Painel Político - Painel Político - Notícias
(1) 2 3 4 ... 174 »
Painel Político : Painel Político
Enviado por alexandre em 17/09/2018 21:00:52

Deve sair

Nesta terça-feira o diretor-geral da Polícia Civil deverá ser exonerado. Eliseu Muller estaria sendo pressionado por setores da Polícia Militar para entregar o banco de dados do Instituto de Identificação, que é sigiloso e apenas poucos servidores possuem autorização para acesso, em função dos dados privativos. Lá por exemplo, constam dados sobre identidades funcionais e de toda a população. A “falta de vontade de colaborar” teria gerado a demissão. O prazo para a entrega dos dados expira nesta terça-feira e ele não pretende cumprir.
Na verdade

Não existe nenhum motivo plausível (ou convincente) para entregar à PM os dados do Instituto. Polícia Militar não tem que investigar, mas as coisas andam tão atrapalhadas no Brasil atualmente que até as prerrogativas constitucionais estão às avessas.
Deu ruim

Juliana Roque e Luizão do Trento, respectivos prefeitos de Pimenta Bueno e Rolim de Moura, deixaram os cargos. Desde esta segunda-feira que as duas cidades estão sendo administradas pelos presidentes das Câmaras de Vereadores. Luizão e Juliana tiveram os mandatos cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral que determinou eleições suplementares em ambos municípios.
No caso de Juliana

Foi um duplo baque para o casal Roque. Casada com o deputado estadual Cleiton Roque, a agora ex-prefeita venceu uma eleição complicada em 2016 contra o prefeito que tentava a reeleição. Como Jean Mendonça foi um péssimo gestor em seu primeiro mandato, a população escolheu Juliana. O problema é que para ser eleita, ela e o marido foram acusados de usar “métodos truculentos” durante o processo. No cargo, ela vinha conseguindo fazer uma boa gestão, mas os problemas de 2016 custaram-lhe os mandatos. Cleiton Roque está inelegível devido a condenação no mesmo processo que cassou Juliana.
Como é?

Lúcio Mosquini, candidato do MDB à reeleição de deputado federal, imprimiu material de campanha com seu nome e número, e ao lado uma foto com nome e número do candidato do PSL à presidência Jair Bolsonaro. O problema é que o PSL não está coligado com o MDB e Lúcio responde por corrupção. Mas, o que deve ser questionado de verdade é, de onde veio o dinheiro para imprimir esse material? Do fundo partidário ou do bolso do parlamentar? E ele declarou isso ao Tribunal Regional Eleitoral?
Suspendeu

Ao ser notificado da “esperteza” do parlamentar, o Tribunal Regional Eleitoral determinou a suspensão da propaganda e acrescentou, “a infidelidade abjeta do representado, que, de forma maquiavélica, anseia indevidamente aproveitar-se da valorosa imagem de Jair Bolsonaro, sem que houvesse qualquer ligação entre os partidos, pois o PSL não teve, não tem e não terá a intenção de peregrinar o caminho da mudança ao lado de políticos e partidos desse jaez. Coube ao Partido Social Liberal – PSL uma candidatura de pessoas de conduta ilibada, justamente para barrar políticos denunciados ou condenados. Compromissados com a ética, buscam debandar os políticos que se enveredaram para a corrupção que tem sido o grande mal deste rico país.”.
Gulosa

A deputada federal Marinha Raupp (MDB) foi acusada pela irmã de Confúcio Moura, Cláudia, que também é candidata à deputada federal pela mesma legenda, de ter comido 85% da verba de campanha do partido. De acordo com a denúncia, a deputada que busca a reeleição estaria usando R$ 2.3 milhões, enquanto Cláudia apenas R$ 150 mil.
Nesta terça

Acontece o primeiro debate entre os candidatos ao governo de Rondônia a ser transmitido por uma emissora. A partir das 22h15min, a TV Allamanda transmite o evento, que terá mediação do jornalista Daniel Adjuto, do Jornal do SBT, de Brasília. Segundo a organização, estão confirmados no debate os candidatos Acir Gurgacz (PDT), Marcos Rocha (PSL), Expedito Junior (PSDB), Maurão de Carvalho (MDB), Pimenta de Rondônia (PSOL) e Vinícius Miguel (REDE).
De jeito nenhum

