Painel Político - Painel Politico por Alan Alex - Notícias
(1) 2 3 4 ... 130 »
Painel Político : Painel Politico por Alan Alex
Enviado por alexandre em 30/10/2014 21:37:50

Coisas do Brasil

Um grupo de políticos, cujos processos arrastam-se há anos no Supremo Tribunal Federal (STF), andou de “mimimi” por Brasília reclamando que o tribunal agora está mais célere, desde que aconteceu a mudança regimental promovida em junho pelo STF que delegou às duas Turmas o julgamentos de inquéritos e ações penais. Na prática, funciona assim, antes essas ações só podiam ser julgadas pelo Pleno (11 ministros), que prevê um quórum mínimo. Agora, com as Câmaras (5 ministros) julgando, apenas três podem chegar a um veredito. O primeiro a dançar foi o ex-delegado da Polícia Federal e quase ex-deputado Protógenes Queiroz, condenado por violação de sigilo funcional quando era delegado da Polícia Federal e esteve à frente da Operação Satiagraha. Somente três ministros participaram do julgamento.

Essa mudança

Representa uma tentativa do Supremo em “limpar a pauta” e foi adotada após o julgamento do Mensalão. É que durante quatro meses a pauta do STF ficou emperrada, enquanto a ação era julgada. Agora, a coisa deve andar. Com isso, a vida de alguns parlamentares de Rondônia vai ficar bem complicada, entre eles Nilton Capixaba, cujo processo se arrasta na velocidade de uma sanguessuga (desculpe o trocadilho) desde 2006 e Valdir Raupp, cujas ações mofam nas gavetas dos gabinetes do STF desde 2005. Vamos ver se o STF vai aguentar a pressão e manter essa determinação.

Nesta quinta-feira

Mostrando que não estão para brincadeiras, foram publicados no Diário da Justiça 437 acórdãos relativos a processos que aguardavam a formalização de seu julgamento, em alguns casos há vários anos. Na prática funciona assim, enquanto o acórdão não for publicado, o réu não pode recorrer, com isso ele ganha tempo. Um dos casos mais recentes que aguardam publicação é do senador Ivo Cassol, que deverá ser publicado nos próximos dias, já que o STF ainda tem uma fila de 1500 decisões dos últimos 60 dias. Para se ter uma idéia dessa demora, entre as decisões publicadas estavam as ações penais 465 e 679 relativas a julgamentos que absolveram os senadores Fernando Collor (PTB-AL) e Lindbergh Farias (PT-RJ) da prática de crimes.

Liberou geral

Depois de mentir descaradamente durante todo o processo eleitoral sobre a real situação econômica do País, e ser reeleita, a presidente Dilma liberou tudo quanto foi de aumento para a população brasileira, talvez como forma de “agradecer” os votos recebidos. Esta semana foram anunciados reajustes dos combustíveis, cujo percentual ainda não foi definido, energia elétrica, sendo 25% para Rondônia, multas de trânsito, que passam a ser até 900% mais caras e foi liberado o índice do cheque especial, que em setembro os juros médios foram de 183,28% ao ano, o maior índice dos últimos 15 anos.

E tem mais

A taxa de juros SELIC aumentou de 11 para 11,25%. A alta do dólar e a piora nas contas públicas foram os motivos que levaram 5 dos 8 integrantes do Copom (Comitê de Política Monetária) a decidir elevar a taxa Selic. Entre os cinco estão o presidente do BC, Alexandre Tombini, e o diretor de Política Econômica, Carlos Hamilton. Nessa linha, a equipe econômica deve anunciar na próxima semana um pacote fiscal, com redução de gastos e aumento de receitas, para reverter a piora das contas públicas, hoje no vermelho.

Resumindo

Estamos  …

 

De olho em 2018

Recém eleito vice-governador Daniel Pereira (PSB), deverá assumir, ou indicar, o comando de uma nova secretaria a ser criada, a de assuntos metropolitanos, com o foco nos dois maiores colégios eleitorais de Rondônia, Porto Velho e Ji-Paraná, por coincidência, administrados por sua legenda. A idéia inicial é investir pesado nesses dois municípios para que não aja muita dificuldade em 2018, quando Daniel deve vir candidato a governo e o atual governador ao senado, em uma dobradinha com Raupp.

Como vai funcionar

Ainda não está muito claro, mas as articulações estão fortes.

Rescaldo

Passada a eleição ficou claro que as duas legendas, PMDB e PSB deverão dar as cartas na política rondoniense pelos próximos anos. Com Ivo Cassol fora da vida pública e o grupo desfeito, as chances de Expedito em 2018, por exemplo, são praticamente nulas. Os atuais caciques já perceberam que não precisam mais de Expedito, já que aprenderam o caminho das pedras. Como pela região da zona da Mata e Cone Sul não formaram-se lideranças novas, os próximos anos estão mais ou menos definidos.

