Painel Político - Painel Politico por Alan Alex - Notícias
(1) 2 3 4 ... 136 »
Painel Político : Painel Politico por Alan Alex
Enviado por alexandre em 11/12/2014 22:09:48

Complicando

A cada dia fica mais díficil a situação jurídica de Alex Testoni, prefeito de Ouro Preto, e Lúcio Mosquini, ex-assessor do governo Confúcio Moura, que estão presos desde a semana passada, na Operação Ludus, do Ministério Público do Estado. Acusados de uma série de crimes, entre eles lavagem de dinheiro, superfaturamento e falsidade ideológica, a suposta tentativa de queima de documentos fiscais de empresas pertencentes a Alex, flagrada por promotores de justiça, convenceu o judiciário de que ambos precisam permanecer presos, para evitar que as investigações sejam obstruídas.

Em nota

O irmão de Alex, deputado estadual Jaques Testoni negou, em nota divulgada nessa quinta-feira, que sua família estivesse queimando documentos. Porém, nesta mesma quinta, a empresa São Vicente, que pertence a irmã de Jaques, Jaqueline, cujos funcionários foram flagrados na boca do forno com os documentos, também emitiu “nota de esclarecimento” e afirma que os “documentos que seriam queimados são considerados sem validade contábil e fiscal de administração interna das empresas do Grupo São Vicente”. Mas, o Ministério Público garante que os papéis pertencem ao grupo Dom Bosco, de Alex, e não o São Vicente, de Jaqueline.

Para piorar

O Tribunal de Justiça autorizou buscas no escritório político de Jaques Testoni, em Ouro Preto do Oeste, que foram realizadas na tarde de quarta-feira, estendendo-se noite adentro. Foram apreendidos diversos documentos que serão analisados pelo CAEX.

Enquanto isso

O Departamento de Estradas e Rodagens (DER), órgão que era comandado por Lúcio Mosquini não está pagando nenhum de seus fornecedores, alegando falta de recursos e a culpa seria de Ivo Cassol. De acordo com informações que estão repassadas aos credores, descobriu-se recentemente um débito fiscal no valor de R$ 18 milhões que seria de 2007 e por causa disso o Estado não vem recebendo os recursos do BNDES por estar sem certidão negativa.

Os credores

Evidente, estão em polvorosa e estão tentando uma audiência com o governador para terem mais informações sobre o que está acontecendo de fato. De qualquer forma, acho que o italiano deve reagir a essa afirmação por parte do pessoal do DER, ele não é de levar desaforo para casa e ser acusado de calote fiscal, no meio do fogaréu em que se encontra o cenário político atualmente não é boa coisa.

E no CPA

A vizinhança anda reclamando, e muito, da usina de tratamento de esgoto, que exala forte odor de gás metano sempre por volta do meio-dia e 17 horas. A usina fica na Avenida Presidente Dutra, bem em frente ao CPA, logo depois da antiga IDARON. Os moradores do entorno estão se reunindo e devem entrar com uma representação junto ao Ministério Público para que sejam tomadas providências em relação a situação, que segundo eles, está insustentável. Ali próximo funciona a creche Marise Castiel e lá é onde o fedor é mais forte.

Abuso de poder

O deputado estadual Adriano Boiadeiro foi acusado pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) de realizar um churrasco e uma cavalgada no bairro Areal em Porto Velho, durante a campanha e distribuir gratuitamente exemplares da edição número 18 da revista PAINEL POLÍTICO que havia circulado em maio deste ano e trazia Boiadeiro na capa. Na representação, a PRE destacou, “em todas as mesas do evento havia uma ou mais revistas do Painel Político que apresentava na capa a manchete “A batalha do Boiadeiro”, distribuída gratuitamente, apesar de cada exemplar custar 10 reais”. Se for condenador, Boiadeiro poderá ficar iinelegível por oito anos.

E no Mato Grosso

A Seccional da OAB daquele estado divulgou carta de 14 páginas assinadas por todas as subseções, encaminhada ao presidente nacional da Ordem, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, cobrando dele uma postura em relação as denúncias que pesam contra a presidência da República. No documento, os representantes alegam que o “Conselho Federal tem aparentado manter uma postura tolerante e por demais distantes em relação aos acontecimentos recentes no Brasil, cuja gravidade exige uma coordenada atividade não somente do Ministério Público, Polícias, mas também da sociedade civil, e em especial, da Ordem dos Advogados do Brasil”, e cita os recentes escândalos envolvendo os Correios e Petrobrás, além de citar o programa Mais Médicos.

Nesse ponto

Eles cobram da OAB uma postura sobre o tema e completam, “não é possível que a Ordem dos Advogados do Brasil continue admitindo a presença de médicos de primeira e segunda classe, recebendo os primeiros, não cubanos, salários no patamar de R$ 10.000,00 (dez mil reais) e os outros, cubanos, um décimo desta quantia. O salário do trabalhador é sagrado, sendo certo que nossa Constituição Federal estabelece a irredutibilidade de salário”. E eles concluem, “Nós, Presidentes de Subseções da Ordem dos Advogados do Brasil do Estado de Mato Grosso, não queremos passar para a história como avalistas desta inércia institucional”. Para ler o documento na íntegra, CLIQUE AQUI, ou copie esse endereço e cole em seu navegador (http://painelpolitico.com/wp-content/uploads/2014/12/OAB_Mato_Grosso.pdf)

Nos bastidores

Comenta-se que o atual presidente da OAB nacional vem se fazendo de “gato morto” em relação as questões envolvendo o país porque seu nome vem sendo cogitado para assumir, no Supremo Tribunal Federal, a vaga do ministro Joaquim Barbosa. Bom, a OAB tem como principal pilar de sua fundação a luta no combate a corrupção e a defesa da cidadania. De fato, está deixando a desejar, e muito, em relação a essas denúncias todas que pipocam diariamente na mídia nacional.