O IBOPE liberou pesquisa nesta segunda-feira dos números da corrida ao governo de Rondônia. Acir Gurgacz lidera na rejeição, 27% dos entrevistados disseram que não votam no candidato do PDT. Logo atrás dele está Pimenta de Rondônia (PT) com 20% de rejeição. No segundo turno, o candidato do PDT perderia para Expedito Júnior (53×21%) ou Maurão de Carvalho (36×30%). Expedito também venceria Maurão (50×26%).
Sobre a pesquisa desta segunda-feira (17):

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos

Quem foi ouvido: 812 eleitores do estado, com 16 anos ou mais

Quando a pesquisa foi feita: de 14 a 16 de setembro

Registro no TRE: RO-00295/2018

Registro no TSE: BR-05366/2018

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro

0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado
Números completos

Expedito Júnior (PSDB): 32%

Acir Gurgcz (PDT): 14%

Maurão de Carvalho (MDB): 12%

Coronel Marcos Rocha (PSL): 4%

Pimenta de Rondônia (PSOL): 3%

Coronel Charlon (PRTB): 3%

Vinícius Miguel (REDE): 2%

Pedro Nazareno (PSTU): 1%

Comendador Valclei Queiroz (PMB): 0%

Brancos/nulos: 16%

Não sabe: 13%
Rejeição

Acir Gurgcz (PDT): 27%

Pimenta de Rondônia (PSOL): 20%

Expedito Júnior (PSDB): 19%

Coronel Charlon (PRTB): 14%

Vinícius Miguel (REDE): 14%

Coronel Marcos Rocha (PSL): 13%

Maurão de Carvalho (MDB): 13%

Pedro Nazareno (PSTU): 13%

Comendador Valclei Queiroz (PMB): 8%
Novo tratamento contra a tendinite usa o ultrassom

Dores nas mãos, nos ombros, nos joelhos. Lesões por esforços repetitivos, por conta do esporte, da ginástica. Não importa a idade, a profissão, o sexo. Qualquer pessoa está sujeita a sofrer com esses incômodos. E o que vem em seguida é uma maratona de médicos e exames até encontrar o tratamento correto. A boa notícia é que uma técnica inovadora – realizada com o ultrassom – vem mudando o jeito de abordar e tratar esses e muitos outros problemas reumatológicos. Desenvolvido em alguns países da Europa, o método foi trazido ao Brasil pela reumatologista Karine Luz. E o princípio é bem simples: “Depois do exame físico, faço o ultrassom na própria clínica para confirmar o diagnóstico. Os diversos planos de imagem permitem ver o que está acontecendo com o paciente”, diz a médica. Desta maneira, a especialista pode detectar anormalidades, inflamações, reumatismo, gota, espondilite anquilosante, síndrome de sjogren, entre outros problemas. Mas não para aí. O tratamento pode ser realizado no momento do diagnóstico e com ajuda do mesmo ultrassom. A imagem guia a médica na aplicação de medicamentos, fazendo com que o alvo da lesão seja atingido com precisão. Segundo pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde, cerca de 12 milhões de brasileiros sofrem com doenças reumatológicas, que ocupa o segundo lugar no ranking de gastos com auxílio saúde no Brasil. “Em sua progressão, as doenças podem causar incapacidade física e impedir que as pessoas continuem desenvolvendo suas atividades, tenham que se afastar do mercado de trabalho ainda jovens porque não tiveram acesso ao diagnóstico preciso em um estágio em que poderiam obter a cura ou controle” complementa a médica.

