Painel Político - Painel Político por Alan Alex - Notícias
(1) 2 3 4 ... 164 »
Painel Político : Painel Político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 20/07/2016 18:04:06

Reuniões em igrejas, churrascos e postagens em redes sociais estão acontecendo abertamente

Abusos

Nas eleições de 2014 chamamos a atenção para os excessos cometidos pelos candidatos durante o processo eleitoral. E teve de tudo, de distribuição de comida à reuniões em igrejas e outras entidades. Foram as eleições mais “impunes” que aconteceram em Rondônia nos últimos anos. E parece que 2016 o cenário vai se repetir. Pré-candidatos, principalmente à vereador, estão fazendo a festa em igrejas evangélicas, e não escondem, em postagens nas redes sociais eles mostram “simpatizantes” com cartazes de apoio, participação em cultos e outros eventos.

Falta endurecer

O Ministério Público Eleitoral já foi bem mais eficiente no combate a esses abusos, mas desde 2014 que a coisa desandou por lá. Não sei se falta dinheiro, pessoal ou vontade, mas sei que quem perde é a população que fica à mercê de oportunistas e aventureiros. O Ministério Público Eleitoral precisa montar uma força-tarefa, passar a monitorar os ainda pré-candidatos que estão fazendo malabarismos para convencer o eleitorado. E os chamados “candidatos evangélicos” são os mais perniciosos.

Outra

Tem candidato abusando de postagens no Facebook com memes e montagens, e isso já está enchendo a paciência. Ao menos no meu messenger recebo várias mensagens de internautas revoltados com a insistência. E nem vou falar dos pedidos de votos.

Vem do DEM

O vice de Mariana Carvalho, caso se confirme sua candidatura nas eleições virá do Democratas, de Marcos Rogério. E vai ser um pastor. A legenda não tem muitas opções “de peso”, e vice também não importa muito no processo. A entrada de Mariana na disputa atrapalha, e muito, as intenções de Nazif se reeleger. A tendência será uma polarização entre Mariana e o deputado estadual Léo Moraes.

Nos próximos dias

Os partidos se mobilizam para as convenções, que devem ser concluídas até o dia 5 de agosto. Como a campanha eleitoral será reduzida esse ano, todos querem resolver de uma vez a questão das candidaturas. Por enquanto temos no páreo Léo Moraes, Williames Pimentel, Mauro Nazif, Ribamar Araújo e talvez Mariana Carvalho. Desses, a candidatura mais improvável é a de Ribamar, que vem patinando, mas sem muita convicção. O REDE que iria lançar candidatura própria, preferiu ficar fora da disputa, com a renúncia do pastor Aluízio Vidal. Nos bastidores, porém, existem rumores que o partido deve apoiar Nazif “por debaixo dos panos”, já que o secretário municipal de Meio Ambiente de Porto Velho, Edjales Benício faz parte da executiva do partido.

Limites

E nesta quarta-feira o Tribunal Superior Eleitoral divulgou a tabela com limites de gastos dos candidatos à prefeito e vereador de todo o país. Em Porto Velho, os valores estão limitados a R$ 2.957.334,54 no primeiro turno e R$ 887.200,36 no segundo turno. Já os candidatos à vereador só poderão gastar R$ 139.825,25. O valor para prefeito ficou alto, em função dos gastos da última campanha, usados como referência para os cálculos. Para conferir os valores de todos os municípios do Brasil, CLIQUE AQUI.

Em Ji-Paraná

Muita gente vem pedindo para que o atual prefeito Jesualdo Pires reveja sua posição e dispute à reeleição. Jesualdo conseguiu fazer uma administração exemplar na segunda maior cidade de Rondônia, mas já declarou diversas vezes que precisa de um tempo para se dedicar à família e assuntos pessoais. Com sua saída, o campo fica aberto, mas a cidade não tem nenhum favorito. Ficou órfã.