Condenada

Ana da 8, sua irmã Luciane Dermani e outras duas pessoas foram condenadas por improbidade administrativa em primeiro grau, ou seja, cabe recurso, mas dificilmente ela conseguirá escapar. Um dos condenados, Albanice Avelino, era cuidadora da avó da deputada e nomeada como servidora comissionada no gabinete da parlamentar. Os crimes vieram à tona durante as investigações da Operação Termópilas (2011), quando foram autorizadas pela justiça escutas telefônicas na deputada, que também responde a outras ações isoladamente.

No Brasil da Dilma

A Justiça do Ceará condenou um gerente a 630 anos e 29 dias de prisão por comandar um esquema de fraude no Banco do Brasil na cidade de Acopiara, a 345 km de Fortaleza. A pena foi calculada com base nos crimes cometidos contra 30 vítimas do município. Ela é maior que a soma das sentenças impostas aos 22 condenados da ação penal 470 (Mensalão), o maior esquema de corrupção julgado no País, que chegam a 259 anos e 8 meses de prisão. O juiz cearense responsável pela dosimetria da pena, bem que poderia julgar os réus do Petrolão.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondencia para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Em 35 anos, ‘superbactérias’ poderão matar mais que câncer

Bactérias resistentes a antibióticos matarão pelo menos 10 milhões de pessoas por ano a partir de 2050, mais do que o número atual de mortes provocadas por cânceres, se providências não forem tomadas por autoridades médicas ao redor do mundo. É o que afirma um estudo encomendado pelo governo britânico. Coordenado pelo economista Jim O’Neill, mais conhecido por ter criado o termo Bric – para juntar as economias emergentes Brasil, Rússia, Índia e China -, o estudo levou em conta projeções do instituto de pesquisas Rand Europe e da empresa de consultoria KPMG para calcular não apenas taxas de mortalidade provocadas pelas chamadas “superbactérias”, como também seu impacto econômico nos sistemas de saúde. Segundo O’Neill, os custos de tratamento de infeções causadas por essas superbactérias chegarão a US$ 100 trilhões nas próximas décadas. Atualmente, as infeçcões de superbactérias, associadas a doenças como a e. coli e a tuberculose, matam cerca de 700 mil pessoas por ano ao redor do mundo, ao passo que cânceres matam 8,2 milhões. De acordo com as projeções do estudo de O’Neill, as mortes anuais relacionadas a casos de doenças resistentes a antibióticos poderão chegar em 2050 a 4,7 milhões na Ásia, 4,1 na África e 392 mil na América Latina.

Painel Político : Painel Politico por Alan Alex
Enviado por alexandre em 11/12/2014 03:31:24

Sobre a decoração

Não sei quem fez nem quanto cobrou, mas que ficou horrível, é indiscutível. A decoração natalina de Porto Velho é um amontoado de lixo pintado de verde e vermelho, uma coisa grotesca que não sei de onde veio a idéia infeliz. Melhor seria não ter feito. A cidade ficaria mais bonita. Há tempos falo que a prefeitura não deveria gastar dinheiro com isso, e sim o comércio, principal beneficiado com o natal. A prefeitura, assim como fazem as demais capitais, monta uma árvore grande, ou enfeita determinado espaço, e só. Mas por aqui ficam todos esperando o dinheiro público.

Ano passado

A Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Porto Velho pretendia gastar R$ 800 mil em iluminação, mas dinheiro do município. Na gestão anterior, Roberto Sobrinho alugava, a peso de ouro, decoração natalina de uma empresa do Paraná. Pelo que sabemos, o dinheiro pago poderia ter comprado o material, que deveria estar incorporado ao patrimônio do município. Um dos problemas de Rondônia é que não se guardam as coisas. Garanto que na sua casa você não joga fora os enfeites usados, você aproveita o que pode e compra apenas o necessário. Mas, quando se trata de dinheiro público a ordem é torrar.

Realmente

A prefeitura teve um extremo mal gosto esse ano, e essa situação precisa ser resolvida, porque todo o ano é a mesma coisa. Daqui a pouco começam a discutir sobre o repasse para blocos e escolas de samba. Mudam-se os personagens, mas o roteiro é sempre o mesmo. Torno a insistir, a CDL e demais empresas podem muito bem resolver esse problema. Se ao longo do ano as empresas se cotizarem, podem resolver isso sem pesar no bolso de ninguém. Tem que acabar essa palhaçada de empurrar para o poder público tudo quando é despesa. Prefeitura tem que iluminar ruas, essas sim, precisam de lâmpadas e o ano inteiro, não apenas no natal.

Claro

Que uma decoração horrorosa dessas não deixaria de virar piada. Nas redes sociais e grupos de whatsapp circulam comparações com toletes de merda. E não é que ficaram bem parecidas mesmo?