Painel Político : Arapuca eleitoral armada por Gurgacz dispara e começa a sangria
Enviado por alexandre em 11/09/2018 16:15:05

Condenado pelo STF e com registro negado pela justiça eleitoral, senador só tem um caminho, o de seguir na candidatura
Fora do ar

O Tribunal Regional Eleitoral deu início ao processo de sangria do senador Acir Gurgacz (PDT) nesta segunda-feira. A Corte julgou o pedido de registro de candidatura ao governo, e indeferiu, por 4 votos a 2 o registro. E em seu voto, o relator foi além, o juiz federal Flávio Fraga e Silva determinou ainda a imediata proibição do candidato seguir com a propaganda eleitoral no rádio e TV. A maioria entendeu que a condenação por parte do Supremo Tribunal Federal (STF) o tornou inelegível. Segundo o relator, os embargos infringentes apresentados pelo senador ao STF não teriam força de mudar a condenação e assim, não haveria como reverter a decisão colegiada.
Segue na campanha

O advogado de Gurgacz, e coordenador jurídico da campanha, Nelson Canedo, afirmou que serão apresentados recursos tanto ao Tribunal Regional Eleitoral quanto ao Tribunal Superior Eleitoral, e que o senador “segue firme na disputa”. Acir não pretende desistir, tampouco indicar um substituto. De acordo com a defesa, o indeferimento do registro no TRE “era aguardado”. O que se sabe, sem nenhuma sombra de dúvidas, é que Gurgacz ficou ainda mais enfraquecido com a decisão da Corte local, e por mais que o resultado não tenha sido unânime, o momento político não favorece candidaturas de condenados em instâncias superiores, e dificilmente o TSE modificará o entendimento do TRE.
E se isso ocorrer

O eleitorado deve reagir como sempre fez com casos similares, deixando o postulante falando sozinho. Gurgacz insiste em sua candidatura por uma questão de orgulho, e ainda corre um grande risco de perder o mandato no Senado, a depender da próxima composição da Casa. Só quem escapou da perda de mandato foi Aécio Neves, mas ele faz parte da elite da política brasileira.
O enfraquecimento de Gurgacz

Deve favorecer a candidatura de Maurão de Carvalho (MDB) e pulverizar entre os demais candidatos que rejeitam tanto MDB quanto PSDB. O mais sensato seria Gurgacz dar uma de “Lula” e indicar um “poste” em seu lugar, mas ele reitera que isso “é uma possibilidade que não existe”. A turma que torcia para que o senador caísse em desgraça e com isso deixaria a disputa, pode recolher os flaps, porque ele segue enquanto houver recursos. No fim da coluna, a íntegra de uma nota emitida pelo senador após seu julgamento no TRE.
Dois nomes

Caso Gurgacz mudasse de idéia e desistisse da candidatura ao governo, os nomes cotados para substituí-lo seriam do ex-prefeito de Ji-Paraná Jesualdo Pires ou Daniel Pereira, ambos do PSB. Cotado não quer dizer aceito. Jesualdo está focado em sua campanha ao Senado e faltando menos de 30 dias para a eleição Pereira sabe que não teria tempo suficiente para organizar uma campanha majoritária, mesmo herdando recursos de Acir. O senador construiu uma arapuca eleitoral que só cabe ele.
Não mudou nada

O Ibope fez uma pesquisa presidencial apenas em São Paulo (estado) e os números indicaram que o atentado à faca sofrido por Jair Bolsonaro (PSL) não afetou os números da corrida. Ele segue na liderança, mas oscilou apenas um ponto para cima (de 22% para 23%) dentro da margem de erro. Também dentro da margem de erro, de três pontos percentuais, outros candidatos oscilaram positivamente no estado: Geraldo Alckmin foi de 15% a 18%, Ciro Gomes de 8% a 11% e Fernando Haddad de 5% para 7%. Marina Silva, por sua vez, oscilou negativamente, de 10% para 8%. Essas informações são do Antagonista.
Proposta viável

“O Brasil precisa redesenhar o pacto federativo. Do jeito que as coisas estão hoje, 17 dos 27 estados brasileiros estão quebrados. Tenho uma proposta de reestruturar isso a começar pelo Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais, que são os 3 estados em situação mais crítica. Tenho propostas concretas para isso. Chama-se swap do endividamento. Reestruturação do passivo privado previdenciário e indenização do calote que a União fez nos grandes estados”. A proposta é do presidenciável Ciro Gomes, e é quem melhor vem explicando o que vai fazer para tirar o Brasil do buraco em nos meteram nos últimos anos.
Sua rede social não é parâmetro

