Painel Político - Painel Politico por Alan Alex - Notícias
(1) 2 3 4 ... 139 »
Painel Político : Painel Politico por Alan Alex
Enviado por alexandre em 06/03/2015 19:30:13

Ressaca

Passado o susto da cassação do mandato, Confúcio tratou de reunir a bancada federal em Brasília para tentar angariar apoio. Estavam todos lá, menos Ivo Cassol. Coerência, afinal não faria o menor sentido o italiano sair em defesa de Confúcio. Esse papelão coube a Valdir Raupp, que assim como alguns juízes do Tribunal Regional Eleitoral, enxergaram como “um equívoco” a cassação de Confúcio e Daniel Pereira, o vice que fala demais. Não houve equívoco algum, houve um verdadeiro banquete para uma massa de eleitores com farta distribuição de alimentos, e não “alguns marmitex” como tentou minimizar Daniel, o “que fala demais”.

Mas a situação

Vai pior ainda mais. Confúcio terá que recorrer em Brasília para conseguir uma medida cautelar que garanta o efeito suspensivo de sua cassação. O problema é que na Capital Federal o quase ex-governador está mais sujo que pau de galinheiro. Os ministros por lá lêem o Painel Político e o Tudorondonia, sem contar que eles também acompanham os desmandos que ocorrem por essas bandas. E para complicar, no final do ano passado, Confúcio passou 10 horas detido na Superintendência da Polícia Federal, para onde foi conduzido “sob vara” e só saiu após prestar esclarecimentos sobre inúmeras denúncias de corrupção em seu governo.

Portanto

Não existem equívocos na decisão dos quatro magistrados do Tribunal Regional Eleitoral, o que existiu foi uma análise responsável de um triste e premeditado episódio. Nas demais convenções sequer era distribuído água mineral, todos temendo exatamente uma ação dessa natureza. A legislação eleitoral se esmera a cada pleito para tentar deixar o processo o mais equânime possível, mas alguns candidatos tentam de todas as formas burlar a lei. Ponto para o TRE de Rondônia por seu posicionamento firme diante dessa lambança peemedebista.

Lamentavelmente

A Procuradoria Regional Eleitoral não entrou com ação similar contra os demais candidatos que fizeram parte do regabofe. Poderia ter feito uma limpa no cenário, garanto que a população agradeceria. E muito.

Em relação ao evento

A convenção partidária é meramente protocolar, o povão que orbita no local está por ter sido levado pelos candidatos para fazer volume. O processo, no caso de Confúcio, nasceu contaminado. É vetado por lei distribuir alimentos, não pode nem cafezinho, que dirá um bufet com direito a refrigerantes e segundo declaração de uma senhora que estava no local, a quantidade de comida era para 5 mil pessoas, portanto não era um “marmitex”. Além das fotos que circulam na internet desde o dia do evento, também existem dois vídeos produzidos por outra pessoa que estava no local. Nessas imagens, é possível perceber que os presentes não estavam nem aí para a convenção. Eles estavam na fila para pegar comida.

Operação Platéias

O inferno astral de Confúcio está apenas no começo. Em Brasília o Supreior Tribunal de Justiça avança com o inquérito 784, aquele da Operação Platéias. Além disso, o Tribunal Regional Eleitoral ainda deverá julgar pelo menos mais duas ações contra ele por abuso de poder econômico e ainda tem aquela do falastrão que declarou em alto e bom som “servidor comissionado tem que ir para a rua pedir voto, se não tem que ser exonerado”. Na mesma fala ele conclui, “já falei com o governador e prefeitos aliados para que seja decretado horário corrido nas repartições públicas para que os servidores tenham tempo de ir fazer campanha”.

Mas tem mais

Nos grampos da Platéias tem uma fala do ex-diretor do DER, Lúcio Mosquini pedindo para o governador acelere o pagamento da empreiteira que estava construindo o Espaço Alternativo e na conversa Mosquini afirma categoriamente, “governador, aquilo ali é o que vai dar nosso segundo turno”. Portanto, nada contra o governador nem seus assessores, pessoalmente falando, mas Confúcio se enquadra na mesma categoria de Roberto Sobrinho, a de estelionatário eleitoral. Ambos tiveram oportunidades únicas de melhorar o Estado e Porto Velho, respectivamente. Mas preferiram viver em um mundinho próprio onde tudo é perfeito, para eles.

Portanto

Mesmo que consiga a medida cautelar no TSE, como pretendem seus advogados, já se sabe com toda certeza que Confúcio não termina esse mandato e ele pode dar adeus a vida pública. Poderia fechar sua biografia com chave de ouro, mas será melancólica, como foi a de muitos que ocuparam a cadeira no Palácio Presidente Vargas.