Não “tá favorável”

Um cantor de funk brasileiro que se autodenomina “MC Bin Laden” teve o visto negado pelo consulado americano esta semana. Ele faria uma apresentação no Museu de Arte Moderna de Nova York. Total falta de bom senso de alguém que adotou o nome de um terrorista que destruiu as torres gêmeas em um atentado que marcou para sempre a historia americana. Era melhor ter ido cantar no Afeganistão.

Whatsapp

Após mais um bloqueio por determinação judicial, o aplicativo Whatsapp entrou na pauta do Senado Federal, que pretende regulamentar a conversa de uma vez por todas. Uma enquete foi colocada no ar para debater se o ap pode ou não ser bloqueado. E eles querem a opinião da população. Para dar seu “pitaco” na conversa, é só clicar AQUI.

Clínica Mais Saúde informa – Brasil desenvolve novo tratamento para hiperplasia da próstata

Pacientes com hiperplasia prostática benigna (HPB), também chamada de hiperplasia benigna da próstata, têm uma nova opção de tratamento além dos medicamentos e da cirurgia tradicional. A embolização da próstata, técnica desenvolvida por pesquisadores do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), é um procedimento minimamente invasivo, sem efeitos colaterais de longo prazo e tem 90% de eficácia na redução dos sintomas. A embolização é um procedimento semelhante ao cateterismo. Sem necessidade de internação e com uma anestesia local, um cateter (tubo flexível) de 2 milímetros de diâmetro é introduzido na artéria femoral (virilha). Sob orientação de um aparelho que emite raios X, este tubo navega até a próstata e uma substância — semelhante a grãos de areia, feita de resina acrílica — é injetada dentro da próstata com o objetivo de reduzir a circulação de sangue no local. Com a passagem parcialmente bloqueada, a próstata tem uma redução de 30% a 40% de tamanho — o que alivia a obstrução da uretra permitindo a passagem da urina sem dificuldade. Os resultados são promissores: dos 250 pacientes tratados com essa técnica no Brasil, todos no HCFMUSP, 90% tiveram melhora nos sintomas e voltaram a ter uma vida normal, sem a necessidade de medicamentos.

Painel Político : Painel Político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 19/07/2016 18:00:17

Investigações do MPRO estão paradas desde que Héverton Aguiar saiu

Alan Alex in Política
Última operação, Mamóm, investigou auditores fiscais

Republiqueta

No Brasil qualquer juiz com ‘juizite’ tem o poder de deixar milhares sem comunicação. De novo, um magistrado, dessa vez do Rio de Janeiro determinou o bloqueio do aplicativo Whatsapp porque ela se sentiu ofendida por ter recebido um questionário de cinco perguntas enviados pelo Facebook em inglês. A magistrada ficou aborrecida e ao invés de mandar prender os representantes da empresa por obstrução da justiça, achou melhor bloquear o aplicativo em todo o país. Acho que o Zuckberg nem vai dormir hoje de tanta preocupação….

Tem que parar

Essa palhaçada com o Whatsapp precisa ser encerrada. Não se pode, em detrimento de qualquer investigação, deixar milhares de pessoas sem comunicação. Mas esse é um dos problemas do Brasil, por aqui não se ataca o infrator, se pune a população inteira. Foi assim com a tal “Lei Seca” que ao invés de endurecer a pena para quem comete crimes ao volante, preferiu retirar qualquer limite de tolerância. Vivemos na era das trevas nesse país…

Até quando?

O ex-deputado estadual Marcos Donadon continua foragido. Só para esclarecer, ele é marido da deputada estadual Rosângela Donadon, que se faz de “gato morto” na história. Marcos foi condenado por desvios de recursos da Assembleia Legislativa na época em que presidiu a Casa e mais recentemente por desvios na chamada “folha paralela”. Dizem que ele está escondido no Paraná.

Também

Anda se escondendo da polícia a ex-deputada estadual Ellen Ruth, com mandado de prisão em aberto pelos mesmos desvios na folha paralela da Assembleia Legislativa.