Muita gente critica as pesquisas eleitorais baseando-se em comentários e postagens que vê em sua timeline e acredita que aquilo reflete a realidade. Não é assim que funciona. As redes sociais usam algoritmos em sua programação que direciona para seu perfil, assuntos que mais te interessam. Daí o grande volume de informações sobre seu candidato(a), que dá uma impressão de que “o mundo todo pensa como você”. E normalmente quem discorda de sua opinião é bloqueado ou a pessoa te bloqueia. As pesquisas tem falhas sim, mas elas são o que mais se aproxima da realidade, já que ouvem pessoas das mais variadas classes, etnias, faixa etária, etc.
Teste sanguíneo revela ‘relógio biológico’ de pacientes em menos de 2 horas

Uma nova ferramenta médica baseada na análise sanguínea permite revelar o “relógio biológico” dos pacientes com apenas 90 minutos, informou nesta segunda-feira (10) a revista científica “Proceedings of the National Academy of Sciences” (PNAS). O projeto, conhecido como “Time Signature”, utiliza duas amostras de sangue para determinar qual é o tempo biológico de cada paciente, ou seja: se o corpo da pessoa responde ao horário real em que ela está vivendo. As pessoas que não estão em sincronia com o tempo do local onde vivem podem ter dificuldades nos tratamentos de algumas doenças. De acordo a PNAS, a nova ferramenta permitirá que os médicos tenham rápido acesso ao “relógio biológico” dos pacientes para decidir as doses e os momentos do dia nos quais os medicamentos devem ser aplicados para serem mais efetivos. A nova ferramenta foi desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Northwestern, em Chicago. Um dos autores do estudo, Phylipps Zee, explica porque a descoberta é tão importante: “Muitos remédios têm o melhor momento para tomar uma dose. Conhecer o relógio do corpo é crítico para conseguir resultados mais efetivos, já que eles podem ser diferentes de pessoa para pessoa”.
NOTA DE GURGACZ – Acir vai recorrer ao TSE para manter candidatura

O senador Acir Gurgacz (PDT-RO), candidato ao governo pela coligação Juntos por um novo tempo para Rondônia (PDT, PSB, PP, PR, PTB, PTB, SD, DC, PT e PTC) vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para manter sua candidatura, impugnada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-RO) nesta segunda-feira, 10/09, por 4 votos a 2.

Acir considera que a decisão do TRE-RO não levou em consideração os recursos que ele apresentou no processo que responde no Supremo Tribunal Federal (STF) por desvio de finalidade num empréstimo feito pela empresa Eucatur de Manaus.

“Em primeiro lugar, sou inocente – pois era apenas avalista de um empréstimo que foi quitado e liquidado pela empresa, com parecer de conformidade do banco. É bom lembrar que não havia dinheiro público envolvido. Confio na Justiça e creio que a decisão da primeira turma será revista no pleno do STF. Por outro lado, ao protocolar os recursos – os embargos infringentes e declaratórios, o processo fica em suspenso e estou com meus direitos políticos plenos – incluindo a elegibilidade, portanto, a decisão do TRE-RO deve ser revisada pelo TSE”, explica Acir.

Nesta segunda-feira, 10, Acir cumpriu agenda em Porto Velho, concedendo entrevistas para a Rádio CBN, TV Rondônia/Globo, TV Meridional/Band, SicTV/Record. O candidato manterá sua agenda e nessa terça-feira estará em Rolim de Moura, na Zona da Mata, numa caminhada pelas ruas centrais da cidade e visitas a empresas, associações e cooperativas.

Painel Político : Teatro de Confúcio desmancha em Porto Velho e em Ariquemes população se irrita com pedra em terreno; entenda
Enviado por alexandre em 29/08/2018 21:36:26

E ainda, PSDB acerta ao decidir ingressar judicialmente para suspender leilão da Ceron, povo de Rondônia é quem vai pagar o prejuízo
Passando batido

Nem todos atentaram para mais uma das presepadas deixadas por Confúcio Moura ao Estado. Na semana passada aconteceria em Porto Velho uma peça teatral no Palácio das Artes, o teatro estadual que Lúcio Mosquini terminou de qualquer jeito quando era secretário de Obras para a reeleição de Confúcio em 2014. A peça foi cancelada simplesmente pelo fato da estrutura onde é montada a iluminação desabou enquanto os técnicos trabalhavam. Por milagre ninguém se machucou, o evento foi cancelado e quem tinha comprado ingresso teve o dinheiro devolvido.
Pois bem