Evidente

Que muita coisa pode acontecer, afinal, estamos no Brasil e política é igual nuvem, muda a todo instante. Porém, mesmo que ocorram tempestades, dificilmente essa realidade vai mudar. O terceiro grupo, composto por PDT e PT deverá continuar rodeando o PMDB e o PSB, mas sem grandes ambições, até porque Acir fica no Senado por 8 anos e Marcos Rogério já está acomodado no Congresso.

Essa mudança

Representa uma alteração no eixo político, trazendo as lideranças para mais perto da capital, já que desde de Piana que o poder vem alternando entre zona da Mata e região central. Daniel é de Colorado do Oeste, mas está radicado há anos em Porto Velho. A liderança mais “interiorana”, digamos assim, é Jesualdo Pires, do PSB, mas que deverá ter um papel de coadjuvante nos próximos anos, saindo à reeleição em 2016. Vamos observar.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no http://www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Estudo mostra por que coçar faz você coçar mais

“Comer e coçar é só começar”. De fato. Pelo menos uma parte do ditado, como comprovou uma nova pesquisa de cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Washington em St. Louis que indicou que coçar faz com que o cérebro libere serotonina, o que intensifica a sensação de coceira. Os resultados, em camundongos, foram publicado on-line na revista “Neuron”. O mesmo ciclo vicioso de coceira e coçar pode ocorrer em humanos, e a pesquisa fornece novas pistas que podem ajudar a quebrar esse ciclo, especialmente em pessoas que sofrem de coceira crônica. Os cientistas sabem há décadas que coçar cria uma quantidade moderada de dor na pele, disse Zhou-Feng Chen, o pesquisador sênior e diretor do Centro da Universidade de Washington para o Estudo da Coceira. Essa dor pode interferir na coceira – pelo menos temporariamente – por fazer com que as células nervosas na medula espinhal transportem os sinais de dor ao cérebro, em vez de sinais de coceira.

Painel Político : Painel Politico por Alan Alex
Enviado por alexandre em 29/10/2014 21:34:35

O contrato emergencial que iria garantir a bagatela de R$ 14 milhões a empresa Lara Central de Tratamento de Resíduos (coleta de lixo) foi literalmente para o lixo e de quebra ainda rendeu a demissão de Ricardo Fávaro, agora ex-secretário da Semusb. Porém, a Lara ainda tem esperança de reaver uma fatia desse bolo, quando, e se, um novo processo licitatório for aberto. É que o certame, deflagrado no final do mês de setembro, sofreu uma canetada do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Wilber Coimbra, e acabou sendo direcionado ao Centro de Atividades Extrajudiciais (Caex), do Ministério Público Estadual, que está olhando os detalhes da dispensa de licitação.

Espichando

A prefeitura de Porto Velho deverá aditivar na próxima sexta-feira, dia 31, contrato com a Marquise, empresa que está há 20 anos no mercado fazendo o serviço de limpeza urbana do município. Essa renovação se deve em função da suspensão do processo licitatório de dispensa de licitação. Ao que tudo indica, a Marquise ficará por mais um bom tempo. Enquanto o processo do lixão não é deflagrado pelo prefeito Mauro Nazif, representantes da Lara ainda podem garantir no âmbito do Poder Judiciário a legalidade do processo de dispensa de licitação de R$ 14 milhões, emperrado pelo TCE e sob fiscalização do Ministério Público. Essa briga, pelo visto, vai longe. Resta saber como vai terminar.

Na Câmara

De Porto Velho, foi lido nesta quarta-feira o relatório que pede o afastamento do prefeito Mauro Nazif. Devido a confusão causada no plenário, a sessão foi suspensa. As denúncias contra o prefeito, na verdade, meio que perderam o sentido com a exoneração dos secretários que vinham causando problemas, entre elas Cristhian Camurça e o próprio Ricardo Fávaro.

Além do mais

Tem um detalhe bem interessante nessa história e que cabe uma pequena reflexão. Os vereadores querem afastar Nazif para que Dalton Di Franco assuma, é isso mesmo? Sinceramente, melhor o Mauro.

Outra

A cidade está tão complicada, temos tantos problemas que esse afastamento não vai trazer nenhum benefício a curto prazo. Teremos aquela lenga-lenga de “Câmara-afasta-justiça-reconduz”, e isso vai se perdurar por meses. O afastamento pela Câmara é um ato político, com raras exceções se baseia em argumentos técnicos que justifiquem o afastamento de um prefeito. Temos exemplos de sobra nesse Estado, o último deles aconteceu esta semana mesmo, quando o prefeito de Montenegro, Jair Miotto Júnior foi reconduzido pelo Tribunal de Justiça após ter sido afastado pela Câmara Municipal.

Nazif

Está longe de ter uma atuação que mereça elogios, mas para afastar o prefeito, a Câmara vai precisar de argumentos mais convincentes. Os propostos atualmente não são suficientes para justificar tal ato. Com a ascenção de Daniel Pereira ao cargo de vice-governador, e com planos bem definidos em relação a projetos futuros, o PSB vai querer fazer de Porto Velho uma vitrine para 2016 (reeleição de Nazif) e 2018, quando Confúcio deve se candidatar ao Senado, fazendo uma dobradinha com Raupp. Portanto, se for para atrapalhar e tumultuar, é melhor deixar do jeito que está e aguardar.