1 ano e 2 meses

Já se passaram desde que Héverton Aguiar deixou o comando do Ministério Público de Rondônia e a coisa estacionou. Ao menos no que diz respeito às investigações que estavam em andamento por lá. Uma delas, a Operação Mamóm, deflagrada um dia antes dele deixar a Procuradoria Geral de Justiça e que resultou na prisão de um auditor fiscal de Rondônia e investigou o Tribunal Administrativo de Tributos Estaduais (TATE). Nunca mais se falou sobre o assunto.

Só para relembrar

O Ministério Público de Rondônia, sob o comando de Héverton Aguiar realizou 16 grandes operações de combate à corrupção no Estado, fora as corriqueiras. Entre elas podemos destacar a Termópilas (2011) que atingiu em cheio o legislativo estadual e parte do Executivo, a Ludus, que descobriu um imenso desvio de recursos nas obras do chamado Espaço Alternativo e a Platéias, em 2014, que “bateu na porta” do governador Confúcio Moura.

Atualmente

PAINEL POLÍTICO recebe dezenas de mensagens cobrando a atuação do Ministério Público em denúncias que são encaminhadas à Ouvidoria do órgão ou mesmo diretamente. Tem gente que não sabe que Aguiar deixou o comando da instituição e pensa que ele está fazendo “corpo mole”. Não está. Quem está à frente do MP desde maio do ano passado é Aírton Pedro Marin, que tem, dgamos, outro perfil. Quem quiser reclamar de alguma coisa, pode acessar ESSE LINK, prencher o formulário e cobrar por lá também.

Quanto ao Héverton Aguiar

Ele está apto novamente à disputar o cargo de Procurador Geral de Justiça… resta saber se ele quer.

Olha essa

O sistema do TRF da 2ª Região depositou por erro, os salários duplicados do juiz federal Marcello Granado. O TRF solicitou que ele devolvesse o dinheiro, afinal, foi uma falha e ele não poderia ter recebido. O juiz do TRF 2 argumentou que, apesar de ter percebido o pagamento anormal, “acreditou se tratar de Parcela Autônoma de Equivalência vencida e não paga” e recorreu à justiça para não ter que devolver R$ 71.905,96 e conseguiu uma liminar suspendendo os descontos.

Fico imaginando

Quando se trata de uma situação dessa natureza com um cidadão que não veste toga, o que acontece. Acontece o mesmo. Existe um entendimento do STJ que diz, “é incabível a restituição ao erário dos valores recebidos de boa-fé pelo servidor público em decorrência de errônea ou inadequada interpretação da lei por parte da Administração Pública”. Pois é, no Brasil pode tudo, até ficar com dinheiro depositado na conta por erro.

Já está chato

Mariana Carvalho já encheu a paciência de todo mundo com a indefinição de sua candidatura à prefeitura de Porto Velho nas eleições desse ano. A convenção acontece neste sábado, e quem sabe, essa xaropada chega ao fim.

Clínica Mais Saúde informa – Comer frutas e vegetais aumenta a felicidade

Aumentar o consumo de frutas e vegetais pode te deixar mais feliz. De acordo com um estudo publicado recentemente no periódico científico American Journal of Public Health, comer oito porções de frutas e vegetais por dia pode levar as pessoas a uma mudança de bem-estar equivalente à observada em pessoas desempregadas quando conseguem um emprego. Os resultados de uma pesquisa mostraram que as pessoas que aumentaram seu consumo de frutas e verduras ao longo do estudo também apresentaram um aumento no nível de satisfação com a vida, de felicidade e bem-estar. Naqueles que saíram de um consumo zero de frutas e vegetais para oito porções diárias, o aumento na satisfação de vida foi equivalente ao de pessoas que saíram do desemprego. Embora não saibam explicar exatamente o porque dessa relação, os autores acreditam que o efeito seja causado pelos antioxidantes presentes nesses alimentos.
Compartilhe isso:

Clique para compartilhar no WhatsApp(abre em nova janela)Clique para compartilhar no Telegram(abre em nova janela)1Clique para compartilhar no Facebook(abre em nova janela)1Clique para compartilhar no Twitter(abre em nova janela)Clique para enviar por email a um amigo(abre em nova janela)Mais