O teatro estadual apresenta problemas desde sua inauguração e nem estava podendo ser utilizado pelo setor privado. A obra foi iniciada ainda quando Valdir Raupp era governador. Bianco e Cassol estudavam a possibilidade de conclusão, mas foram alertados por engenheiros que a coisa era meramente eleitoreira e nem se meteram a mexer por lá, mas pensavam em dar outra utilização ao local. Confúcio em seus devaneios, decidiu que concluiria a obra, e Mosquini, afoito, foi lá e fez. Deu no que deu.
Enquanto isso

Na eleição de 2014, Confúcio divulgou um panfleto (que você vê abaixo) informando que havia “chegado a vez de Ariquemes”, referindo-se as obras do hospital regional que seria construído na cidade. Nunca chegou. No local apenas uma pedra, isso mesmo, uma pedra, inaugurada em 1 de junho de 2015 por Confúcio Moura e Williamens Pimentel, que vem sendo chamado de “o ingrato”, por ter virado as costas para o casal Raupp, que sempre o apadrinhou. Na convenção badernada do MDB este ano, Pimentel foi o mais chiliquento na defesa de Confúcio, ao lado de Emerson Castro.
O jornaleco com a promessa….expectativa!!
A pedra “inaugurada” em 2015 por Confúcio e Pimentel…realidade!!
Voltando

A população precisa parar de se deixar enganar por esse tipo de propaganda. Político não tem que inaugurar pedra, tem que fazer obra, governadores e prefeitos são muito bem pagos para isso, mas não fazem. No caso de Confúcio Moura a situação é muito pior. Ele deixou o governo recentemente sem ter feito nada, apenas propaganda. O Centro Político Administrativo (Palácio Rio Madeira) foi iniciado e quase concluído na segunda gestão de Ivo Cassol. Estradas estaduais estão desmanchando, o asfalto eleitoreiro feito nos municípios em 2014 idem. E a única “grande obra” deixada por Confúcio foi a construção de um calçadão com uns monstrengos sem sentido que ele chama de “espaço alternativo”, cuja execução mandou para a cadeia uma turma grande que está até hoje respondendo criminalmente.
Decisão acertada

O PSBD de Rondônia ingressou na Justiça Federal com uma ação para suspender o leilão da Eletrobrás Distribuição Rondônia, que será vendida pela mixaria de R$ 50 mil no pacote alucinado de Michel Temer. Que a “Ceron” tem problemas não é nenhuma novidade, mas ela vende energia elétrica, um ítem essencial que não tem como falir. Se for para privatizar, que seja vendida a um preço justo e principalmente, que o Estado ganhe algo nessa barganha. A dívida do Beron seria um bom começo para debater.
Fala sério

A entrevista de Ciro Gomes no Jornal Nacional foi um festival de inutilidade. Os apresentadores gastaram quase a metade do tempo falando sobre Carlos Lupi, presidente do PDT, depois sobre a gestão de Cid Gomes (irmão de Ciro), no Ceará e não deixaram o cabra falar. Ou o candidato vai para falar sobre plano de governo e propostas ou vai para se defender (e no caso de Ciro, defender os outros) de assuntos que podem ser avaliados fora do horário nobre da TV brasileira. Como conscientizar o eleitorado dessa forma?
De Brasília

Vem a ilusão. A banca de advogados de Acir Gurgacz que tem inclusive um ex-ministro do STF, acha que consegue a suspensão da condenação (temporariamente) e a consequente elegibilidade dele. O processo continua para parecer ne PGR e ele segue inelegível.
Filhos de fumantes ‘têm mais chance de morrer’ de doenças de pulmão na vida adulta