Vandalismo

O MST aprontou mais uma, dessa vez um grupo de mulheres do movimento atacou uma propriedade onde depredaram e destruíram mudas de árvores transgênicas que eram objeto de pesquisa há quinze anos no interior de São Paulo. Elas invadiram e ocuparam um centro de pesquisa da FutureGene, empresa do grupo Suzano Papel e Celulose, em Itapetininga (SP). A Polícia Militar teve de intervir, mas ninguém foi preso. O MST justifica os atos como uma denúncia dos supostos “males dos transgênicos” ao meio ambiente e em defesa “da segurança alimentar e de alimentos saudáveis”. O grupo diz que a nova espécie colocaria em risco a produção brasileira de mel. Lideranças do movimento argumentam que a maior parte do produto é feita a partir do eucalipto.

Vão parar

Nos dias 18, 19 e 20 de março vão parar os setores de Saúde, Segurança, Educação e Justiça de Rondônia. Os sindicatos preparam uma série de manifestações cobrando do governo de Rondônia compromissos que foram assumidos e, segundo eles, não foram cumpridos pelo chefe do Executivo. Com isso, a vaca vai para o brejo. De vez.

Sem segredo

O Supremo Tribunal Federal suspendeu o segredo de justiça que havia na Ação Penal 644, que o deputado federal Nilson Capixaba responde por envolvimento na chamada máfia das ambulâncias, ou dos sanguessugas, como ficaram nacionalmente conhecidos os envolvidos no processo. Nesta sexta-feira o Supremo também pediu explicações sobre a necessidade de se ouvir uma ex-prefeita de Primavera de Rondônia como “testemunha de defesa”. O caso bola pelas gavetas brasilienses desde 2006, mas parece que agora vai.

Enquanto isso

A Polícia Civil não tem malotes para entregar as carteiras de identidade no interior desde janeiro deste ano. Quem quiser tirar segunda via que venha para a Capital ou aguarde a boa vontade do executivo para resolver o problema.

Ao mesmo tempo

O Corpo de Bombeiros de Rondônia pretende comprar macacão de voo, luvas de voo e capacetes de voo, além de botas de voo no valor total de R$ 335.900. A licitação já foi homologada e devidamente autorizada. As empresas vencedoras foram Delta Comércio e Assessoria e Ultramar Importação LTDA.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondencia para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Somos mais ‘parecidos’ com nossos pais do que com nossas mães, diz estudo

Uma nova pesquisa sugere que os mamíferos podem ser mais geneticamente parecidos com seus pais do que com suas mães, apesar de herdarmos quantidades iguais de mutações genéticas de cada um dos pais. O estudo da Universidade da Carolina do Norte (UNC), nos Estados Unidos, descobriu que a influência de genes mutantes vindos do pai é maior do que a dos genes mutantes da mãe. Mutações genéticas passadas dos pais para os filhos aparecem, tipicamente, em doenças consideradas complexas, que envolvem milhares de genes. O processo pelo qual a informação contida nos genes se manifesta fisicamente é chamado de expressão genética. Cientistas acreditam que a descoberta pode abrir novos caminhos para o tratamento de doenças comuns porém complexas – como vários tipos de câncer, diabetes, doenças cardíacas, esquizofrenia e obesidade.

Painel Político : Painel Politico por Alan Alex
Enviado por alexandre em 04/03/2015 21:00:28

Retomando

Foram retomadas as obras nos viadutos de Porto Velho. Finalmente. Iniciadas na desastrada gestão de Roberto Sobrinho, com projetos feitos nas coxas de algum sapo, os elevados estão em obras a mais de seis anos, mas, parece que agora vai. Se de fato forem concluídos, conforme eu havia dito em coluna anterior, vai ficar bem difícil para alguém tomar a prefeitura de Nazif. Os nomes que estão sendo postos não tem o mínimo fundamento e explico, Mário Portugues está empolgado com sua fazenda de soja, Garçon não quer nem ouvir falar de prefeitura e Zequinha Araújo sequer foi reeleito deputado. Mariana vai muito bem em Brasília e acha que a hora não é agora. E ela tem razão.

Em conversa

Com moradores do bairro São Francisco, eles disseram estar satisfeitos com as obras de drenagem que foram feitas. As chuvas não estão mais alagando e segundo eles, “só falta o asfalto” que deve sair nas próximas semanas. Nazif centrou o trabalho na periferia da cidade e pretende mexer na região central, com ênfase ano que vem. Portanto, disputar a sucessão vai dar trabalho. Mas é claro, daqui até lá, muita coisa pode acontecer. Ou não.

Olha essa

Não bastassem os problemas crônicos da segurança pública em Rondônia, o Instituto Médico Legal, cuja sede está caindo aos pedaços faz tempo, também está sem o rabecão para buscar corpos vitimados pela violência. Desde o último fim de semana, que cadáveres aguardam pelo resgate em Extrema, distrito de Porto Velho, situado a cerca de 300 quilômetros da capital. Nesta sexta-feira existe a previsão de que um veículo refrigerado saia de Guajará-Mirim para buscar os corpos em Extrema.

