio e Representação LTDA, de propriedade de Luiz Antônio Trevisan Vedoin, verbas públicas do contrato 106/2003 cujo objeto era a aquisição de unidade de saúde móvel (ambulância) para o município de Cerejeiras.

Porém

O Procurador também requereu a redistribuição do inquérito, “em razão da conexão probatória com a Ação Penal n. 644, da relatoria do Ministro Gilmar Mendes”. O Procurador-Geral da República afirma que os fatos investigados nestes autos “inserem-se no mesmo contexto fático daqueles que teriam sido praticados pela suposta quadrilha objeto da denúncia oferecida na Ação Penal 644”. O PGR também pretende encaminhar pedido de investigação à Câmara dos Deputados, pedindo a perda de mandato de Capixaba antes mesmo do trânsito em julgado da Ação Penal. No caso, o parlamentar está sendo acusado de quebra de decoro, cuja pena é a perda do mandato eletivo.

Cá entre nós

Não sei se o PGR vai ter sucesso nessa empreitada devido ao corporativismo das casas legislativas com seus membros traquinos. Porém, seria um grande avanço. Agora melhor mesmo seria se a população de Rondônia tivesse o bom senso de não votar em pessoas como Capixaba, que estão enroladas até o pescoço em denúncias gravíssimas de corrupção, e mesmo assim conseguem obter expressivo sucesso nas urnas.

Pior ainda

É que tem gente que defende esse tipo de candidato, alegando que “ele é da cidade”, ou “perlo menos faz alguma coisa”. Vi tempos atrás uma entrevista do jornalista Ricardo Boechat onde ele afirmava que o brasileiro é conivente com a classe política e completou, “se brasileiro hostilizasse político corrupto em restaurantes ou em eventos públicos, eles teriam vergonha de sair de casa”. Mas a gente sabe que não é assim. No Brasil, corrupto é tratado de “doutor” e tudo termina em pizza. Como diria o capitão Nascimento, “se polícia trabalhasse corrupto como trabalha vagabundo…”.

Falando em polícia

Acredite, a Polícia Civil abriu um inquérito para descobrir quem foi o responsável pelo vazamento do vídeo em que aparece um motoboy que supostamente teria roubado o bebê Nicolas de um hospital de Porto Velho. As imagens circularam em um site de notícias local e a SESDEC quer descobrir como as imagens vazaram. Sinceramente, seria muito, mas muito mais proveitoso usar esse tempo para descobrir se de fato o corpo do bebê foi incinerado ou se ele foi roubado vivo. E poderia aproveitar ainda uma folguinha para tentar concluir o Caso Naiara.

10 dias

Foi o período em que o Congresso Nacional trabalhou nos últimos quatro meses. Neste período, entre os dias 07 de maio a 10 de junho o deputado federal Nilton Capixaba faltou apresentando “atestado médico”, alegando “problemas de saúde”. Em colunas anteriores mostramos que ele estava em campanha pelo estado. Após esse período, ele já contabilizou 7 faltas. Mas agora, pelo visto, ele está bem de saúde.

Parou

As obras do anel viário de Ji-Paraná estão paralisadas há pelo menos 10 dias e os motivos já foram explicados aqui pela coluna. Mas, para quem não sabe ou não lembra, vamos lá. No início de agosto deste ano a obra parou porque os fiscais estavam encontrando uma série de problemas, principalmente uma suposta má-qualidade no material que está sendo utilizado. Um dos questionamentos é a brita, que está sendo retirada de um local próximo ao canteiro de obras. A pedra utilizada nesse tipo de serviço não pode conter pó, pois compromete a qualidade do asfalto e por lá estão utilizando brita inferior a recomendada. Teste em laboratório do DER comprovam que o material utilizado é inferior ao contratado.