Falando em governo

Marcelo Bessa, ex-secretário da Sesdec (Segurança e Defesa) deverá assumir a pasta da Justiça (sistema penitenciário). Ele foi candidato a deputado federal e está na quarta suplência do PMDB. Deverá ser um dos únicos da primeira gestão a integrar o novo governo.

Falando em polícia

Uma ocorrência com graves acusações foi feita contra um delegado de polícia esta semana. Duas mulheres alegam terem sido vítimas de assédio e uma delas afirma ter sido estuprada pelo delegado. O caso está sendo investigado e deverá ser barulhento. Nos últimos tempos uma série de ocorrências bizarras vem sendo registradas na polícia de Rondônia. Tivemos em 2011 o desaparecimento de quase 200 quilos de entorpecentes do Denarc (foi apurado e os responsáveis presos), tivemos mais recentemente o sumiço de vários Iphones apreendidos em uma operação policial (eles não foram encontrados), um delegado envolvido em caso de embriagues em Guajará-Mirim, e agora essa do suposto assédio e estupro dentro da delegacia.

Na pior das hipóteses

Levando em consideração que as acusadoras estão envolvidas em crime de furto e estarem armando para o delegado por vingança, talvez pelo fato dele não ter cumprido o acordo que seria “aliviar” uma delas, ele não poderia ter utilizado a delegacia como motel. Esse delgado já foi afastado uma vez por problemas causados por ele próprio e agora com mais essa, sua situação vai ficar bem complicada.

Esse

É um dos problemas da estabilidade do serviço público. No Brasil é praticamente impossível demitir alguém do serviço público por causa da legislação, cada vez mais paternalista. Isso se deve, em parte, pelo uso político das instituições públicas. Sem a estabilidade, os servidores são perseguidos, com ela, a maioria fica impune. O Brasil, um país dos funcionários públicos, precisa encontrar um meio termo para essa situação.

Exemplos?

Não faltam e todas as esferas do poder público. Um dos casos que mais causa revolta na população, por exemplo, é a aposentadoria compulsória para magistrados que cometem crimes. Outra questão são os exames psicotécnicos, que agora não são mais permitidos, e isso é errado. É exatamente nessa avaliação que se tem um perfil psicológico do candidato. Como o Estado entrega uma arma para uma pessoa desequilibrada? E como saber se uma pessoa é desequilibrada sem fazer um teste? São dilemas que causam uma série de transtornos, mortes e situações bizarras por todo o país.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no http://www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Estudo liga consumo de refrigerante ao envelhecimento celular precoce

O consumo de refrigerantes, além de contribuir para o aparecimento de diabetes e obesidade, também pode provocar envelhecimento precoce do material genético. Cientistas americanos mostraram que, naquele país, quanto maior é o consumo de refrigerantes com açúcar, menores são os telômeros dos cromossomos das pessoas Durante o envelhecimento, ocorre naturalmente o encurtamento dos telômeros, e os órgãos e tecidos perdem a capacidade de regeneração. Os cientistas analisaram dados de 5.309 pessoas entre 20 e 65 anos, sem diabetes ou doenças cardiovasculares. As mesmas pessoas haviam respondido a uma pesquisa de hábitos alimentares, além de terem o tamanho dos telômeros de células brancas do sangue avaliados entre 1999 e 2002. Na pesquisa, 21% dos adultos do estudo ingeriam 591 ml ou mais por dia de refrigerantes com açúcar. Segundo os autores, o hábito dessas pessoas custa aos telômeros o equivalente ao provocado por 4,6 anos de envelhecimento. O consumo de bacon e embutidos como linguiça e salsicha, segundo a epidemiologista Cindy Leung, idealizadora do estudo, também contribui para o encurtamento dos telômeros. Uma das limitações do estudo é que foi analisada apenas a ingestão de bebidas com açúcar, e não a quantidade de açúcar ingerida em outros alimentos. O trabalho foi publicado no “American Journal of Public Health”.

Painel Político : Painel Politico por Alan Alex
Enviado por alexandre em 28/10/2014 23:08:37

Em Brasília

O deputado federal Marcos Rogério (PDT) é o relator do processo de cassação por quebra de decoro parlamentar do deputado federal Luiz Argolo (SDD-BH), envolvido na Operação Lava Jato e acusado de participar de alguns negócios ilegais com o doleiro Alberto Youssef, que está preso. Segundo Rogério,  “a par do tráfico de influência, estou convencido de que houve pelo parlamentar o recebimento de altas quantias de dinheiro que representaram vantagens indevidas e cuja motivação era ilícita.” Por esse relatório, que foi aprovado nesta terça-feira na Câmara, ele chegou a ser criticado por seus pares por ter sido “implacável”.

Ok, mas e o nosso?