Tem mais

A crise na segurança pública só agrava. O fim de semana na capital foi violento, com assassinatos, assaltos e até invasão de casas por bandidos. Um dos casos, uma família ficou refém durante toda a noite enquanto bandidos levavam a camionete da família para Guajará-Mirim. Graças a intervenção da polícia em Nova Mamoré, o carro foi recuperado e a família libertada. Mesmo assim, mãe, filhos e marido passaram uma noite de terror, de espancamentos e humilhações.

E na terça-feira

Um ônibus urbano foi incendiado no bairro Jardim Santana por dois marginais que estavam em uma moto. De acordo com informações extra-oficiais, a ação se deu em função da prisão de um traficante que agia no bairro. Era só o que estava faltando mesmo acontecer por aqui.

Drama

O Acre está vivendo uma situação terrível em função da enchente que assola praticamente todo o Estado. O nível do Rio Acre superou os 18 metros e o cenário é desolador. Quem puder colaborar com os vizinhos, pode dar uma força efetuando um depósito de qualquer quantia na conta S.O.S Enchente Rio Acre – conta 500-2, da agência 0071-x do Banco do Brasil. Nós aqui passamos por isso em 2014 e a gente já sabe que das regiões Sul e Sudeste não podemos contar com grande ajuda.

Só falta

A Dilma vir sobrevoar o Acre e Rondônia de novo. Acho que ela vai querer estrear os helicópteros da aeronáutica que estão em Porto Velho. Populismo em alta, mas ajuda mesmo, zero.

Por aqui

A situação ainda não é tão dramática quanto no Acre, mas a coisa está feia também. E deve continuar chovendo nas próximas semanas, ao menos é o que prevêem os meteorologistas do Sipam.

Mais do mesmo

Os deputados estaduais estão em clima de guerra com o governo, mas por enquanto uma guerra fria. Diariamente sobrem na tribuna para tecer críticas e agora o foco é o DER. Que as estradas de Rondônia estão um lixo não é nenhuma novidade, mas o problema é que os parlamentares só viram isso agora. Confúcio inventou o tal projeto Estradão e o Mão Amiga, sendo que ambos foram fraudes monumentais. O resultado são estradas esburacadas e dinheiro jogado fora.

O problema

É que a Assembleia não enxergou isso antes. Preferiu fazer o jogo do “gato morto” e fechou os olhos para toda a problemática que estava instalada no DER. Agora o órgão está sucateado, as tais usinas de asfalto estão fechadas, enfim, o cenário é lamentável.

Enquanto isso

Em Brasília o Supremo Tribunal Federal anistiou o mensaleiro José Genoíno, que agora é um “ficha limpa”. Sua anistia se deu graças a um decreto presidencial da Dilma Roussef. Agora só falta o Zé Dirceu, Marcos Valério…

Também em Brasília

A presidente Dilma Rousseff assinou na tarde desta quarta-feira (4) a resolução que autoriza o aumento percentual do álcool anidro na mistura da gasolina, que ficará em 27%. A nova mistura pode começar a ser comercializada a partir do dia 16 de março, quando entra em vigor. Atualmente a mistura está em 25%. A alteração favorece o setor sucroalcooleiro, que estima um aumento na demanda anual por etanol em 1 bilhão de litros, segundo Elizabeth Farina, presidente da Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar). As usinas brasileiras produziram 28 bilhões de litros de etanol no ano passado.

Nesta quinta

O Tribunal Regional Eleitoral julga a ação contra Confúcio Moura. O placar, por enquanto é de 2 votos a favor do governador (desembargador Roosevelt Queiroz e o juiz Juacy Júnior) e um contra, (juiz federal Dimis da Costa Braga). O juiz Delson Xavier apresenta seu voto e o julgamento continua. Existe a possibilidade de outro juiz também pedir vistas, mas é remota. A expectativa é que esse julgamento seja favorável a Confúcio, mas com placar apertado.

Porém

Outra ação proposta pela Procuradoria Regional Eleitoral deverá complicar, e muito a vida de Confúcio e Daniel Pereira. Mas esse é outro julgamento, vamos esperar esse desta quinta seer concluído primeiro.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondencia para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Adultos têm média uma gripe de verdade a cada 5 anos

Um novo estudo sugere que adultos só têm uma gripe de verdade a cada cinco anos. Apesar de muitos ficarem doentes com uma frequência maior do que essa, infecções parecidas à gripe geralmente são as responsáveis por esses episódios, segundo a equipe internacional de cientistas. Em um estudo feito na China, os cientistas examinaram amostras de sangue de 151 voluntários com idades entre 7 e 81 anos para analisar a frequência da ocorrência de gripe. A pesquisa, publicada na revista especializada PLoS Biology, analisou as nove principais variedades de gripe conhecidas e em circulação no mundo entre os anos de 1968 e 2009. Todas estas variedades eram do vírus da influenza A (H3N2).