 

prefeituraenfeite

 

 

Enquanto isso…

A Construtora rondoniense E.J. é um fenômeno que está sendo investigada pelo Ministério Público no pacote da Operação Ludus, que prendeu o prefeito de Ouro Preto do Oeste Alex Testoni e o ex-secretário do DER, Lúcio Mosquini. E ela é incrível porque, mesmo se tratando de uma Empresa de Pequeno Porte (EPP), venceu, nos últimos 4 anos em Rondônia, 126 licitações, incluindo o próprio DER e prefeituras, através de recursos do Fundo de Infraestrutura e Habitação — FITHA. A E.J. arrecadou, apenas em 27 contratos, a bagatela de R$ 111.718.782,84.

Funcionava assim

A empresa participava das licitações e vencia com preços bem baixos, que posteriormente eram aditivados. No caso do DER, as licitações eram diretas e com as prefeituras, o DER só liberava a licitação quando a E.J vencia. Do contrário, a coisa emperrava. O Ministério Público sabe que esses 27 contratos, dos 126, sofreram interferência direta de Lúcio Mosquini em relação as licitações. Entre as prefeituras que contrataram a empresa pelo FITHA estão Chupinguaia (contrato 006/2012 – 008/2012 – 026/2011), no valor de R$ 1.178.644; Pimenta Bueno (contrato 032/2014), no valor de R$ 969.977,84; Espigão do Oeste (008/2012 – 009/2012 – 009/2012 TA), no valor de R$ 384.295; Jaru (212/2012), no valor de R$ 300.339; Alta Floresta (035/2012), no valor de R$ 340.925,41; e Primavera (009/2012), no valor de R$ 246.418,59.

Além disso

O próprio DER contratou a EJ em 17, dos 27 contratos que aparecem na relação. Lembrando que no total a empresa venceu 126 licitações. O MP investiga, e já sabe, das relações entre o proprietário da EJ e o ex-diretor do DER, Lúcio Mosquini. Com as investigações ainda em andamento, em breve novidades vão surgir na Operação Ludus, que complicam a cada dia mais a situação de Mosquini e Testoni. Já se sabe que ambos, além da obra do Espaço Alternativo, eram parceiros em outros negócios, inclusive no ramo de combustíveis.

Falando nisso

O esquema de cartão de abastecimento deverá passar por uma devassa, já que ele é qualquer coisa, menos econômico. Os postos credenciados são contratados via indicação e essa casa também vai cair. Adivinha quem tem posto de combustível que abastece caminhões e máquinas do DER e alguns outros órgãos públicos? Se você pensou na dupla Mosquini/Testoni, acertou.

Ainda o DER

Com a chegada das chuvas, as estradas de Rondônia estão lastimáveis. As de responsabilidade do Estado estão se desmanchando em buracos. Não dá para entender o que foi feito com tanto dinheiro.

Em Ouro Preto

A vice-prefeita assumiu e já chegou limpando a casa. Exonerou os gerentes administrativos (cargos similares aos de secretários municipais) e está organizando uma nova equipe. Como o prefeito continua preso, e não se sabe os rumos que a gestão municipal devem tomar após sua saída, a cidade não pode parar e a vida segue.

Chapa branca, mas sem inventar

Um radialista de Ouro Preto, no dia da prisão de Testoni, desceu a lenha no Ministério Público e declarou que “tudo não passava de perseguição política”, que os promotores estavam “se vingando de Testoni devido a uma representação que o prefeito fez contra uma promotora”. O MP pediu a gravação do programa e o “chapa branca” teve que ler uma nota de retratação.

Modernizando

O Tribunal de Contas do Estado lançou um novo portal de internet e está bem mais fácil navegar por ele. Também foi lançado o Processo de Contas eletrônico, novo sistema de tramitação processual da Corte, que pode ser acessado no endereço www.tce.ro.gov.br . Quem sabe agora eles acabam também com as tais representações regionais nos municípios, uma aberração criada pela gestão anterior que não resolve nada, afinal, vereadores e prefeitos vivem em Porto Velho protocolando documentos no TCE.

Em Rondônia

A ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça, relatora do inquérito que investiga conduta criminosa do governador Confúcio Moura (PMDB) investigado na Operação Platéias, pediu ao Ministério Público do Estado a confirmação de que o senador Valdir Raupp (PMDB) teria informado ao governador que o mesmo estava sendo investigado. A ministra teve conhecimento do fato ainda ano passado e solicitou informações ao Procurador Geral de Justiça de Rondônia, Héverton Aguiar a quem Confúcio teria tentado confirmar se era verdadeira a informação repassada pelo senador.

Esse episódio

Não vai dar em nada, mas deixa o senador em uma saia justa. E a relação dele com Confúcio, que nunca foi muito boa, azedou ainda mais, afinal Raupp saiu como “fofoqueiro” e pior, revelou informações sobre uma investigação sigilosa, obtendo-as devido a sua condição de senador. Isso se chama tráfico de influência. E é crime.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondencia para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Cientistas desenvolvem droga que pode consertar danos à medula