Painel Político : Painel Político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 18/07/2016 22:44:40

Mas confirmação oficial ainda não aconteceu

Medo

Abro meu e-mail e me deparo com o seguinte título em uma mensagem, “Projeto do deputado federal Lúcio Mosquini poderá mudar o futuro das terras em Rondônia”. Se ele mudar “o futuro das terras” igual mudou o “futuro do DER” quando foi responsável pelo órgão, temos que nos preocupar de verdade. o DER virou uma zona (e continua). E nem li o restante do e-mail. Vai saber o que o “futuro” nos reserva…

Falando em Mosquini

O Tribunal de Contas do Estado multou o ex-diretor do DER em R$ 3.240 por uma série de irregularidades cometidas no período em que comandou o órgão. Ele atrasou, em 7 dias, a entrega dos balancetes do DER.

Dentro do prazo

A Ação Penal 644, que apura a participação do deputado federal Nilton Capixaba no chamado “Escândalo das Sanguessugas” está correndo rigorosamente dentro dos prazos e praticamente toda a semana tem uma movimentação, coisa rara de acontecer em processos que envolvem políticos. Mas, parece que o afilhado de Roberto Jefferson não vai conseguir encerrar o atual mandato. A ação já está com o relator, ministro Gilmar Mendes que anda com pressa de resolver o assunto. A revisora é a ministra Carmén Lúcia, que despachou no dia 29 de junho a abertura de prazo de 5 dias para a defesa se manifestar, o que ainda não aconteceu, ao menos no sistema do STF…

Falando em Capixaba

O deputado é relator das obras de esgotamento sanitário em Porto Velho, que foram paralisadas pelo Tribunal de Contas da União ainda em 2010 por denúncias apontadas pelo ex-vereador Cláudio Carvalho. O TCU havia pedido informações sobre o caso quando concluiu que haviam “irregularidades insanáveis” no processo. Como relator, Capixaba apresentou parecer pelo arquivamento do pedido do TCU, alegando que “os órgãos responsáveis já estão tomando as providências”. Não sei quais foram as “providências”, mas sei que por causa de trapalhadas iniciadas no governo Cassol e continuadas no governo Confúcio, até hoje Porto Velho continua com 3% de saneamento.

Polêmica

PAINEL POLÍTICO publicou na manhã desta segunda-feira fotos que foram feitas por leitores indignados por terem encontrado centenas de ‘vademecuns’ em uma lixeira próxima a Defensoria Pública. Qualquer pessoa de bom senso suspeitaria que os livros pertenceriam à instituição. Minutos após a publicação, o defensor esclareceu que na verdade se tratavam de livros que pertenceriam à Ulbra e a versão foi publicada também. Porém, na Defensoria e redes sociais, passaram o dia inteiro falando sobre o assunto, divulgando notas de esclarecimentos e outras bobagens, como se a defensoria não tivesse trabalho, e muito, para fazer. Mas, pelo jeito, perder tempo sobre um tema já esclarecido parece que é mais importante.

Lenda

Até hoje usuários reclamam do tal “SUS Mediado”, uma lenda que o governo do Estado criou no início desse ano mas que até hoje não saiu do papel. A idéia é que ao invés de recorrer à Justiça, quem necessitar de um atendimento que considera diferenciado e urgente aciona a Câmara de Mediação da DPE, formada por um médico, farmacêutico, procurador de Justiça e defensor público. Como eu disse, lenda. Isso é mais importante que o debate sobre os livros que não são da DPE.

R$ 5 mil

Foi o valor da multa aplicada pelo Tribunal Regional Eleitoral ao pré-candidato peemedebista à prefeitura de Porto Velho Williames Pimentel, na semana passada. O Tribunal também determinou a retirada do ar das páginas williamespimentel.com.br do ar. A representação, movida pelo prefeito Mauro Naizf, candidato à reeleição, apontou que Pimentel vinha fazendo campanha eleitoral antecipada.