Painel Político : Painel Politico por Alan Alex
Enviado por alexandre em 04/03/2015 02:02:52

O problema

O setor de saúde é um gargalo no país inteiro, e por aqui não poderia ser diferente. Só que um governo atrapalhado como o de Confúcio consegue complicar ainda mais uma situação que já poderia ter sido resolvida, não fossem as lambanças e o descaso do próprio governador com o setor. E explico. Desde que assumiu, Confúcio fez uma kizomba na saúde. Logo na primeira semana decretou “estado de calamidade”, contratou hospitais de campanha (que soubemos na Operação Platéias pagou propina para gente ligada ao governo) e nomeou uma sequência de gestores corruptos ou incompetentes para a SESAU.

O salvador”

Depois de tantas lambanças, com direito a prisão de secretário, Confúcio decidiu dar uma chance a Williamens Pimentel, que havia sido secretário na desastrada gestão Roberto Sobrinho na prefeitura de Porto Velho, e como até os bagres que restaram no Madeira sabem, é indicação política do casal Raupp. Acuado e sem conseguir resolver o problema, Confúcio nomeou Pimentel, e entregou a SESAU de “porteira fechada”, e aí aparentemente a saúde de Rondônia estava em boas mãos.

Enganação

Na verdade, Pimentel não melhorou absolutamente nada no setor de saúde. A única diferença é que ele trabalha com uma equipe fechada, e controla determinados setores com mão de ferro, dando um ar de que está tudo certo. E não está. Para se ter uma idéia, antes de Pimentel assumir o Estado estava enrolado com as Unidades de Pronto Atendimento dos bairros Mariana e Cidade do Lobo, unidades estas que já nasceram enroladas. Ambas foram construídas em terrenos irregulares, a do Mariana está sub-júdice e a do Cidade do Lobo foi pago um valor bem acima do preço de mercado, inclusive com laudo de um engenheiro do governo contestando o valor. Ele teria se recusado a assinar a segunda vistoria, que dobrou o valor pago. Mas isso é outra estória, vamos voltar ao Pimentel.

As UPAs

Rondônia deveria ter oito UPAs em operação. Duas em Porto Velho, e as demais em Vilhena (em obras), Rolim de Moura (em obras), Ariquemes (em obras), Seringueiras (ação preparatória) , Ji-Paraná (ação preparatória) e Cacoal (em obras). As UPAs fazem parte de um programa do governo federal, e de acordo com a definição, “funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana e podem resolver grande parte das urgências e emergências, como pressão e febre alta, fraturas, cortes, infarto e derrame. Com isso ajudam a diminuir as filas nos prontos-socorros dos hospitais. A UPA inova ao oferecer estrutura simplificada, com raio-X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames e leitos de observação. Nas localidades que contam com UPA, 97% dos casos são solucionados na própria unidade”.

Ou seja

Elas resolveriam os problemas de pronto-socorro da cidade de Porto Velho, desafogando o João Paulo II. As UPAs são classificadas em I, II e III, o que determina a capacidade de cada uma. As de Rondônia são de categorias I (tem de 5 a 8 leitos de observação. Capacidade de atender até 150 pacientes por dia. População na área de abrangência de 50 mil a 100 mil habitantes) e II (9 a 12 leitos de observação. Capacidade de atender até 300 pacientes por dia. População na área de abrangência de 100 mil a 200 mil habitantes). As de Porto Velho seriam nível III (13 a 20 leitos de observação. Capacidade de atender até 450 pacientes por dia. População na área de abrangência de 200 mil a 300 mil habitantes). Mas Pimentel, considerado por alguns como “o mago da saúde”, achou que Porto Velho não precisa de UPA e foi além.

Gambiarra

O que ele fez foi uma verdadeira aberração. Ele transformo a UPA do Mariana em “centro de reabilitação” e instalou 30 leitos de UTI no local. Só que para isso, ele tirou 10 leitos do Hospital de Base, inclusive os do centro cirúrgico. Realocou servidores de outras unidades, inclusive médicos para o Mariana e não ampliou em nada a quantidade de leitos, porque o Estado continua comprando leitos de UTI da rede particular. Traduzindo, ele simplesmente tirou de um lugar e colocou em outro. E Porto Velho continua sem UPA. E sem UTI.

Mas tem mais

Continua faltando coisas básicas na rede de saúde. Semana passada, por exemplo, o Hospital de Base não tinha soro, faltam coisas pequenas, como medicamentos simples, de uso cotidiano. O João Paulo II continua exatamente igual, superlotado, fétido, e não fosse pela dedicação dos servidores a coisa estaria muito, mas muito pior. Pimentel também tem mania de achar que não deve satisfação a ninguém, faz as coisas a seu modo, como se a SESAU fosse a casa da mãe Joana. Grita, faz estardalhaço, dá de dedo na cara de servidores e não paga as contas. O Hospital do Câncer, por exemplo, está a quatro meses sem receber.