Cientistas americanos dizem ter desenvolvido uma droga que pode incentivar os nervos na medula espinhal a crescer e reparar lesões. O estudo com ratos, divulgado na publicação científica Nature, permitiu a recuperação parcial de movimentos e controle da bexiga. A droga funciona ao perturbar a “cola pegajosa” que impede que as células nervosas cresçam durante uma lesão. Mais testes precisam ser feitos em animais maiores antes de testes serem realizados em humanos, mas o grupo Spinal Research (Pesquisa Espinhal, em tradução literal) disse haver um “progresso real”. Danos na medula espinhal interrompem o fluxo constante de sinais elétricos do cérebro para o corpo e podem levar à paralisia abaixo de uma lesão. A equipe da Escola Universitária de Medicina Case Western Reserve, de Ohio, disse que o tecido de cicatriz formado após uma lesão impede a reparação da medula espinhal, já que proteínas de açúcar liberadas pelo tecido agem como cola. O estudo com ratos, divulgado na publicação científica Nature, permitiu a recuperação parcial de movimentos e controle da bexiga. A droga funciona ao perturbar a “cola pegajosa” que impede que as células nervosas cresçam durante uma lesão. Mais testes precisam ser feitos em animais maiores antes de testes serem realizados em humanos, mas o grupo Spinal Research (Pesquisa Espinhal, em tradução literal) disse haver um “progresso real”. Danos na medula espinhal interrompem o fluxo constante de sinais elétricos do cérebro para o corpo e podem levar à paralisia abaixo de uma lesão. A equipe da Escola Universitária de Medicina Case Western Reserve, de Ohio, disse que o tecido de cicatriz formado após uma lesão impede a reparação da medula espinhal, já que proteínas de açúcar liberadas pelo tecido agem como cola.

Painel Político : Painel Politico por Alan Alex
Enviado por alexandre em 09/12/2014 22:59:29

Recompensando a delinquência

Quando o assunto é crime cometido por menores, a polêmica está armada e nem vamos navegar por essas águas. Vamos nos ater as nababescas instalações que o governo da cooperação, chegado inflacionar o mercado imobiliário da capita, alugou para a unidade de internação de meninas, uma casa na rua Elias Gorayeb que conta com piscina, suítes, churrasqueira e demais ítens de conforto que a grande maioria dos trabalhadores não possui. Mesmo assim, o Estado acha por bem manter essas menores muito bem acomodadas, passando-lhes a certeza que o crime compensa.

A tal casa

Pertence a empresa J. F. Participações Ltda e foi locada por R$ 11.235 mês, ou R$ 134.820 pelo período de 12 meses. Não foi feita licitação. Quem assina pela empresa é a segunda-tesoureira da Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Velho, Iêde Regina Fernandes Nizza. Essa empresa também tem como sócio José Augusto Fernandes Júnior, e a J.F. aluga ainda um imóvel para o Detran pela bagatela de R$ 271.812. Posso até estar errado, mas uma casa, fora de condomínio ser alugada por esse valor em plena crise, é de fato um grande negócio.

Até porque

Essa mesma empresa locou, para a prefeitura de Porto Velho, em 2013,  um imóvel urbano, localizado na Avenida Jorge Teixeira, nº. 621, Bairro Nossa Senhora das Graças, com área total construída de 737,88m² e área do terreno de 353,50m², contendo as seguintes características: 3 pavimentos denominados Térreo, 1º piso e 2º piso, cada um contendo um amplo salão medindo 245,95 m², dotado de dois banheiros, copa, cozinha, salas para administração, rede de energia elétrica, sistema de cabeamento lógico, abastecimento regular de água potável, para atender as instalações da Divisão de Apoio a Farmácia da Secretaria Municipal de Saúde / SEMUSA. O valor do contrato? R$ 15 mil por mês. De fato, preço de mercado aqui em Porto Velho é obra de ficção.

Essa é boa

O deputado federal Nilton Capixaba, que responde a Ação Penal 644 no Supremo Tribunal Federal, também conhecida como “o escândalo das sanguessugas” emitiu nota nesta terça-feira alegando que “as afirmações de Batista são fantasiosas e não tem nenhum teor de verdade”, referindo-se a delação premiada feita pelo ex-secretário adjunto de saúde do Estado, José Batista que acusou Nilton de direcionar licitações em favor de seu irmão, Marcos Capixaba. O parlamentar baseou sua afirmação no seguinte argumento, “todos sabem o ex-presidente da Assembleia Legislativa deputado estadual Valter Araújo não precisava de ninguém para direcionar suas ações, pois ele tinha livre trânsito em todas as esferas Governamentais”, mas, todos quem cara-pálida? Não é novidade alguma que Valter e Capixaba andavam juntos, tanto que a esposa de Nilton estava nomeada na presidência da Assembleia, mesmo morando em Cacoal.

Outra

Dizer que a empresa de seu irmão “nunca vendeu oxigênio” deve ser verdade, mas, um outro ex-assessor do governo da cooperação, Herbert Lins, afirmou, ainda em outubro de 2011 em sua extinta coluna “Falando Sério”, que Capixaba havia pego a representação da empresa Dinatec, que, olha só, é uma usina de oxigênio. Veja o que disse Lins na época: “Sanguessuga – Aproveitando a deixa, o deputado Nilton Capixaba (PTB) já vem colocando as unhas de fora no quesito saúde, este se tornou representante comercial da Daynatec em Rondônia, ou seja, das usinas de oxigênio. Pressionando o MP estadual, este já ganhou o fornecimento de oxigênio do Hospital Daniel Comboni de Cacoal. / Proeza – Com a proeza comercial do deputado Nilton Capixaba (PTB), quem perde espaço é a empresa do mesmo ramo pertencente à deputada estadual Glaucione (PSDC) de Cacoal, que há muito tempo fornece oxigênio para os hospitais públicos do Estado”. O link da publicação é ESSE!