Falando em TRE

Depois de terem abandonado o prédio do Tribunal, após a enchente de 2014 e ficarem “acampados” no CPA, o TRE retornou a sua sede, em Porto Velho esta semana. O prédio foi liberado para uso. Durante os últimos dois anos, muita confusão aconteceu sobre a discussão de voltar ou não para a sede. As desavenças foram parar no CNJ e no STJ. Mas, pelo jeito, a coisa já foi resolvida.

Ela vem?

Mariana Carvalho pode ser candidata do PSDB à prefeitura de Porto Velho. Desde o fim de semana passado, que aumentaram os rumores sobre sua definição. Mas, confirmação oficial mesmo, nenhuma. Caso ela não venha, os tucanos devem lançar Hildon Chaves, empresário e ex-promotor. Sobre uma chapa “puro sangue” encabeçada por Mariana e Chaves, a possibilidade é remota.

Passagem

Faleceu em São Paulo a advogada rondoniense Carina Fortes, vítima de acidente de trânsito. Seu corpo foi trasladado para Porto Velho e o enterro deve acontecer nesta terça-feira, no cemitério Jardim da Saudade. A advogada tinha 30 anos.

Clínica Mais Saúde informa – Obesidade diminui expectativa de vida em até 10 anos, diz estudo

Estar acima do peso diminui cerca de um ano da expectativa de vida de um indivíduo, um preço que sobe para cerca de 10 anos nos casos de obesidade severa. É o que diz um amplo estudo publicado nesta quinta-feira na revista médica The Lancet. A pesquisa refuta estudos anteriores que concluíram que ter alguns quilos extras não traz riscos para a saúde. Em vez disso, o novo estudo revelou evidências de que o risco de morrer antes de completar 70 anos aumenta, “de forma gradual e acentuada”, conforme a cintura se expande. “Esse estudo mostra, definitivamente, que o excesso de peso e a obesidade estão associados a um risco de morte prematura”, disse à AFP a líder da pesquisa, Emanuele Di Angelantonio, da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. O risco de doença cardíaca coronária, acidente vascular cerebral, doenças respiratórias e câncer aumentaram todos os pacientes estudados. Usando dados de quase quatro milhões de adultos de quatro continentes, o estudo descobriu que as pessoas consideradas moderadamente obesas perdem cerca de três anos de vida. “Pessoas severamente obesas perdem cerca de 10 anos da expectativa de vida”, afirmou Di Angelantonio. Em 2014, de acordo com a OMS, mais de 1,9 milhão de adultos em todo o mundo estavam acima do peso. Desses, mais de 600 milhões eram obesos. O excesso de peso é associado a doenças cardíacas, derrame e a alguns tipos de câncer.

Painel Político : Painel Político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 12/07/2016 22:52:34

Não faz sentido

Um programa chamado “Porto Velho Seguro” que está sendo implantado pela Polícia Militar do Estado e o município de Porto Velho, capital de Rondônia é uma verdadeira aberração, e conta com o apoio irrestrito do comandante-geral da corporação Enedy Dias, que alega “ os membros da corporação terão a oportunidade de garantir algum melhoramento em suas condições econômicas de forma absolutamente legal”.

O mote

Do programa é o seguinte, “a cooperação entre o Estado e o Município, assegurando uma suplementação de renda aos policiais militares, com a chamada “remuneração pelo desempenho de atividade delegada”, ou seja, os PMs poderão fazer bicos no município. E “os policiais atuarão simultaneamente na proteção do patrimônio público e na garantia da segurança pública”. Mas, pera lá, eles já não são pagos para isso? Quer dizer então que eles recebem duas vezes para fazer o mesmo serviço? Então não precisamos mais da Polícia Militar, pode demitir todo mundo e deixar que cada município, estabelecimento ou empresa estabeleça suas prioridades e contrate apenas o efetivo que precisar.