Mas

Como Rondônia virou terra de ninguém, ele faz sucesso junto ao governo da enganação. É bom ficar alerta, porque a casa vem caindo para muita gente nos últimos tempos e Pimentel já bateu na trave algumas vezes. E tem uma fila bem grande na torcida para ver esse tombo.

Enquanto isso

O governo da enganação resolveu que iria construir três escolas em Porto Velho no “padrão MEC”, ou, escolas em tempo integral. A questão é que por algum motivo que nem o além explica, resolveram que as três ficaram próximas, e em uma área com baixa densidade populacional. Uma delas está sendo construída próximo ao Hospital de Base e outra onde era o antigo Kabanas. A terceira ficaria próxima ao Kabanas também, mas o Tribunal de Contas interviu e não permitiu. As unidades, que vão custar uma pequena fortuna para serem concluídas, deverão sofrer um aditivo de quase 60% a mais no valor original, popr erros gritantes no projeto.

Erros como os que ocorreram

No presídio Aruana, uma unidade de segurança máxima que menos de um mês após sua inauguração já registrou uma fuga. Para se ter uma idéia, o projeto do presídio não constava o portão, tampouco caixas d´água, que tiveram que ser colocadas às pressas para a inauguração. Falhas como essa custam dinheiro e ninguém é responsabilizado. Passou da hora do Tribunal de Contas e Ministério Público começarem a punir os engenheiros responsáveis por esses projetos, e não apenas as empresas executoras.

Luz vermelha acesa

A morte de um jovem esta semana em uma festa na cidade de Bauru (SP) por excesso de consumo de bebidas alcoólicas dispara um alerta sobre o atual cenário juvenil do país nos últimos anos. Os jovens estão consumindo quantidades absurdas de bebidas destiladas, extremamente fortes, sem nenhum controle. Basta sair em qualquer boate de Porto Velho para ver garrafas de vodka com energéticos nas mesas, ou whisky. A modinha agora é beber catuaba e outras bebidas baratas. Outra bomba que vem sendo consumida sem nenhum tipo de controle são os chamados “Ice”, vodkas, whisk e cachaça com sabor artificial de limão ou laranja.

Em Santa Catarina

É onde está morando atualmente o prefeito afastado de Ouro Preto do Oeste, Alex Testoni. E vai muito bem. Ele tem um apartamento em Jurerê Internacional, uma das praias mais badaladas de Florianopolis. E na prefeitura de Ouro Preto, já encontraram um rombo de R$ 16 milhões, segundo contas da atual gestão. Também descobriram que o município perdeu uma série de recursos em função de picuinhas políticas. Testoni não ingressou com nenhuma medida para retornar à prefeitura.

Em Vilhena

O jornalista Mário Quevedo vem trabalhando a possibilidade de ser candidato a vereador em 2016. Sua principal bandeira é a defesa dos direitos constitucionais básicos. Ele está escolhendo uma legenda para lançar sua pré-candidatura.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondencia para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Pesquisa liga consumo de café diário a artérias mais limpas

O consumo diário de algumas xícaras de café pode ajudar a evitar o entupimento das artérias, um conhecido fator de risco para doenças cardíacas, disseram pesquisadores sul-coreanos, o que deve reabrir o debate sobre os benefícios da bebida para o coração. O estudo analisou mais de 25 mil funcionários homens e mulheres que se submeteram a exames de saúde de rotina no local de trabalho. Os resultados foram divulgados na publicação científica Heart. Aqueles que bebiam uma quantidade moderada de café – de três a cinco xícaras por dia – tinham uma possibilidade menor de apresentar os primeiros sinais de doença cardíaca nos exames médicos. Os efeitos que o café têm sobre a saúde do coração ainda causam dúvidas. Alguns estudos relacionam o consumo da bebida a fatores de risco cardíaco, como maior colesterol ou pressão arterial. Já outras pesquisas sugerem, na verdade, alguma proteção cardíaca. Os autores do estudo dizem, no entanto, que mais pesquisas são necessárias para confirmar e explicar a ligação. O café contém cafeína estimulante e diversos outros compostos, mas não está claro se eles podem causar bem ou mal para o corpo.

Painel Político : Painel Politico por Alan Alex
Enviado por alexandre em 27/02/2015 20:17:42

Eleições

Em 2016 teremos novamente eleições para os cargos de prefeito e vereador. Mauro Naziz, candidato natural a reeleição, por enquanto não tem adversários. Mariana Carvalho, recém-eleita para deputada federal vem sendo aconselhada a participar do processo, mas não como candidata, e se ela tiver juízo deverá seguir essa recomendação. Lindomar Garçon não quer nem ouvir falar sobre isso. Também recém-eleito como representante de Rondônia em Brasília, disse que pretende fazer um mandato diferente, mais qualificado. Está pensando certo também.