Marcos Rogério bem que poderia utilizar essa “sede implacável” para pedir a cassação de Nilton Capixaba, seu companheiro de coligação, que está todo enrolado na Operação Sanguessuga (2006) que desviava recursos da Saúde através da venda de ambulâncias superfaturadas e que já condenou vários empresários. Capixaba vem escapando graças a leniência de seus pares e a benevolência de seus eleitores. O Procurador Geral da República já sinalizou que vai pedir a cassação de Capixaba mesmo sem trânsito em julgado da ação. Será que se cair nas mãos de Marcos Rogério ele vai ser “implacável” também?

Fechando

O relatório de Marcos Rogério foi aprovado nesta terça-feira no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados por 13 votos a 4. O deputado Wladimir Costa (SDD-PA), um dos parlamentares que pediu vista na última sessão do conselho, disse que se debruçou sobre o relatório e “cada vez mais me convenço da inocência do deputado”, afirmou. E concluiu, “sou um dos mais antigos neste conselho. Nunca acompanhei tamanha discrepância em uma acusação. O relator não apresentou prova material. Tudo que fez foi ler supostas transcrições de degravações da Polícia Federal”, ressaltou. “Provas materiais não existem. Uma única prova para que a gente possa tomar iniciativa para limpar o nome desta Casa”. No caso de Capixaba tem provas, viu deputado?

Tá demais

A Operadora Claro está abusando, e muito, da paciência de seus clientes em Rondônia. O serviço é  pior possível. O sinal oscila, as ligações caem, o 4G é uma lenda e você não consegue ouvir as ligações, um verdadeiro pesadelo. A empresa abraçou uma quantidade absurda de assinantes e a rede não consegue suportar o fluxo de dados e voz. E nem adianta trocar o aparelho, tanto faz ser um pé duro ou um Iphone 6, o serviço porco é o mesmo. Também não adianta reclamar na Anatel, até porque se isso resolvesse, a OI seria uma das melhores empresas do país e quem vive em Rondônia sabe bem o que é ter apagões de internet.

Pior

É que todo mundo reclama, mas não tem o que fazer, ficamos reféns desses serviços ruins. Acho que talvez devêssemos usar tambores ou sinais de fumaça, porque celular e internet em Rondônia, esquece.

Mudanças

O prefeito Mauro Nazif, cansado dos problemas que vinham sendo causados por alguns secretários deu início a um limpa e começou exonerando na mesma canetada Ricardo Fávaro (SEMUSB), Cristian Camurça (Funcultural) e Niedja Santana (SEMCEL). Mário Medeiros foi novamente nomeado para a SEMAD. Nos próximos dias, outros secretários devem ser exonerados. Por enquanto, assumem os adjuntos.

De volta

O Juiz Convocado Jorge Luiz dos Santos Leal, do Tribunal de Justiça de Rondônia, concedeu nesta terça-feira, liminar em sede de ação cautelar proposta por Jair Miotto Júnior, e determinou seu imediato retorno ao cargo de prefeito do município de Monte Negro. Ele havia sido cassado pela Câmara de Vereadores em sessão realizada no mês passado, ao argumento da falta de alguns medicamentos no posto médico do município, e também por ter reduzido o valor da diária paga aos profissionais da área da saúde. Na decisão, o magistrado reconheceu que ocorreu irregularidade na condução do processo político pela Comissão Processante, pois foi privado de elaborar sua defesa oral na sessão extraordinária da Câmara que decidiu pela sua cassação. Nelson Canedo, advogado responsável pela defesa do prefeito, informou que possivelmente a liminar deva ser cumprida até esta quarta-feira.

Tempos modernos

Nos últimos anos, juntar papel se tornou incômodo e desnecessário. Até mesmo os tribunais já estão operando com sistema de processos digitais. Se sua empresa acumula papéis demais, entre em contato com a A.D. Digitalizações e peça um orçamento. Você recebe todo seu arquivo em HDs externos, pendrives ou DVDs e se preferir pode contratar o serviço de digitilização em nuvem, permitindo que você acesse seus arquivos em qualquer lugar do mundo, via internet, através de seu telefone celular, computador ou tablet. Para contatos envie e-mail para digitalizar.ro@gmail.com e peça seu orçamento. A AD também trabalha com guarda de documentos e tem preços diferenciados para advogados.

Está fedendo

Tem duas coisas no Brasil que quando aparecem denúncias, são engavetadas e todo mundo faz de conta que não viu, é a Mega-Sena e as urnas eletrônicas. A primeira já sofreu inúmeras denúncias em relação ao modo de sorteio, as coincidências, etc. Mas como se trata de jogo de azar, nem vamos aprofundar essa discussão, porém, as urnas eletrônicas são gravíssimas, e devem ser apuradas. Com a popularização de smartphones, praticamente todo mundo tem uma câmera e nestas eleições, assim como nas anteriores, surgiram inúmeros casos suspeitos, até mesmo aqui em Rondônia, quando uma urna insistia em registrar o número 13, independente do que fosse digitado.