Crianças que crescem ao lado de adultos fumantes têm mais risco de morrer de uma doença grave de pulmão, mesmo se elas próprias não fumarem na vida futura. É o que aponta uma nova pesquisa da Sociedade Americana do Câncer. Já era sabido que crianças cujos pais fumam têm mais risco de desenvolver problemas pulmonares ou vasculares na infância – como asma ou aumento da pressão sanguínea. Mas nunca antes uma pesquisa havia demonstrado o efeito na vida adulta. A pesquisa analisou a saúde de 70,9 mil pessoas não fumantes, homens e mulheres, que vinham sendo acompanhadas há mais de duas décadas. Um terço delas, inclusive, já tinha falecido antes da pesquisa. O resultado da análise é que as pessoas que conviveram com um adulto fumante apresentaram mais complicações de saúde ao longo da vida. A exposição a fumaça de cigarro na infância, por dez horas ou mais por semana, aumentou o risco de morte na vida adulta por doença pulmonar obstrutiva crônica em 42%, doença cardíaca isquêmica em 27%, e acidente vascular cerebral em 23% – em comparação com aqueles que não conviveram com fumantes quando crianças. O estudo foi publicado no periódico científico “American Journal of Preventive Medicine”.

Painel Político : Em ato na OAB Expedito lembra ter sido “patrolado” pela máquina pública em 2014; Confúcio segue impune
Enviado por alexandre em 29/08/2018 21:29:08

E ainda, SIBRA passa a operar, de fato, como um órgão do governo que atende as expectativas de suas funções
Desde 2011

Que a representação do Estado em Brasília não passou de um cabide de empregos para apaniguados na capital federal. Muita gente sequer sabia para aquilo servia, mas desde que Daniel Pereira assumiu o comando do Estado, a Superintendência de Integração do Estado de Rondônia em Brasília (SIBRA) passou a funcionar de fato. O primeiro secretário a ser nomeado por Pereira foi o jornalista Carlos Terceiro, como superintendente na capital federal e desde então a coisa andou de verdade. Nesse curtíssimo espaço de tempo, Terceiro conseguiu uma série de conquistas, a começar o respeito pela economicidade. O cartão corporativo da Sibra fica guardado no cofre, o carro oficial só é usado para deslocamento do governador e autoridades (e apenas isso), e os gastos em geral foram reduzidos em mais de 40%.
Competência

Quem conhece Carlos Terceiro sabe que ele é acelerado, e esse foi o ritmo implantado na Sibra. Tão logo o senador Ivo Cassol anunciou que Confúcio Moura havia afundado o Estado ao reconhecer espontaneamente a dívida do Beron, Terceiro passou a se mobilizar e fez o acompanhamento e articulação do processo junto a STN ( Secretaria do tesouro Nacional), STF (Supremo Tribunal Federal diretamente com a Ministra Carmem Lúcia), e ainda correu para resolver a inadimplência do estado no CAUC (Serviço Auxiliar de informações para transferências ), para que a assinatura do sétimo termo aditivo com a União fosse realizada , inclusive junto ao Banco do Brasil (direto com o Presidente do Banco). Em apenas quatro meses, Carlos Terceiro e sua equipe conseguiu mostrar para que a Sibra serve. Lembrando que na gestão de Confúcio Moura, a superintendência só era usada para conversas nada republicanas sobre licitações e contratos “estranhos”.
Vai subir

O aumento salarial dos ministros do Supremo Tribunal Federal foi aprovado pelo presidente Michel Temer e passará de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil. Vai gerar um efeito cascata, mas o STF se comprometeu a acabar com o auxílio-moradia na Corte, que atualmente é de R$ 4,7 mil. O governo vai ter de fazer uma alteração na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), que não previa o reajuste salarial do STF. O custo extra no Poder Judiciário será de R$ 930 milhões. Técnicos do Congresso avaliam que a medida pode gerar um efeito cascata em todo setor público, fazendo o gasto atingir quase R$ 4 bilhões. E segue a vida.
Cresceu

A população rondoniense foi estimada em 1.757.589, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (29), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no Diário Oficial da União. A capital Porto Velho continua sendo apontado como o município mais populoso, com 519.531 pessoas. Em 2017, a estimativa era de 519.436, portanto na capital houve um aumento de 95 pessoas em um ano. Em oito anos, a população da capital aumentou 21,23%, quando havia 428.527 moradores.
A luta continua