Além disso

Se fazendo de vítima, Capixaba afirmou que “nos últimos dias venho sendo alvo de ataques de todos os lados por pessoas que perderam a eleição e querem tirar meu mandato legitimo no tapetão”. De fato, o mandato pode até ser legítimo, mas não vão ser “essas pessoas” que vão tirar esse mandato, será a justiça, e não vai demorar. No Supremo Tribunal Federal a ação continua a todo vapor e a Procuradoria Geral da República quer encerrar o quanto antes essa novela. Capixaba se tornou um ícone da impunidade, de um escândalo que abalou o país, afinal, como disse o Padre Ton, “quem rouba da saúde vai para o inferno”. Vamos ver se é verdade.

Em Brasília

Planilhas apreendidas pela Polícia Federal na Operação Lava-Jato mostraram o nome do senador Valdir Raupp como recebedor de dinheiro a título de “doação de campanha” da empresa Camargo Correia.

Tem um candidato

Que também aparece na planilha e garante não ter recebido nem um centavo dessa suposta doação. Resta saber quem foi então que “pegou o pacote” em seu nome.

Insalubre

A cela é escura, não tem instalações elétricas. Os colchões e lençois ficam molhados o tempo todo, devido a um buraco na parede por onde jorra, durante três vezes ao dia, água para os prisioneiros tomarem banho. Assim é a cela onde estava o prefeito de Ouro Preto Alex Testoni, no Pandinha. Alegando insalubridade, e o artigo 295 do Código do Processo Penal (Serão recolhidos a quartéis ou a prisão especial, à disposição da autoridade competente, quando sujeitos a prisão antes de condenação definitiva: “II –  os governadores ou interventores de Estados ou Territórios, o prefeito do Distrito Federal, seus respectivos secretários, os prefeitos municipais, os vereadores e os chefes de Polícia), o desembargador Renato Martins Mimessi autorizou, na madrugada desta terça-feira, a transferência de Alex Testoni para o Centro de Correição da Polícia Militar.

Lenda

Não procede a informação que Testoni tentou suicídio no presídio. Ele teve um ligeiro problema com alimentação e passou mal, devido a alguns atrasos na entrega de seus medicamentos, e nada mais que isso. O que motivou, de fato, sua transferência foi a insalubridade da cela.

Mais um

A Assembleia Legislativa recebeu mais um pedido de impeachment contra o governador do estado, Confúcio Moura (PMDB). Desta vez, um professor e contador alega o envolvimento do chefe do Executivo em atos para corromper funcionários ocupantes de cargos comissionados, além de crimes de responsabilidade. As denúncias são as mesmas que compõem outros dois pedidos já em análise na Casa, feitos por dois servidores públicos. A nova representação foi lida nesta terça-feira (9), em sessão plenária. Porém, a comissão criada para apurar as denúncias contra o governador, presidida por Euclides Maciel (PSDB) e  tendo José Lebrão (PTN), como vice-presidente, Edson Martins (PMDB), relator, e os membros Cláudio Carvalho (PT) e Valdivino Tucura (PRP), já prepara uma enorme pizza, alegando “não ter em mãos cópia do inquérito” para poder julgar a questão. Lebrão e Martins, na semana passada, estiveram reunidos com Confúcio durante toda a tarde.

Nesta quarta

Dia 10, a Polícia Civil de Rondônia pretende indiciar dois funcionários da empresa Amazon Fort sob acusação de “ocultação de cadáver”, no caso envolvendo o bebê Nicolas Naitz. Cá entre nós, não sei onde cabe na cabeça de alguém que uma pessoa adulta pegaria o corpo de um bebê e o colocaria em uma sacola de lixo. Creio que qualquer pessoa com o mínimo de bom senso iria entregar esse corpo à família.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondencia para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Trombose tem relação com pílula e é uma causa de abortos naturais

Um fator de risco importante para o surgimento das tromboses é a variação dos hormônios. Por isso, as mulheres que tomam pílula anticoncepcional correm um risco de 4 a 6 vezes maior de sofrer do problema. A gravidez também é um período em que o risco é maior. Se a mulher já tem uma predisposição genética ao surgimento de tromboses – a trombofilia -, é recomendado buscar métodos contraceptivos alternativos, como a camisinha e o DIU. Se quiser ser mãe, ela pode ter que usar anticoagulantes, porque a trombofilia é uma das principais causas de abortos naturais. Também é importante controlar os outros fatores de risco. Obesidade e sedentarismo aumentam a incidência de tromboses, assim como o cigarro. Por isso, não fumar e praticar exercícios físicos regularmente são dicas importantes. A trombose ocorre quando um coágulo se forma dentro das veias e artérias do nosso corpo e bloqueiam a passagem do sangue. Nem sempre ela ocorre no ponto onde o coágulo se formou. Por isso, um coágulo formado na perna pode causar o entupimento de alguma via circulatória em partes mais vitais, como o coração, o pulmão e o cérebro.

Painel Político : Painel Politico por Alan Alex
Enviado por alexandre em 09/12/2014 02:33:36

Anulação

O advogado José Almeida Júnior que representa Lúcio Mosquini entrou na sexta-feira com um pedido de revogação da prisão do ex-secretário de Confúcio. O Tribunal de Justiça encaminhou ao Ministério Público para dar um parecer, o que deve acontecer até quinta-feira. Se não der certo, Almeida pretende impetrar habeas corpus. Por enquanto, Mosquini continua guardado.

Já no caso de Testoni

Que é representado por advogados de Ouro Preto do Oeste e Ariquemes, até hoje (segunda) não havia sido impetrado nenhuma medida judicial. O prefeito de Ouro Preto, Alex Testoni que também está preso teria passado mal no último fim de semana durante o café da manhã, mas segundo informações, passa bem.