O problema

É que o Tribunal Superior Eleitoral insiste em afirmar que a mesma é segura, e não é. Laudos de reconhecidas instituições já comprovaram o contrário, não existe um recibo, uma forma de conferir os votos, já que os boletins de urnas são gerados por elas mesmas. Em todas as eleições surgem grupos obscuros tentando vender votos a serem produzidos pelas próprias urnas. Um caso emblemático está em andamento, o deputado federal Protógenes Queiroz, ex-delegado da Polícia Federal, apresentou denúncia contra o sistema, e como prova, ele apresentou números de votos exatamente iguais, em dezenas de municípios paulistas, alguns que ele sequer conhece, e números em sucessão, se for coincidência, é daquelas bem grandes.

Um detalhe

Qualquer newbie em informática sabe que não existe sistema inviolável, quando se trata de programação. Nossas urnas utilizam um software baseado em Linux, desenvolvido pelo próprio TSE, mas, quem fiscaliza isso? Quem faz a auditoria dessas urnas? Quem garante que quando uma delas “dá pau”, os votos não são computados? Se o sistema é tão infalível, porque não é adotado por outros países, que poderiam inclusive aprimorá-lo? Nesse angu tem caroço, e daqueles bem grandes.

Enquanto isso

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou nesta terça-feira, 28, que o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado no processo do mensalão, passe a cumprir em casa a pena a ele imposta. Condenado a 7 anos e 11 meses de prisão, Dirceu cumpre a pena desde 15 de novembro do ano passado no regime semiaberto, em que tem permissão para sair durante o dia para trabalhar em um escritório de advocacia e retornar à noite para a prisão. Com a progressão de regime, autorizada nesta terça por Barroso, ele terá direito a cumprir a pena no regime aberto, ou seja, fica em casa.

And the Oscar goes to…

Marcos Donadon (PMDB), ex-deputado estadual preso há 16 meses por corrupção, conseguiu autorização na Justiça para cursar Teatro na Universidade Federal de Rondônia (UNIR) e também Direito em uma faculdade particular. A decisão é do juízo da 1ª Vara de Execuções e Contravenções Penais de Porto Velho, que indeferiu no entanto a progressão do regime. Assim o ex-parlamentar terá que dormir na prisão. Com essa capacitação, ele que já é um artista nato, deve brilhar nos palcos do novo teatro estadual. Alguém tem sugestão para um “elenco de apoio”?

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no http://www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Hora certa de tomar remédio pode aumentar eficácia, dizem cientistas

Ao longo do dia, os organismos da grande maioria dos seres vivos da Terra apresentam oscilações em sua atividade como resposta a um “relógio” biológico interno. Conhecido como ciclo circadiano, ele permite que suas fisiologias se adaptem às transições entre dias e noites, regulando processos que nos seres humanos incluem o sono, a atividade locomotora, a pressão sanguínea, a temperatura corporal e a produção de hormônios, entre outros. Mas os diferentes órgãos e tecidos de nossos corpos não batem em uníssono com o tique-taque desse relógio. Assim, dependendo de como atuam ou onde são metabolizados os remédios, existem horas ideais para sua administração. É a chamada cronoterapia, uma nascente abordagem da medicina que busca sincronizar a ação de medicamentos aos ritmos do corpo a fim de aumentar sua eficácia e melhorar seus resultados, ao mesmo tempo em que reduz as doses e os riscos de interações entre drogas. Essa estratégia acaba de ganhar um importante reforço com a publicação do primeiro e mais completo atlas das oscilações de atividade corporal — em camundongos, mas potencialmente replicáveis em nós. No estudo, os pesquisadores também mostraram que o organismo dos camundongos, e provavelmente o dos humanos também, tem duas “horas do rush” em que muitos dos genes rítmicos atingem o pico de sua atividade de transcrição, ou seja, a leitura do seu DNA e tradução deste para cadeias de RNA, que por sua vez dizem às células que proteínas devem produzir. Não muito surpreendentemente, estes horários de pico acontecem pouco antes do alvorecer e do crepúsculo, justamente os momentos de transição da noite para o dia e vice-versa. Embora estudos sobre os horários ideais para a administração de remédios remontem a 40 anos, com sucessos relativos em áreas como a quimioterapia, as estatinas de ação rápida e a aspirina na prevenção de enfartes, a maior parte deles foi feita na base da “tentativa e erro”.

Painel Político : Painel Politico por Alan Alex
Enviado por alexandre em 27/10/2014 19:44:14

Abrindo

Desde que assumiu o governo em 2011 Confúcio mostrou que não estava muito preocupado em cumprir promessas, e só quem não acompanha o noticiário político não viu isso. A primeira e mais descarada foi a de não nomear “fichas-sujas” para compor seu secretariado. Ele fez exatamente o contrário, colocando no primeiro escalão figuras como José Batista, Gerbrin Abdala, Suely Aragão e por aí foi. A desculpa era que “não haviam transito em julgado das acusações”. Deu no que deu. A partir disso, foi um festival de denúncias, envolvendo figuras com apelidos exóticos tipo “Vagner Bocão”, “Cunhado”, “Beto Baba” e “Fernando da Gata”. Todos se tornariam nacionalmente conhecidos pelas mãos do próprio Confúcio.