Eletricitários estão brigando para manter a Eletrobrás Distribuição Rondônia fora do leilão. Até esta quinta-feira (30/8), os trabalhadores das empresas de distribuição de energia da Eletrobras continuam a paralisação das atividades por 72 horas, que teve início nesta terça (28/8). O motivo é a suspensão da liminar que impedia a privatização das companhias de eletricidade do Norte e Nordeste. Um Dia Nacional de Luta será realizado nesta quinta-feira (30/8) com a categoria eletricitária em vários estados do país, data em que está previsto leilão de venda das distribuidoras de Rondônia (Ceron), do Acre (Eletroacre) e Boa Vista Energia (Roraima) pela merreca de R$ 50 mil cada.
Triste lembrança

Durante o ato pela ética nas eleições que aconteceu na última terça-feira na OAB em Porto Velho, o candidato Expedito Júnior (PSDB) lembrou que em 2014 havia assinado, junto com os demais candidatos, o mesmo documento mas ele foi “patrolado” pelo uso da máquina pública por Confúcio Moura e seu bando. O mais interessante é lembrar também que o Ministério Público Eleitoral em 2014 parecia estar com sérios problemas para atuar, já que fechou os olhos para toda a bandalheira promovida pela turma de Confúcio. Só para relembrar, antes da convenção, já na condição de ex-governador, com a desculpa de “se despedir”, Confúcio percorreu vários órgãos pelo Estado. E também não foi tomada nenhuma providência. Resta saber se neste ano o MP eleitoral vai seguir hibernando…
Como os horários de refeição influenciam sua qualidade de vida

Se você tenta levar uma vida saudável, provavelmente presta atenção ao tipo de alimento e ao tamanho das porções que consome. Mas uma nova pesquisa indica que tão importante quanto isso é observar quando você come. Nutricionistas vão recomendar que você se alimente em intervalos regulares e nunca pule uma refeição. Os “ratos de academia” aconselham você a comer certos nutrientes antes, durante e depois de praticar exercício; e pesquisas indicam que ingerir a maior parte das calorias no início do dia ajuda a combater a obesidade. Agora, um estudo que analisa o ritmo circadiano (período de 24 horas em que se baseia o relógio biológico) diz que devemos limitar nossa alimentação às primeiras oito a dez horas em que estamos acordados, para dar ao corpo tempo suficiente para digerir a comida, descansar e se recuperar. O pesquisador Satchin Panda é professor do Salk Institute, em Dallas, nos EUA, e autor do livro The Circadian Code (“O Código Circadiano”, em tradução livre), resultado de 10 anos de pesquisa sobre o assunto. Em 2012, Panda e seus colegas do Instituto Salk conduziram um estudo com dois grupos idênticos de ratos. O primeiro grupo recebeu alimentos ricos em gordura e açúcar, e os animais podiam comer sempre que quisessem. Ao segundo grupo, foi fornecida quantidade equivalente dos mesmos alimentos – mas com um intervalo de oito horas. Após 18 semanas, os ratos que se alimentaram sem restrição de horário estavam diabéticos e obesos, tinham ainda colesterol alto e problemas intestinais. Surpreendentemente, aqueles que consumiram a mesma dieta com um espaçamento de oito horas não apresentaram qualquer doença. Panda explica que quando paramos de comer, as toxinas do ambiente e dos alimentos são eliminadas, os níveis de colesterol são reduzidos, os músculos, a pele, o revestimento do intestino e até mesmo o DNA são reparados. Continuar comendo após essa janela de oito a dez horas afeta esses processos, pois o corpo passa a focar na digestão e no processamento de nutrientes.

Painel Político : Daniel Pereira consegue suspender bloqueios da dívida do Beron, de Raupp e Confúcio
Enviado por alexandre em 22/08/2018 19:32:40

Ministro Edson Fachin determinou nesta quarta-feira que sejam suspensas todas as medidas restritivas ao Estado
O abacaxi

Sobrou para Daniel Pereira, que não tinha nada a ver com o peixe, a problemática do Beron construída a partir da irresponsabilidade da dupla Raupp/Confúcio (um começou, o outro aumentou o problema). Na semana passada, Pereira havia se reunido com a secretaria do Tesouro da União pedindo o parcelamento da dívida que havia sido reconhecida por Confúcio no apagar das luzes de seu governo (o que gerou o problema atual). Com isso, o prejuízo que era de R$ 2,4 bilhões saltou para mais de R$ 7 bilhões, e com as atualizações e juros exorbitantes, pode chegar aos R$ 19 bi. E claro, nós rondonienses arcamos com o prejuízo.
A conta