Em Ouro Preto

Por determinação do Tribunal de Justiça, os vereadores empossaram a vice-prefeita, em uma medida completamente desnecessária, já que ela é vice e nem precisa de autorização da Câmara para substituir o prefeito. De qualquer forma, os vereadores queriam aguardar 15 dias para só então permitir que ela assumisse. Realmente, essa turma não tem vergonha na cara. Não entenderam ainda que a casa caiu e vai ser difícil reerguer.

Eu queria saber

Quem é o proprietário da casa que foi alugada pelo Estado para abrigar meninas infratoras em recuperação. Só uma observação, uma casa para custar R$ 14 mil de aluguel tem que ser muito, mas muito boa mesmo. A média de locação em condomínios de luxo em Porto Velho não passa de R$ 8 mil. A que o governador mora, por exemplo, paga aluguel bem acima do preço de mercado.

Por aqui

A assembleia legislativa deve ler nesta terça-feira representação contra os deputados estaduais Edson Martins e Adelino Follador por quebra de decoro parlamentar. O primeiro é acusado de prática de nepotismo (emprego de parentes no serviço público) tanto dele quanto de sua chefe de gabinete. Já Follador foi acusado por Batista de receber propina de uma empresa em troca de ajudar nos contratos da mesma.

Falando em nepotismo

Naquele bolo de 800 cargos criados pelo governo para acomodar os apadrinhados dos deputados em troca de apoio político, estavam as senhoras Paula e Ruth Donadon. Tem ainda Rosangela de Fátima Alevato Donadon, que esta afastada para aguardar aposentadoria sem haver estado numa sala de aula. Ocorre que para o servidor comum o governo exige declaração de todas as Escolas que ele trabalhou nos ultimos 25 anos. Só que tem um detalhe, ela mora em Brasília, não trabalha, recebe em dia, e tira até licença prêmio. Quem valida esses pontos vai ter que dar muita explicação.

Já viu?

A nova Pajero Dakar 2015 que está na LF Imports? Dá uma passada e confira as novas cores disponíveis. Com tanque maior, garante mais autonomia nas viagens. LF representa Mitsubishi em Porto Velho, Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena. Agenda um test-drive, garanto que se você vai mudar seu conceito em relação as SUV.

Falta de energia

Nesta segunda-feira um grupo de manifestantes bloqueou a BR 364 por mais de 3 horas na entrada da usina de Samuel. A fila estendia-se por mais de 20 quilômetros e o impasse foi resolvido com a chegada de representantes da Eletrobrás. Os manifestantes cobravam a implantação do programa Luz Para Todos, cujo cronograma em Rondônia está bem atrasado.

Enquanto isso

Em Ariquemes, terra de Confúcio Moura, a população está sofrendo, e muito com a buraqueira nas ruas da cidade. E em alguns pontos, que recebeu asfalto novo do DER, está alagando por um simples detalhe, faltou fazer a rede de drenagem de águas pluviais. O asfalto novo está se perdendo devido as alagações. Traduzindo, dinheiro jogado fora.

Falando em asfalto

A população de Rondônia, e eu me incluo nessa lista, quer saber o que foi feito com o dinheiro do PIDISE, que era para obras de infra-estrutura. Quem roda o estado sabe que o asfalto feito agora por último em vários municípios é da pior qualidade, as estradas estaduais estão parecendo peneira de tanto buraco. A coisa está realmente séria e alguém precisa tomar providências. Um bom começo seria pedir o mapa de pavimentação e ir conferir in loco, garanto que vai sobrar estrada no papel e faltar na vida real.

E na BR 364

Agora no último verão foram feitas obras de recapeamento em diversos trechos da BR, inclusive entre Presidente Médici e Piemnta Bueno. Pois o asfalto novo, que sequer tem 3 meses está estourando, e começam a aparecer uma série de buracos. Em outros pontos ele cedeu e criou aquelas estrias altas. Um serviço porco, a cara do DNIT de Rondônia que se presta a receber uma obra imunda dessas. O DNIT deveria convocar as empresas responsáveis pela porcaria e detereminar que elas refizessem as obras, sob pena de ficaram inadimplentes.

Pior

É a nossa bancada federal que não se manifesta sobre esse serviço mal feito. Sinceramente Rondônia está no fundo do poço quando o assunto é representação política em Brasília. Por aqui o DNIT não consegue duplicar nem os trechos de subida, duplicar a rodovia inteira então é um sonho distante, mas bem que poderia pelo menos fiscalizar os poucos serviços que estão sendo entregues.

Ainda o silêncio

Nem uma palavra do governo da cooperação sobre a prisão do principal assessor do governo nem do prefeito de Ouro Preto e principal cabo eleitoral de Confúcio. É como se nada tivesse acontecido.