Vingança

Cansado de tantas cobranças pelas promessas não cumpridas, inventou uma operação policial e mandou para a cadeia todos que de alguma forma estavam lhe atrapalhando. Fizeram ameaças, montaram uma fábrica de destruir reputações sem nenhum pudor. Tacharam todos de traficantes e quem se deu ao trabalho de ler o relatório da própria policia civil, viu que foi um tiro certeiro, no próprio pé. Até hoje a tal operação vaga de mesa em mesa pelo Tribunal de Justiça e ninguém sabe o que fazer com aquele mostrengo. O tal Grupo de Combate ao Crime Organizado (GCCO) foi desfeito, delegados foram lotados em secretarias, tem policial até na CAERD. Assessores do governo indiciados na operação Termópilas, também desfrutam de benesses similares.

Riqueza

Tem ex-secretário que comprou fazenda, pagando à vista. Outros, mais espertos, compraram à prazo, pagando em cheques de empresas criadas após Confúcio assumir o governo. Mas está tudo certo. Batista, cúmplice de primeira hora, foi descartado e após ser preso, entregou geral. Isso foi em 2011, estamos no final de 2014 e todos estão felizes, brindando a reeleição. Não é que Expedito seja melhor que Confúcio, tanto faz. Mas reeleger Confúcio é premiar a impunidade, a sem-vergonhice que toma conta de nosso cotidiano. São tantos escândalos que chegaram a me dizer que “as denúncias de Batista são requentadas”. Realmente. Vamos fazer assim, quando quiserem relatar que seus entes queridos estão morrendo nos hospitais do “governo da cooperação”, ou quiserem delatar alguma falcatrua, liguem para o palácio ou para a polícia.

Uma dica

Aos órgãos de fiscalização. Observem o Diário Oficial do Estado a partir dos próximos meses e vejam o festival de nomeações de parentes de prefeitos e vereadores. São os “apoiadores”.

Parando por aqui

Não falo mais sobre esse governo. Me recuso. Só volto a falar quando essa casa cair.

Não entendeu

Ivo Cassol realmente deve ter algum problema, além da prepotência descomunal. Ele deve ter feito de propósito, porque não existe outra explicação. Ao sair pelo Estado realizando comícios e pedindo votos para Expedito Júnior, ele enterrou qualquer chance de vitória. Muita, mais muita gente mesmo que apostava em Expedito acreditando em mudança, sequer foi votar por causa desse apoio. Expedito também não entendeu que para ser uma liderança, tem que ser macho, até mesmo para recusar apoio publicamente. Avisado do estrago que Cassol estava causando, ele se limitou a dizer, “o que posso fazer”? Poderia ter convocado uma coletiva e anunciado que não tinha nenhum compromisso com Ivo. Não fez e morreu abraçado ao moribundo.

Nunca antes

Na história desse Estado se cometeram tantos crimes eleitorais, de forma gritante e a maior providência que vi foi uma busca e apreensão desnecessária e sem noção na casa do jornalista Alexandre Araújo, em Ouro Preto. Uma ação exagerada e desrespeitosa. Não vimos essa bravura toda para coibir, por exemplo, a distribuição de combustíveis, de camisetas e até de dinheiro. Também não vemos esse zelo na hora de investigar os financiadores de campanha nas prestações de contas. Realmente, vivemos tempos estranhos, onde a vilanice prospera. Que Deus tenha piedade de nossas almas…

Representação zero

Na esfera federal temos os três senadores fisiologistas, Valdir Raupp, Acir Gurgacz e Ivo Cassol. Nenhum deles sabe dizer outra coisa que não seja dinheiro de emendas. No caso de Ivo, os prefeitos querem saber onde ele anda aplicando as dele, porque ninguém encontra. Produção parlamentar, zero. A transposição vai ficar para o Supremo Tribunal Federal resolver, porque nossa bancada não consegue abrir a boca para falar nesse assunto, já que o trio faz parte da base de Dilma no Congresso.

Já os deputados federais

Temos três novatos, Mariana Carvalho, Lúcio Mosquini e Expedito Netto, que vão pedalar um bocado até entrarem no ritmo. Os outros cinco até hoje não mostraram a que vieram. Só Capixaba, que deve perder o mandato nos próximos meses em função de seu envolvimento no escândalo das sanguessugas, aquele bando, que segundo o Ministério Público Federal, roubava dinheiro da saúde através da venda de ambulâncias. Como disse o Padre Ton, “quem rouba da saúde vai para o inferno”. Estamos esperando padre. Até agora só quem está no inferno é a população.

Pela assembleia

A coisa também não anda muito diferente. Mas pelo menos a Ana da 8 não estará mais por lá. Nem o Zequinha Araújo, nem a Epifânia, nem o Cláudio Carvalho…

Resumindo

Voltamos à estaca zero no que diz respeito a política de Rondônia. No Brasil também, quase esqueci, a Dilma foi reeleita. Que venha um novo ano, repleto de novos escândalos e mais impunidade. No Brasil do PT, tudo é alegria, afinal, tem bolsa para quase tudo, então, trabalhar para que, né mesmo?