Pois bem

Os fiscais continuam sem assinar as medições, alegando que as falhas precisam ser corrigidas. Uma turma andou por Brasília tentando trocar os fiscais para tentar “agilizar o andamento da obra”. Não deu certo. Em função disso, a empresa responsável pela execução dos serviços continua sem receber e nem vai, enquanto não fizer os ajustes necessários. O valor total do emprendimento é de mais de R$ 30 milhões e é de extrema importância para Ji-Paraná. O grande problema é que, assim como várias outras obras que foram executadas pelo atual govermo, a qualidade é duvidosa. Quem por exemplo não lembra da pista do aeroporto de Ji-Paraná, tão propagandeada pelo governo e vive sendo interditada pela ANAC?

Estagnou

O Ministério da Educação divulgou os dados do Índice do Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) e os números de Rondônia mostram que por aqui a coisa manteve o mesmo ritmo do Brasil, ou seja, estagnou. Em 2011 o índice era de 3.7, em 2013 apresentou uma queda de 3.6 e a projeção para 2014 é de 3.8. Vários municípios não atingiram a meta estabelecida pelo governo federal, e em alguns casos esses números são gritantes. O mapa com a apresentação dos dados do país inteiro podem ser baixados AQUI!

Mas também

Pudera. O governo atual conseguiu fazer as maiores trapalhadas nessa área desde que assumiu. Por lá já passaram apadrinhados, secretários tampões e por último Confúcio resolveu colocar o empresário Emerson Castro, que é esforçado e faz o básico, ou seja, não deixa a coisa desandar.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no Facebook.com/painel.político e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Assistir TV ao final do dia pode aumentar nível de estresse

Depois de um longo dia de trabalho, sentar no sofá e assistir televisão parece ser uma boa ideia para reduzir o estresse. No entanto, um novo estudo descobriu que, em vez de ajudar a relaxar, o hábito pode piorar a situação. A pesquisa, conduzida pela Johannes Gutenberg University Mainz, na Alemanha, descobriu que as pessoas que atingiram altos níveis de estresse no trabalho e assistiram televisão ou jogaram vídeogame se sentiram culpadas em vez de relaxadas ou recuperadas. A pesquisa também concluiu que as pessoas que se sentiam mais cansadas e, por isso, poderiam ser mais beneficiadas pelo relaxamendo em frente à TV, na verdade, experimentavam ainda mais sentimento de culpa por considerar o hábito como um sinal de falha em relação ao auto-controle. “A culpa diminui os efeitos positivos da tentativa de relaxamento e reduz a recuperação e a vitalidade”, explicou o estudo, publicado no Journal of Communication. Estudos anteriores apontavam que assistir televisão ou jogar vídeogame ajudavam as pessoas a se desligar do trabalho e relaxar. Essas pesquisas também mostravam que ganhar um jogo ou assistir a um filme que provocasse reflexão oferecia às pessoas a sensação de controle durante o lazer, fazendo com que se sentissem mais energizadas. “Isso demonstra que, na vida real, a relação entre o uso da TV ou do vídeogame e o bem-estar é complicado e que esses hábitos podem entrar em conflito com outros, menos prazerosos, mas mais importantes”, disse Leonard Reinecke, um dos autores do novo estudo.

Painel Político : Painel Político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 04/09/2014 18:52:16

Assustou?

Uma notícia veiculada em sítio eletrônico estampava, “Jaqueline Cassol cresce assustadoramente e já ameaça chegar no segundo turno”. Por causa dessa matéria, amparada em achismos e sem nenhuma fundamentação científica (pesquisas ou análises embasadas em estatísticas), o juiz eleitoral Sérgio Willian argumentou que “as pesquisas dos institutos Fonte Real, Ibope e Phoenix, realizadas no início do mês de agosto, constam percentuais, respectivos, de 15,29%, 15% e 14,50%, o que dentro de uma margem  de erro estimada em 2 pontos percentuais para mais ou para menos poder-se-ia dizer que não houve queda nem aumento na intenção de voto para a candidata representada”.