A justificativa

Desse programa, que é descabido, é que “com a implementação desse projeto, nossa capital certamente se tornará uma das mais seguras do país” Quer dizer então que a capital de Rondônia vive o clima de insegurança há anos porque os policiais ganham mal? Realmente, não faz sentido. Não sei quem é o autor desse projeto, nem como isso passou pela CCJ da Assembléia Legislativa ou mesmo em plenário, pior ainda é dizer que “a implantação do programa Porto Velho Seguro atende simultaneamente os anseios da instituição, da categoria policial militar e da sociedade em geral”. Eu faço parte da “sociedade em geral” e discordo, não atende meus ‘anseios’. Atenderia se a Polícia Militar pagasse melhor os policiais e eles não tivessem que, em seus horários de folga, fazer bico para cobrir a falta de efetivo ou as deficiências da corporação.

Nada contra

Qualquer tipo de melhoria salarial aos policiais militares, muito pelo contrário, acho que PM deveria ganhar salário equiparado ao de magistrado, dadas as condições de risco e stress a que são submetidos, mas esse tipo de programa é apenas uma cortina de fumaça que permite ao Estado se eximir de melhorar as condições dos policiais. Atuar na proteção do patrimônio público e na garantia da segurança pública é uma obrigação da Polícia Militar do Estado de Rondônia, e não uma justificativa para “um plus” salarial. Tem coisas que não fazem o menor sentido, e essa é uma delas.

Entenda

O contribuinte, ou seja, você leitor, está pagando duas vezes por um serviço que cabe ao Estado fornecer. Que “é legal”, não tenho dúvidas, mas está longe de ser “um anseio da sociedade em geral”. Recentemente a Polícia Federal deflagrou uma operação em Rondônia e prendeu gente envolvida com “serviço de vigilância patrimonial irregular”. O tal ‘Porto Velho Seguro” apenas legaliza o que alguns policiais militares já fazem há anos, que é a segurança de estabelecimentos em seus horários de folga. E não, não sou eu quem está afirmando isso, é a Polícia Federal no relatório da operação.

Bom destacar

Que as investigações da Polícia Federal continuam, e mesmo que o tal “Porto Velho Seguro” dê ares de legalidade ao “bico”, tem muita gente graúda da Polícia Militar, alguns inclusive da reserva, que estão sendo investigados por terem ligações com empresas de vigilância. Essa história está longe de acabar.

Carta fora

Mariana Carvalho não vai ser a candidata do PSDB a prefeitura de Porto Velho. O empresário Hildon Chaves, ex-promotor de Justiça, já deu início a uma série de procedimentos de ordem pessoal para entrar na briga representando os tucanos. Mariana anda sonhando alto, falando até em “compor a Mesa da Câmara dos Deputados”. Tá certa ela, tem que ter foco mesmo.

Define

Mesmo dia 23, quando os tucanos realizam, no prédio da Unopar em Porto Velho, a convenção partidária.

Enquanto isso

Léo Moraes (PTB) se reúne com lideranças de diferentes partidos para falar sobre alianças para as eleições. Quem também corre para consolidar a candidatura é o ex-secretário de Saúde do Estado, Williames Pimentel pelo PMDB e claro, o atual prefeito Mauro Nazif, que está calado, mas se mexendo.

Em Brasília

Acontece nesta quarta-feira a eleição para presidente da Câmara dos Deputados. Já protocolaram registro 13 candidados, Beto Mansur (PRB-SP); Carlos Gaguim (PTN-TO); Carlos Manato (SD-ES); Cristiane Brasil (PTB-RJ); Esperidião Amin (PP-SC); Evair Vieira de Melo (PV-ES); Fábio Ramalho (PMDB-MG); Fausto Pinato (PP-SP); Fernando Giacobo (PR-PR); Luiza Erundina (PSOL-SP); Marcelo Castro (PMDB-PI); Rodrigo Maia (DEM-RJ); Rogério Rosso (PSD-DF). O último é o favorito. Até o meio-dia de quarta-feira podem ser protocolados novos nomes.