Tempos modernos

Nos últimos anos, juntar papel se tornou incômodo e desnecessário. Até mesmo os tribunais já estão operando com sistema de processos digitais. Se sua empresa acumula papéis demais, entre em contato com a A.D. Digitalizações e peça um orçamento. Você recebe todo seu arquivo em HDs externos, pendrives ou DVDs e se preferir pode contratar o serviço de digitilização em nuvem, permitindo que você acesse seus arquivos em qualquer lugar do mundo, via internet, através de seu telefone celular, computador ou tablet. Para contatos envie e-mail para digitalizar.ro@gmail.com e peça seu orçamento. A AD também trabalha com guarda de documentos.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no https://www.facebook.com/alan.alex.pvh e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Chocolate pode ajudar a reverter a perda de memória, diz estudo

Cacau pode ajudar a retardar e até mesmo reverter a perda de memória relacionada à idade, de acordo com um estudo realizado pelo Centro Médico da Universidade de Columbia, em Nova York. Os cientistas acreditam que os flavonoides, antioxidantes presentes dentro dos grãos de cacau, pode dar às pessoas de 60 anos de idade a memória “típica de 30 ou 40 anos de idade”. Esta é a primeira evidência de que o declínio da memória relacionado à idade – um problema comum que pode levar pessoas mais velhas a esquecer pequenas coisas, como os nomes de conhecidos ou onde colocaram as chaves – pode ser combatido com mudanças na dieta. Os ensaios clínicos desse estudo envolveram 37 voluntários, com idades entre 50 e 69 anos, divididos em dois grupos. Um grupo tomou diariamente uma bebida com dose alta (900 mg) de flavanoides, enquanto o outro tomou uma bebida com apenas 10 mg da substância por dia. Depois de três meses, o grupo que bebeu a dose alta mostrou sinais de reconhecimento mais rápido de padrões visuais. As varreduras do cérebro antes e depois do ensaio mostraram mais sangue dentro do giro denteado do hipocampo, uma das poucas regiões conhecidas por gerar células cerebrais frescas. O estudo, publicado no periódico on-line “Nature Neuroscience”, ressalta que a bebida usada nos voluntários foi um drink feito especialmente formulado a partir de grãos de cacau. E, portanto, não adianta sair por aí comendo mais chocolate.

Painel Político : Painel Politico por Alan Alex
Enviado por alexandre em 20/10/2014 21:09:22

Desabafo

Em texto divulgado no Facebook, o deputado estadual Cláudio Carvalho (PT) fez um longo desabafo sobre o apoio que seu partido, através do deputado federal Padre Ton, canddiato derrotado ao governo, está dando ao candidato Confúcio Moura (PMDB). De acordo com Carvalho, “depois de tudo o que sofri a mando deste Senhor, jamais em minha vida política ou particular venho a apoiá-lo, não restando assim, qualquer outra opção, a não ser a de votar e pedir votos pra  quem for adversário deste Governo corrupto”.

Apocalipse

O deputado alega ter sido envolvido “de forma muito covarde” na Operação Apocalipse (realizada em 2013 pela Polícia Civil), que segundo Carvalho, “foi para acabar com os inimigos políticos do Governador”, e como prova dessa afirmação ele alega que o Ministério Público pediu arquivamento da ação e ele sequer foi indiciado, “nesta desastrosa Operação”. O parlamentar atribui a esse episódio sua derrota nas urnas.

Racha

As declarações de Claudio Carvalho comprovam uma situação que está agravando a cada eleição, o desgaste na cúpula do PT atingiu níveis inimagináveis e o grande responsável foi Padre Ton. Desde que assumiu a presidência do partido, Ton vem adotando posturas, digamos, nada republicanas. Uma delas foi “passar a mão” na cabeça de Roberto Sobrinho, permitindo que o ex-prefeito, cujo mandato encerrou de forma lacônica, permanecesse nas fileiras do partido e ainda saísse candidato a deputado federal. Nessa situação Carvalho também tem sua parcela de culpa, afinal integra o grupo de Ton no PT. Ou integrava.

“Cão sarnento”

Em seu desabafo, Cláudio Carvalho relembra que assumiu “uma cadeira na Assembléia Legislativa do Estado de Rondônia no dia 24 de dezembro de 2012, sempre cumprindo as orientações do meu Partido, determinadas pelas suas instâncias, exatamente no mês que o Governador Confúcio Moura, enxotou o PT de seu governo, algo que não se faz nem com um cão sarnento”. Ele também acusa o governo de não concluir o programa Luz para Todos (do governo federal) que segundo ele “deveria ter chegado em todas as casas do campo dos rondonienses” e isso não aconteceu pela falta da contra-partida de 10% do convênio que deveria ser paga pelo governo do Estado e acusa, “como sempre, covarde, mudou o nome do Programa”.

“Vergonha de Dilma”

Ainda em seu texto, Cláudio Carvalho acusa o governador de “ter vergonha de pedir votos para a presidente Dilma, em reuniões, debates e programas eleitorais”. Carvalho conclui afirmando que ele e seu grupo irão apoiar o candidato opositor “sendo acompanhado pela maioria absoluta do grupo”. Vamos ver como isso vai funcionar.