Por si já é um disparate, são juros sobre juros de um débito criado por uma gestão irresponsável do Banco Central durante o Regime de Administração Especial Temporário (RAET) no Beron. O saldo original, pouco mais de R$ 24 milhões, se transformou em uma dívida impagável, que Confúcio poderia ter resolvido, não fosse sua inabilidade política (pelo jeito ele e sua turma só são bons para promover tumultos). Vou explicar.
Reformas

Michel Temer estava dando tudo e qualquer coisa para aprovar as reformas, e o balcão de negócios abriu em Brasília ainda durante o processo de impeachment de Dilma Rousseff. A partir daquele momento o governo do Estado poderia ter entrado em campo e passado a trabalhar o apoio que Temer queria em troca do perdão da dívida. Mas, Confúcio preferiu largar o Estado nas mãos da tríade Emerson/Vagner/George, que se preocupava mais em maquiar dados do que trabalhar de verdade. Outro momento perdido pela turma de Confúcio foi quando o Planalto resolveu aprovar a reforma trabalhista. Até nisso comeram mosca.
Descascando o abacaxi

Porém, eis que nesta quarta-feira, após um pedido que havia sido protocolado na terça (21) no Supremo, direcionado ao ministro Edson Fachin, o mesmo determinou a suspensão de qualquer medida restritiva ao Estado, até a audiência marcada entre Fachin e Daniel Pereira prevista para o dia 4 de setembro, quando o governador vai explicar pessoalmente ao ministro toda a problemática que essa dívida gera ao Estado. A decisão de Fachin foi tomada na tarde desta quarta determinando imediata comunicação ao Banco Central, Secretaria do Tesouro e ao Banco do Brasil.
Pois é

Foi preciso que Daniel Pereira desse solução em um problema que não existiria não fosse as trapalhadas de Raupp e Confúcio.
Despacho do ministro Edson Fachin
Bicho pegou

O PDT entrou com pedido para que o Tribunal Regional Eleitoral indefira o registro de candidatura de Fátima Cleide e Pimenta de Rondônia e acate a decisão da executiva estadual, que optou em coligar com o PDT e abrir mão de candidaturas majoritárias. É mais um capítulo na novela petista. Se a legenda já sofre com o desgaste de ser associada a tudo que há de errado no país, agora sofre um baque ao expor o racha interno. O problema é que historicamente os tribunais evitam se intrometer em questões internas dos partidos, ainda mais quando se trata de intervenção da nacional nas estaduais.
Enxurrada

E o Tribunal Regional Eleitoral vai ter muito trabalho em setembro em Rondônia, dada a quantidade enorme de pedidos de indeferimento a candidaturas feita pelo Ministério Público Eleitoral.
“Óleo de coco é puro veneno”, diz professora de Harvard

A americana Karin Michels, professora da Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, está chamando a atenção da mídia do país com um vídeo que viralizou nesta quarta-feira (22), em que diz que o óleo de coco não é saudável. Mais do que isso, a pesquisadora chega a chamá-lo de “veneno”, pelo menos três vezes, durante uma palestra. Em sua apresentação, intitulada “Óleo de coco e outros erros nutricionais”, ela afirma que este é um dos piores alimentos que uma pessoa pode ingerir e que seus supostos benefícios não passam de crendice popular, pois têm embasamento científico algum. Embora o óleo de coco tenha se tornado a última moda entre celebridades e influenciadores digitais de estilo de vida saudável, estudos da American Heart Association (Associação Americana do Coração) mostraram que mais de 80% da gordura do óleo de coco é saturada – muito mais que na manteiga (63%), gordura bovina (50%) e banha de porco (39%). A AHA aconselha contra o uso de óleo de coco e também recomenda que as pessoas não consumam mais do que seis por cento de gordura saturada como parte do total de calorias diárias. Principalmente, aqueles que precisam baixar o colesterol. Segundo a organização, o óleo não tem efeitos favoráveis ​​compensatórios e pode potencialmente se tornar a causa de uma doença cardiovascular.

(1) 2 3 4 ... 174 »