O PMDB

Poderia vir com Mário Português, mas ele não anda muito empolgado com essa idéia. E quem perde somos nós, aliás, perdemos uma grande oportunidade de ter um prefeito que de fato, cuidaria dessa cidade. Agora ele prefere cuidar de sua fazenda. Além disso, apesar das críticas que vem sofrendo, Nazif em seu silêncio vem trabalhando. Obras de saneamento estão espalhadas por toda a cidade, se vão resolver, não sei, mas ao menos algo está sendo feito. E se, de fato o Dnit der continuidade as obras dos viadutos como está previsto, vai ser difícil conseguir derrubar Mauro.

A grosso modo

Parece que a saraivada de críticas contra a administração municipal não passa de questões pontuais, tem falhas, algumas gritantes e escandalosas, como por exemplo a dificuldade em vacinar crianças recém-nascidas nos postos de saúde. Concentraram tudo em lugar só e por incrível que pareça, só funciona as segundas, quartas e sextas pela manhã. Como disse, questões pontuais que precisam ser observadas e corrigidas. Quanto as obras de saneamento, vamos ver o resultado durante o período chuvoso, no fim do ano.

Por fora

Alguns grupos políticos observam a movimentação de Mauro para definir se lançam ou não candidatura. Um dos que tem pretensão é o vereador Alan Queiroz, ex-presidente da Câmara, mas as chances não estão a seu favor. Estavam, mas ao entregar de bandeja a presidência da Casa para o PT acreditando em outro projeto político, jogou fora seu futuro político, e vem perdendo cada vez mais espaço. Provavelmente não consegue sequer a reeleição. Outros que devem ficar sem mandato pelo legislativo municipal são Jair Montes e Eduardo Rodrigues, vítimas do apocalipse confuciano que também deve fazer estrago na reeleição de Marcelo Reis e Cabo Anjos. Reis com mais chances em função de seu trabalho na TV, porém com uma votação bem mais modesta que a última.

Portanto

Quem aposta que Nazif está morto vai perder. Ele pode até parecer cansado e lento, mas de leso não tem nada. Fica olhando…

Recordar é viver

No período em que Valdir Raupp governou Rondônia ele tinha uma forma bem prática de gratificar os mais chegados, eram os grupos de trabalho, que em tese são constituídos para determinadas funções, mas na prática não servem para nada, a não ser engordar a conta dos agraciados no fim do mês.

Pois é

A prática foi extinta no governo Bianco porque é dispendiosa e como eu disse, não acrescenta nada a administração pública. Ivo Cassol manteve a decisão e também não resgatou essa imoralidade, mas veio Confúcio e para “dar uma força”, ainda mais que ele fez um “h” com a conversa de que reduziu salários. Quem abre o Diário Oficial do Estado, percebe a enorme quantidade de “grupos de trabalho” que foram constituídos nos últimos anos.

Burlando

É constitucionalmente vedado a acumulação de cargos públicos remunerados, daí a instituição desses grupos de trabalho. Mas só os “amigos” que integram esses grupos, especialmente os secretários e ocupantes de cargos comissionados de alto escalão. Além da burla a constituição, a prática conflita com o artigo 63 da Lei Complementar Estadual nº 224/00, que prevê no máximo até dois Grupos de Trabalho, cuja característca básica é a transitoriedade, peculiaridade e circunstâncias especiais, devidamente comprovada mediante Relatórios de Trabalho acompanhado de documentos probatórios. O que não é nosso caso.

Portanto

Cabe aos organismos fiscalizadores, no caso me refiro apenas ao Ministério Público e Tribunal de Contas, porque da Assembleia não podemos esperar nada, adotar providências em relação a esses grupos, olhar a documentação e quem faz o que, de fato. Apesar do governo andar por ai “comemorando” sabe-se lá quais números “azuis”, isso não tem se refletido no cotidiano do rondoniense.

Lá vem

Agora em março a Polícia Civil anuncia que vai parar entre os dias 18 e 20 de março. De acordo com o presidente do Sinsepol, Jales Moreira, no início da gestão atual, a Polícia Civil estava em 4º lugar nacional em termos de salário e agora despencou para a 22ª colocação. “O governador não valorizou a categoria e hoje nós estamos no ranking como um dos piores do país. As condições de trabalho são vergonhosas, nossas delegacias estão sucateadas, e muitas vezes tiramos dos nossos bolsos para comprar copos descartáveis, papel higiênico, papel sulfite e outros materiais necessários. Não vamos mais fazer isso, agora nós vamos exigir que o Governo cumpra com o seu dever”, disse o presidente.

Pois é

Mas os governistas estão parecendo os juízes do TRE de Rondônia, não conseguem “enxergar” as coisas como elas são.

Vai continuar errado

A CPI da Petrobrás será comandada pelo PT e PMDB. O Congresso trouxe de volta as famigeradas passagens para esposas de deputados, as investigações da Lava-Jato sinalizam com fortes tendências a panos quentes e engavetamentos, os preços continuam subindo, o dinheiro sumindo e o Brasil parando. Mas a população continua exatamente como estava antes, parada, assistindo inerte a toda bandalheira.