Grevistas

A Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiros Militares de Rondônia (ASSFAPOM) divulgou notícia nesta segunda-feira alertando para a Ação Direta de Inconstitucionalidade movida pelo governo do Estado contra a Lei 3.275/2013, que entre outras beneficiou, com perdão, os policiais militares que participaram dos movimentos grevistas de 2011. De acordo com a entidade, se for dado ganho de causa ao governo de Rondônia, cerca de 400 policiais poderão ser expulsos da corporação.

No Tribunal de Justiça

No dia 16 de junho deste ano a Assembleia Legislativa (autora da lei) impetrou agravo regimental, já que a sentença de primeiro grau foi favorável ao governo do Estado. No dia 4 de julho o processo estava concluso, porém está parado desde então, podendo ser julgado a qualquer momento. Se for mantida a decisão, as expulsões podem de fato ocorrer, independente de quem seja o governante de plantão.

Infidelidade em alta

Os prefeitos e vereadores que estão apoiando abertamente candidatos adversários estão correndo um grande risco de serem expulsos de seus partidos e consequentemente perderem seus mandatos, e acredite, finalizada esta eleição a caça aos infiéis será grande. Como essa questão já está pacificada pelos tribunais, a turma vai perder o mandato rapidinho e a fila do desemprego vai ser grande. E isso vale para os dois lados. Se bem que quem anda “queimando” os prefeitos com todo o gás é o grupo do PMDB, e até comemora afirmando “ter mais um tucano apoiando Confúcio”. Depois não adianta reclamar.

Uso da máquina

E falando em campanha, o ex-secretário de Confúcio, Lúcio Mosquini entrou na campanha governista na semana passada e começou botando pressão total em prefeitos, vereadores e lideranças e cobra apoio afirmando que “só pode ajudar quem colaborar com a reeleição”. Em Pimenta Bueno, durante reunião no último sábado, Mosquini cobrou a presença do deputado estadual Kaká Mendonça em um reunião. Segundo ele, “Kaká teve tudo que pediu do governo e não pode virar as costas ao projeto da reeleição”. O prefeito de Pimenta, Jean Mendonça irmão de Kaká estava na reunião e baixou a cabeça para Mosquini.

Pavoroso

Dessa forma podemos classificar as informações dadas pelo ex-secretário de Saúde do governo José Batista, cuja delação premiada que havia sido dada a Polícia Federal em fevereiro de 2012 vazou na semana passada pela imprensa. Grande parte dos esquemas haviam sido denunciados por Painel Político, mas não tínhamos os detalhes pormenorizados. Difícil de digerir. Pode até demorar um pouco, mas essa casa vai cair.

Pior

É ver pessoas afirmando que Batista vazou o próprio depoimento. Ele esteve na semana passada na Polícia Federal e pediu proteção policial, alegando estar correndo risco de vida. Se ele fez isso, está com sérios problemas de cabeça.

Baixaria

E este segundo turno das eleições a coisa descambou para a baixaria em níveis cavernosos. São ataques de todas as formas, uma coisa que sinceramente, melhor seria se não tívessemos. Mas, fazer o que….é a nossa classe política.

Relento

E os desabrigados pela enchente continuam no Parque dos Tanques.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no https://www.facebook.com/alan.alex.pvh e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Sentar de forma errada mata a libido e aumenta o estresse

Sentar de maneira errada não dá só dor nas costas não. Postura errada causa depressão, raiva, dificulta a digestão, reduz a energia e mata a libido. Um estudo realizado na Nova Zelândia concluiu ainda que pessoas que sentam de maneira torta são mais negativas, autocríticas, usam mais palavrões e têm humor mais amargo. Manter a postura ereta – enquanto anda, deita ou principalmente sentado na mesa de trabalho – é importante para manter a curvatura ideal da coluna e prevenir dores. “Além dos problemas óbvios, sentar errado ‘aperta’ a área abdominal, reduzindo o fornecimento de oxigênio e nutrientes. Além de atrapalhar a digestão, causa lentidão e aumentando o cansaço”, explica Sammy Margo, porta-voz da Chartered Society of Physiotherapists. Maus hábitos em relação a postura dificultam também a respiração. “Quando isso acontece, o corpo percebe que está sendo atacado, então responde de forma pior ao estresse, dificultando o sono e reduzindo os níveis de energia”, continua. E é aí que entra a libido ou a falta dela. Com tão pouca energia, o corpo não tem forças para uma noite animada sob os lençois e, inclusive, começa a nem querer mais ter uma. O estudo comparou os resultados de estresse, humor e respostas do corpo a outros estímulos de pessoas que se sentam de maneira certa e errada. Além dos resultados já ditos acima, quem mantém a postura ereta a maior parte do parte disse sentir menos medo e menos vontade de falar. Um estudo anterior da York University, do Canadá, já havia concluído que as pessoas acham mais fácil ter pensamentos positivos quando estão sentadas de forma regular.

(1) 2 3 4 ... 130 »