Clínica Mais Saúde informa – Pais estão dando comida demais as crianças pequenas

Os pais estão alimentando os filhos em excesso e isso pode aumentar o risco de obesidade. É o que sugere uma pesquisa britânica encomendada pelo Fórum da Infância e da Criança (ITF, na sigla em inglês), instituição especializada em nutrição e desenvolvimento na infância. De acordo com o levantamento, 79% das crianças com idade entre 1 e 4 anos recebem porções maiores do que o recomendado para sua idade. Apesar dos resultados, 73% dos pais disseram estar preocupados que seus filhos não comam o suficiente e apenas 25% disseram estar “muito confiantes” sobre a quantidade de comida que davam para seus filhos. Outro dado preocupante: enquanto 36% dos pais admitiram usar comida ou bebida como uma forma de acalmar as crianças , apenas 25% estavam preocupados que seus filhos se tornassem obesos no futuro.

Painel Político : Painel Político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 11/07/2016 18:02:52

Ela respondeu a um Processo Administrativo e foi condenada pelo Conselho Nacional do Ministério Público

Jantinha

O senador Acir Gurgacz (PDT-RO) não resiste a um convite do PT, seja lá para o que for. O jornal O Globo, na sua edição do fim de semana, informa que o senador compareceu no jantar com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na semana passada em Brasília onde foi tratada uma alternativa para salvar o que resta da pele da presidente afastada Dilma Rousseff. O jornal espanhol El País foi além, colocou o senador como um dos “favoritos” de Dilma na tentativa de reverter seu impeachment. A surpresa foi o nome de Ivo Cassol como um dos possíveis salvadores da presidente.

Aliciamento

Lula e Dilma querem convencer alguns senadores a votarem pelo retorno da presidente afastada, o que no caso de Acir não é preciso muito esforço. Ele defende abertamente o retorno de Dilma sob a alegação que a mesma “convocaria um plebiscito e novas eleições” o que é totalmente inviável, tanto em relação á custos quanto a própria organização para que isso ocorresse. Essa proposta irresponsável partiu do PT, que aposta em uma vitória de Lula, já que a oposição não consegue se entender sobre um nome de consenso. Um retrocesso. Melhor deixar Temer, PT, PMDB, PP, PDT e todas as legendas que se encalacraram na Lava Jato terem suas fileiras limpas, para só então falarmos em novas eleições. Até 2018 muita coisa vai acontecer ainda.

Em Rondônia

Aqui em Brasília correm fortes rumores sobre a ação da Polícia Federal nos próximos meses no Estado. “O que parece ser certo hoje, certamente não será amanhã”, é dito em relação ao cenário político para 2018, que parece estar mais ou menos definido. Não está. Vai ter gente sendo pega de surpresa e conforme já falamos em colunas anteriores, traições vão ocorrer onde menos se espera. E devem afetar diretamente as pretensões de Maurão de Carvalho e Acir Gurgacz.

Falando em Rondônia

A Procuradora do Ministério Público Federal Gisele Dias de Oliveira Bleggi Cunha foi afastada por 75 dias de suas funções por determinação do Conselho Nacional do Ministério Público, em decisão proferida no dia 13 de junho de 2016. Sua punição se deve a um Processo Disciplinar Administrativo por improbidade administrativa. Quando era Procuradora em Tabatinga (AM) ela então acumulava dois gabinetes na Procuradoria, o dela e o de Ricardo Perin Nardi, Blegi assinou previamente etiquetas e as repassou aos servidores para que fossem coladas nos feitos judiciais criminais, sem a supervisão ou a análise dos processos.

Segundo a denúncia

A Procuradora da República, Gisele Bleggi delegou à analista Diana Correia Queiroga a seleção dos processos que deveriam ser remetidos ao seu gabinete, e aqueles que poderiam receber andamento imediato, com a colocação das etiquetas já assinadas. Assim, ficou determinado pela Indiciada que os processos considerados simples, como ciências, designações de audiências, prorrogação de prazo, expedição de carta precatória, receberiam a etiqueta previamente assinada e, apenas aqueles que merecessem a manifestação da Procuradora, deveriam ser encaminhados para seu conhecimento.