Tem que zerar

O Brasil precisa de uma reforma política, administrativa e estrutural com urgência. Precisamos de uma nova constituição, mais enxuta, com menos paternalismo, com mais deveres. Não sei de onde tiraram a cretinice de “pátria educadora”, esse país é qualquer coisa, menos educador. Os investimentos em educação são ridículos, os professores são pessimamente remunerados, a maioria precisa de três ou mais contratos para poder ter uma vida minimamente digna, com isso não conseguem preparar aulas com tranquilidade. As escolas são uma piada. Estamos vivenciando um período extremamente conturbado e me preocupa passarmos por ele e voltarmos ao ‘status quo’. E todos os sinais indicam isso.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondencia para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Maca peruana ainda está em estudos

Impulsionada pela moda dos chamados “superalimentos”, a maca peruana, também conhecida como “ginseng andino”, tem se tornado um dos principais produtos de exportação do país. As propagandas mais exaltadas a anunciam como uma “resposta natural ao Viagra”, apesar de nenhum benefício em termos de potência sexual ter sido confirmado pela ciência. O que sim, se sabe, é que a maca tem propriedades energizantes e benefícios comprovados que incluem o favorecimento da memória e da aprendizagem. A raiz é cultivada na região andina, principalmente no Peru, mais de 4 mil metros acima do nível do mar. Segundo registros históricos, ela é consumida pelos nativos desde o século 17, mas de acordo com pesquisadores é conhecida desde o ano 8.000 a.C. “Muitas das coisas tidas como certas sobre maca não foram comprovadas pelas pesquisas. Até o ano 2000 se dizia que hipertensos não poderiam consumi-la, mas descobrimos que, na verdade, ela diminui a pressão arterial”,diz o biólogo e endocrinologista da Universidade Peruana Cayetano Heredia, Gustavo F. Gonzales Rengifo, especialista nas propriedades da planta.

Painel Político : Painel Politico por Alan Alex
Enviado por alexandre em 25/02/2015 19:56:51

Retrocesso

O deputado estadual recém-eleito Alex Redano quer discutir com o governo a decisão de acabar com a emissão de nota fiscal eletrônica, e adotar o armazenamento em nuvem. Esse governo tomou até hoje pouquíssimas decisões acertadas e essa é uma delas. Vai representar uma economia significativa. O argumento de que “como ficam as pessoas que precisam viajar e levar comprovantes” é descabido. O armazenamento em nuvens permite acessar o arquivo em qualquer dispositivo e hoje em dia praticamente todo mundo usa smartphone. Quanto a conversa de que “algumas cidades a internet não funciona direito”,deputado serve para que mesmo?

E em Brasília

A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados autorizou a emissão de passagens aéreas para as esposas dos parlamentares. Essa medida insana havia sido proibida, mas o atual presidente da Casa, Eduardo Cunha (tinha que ser do PMDB) havia se comprometido, durante a campanha para o comando da Casa, a voltar com a mamata. Em toda a legislatura passada, a Casa liberou mais de R$ 128 milhões para garantir o tradicional voo semanal dos congressistas entre seus estados e Brasília. Com essa medida, o valor deverá passar a casa dos R$ 160 milhões.

Por aqui

Em 2012 uma reportagem do jornal O Globo trazia o seguinte título, “Usinas da discórdia – Jirau e Santo Antônio, no Rio Madeira, brigam por reservatórios, uma disputa de R$ 2 bilhões”. O material, produzido pelo jornalista Danilo Fariello fazia um grave alerta, que foi devidamente ignorado por essas bandas. Dizia ele, “a elevação da cota (profundidade do reservatório) de Santo Antônio reduziria a queda d’água em Jirau, que fica antes (de Santo Antônio) no curso do Rio Madeira. Essa elevação de cota pretendida implicaria, segundo os argumentos de Jirau, queda na sua geração de energia e um impacto socioambiental bastante significativo, com riscos de alagar, no período de chuvas, parte da cidade de Jaci-Paraná (RO), além da rodovia BR-364 e da Ferrovia Madeira-Mamoré, que têm pontes atravessando o rio”.

“Tudo certo”

Em contato com o consórcio Santo Antônio, o mesmo avisou por comunicado que “não concede entrevista” e informou, na época que o pedido de elevação de cota já teve pareceres favoráveis do Ibama e da Agência Nacional de Águas (ANA), embora esses pareceres não sejam definitivos e completou no tal comunicado, “desde julho, o Ibama, com base em extensos estudos efetuados, se manifestou positivamente sobre esse projeto”.