Mesmo assim

O magistrado achou por bem indeferir a liminar pedida pelo Partido dos Trabalhadores. Sérgio Willian preferiu aguardar um pouco mais, “com as oitivas das partes contrárias haverá mais elementos que justifiquem uma possível exclusão imediata da matéria na página da rede social da candidata e do jornal eletrônico de notícias”, concluiu na decisão.

Berço esplêndido

Assim repousa nas gavetas do Supremo Tribunal Federal, mais precisamente no gabinete da ministra Cármen Lúcia, os embargos de declaração do senador Ivo Cassol. O julgamento dessa peça, que nem precisa ir ao plenário, é a única coisa que impede o senador de começar a cumprir a sentença de quatro anos e oito meses, pena que poderá ser cumprida em regime semiaberto, e pagamento de multa no valor de R$ 201,8 mil em valores ainda não atualizados. Essa condenação coloca Cassol como o primeiro senador e o 11ª parlamentar condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) desde a vigência da Constituição de 1988.

O italiano

Deve agradecer por essa demora, já que uma decisão desfavorável afeta diretamente as eleições de Ivone e Jaqueline Cassol, esposa e irmã, respectivamente, do senador. Se Cassol cair, certamente derruba as duas, já que sua condenação prevê a perda do mandato. O italiano conta que nos embargos sua situação pode ser revista, mas não vai. Embargos declaratórios, também conhecidos no meio jurídico como “embargos protelatórios”, visam tão somente esclarecer alguma dúvida em relação a sentença aplicada, o que não é o caso, já que a situação que levou á condenação do italiano foi bem explicadinha. Tão bem que ele próprio assume isso ao declarar que “até os ministros sabem que não houve superfaturamento, a obra foi feita”.

De fato

A obra foi feita, mas esse não é o mérito da discussão. O “x” da questão é se houve ou não direcionamento da licitação para empresas familiares. Segundo os ministros do STF, esse é o dolo.

Cadê a segurança

O governo do Estado literalmente abandoou o setor da segurança pública, que pelo visto virou lenda. A violência assola a todos e para piorar, o que já era ruim fiou péssimo. Uma decisão daquelas tomadas sem nenhum planejamento (para variar), o governo de Rondônia fechou o 3ª DP, situado no bairro Nossa Senhora das Graças. O prédio estava em péssimas condições, mas funcionava. Agora não tem mais polícia na região, que vem se tornando um ponto da malandragem. Para piorar, quatro agencias bancárias funcionam no bairro, uma do Banco do Brasil, uma da Caixa, uma do SICOOB e banco Itaú. Essa última foi invadida na tarde de quarta-feira por um buraco aberto na parede dos fundos. Os bandidos renderam o dono da casa que fica nos fundos da agência e meteram a marreta na parede.

Ao mesmo tempo

A polícia militar de Rondônia, apesar de ter um dos maiores contingentes do país, proporcionalmente falando, não tem uma boa distribuição e ainda falta gente, principalmente em Porto Velho. Quer tirar a prova? Liga para o 190. Vale ressaltar que a polícia não tem orçamento próprio e a culpa não é dos policiais, mas sim do governante de plantão.

Propostas

Os candidatos a governo de Rondônia registraram, no Tribunal Regional Eleitoral suas propostas para administrar o Estado pelos próximos quatro anos. Alguns leitores e eleitores andam com dificuldades em localizar o documento no site do TRE. Para dar uma força, o passo a passo é o seguinte: acesse o site do TRE (www.tre-ro.jus.br), clique em Eleições 2014, localize o link DivulgaCand 2014. Lá vai abrir uma nova janela com o mapa do Brasil. Clique em Rondônia, escolha seu candidato a governo. Na janela que abrirá você vai encontrar a aba “Propostas de Governo”.

Mas

Vou logo avisando, todas são genéricas e a que ainda tem uma concepção um pouco mais detalhada, por incrível que pareça, é do candidato Pimenta de Rondônia. De resto, não tem nenhuma grande surpresa. A ladainha é a mesma, só muda o visual de cada uma delas.