E no Brasil da Dilma

Uma empresa do ex-ministro José Dirceu (PT) recebeu R$ 886,5 mil da empreiteira Camargo Corrêa entre maio de 2010 e fevereiro de 2011, segundo investigações da Polícia Federal. No mesmo mês em que o acordo entre as duas companhias foi firmado, a Camargo Corrêa fechou dois contratos com a Petrobras, que somam R$ 4,7 bilhões, para prestar serviços na refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira pela revista Época, que revelou documentos apreendidos pela PF durante a Operação Lava-Jato. Os documentos foram descobertos pelos agentes federais durante buscas na sede da Camargo Corrêa como parte da operação Juízo Final no mesmo dia em que houve buscas em outras oito empreiteiras e em que executivos foram detidos. De acordo com a reportagem da revista Época, os documentos reforçam a acusação de que essas empreiteiras formavam um cartel para garantir os maiores contratos da Petrobras, por meio de uma rede de corrupção e do pagamento de propinas a diretores da estatal e a partidos políticos. O contrato entre a Camargo e a empresa de Dirceu, chamada JD Assessoria, foi assinado em 21 de fevereiro de 2010, quando o petista era réu no processo do Mensalão. Segundo o texto, a JDA deveria fazer análise de “aspectos sociológicos e políticos do Brasil” e prestar serviços de “assessoria na integração dos países da América do Sul”. Dirceu também deveria, segundo a revista Época, divulgar o nome da construtora na comunidade nacional e internacional, além de fazer palestras e seminários em assuntos de interesse dela.

Falando em Lava-jato

Estão dizendo que acabou o estoque de Rivotril em Brasília e os assessores agora estão comprando nos estados de origem dos senadores e levando na mala para a capital federal.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondencia para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Metade dos homens fica deprimida durante o Natal, diz pesquisa

Metade dos homens admite sentir depressão ou tristeza durante o Natal, segundo um estudo feito pela Ong britânica Samaritans, que auxilia pessoas em depressão e com risco de suicídio. Das 140 pessoas entrevistadas on-line, 48% disseram que se sentem em baixa durante o mês de dezembro, e 45% revelaram ter mais preocupações durante as festas de fim de ano, em comparação com qualquer outra época. Cerca de 37% dizem que se sentem solitários durante um período que é tradicionalmente gasto com amigos e familiares e 30% dizem estar estressados e ansiosos devido a algum relacionamento e dificuldades financeiras. “Eu ouço pessoas me dizendo que estão sozinhas, ou que perderam recentemente o seu parceiro, ou que estão em uma enorme dívida”, relata um voluntário. “E é ainda mais difícil de lidar, porque é Natal, há a expectativa de que todo mundo está tendo um bom tempo”. No ano passado, a Samaritans recebeu cerca de 244 mil chamadas durante o Natal.

Painel Político : Painel Politico por Alan Alex
Enviado por alexandre em 05/12/2014 20:39:35

Complicando

Os promotores que estão em Ouro Preto do Oeste por conta das investigações da Operação Ludus, receberam a informação na tarde de quinta-feira, que dois funcionários de uma das empresas da família Testoni estavam indo a uma cerâmica queimar uma grande quantidade de documentos. Eles se dirigiram ao local e de fato, deram de cara com a dupla, com uma camionete cheia de documentos fiscais, na boca de um forno para tocar fogo em tudo.

Os homens

Se identificaram como funcionários da empres São Vicente, que por acaso é da irmã do prefeito Alex Testoni, Jaqueline Testoni e seu marido, Edson Vicente que foi secretário de Desenvolvimento Econômico no governo Confúcio Moura. Os documentos em questão eram do grupo Dom Bosco, de Alex Testoni. Eles foram apreendidos e estão sendo analisados. Esse episódio complica, e muito, a situação do prefeito. Sua prisão preventiva se deu exatamente para evitar que provas desaparecessem. Parece que não adiantou.

Enquanto isso

Nenhum defensor de Mosquini ou Testoni apresentou pedido de relaxamento de prisão ao Tribunal de Justiça. Como eles só podem obter habeas corpus por julgamento da Câmara Criminal, composta pelos desembargadores Oudivanil de Marins (relator), Eurico Montenegro e Gilberto Barbosa, a próxima reunião é no dia 11. Até lá eles devem permanecer onde estão.

Já viu?

A nova Pajero Dakar 2015 que está na LF Imports? Dá uma passada e confira as novas cores disponíveis. Com tanque maior, garante mais autonomia nas viagens. LF representa Mitsubishi em Porto Velho, Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena. Agenda um test-drive, garanto que se você vai mudar seu conceito em relação as SUV.

Sabe de nada, inocente

“Ficou claro que há um complô formado por adversários políticos que querem desestabilizar o governador Confúcio Moura. A atuação dessas instituições nestas operações são vaidades desmedidas, espalhafatosas, midiáticas como forma de chamar a atenção da população. Fiquei preso por pouco tempo porquê não provaram minha culpa. Li todo o inquérito e não há uma prova contra a minha pessoa”. A frase é de Gilvan Ramos, ainda secretário de Finanças do Estado, preso na Operação Platéias. Ele soltou essa e outras em entrevista a uma rádio de Ariquemes esta semana.

E disse mais

“Essas instituições deveriam ter mais respeito com as autoridades”. Também declarou, “eu poderia muito bem dizer que dei 100 mil reais para um magistrado. Será que o magistrado também seria preso?”. Bom, em relação as declarações de Ramos podemos dizer o seguinte, as instituições as quais ele se refere que deveriam “ter mais respeito com autoridades” é o Superior Tribunal de Justiça, nesse caso representado pela ministra Laurita Vaz, que determinou a prisão dele e dos demais, a Polícia Federal, que cumpriu os mandados, o Ministério Público, que conduziu o processo e a Controladoria Geral da União, que auditou as contas. Será que todo esse pessoal está errado e apenas Gilvan está certo?

Completando

“Vemos que muitos veículos (de comunicação) se aliaram a esse complô contra o nosso governo. Os veículos sérios querem mesmo é divulgar as obras que temos por todo o estado. Faltou divulgar mais, mas o governador Confúcio já está corrigindo essa parte da divulgação das ações da administração. A população muito em breve, verá os benefícios que vamos levar a todos”. Será que o “corrigir” ao qual ele se refere seriam gordos contratos publicitários? À propósito, por “veículos sérios” entenda-se chapa branca.