Consequência

Ainda de acordo com a denúncia, a referida delegação de atividades efetivamente causou prejuízo ao bom andamento dos seguintes feitos: 474- 20.2011.4.01.3201, 2009.32.01.000339-3, 2008.32.01.000255-9, 625-83.2011.4.01.3201 e 472-50.2011.4.01.3201, além de um processo de Tribunal de Júri desaforado de Tabatinga para Manaus, referente ao homicídio de um policial peruano que trabalhava em colaboração com a Polícia Federal no combate ao tráfico de drogas (2008.32.01.000252-8).]

Repeteco

Esse foi o segundo caso envolvendo procuradores do Ministério Público Federal de Rondônia em situações complicadas. O outro foi o de Douglas Kirchner, que foi acusado de bater na esposa com um cinto, além de outros maus tratos. Ele perdeu o cargo mas recorre da decisão. Veja abaixo a íntegra do voto do conselheiro do CNMP Orlando Rochabel Moreira, sobre o caso de Gisele Bleggi Cunha.

Olimpíadas 2016

Faltam 26 dias para o início dos jogos olímpicos no Brasil e confesso, estou com medo. Medo de passar vergonha diante de um público global, afinal, o mundo inteiro estará assistindo a abertura e até agora não vi nem um ensaio, nada. Acho que vai ser de “última hora”, como tudo no Brasil. Conheço muitos profissionais de segurança e inteligência que irão atuar nos jogos, sei de suas capacidades, mas também conheço o “jeito político” de fazer segurança no Brasil. Agora saberemos, de fato se Deus é brasileiro. Se não for, coitado de nós.

Falando nisso

Existe uma vaquinha em Curitiba para pagar a fiança de quem for preso tentando apagar a tocha, que passa pela capital paranaense nesta quinta, 14. Essa passagem da tocha já rendeu morte de onça, tentativa de apaga-la e mais recentemente a queda de um dos condutores, que escorregou e caiu de bunda no chão. Só falta mesmo alguém conseguir apagar o símbolo olímpico.

Enquanto isso

Em Pernambuco os presos pegaram os gatos que circulavam pelo presídio Professor Barreto Campelo e fizeram literalmente “churrasco de gato”. Os bichos tiveram a pele arrancada nas escadarias do presídio, foram pendurados, temperados e comidos. As imagens foram feitas por agentes penitenciários. Interessante que a segurança pública está mais interessada em quem vazou as imagens que apurar a festança que acontece dentro de uma unidade prisional. Coisas do Brasil.

Clínica Mais Saúde informa – Uso de maconha altera sistema de recompensa
Fumar maconha pode afetar o modo como as pessoas lidam com as conquistas. De acordo com um estudo publicado recentemente na revista científica JAMA Psychiatry, a droga amortece a capacidade do cérebro reagir positivamente a recompensas em dinheiro, por exemplo. Pesquisadores da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, analisaram os efeitos do uso prolongado da maconha no centro de recompensa do cérebro de 108 jovens com cerca de 20 anos. O experimento consistia em um jogo associado a uma recompensa monetária. Os participantes precisavam apertar um botão cada vez que um alvo aparecesse na tela à sua frente. Antes de cada partida, os pesquisadores diziam aos voluntários que, dependendo de sua performance, haveria as seguintes possibilidades: ganhar 20 centavos de dólar ou cinco dólares, perder as mesmas quantias anteriores ou não ter perda nem ganho. Os resultados mostraram que a quantidade de dopamina, conhecida como a substância do prazer, diminuiu de forma gradativa ao longo do tempo nos usuários de maconha. Além disso, quanto maior o uso da droga, menor a resposta. A nova pesquisa sugere também que quanto mais cedo uma pessoa começa a usar maconha, mais rápida será a possibilidade de ela se tornar dependente desta ou de outras substâncias.

(1) 2 3 4 ... 164 »