Ela voltou

O Tribunal de Justiça determinou a imediata recondução da deputada estadual Ana da 8 a Assembleia Legislativa de Rondônia. Ao ser informada da decisão, ela tascou, “é como uma benção de Deus”. Assim como o caso do deputado Adriano Boiadeiro, o TJ não julgou o mérito do afastamento, apenas a punibilidade, que não era prevista no regimento interno da Casa.

Falando nisso

A Assembleia de Rondônia é pioneiro em coisas erradas. Foi a primeira do país a ter 23 dos 24 de seus membros indiciados por crimes (Operação Dominó, 2006) e teve que instituir entre os indiciados uma comissão para “apurar as denúncias”. Lógico que isso não deu em nada. Mas a Casa também não alterou o regimento para empossar imediatamente os suplentes caso essa situação volte a se repetir. Também não existia previsão no caso de afastamentos por um período de 6 meses. Do nada o relator, deputado Luiz Claudio (PP) resolveu que seriam 6 meses. A Assembleia é uma Casa de Leis e uma das primeiras providências que a próxima legislatura deve adotar e a redação de um regimento interno completo, prevendo penas, punições, multas, afastamentos e cassações. Do contrário sempre teremos esses rombos legais (deixaram de ser brechas há muito).

Pagando caro

A torcedora do Grêmio que está sendo acusada de ter chamado o goleiro Aranha de “macaco” durante uma partida de futebol está pagando caro pela palhaçada. Evidente que não tinha apenas ela xingando o goleiro no jogo, mas ela foi filmada fazendo isso. A punição, que parece ter sido dura ao time, foi necessária. Quem sabe assim essa presepada de racismo diminui nos gramados.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no Facebook.com/painel.político e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Evitar a solidão e se exercitar ajuda a viver mais e melhor

Praticar exercícios regularmente e evitar viver sozinho permite viver mais e melhor,garantem pesquisadores americanos. “Sentir-se extremamente sozinho pode aumentar em 14% o risco de morte precoce em uma pessoa idosa. O impacto é tão nefasto quanto o fato de ser socialmente desfavorecido”, diz John Cacioppo, professor de Psicologia na Universidade de Chicago, citando uma análise de vários estudos científicos publicada em 2010. Esses trabalhos, feitos com base em uma pesquisa com 20 mil pessoas, revelam que a sensação de solidão profunda está acompanhada de perturbações do sono, hipertensão arterial, alteração do sistema imunológico e um aumento dos estados depressivos. A decisão de muitos aposentados americanos de se mudar para a Flórida (sudeste), onde o custo de vida é mais baixo, e viver “em um clima mais benigno, mas em um meio desconhecido, não é necessariamente uma boa ideia, se isto significa se afastar das pessoas às quais se está ligado afetivamente”, adverte o psicólogo, que apresentou neste domingo seus trabalhos durante conferência anual da Associação Americana para o Avanço da Ciência, celebrada em Chicago (Illinois). Com frequência, a solidão é acompanhada de vida sedentária, um fator que contribui para debilitar a saúde, acrescenta. O exercício, mesmo que seja caminhar regularmente com algum ritmo, pode diminuir pela metade os riscos de doenças cardiovasculares e de desenvolver Mal de Alzheimer. A atividade física também detém o envelhecimento normal do cérebro em pessoas idosas, explicou à AFP durante a conferência Kirk Erickson, professor de Psicologia da Universidade de Pittsburgh (Pensilvânia, leste). Com a idade, o cérebro diminui e a atividade física permite melhorar o funcionamento geral e aumentar o volume do hipocampo em 2%, retardando, com isso, o envelhecimento, afirma Erickson, baseando-se principalmente em um estudo feito com 120 pessoas de 65 anos ou mais.

 

(1) 2 3 4 ... 126 »