O governo federal

Ao invés de proteger a população de Rondônia, preferiu entrar na justiça contra uma ação proposta na época pelos ministérios públicos federal e estadual e conseguiu derrubar, através da Advocacia Geral da União, a proibição por parte do IBAMA de autorizar ou emitir  qualquer licença ambiental referente à elevação da cota do reservatório de Santo Antônio, de 70,5 m para 71,3 m, conforme solicitado pela empresa. De acordo com o MP-RO, a situação foi reconhecida pelo próprio SAE em janeiro, quando se comprometeu a promover uma reanálise do comportamento do fluxo das águas do Rio Madeira, tendo sido apresentado estudo no qual o consórcio diz que passará a evitar a movimentação simultânea de duas ou mais comportas no mesmo sentido. A AGU venceu o processo no fim de outubro e em 2014 ganhamos uma linda enchente de presente. Obrigado Dilma.

No Acre

O governo solicitou ao Itamaraty que adote providências em relação a entrada de haitianos durante esse período de enchentes. O governo não está dando conta nem de abrigar a população local, e vem tendo sérios problemas em ter que arrumar espaço para os imigrantes. O Estado mais perto é Rondônia, e como o governo federal adora isso aqui…

No Rio Grande do Sul

O ex-presidente da assembleia gaúcha foi cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral por abuso de poder econômico e captação ilícita de recursos. O parlamentar é acusado de utilizar o cargo de presidente da Casa para pressionar servidores com funções gratificadas a comprarem convite para um jantar de captação de recursos para sua campanha no ano passado. Além de perder o mandato, o parlamentar terá que pagar multa de R$ 10 mil e ficar inelegível por 8 anos. O “convite” do jantar custava R$ 2.500

Nas eleições de 2014

Por aqui duas situações idênticas foram denunciadas na justiça eleitoral, o ex-presidente da Assembleia Hermínio Coelho, que teria “convencido” servidores comissionados da Casa a comprarem convites para uma feijoada ao preço de R$ 200 e o governador Confúcio Moura, cujos convites para o “jantar de arrecadação” custava R$ 1 mil. Uma ação proposta pela Procuradoria Regional Eleitoral, com depoimentos de servidores comissionados que foram coagidos a comprar os convites do jantar deverá ser julgada em breve pelo Tribunal Regional Eleitoral. Minha preocupação é se a Corte local vai conseguir “enxergar alguma ilegalidade” nessas ações.

E o caso Naiara?

Mais um ano passou e nada da polícia resolver o assassinato de Naiara Karine. É como se tudo tivesse ficado devidamente esclarecido.

Preocupante

É desse forma que podemos classificar a situação política do Brasil neste início de 2015. Com a aproximação do 15 de março, data prevista para uma grande manifestação contra a presidente Dilma Roussef, a situação tende a complicar ainda mais. Se houver apoio popular de fato, a oposição vai ganhar corpo e deve dar início a um processo de impeachement, do contrário os dilmistas vão se achar legitimados. Dilma não agiu com honestidade durante o processo eleitoral, ela escondeu uma crise que todos sabiam que viria. O resultado disso tem sido demissões em massa e todos os setores.

Em Rondônia

Praticamente todas as empresas demitiram funcionários, algumas em até mais de 50%. Com o desemprego se forma uma bola de neve de dívidas, aumento da economia informal e criminalidade. Em cada esquina a pergunta é sempre a mesma, “o que será desse país?”. Parece que só não enxerga isso quem é, de alguma forma, ligado aos partidos políticos que compõe o governo.

Para piorar

O ex-presidente Lula, que calado é um poeta, resolveu inflamar a questão aparecendo em público para “sair em defesa da Petrobrás” e se dizendo “pronto para a guerra”. Alguém devia avisar ao aposentado por invalidez (?) que não precisamos de guerra, precisamos de pessoas responsáveis e não mitômanos, tão comuns nas hostes petistas.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondencia para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Dormir demais é mais prejudicial à saúde do que dormir de menos

Pesquisas sobre o sono sugerem que dormir oito horas por noite pode fazer mal à saúde. Gregg Jacobs, especialista do Centro de Transtornos do Sono da Faculdade de Medicina da Universidade de Massachusetts, nos Estados Unidos, afirma que estudos dos últimos dez anos indicam que este não é o tempo ideal de sono para se manter saudável. Segundo Jacobs, o nível mais baixo de mortalidade corresponde a sete horas de sono. Para Jacobs, sete horas de sono é a quantidade perfeita. Menos do que isso significa que a pessoa tem mais chances de morrer mais cedo e mais do que isso significa que as chances de morrer mais cedo são ainda maiores. No entanto, outro especialista em sono, Frank Cappuccio, professor de medicina cardiovascular e epidemiologia na Universidade de Warwick, na Grã-Bretanha, afirma que, quando se fala em sono, deveríamos pensar em um tempo que varia entre seis e oito horas como o ideal. E que medir o sono com precisão pode ser problemático. Uma pessoa que dorme mais ou menos do que um período entre seis e oito horas por noite aparentemente apresenta mais risco de desenvolver problemas como pressão alta, diabetes e complicações cardiovasculares.

(1) 2 3 4 ... 139 »