Lá em Ouro Preto

Vereadores e a vice-prefeita apareceram e ela foi empossada nesta sexta-feira. Não se sabe como ela vai conduzir os trabalhos. Apesar das denúncias que pesam contra Testoni, um fato é irrefutável, ele conseguiu administrar como ninguém a cidade de Ouro Preto do Oeste. Reduziu custos, a cidade é bonita e organizada. Qualquer um que assumir a gestão vai ter que mostrar competência e responsabilidade. Lamentável que ele tenha se envolvido nesse lambança, talvez tenha feito por amizade, ou por proveito próprio, vai saber, mas se mostrou, de fato, um grande gestor.

Quem comemorou

A prisão de Testoni, com direito a carreata (sozinho, mas fez) foi Ronilton Capixaba, ex-deputado estadual indiciado na Operação Dominó (2006). Inimigo declarado de Alex, ele disse, “agora somos iguais. Quando ele sair da cadeia será ex-presidiário e não vai poder me acusar de ser bandido, se eu sou, ele também é”. Teve outro morador, ainda não identificado, que soltou uma caixa de rojões em frente a prefeitura.

Jogo bruto

E o PSD, presidido por Moreira Mendes agiu rápido e em nota anunciou que vai dar início ao processo de expulsão de Testoni das fileiras do partido por dois motivos básicos, o primeiro é a infidelidade partidária. Alex apoiou abertamente Confúcio Moura e Lúcio Mosquini durante a campanha, mesmo seu partido tendo candidatos próprios. E o segundo de acordo com a nota, “por sua participação, segundo o Ministério Público, na suposta organização criminosa que atuava na execução das obras do Espaço alternativo em Porto Velho”. Moreira ainda aproveitou para “recomendar à Comissão Executiva Regional a intervenção e destituição do Diretório Municipal do PSD em Ouro Preto do Oeste”.

Pessoas próximas

A Testoni afirmam que a tendência é ele renunciar ao mandato tão logo seja solto. Ainda no início desse ano, o prefeito confidenciou a amigos a vontade de ir morar em Miami (EUA) por um tempo e ele deve fazer isso.

Já o PMDB

Se faz de gato moro em relação a prisão de Mosquini. Nem o governo, nem o partido se manifestaram e parece que não está acontecendo nada. Em função da Operação Lava-Jato, Brasília está pegando fogo e a turma por lá não quer nem saber de gente enrolada em escândalos de corrupção. A prisão de Mosquini pegou muita gente de surpresa por lá, porque ele já andava na Corte como deputado. Chegou a se reunir com Michel Temmer e outras lideranças do PMDB, mas agora que caiu em desgraça ninguém quer apadrinhar. Ao mesmo tempo, a Procuradoria Geral da República foi informada da situação e se movimenta para evitar a posse. Além dos problemas criminais, (ele também é investigado por enriquecimento ilícito) Mosquini reponde a ações decorrentes da campanha eleitoral, como abuso de poder econômico e político.

Portanto

O caminho a ser percorrido ainda é longo e espinhoso. Uma provação, diriam os evangélicos.

Recorrendo

Os advogados do senador Ivo Cassol apresentaram ao Supremo Tribunal Federal (STF) opostos aos embargos de declaração. Esse tipo de medida não costuma ser muito recomendável, afinal os ministros que não nasceram ontem, sabem que se tratam meramente de protelação. A tendência é o senador pagar uma pesada multa e começar a cumprir a sentença rapidamente. Vai vendo.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondencia para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Homens fumantes são três vezes mais propensos a perder cromossomos Y

Homens que fumam são três vezes mais propensos a perder seus cromossomos Y que os não fumantes. A conclusão é de pesquisa da Universidade de Uppsala, na cidade de Uppsala, na Suécia, publicado pela revista americana “Science”, nesta quinta-feira. Uma vez que a perda desses cromossomos está associada a um maior risco de idosos do sexo masculino terem câncer, a descoberta pode ajudar a explicar o motivo de homens desenvolverem tumores e morrerem da doença em maiores proporções que mulheres e também o porquê de o fumo parece ser um fator de risco maior para eles que elas. Os cientistas analisaram dados de mais de seis mil homens, levando em conta idade, hábitos de exercício, níveis de colesterol, nível educacional e outros fatores de saúde e de comportamento. Eles descobriram que é mais comum que o cromossomo Y, importante para a determinação do sexo e produção do esperma, desapareçam das células sanguíneas fumantes em comparação com homens que nunca fumaram ou que deixaram o hábito. Esse efeito parece depender do nível de dependência do usuário. Alguns homens que pararam de fumar chegaram a recuperar cromossomos Y. Uma das explicações para isso é que a perda de cromossomos Y seja um processo dinâmico e reversível. Ainda não está claro se a perda dos cromossomos Y é a causa do desenvolvimento do câncer ou se é um indicador de danos gerais causados nos cromossomos por causa do tabagismo. Mas indica que o hábito de fumar é um fator de risco evitável para a perda de cromossomos Y. Apesar de o câncer de pulmão ser o principal tipo de tumor associado ao tabagismo, fumar é um fator de risco para outros tipos da doença, fora do aparelho respiratório, que são mais comuns em homens que em mulheres.

(1) 2 3 4 ... 136 »