Painel Político - painel político por Alan Alex - Notícias
(1) 2 3 4 ... 152 »
Painel Político : painel político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 29/06/2015 20:21:45

Assembléia antecipa eleição da Mesa Diretora; a única mudança é a saída de Hermínio Coelho

E agora?

As instituições de ensino superior vão enfrentar um período nebuloso de agora em diante. Quando o governo federal escancarou o FIES, foi uma festa. Todo mundo correu e se inscreveu. O valor da mensalidade de alguns cursos disparou, inviabilizando o pagamento para quem não tem FIES. Pois é, o governo federal deve promover mudanças significativas nos financiamentos a partir deste segundo semestre, entre elas o aumento dos juros e o limite de renda dos beneficiados será menor. Os juros do financiamento vão passar dos atuais 3,4% ao mês para em torno de 6%.O programa terá oferta máxima de vagas por ano. O ministério quer financiar o estudo de 310 mil a 350 mil pessoas anualmente. Além disso, os tipos de cursos financiados e os indicadores de qualidade serão mais restritos. Medidas tomadas pelo governo no primeiro semestre serão oficializadas.

Essas medidas

Que foram antecipadas pelo jornal O Estadão em reportagem na semana pasada, já tiveram um efeito imediato nas ações dos grupos Kroton e Estácio, que lideravam as perdas do Ibovespa na sexta-feira. Os papéis registravam perdas de 6,57% e 5,05%, respectivamente. O próximo reflexo será uma redução drástica nos novos alunos. Com a restrição ao acesso também cai por terra o discurso de “universalização” do ensino superior, que o governo federal tem repetido incansavelmente. Com o sucateamento das universidades federais e os altos preços das particulares, o acesso ficará cada vez mais elitizado.

O problema agora

Vai ser administrar essa situação para atender a enorme demanda que busca o ensino superior a cada semestre com os altos preços que estão sendo praticados sem o apoio irrestrito do governo federal. A fonte secou. Mas o volume de estudantes só aumenta.

Outro problema

A crise econômica vem aumentando absurdamente a inadimplência em todos os segmentos e claro que isso vai refletir no pagamento desses financiamentos. O caixa deve explodir nos próximos dois anos. Resta saber se o governo terá condições de arcar com esses prejuízos, porque os bancos, esses nunca pagam a conta dos outros. Vão cobrar, e caro, essa fatura. É esperar para conferir.

Enquanto isso

Nenhum efeito foi sentido após a cobrança pública do governador Confúcio Moura em relação a segurança pública. Ele havia dito em seu blog que “todos tinham viajado, feito capacitação e cursos e estava na hora de mostrar resultados”. Não vieram. Nesta segunda-feira foi deflagrada uma operação contra bandidos que agiam dentro e fora dos presídios, mas esse trabalho já vinha sendo feito há meses. Nada a ver com o “intercâmbio” que a cúpula da segurança fez com a Colômbia há dois meses. Aquela viagem, até agora, não apresentou nenhum resultado prático.

Faltou bom  senso

Na sexta-feira da semana passada os lojistas da Avenida Carlos Gomes, em Porto Velho deram início a uma feira para tentar aquecer as vendas. Foram feitas comunicações a prefeitura e a Polícia Militar sobre o evento. A prefeitura, ao invés de ajudar com o evento, enviou todos os fiscais da SEMTRAN para o local e passou a multar os motoristas. Lógico que a clientela deu no pé.

Interessante

Que nas noites de sexta e sábado aquele mesmo trecho da Carlos Gomes fica intransitável devido a uma casa noturna que fica próximo. E lá a SEMTRAN não vai multar os motoristas que param em fila dupla, estacionam em qualquer lugar e saem embriagados dirigindo.

Nesta terça

Os deputados estaduais devem reeleger Maurão de Carvalho como presidente da Assembleia Legislativa pelos próximos dois anos. A atual composição da Mesa deve ter apenas uma mudança, sai Hermínio Coelho, que deixará de ser segundo vice-presidente.

Essa antecipação

Não seria feita, mas os deputados se reuniram e decidiram que seria melhor realizar o processo logo de uma vez. Maurão vem conseguindo fazer uma gestão sem sobressaltos e isso agrada tanto os deputados quanto o governo. Ele está longe de ser uma unanimidade, mas vem fazendo uma boa gestão.

Futuro

Maurão está trabalhando duro para capitalizar seu nome para o governo em 2018. Em seu quinto mandato como deputado estadual é veterano na Casa e ela ficou pequena. Ou ele sai a governo em uma composição em 2018 ou não disputa a reeleição para a Assembléia, disse o deputado.

No virtual

Todo mundo é colorido e apóia o combate ao preconceito, mas na vida real o assunto é espinhoso. O preconceito grita, e alto. Nesta segunda-feira o jornalista Zeca Camargo sofreu na pele isso. Uma crônica dele, veiculada no Jornal das 10 na Globonews fomentou uma onda de xingamentos e ataques homofóbicos ao jornalista por ele ter dito não conhecer o cantor Cristiano Araújo, morto em acidente de carro na semana passada com sua namorada. Camargo disse ainda não entender a comoção nacional que tomou conta do país. Foi o suficiente para que todos que estavam com seus perfis coloridos devido a decisão da suprema corte americana em apoiar o casamento entre pessoas do mesmo sexo, passassem a ofender o comunicador com frases como “morra bicha nojenta”, ou “você devia parar de dar o c* e se informar mais sobre a cultura de seu país” e outras asneiras do tipo.

Um verdadeiro

Festival de intolerância promovido pela total falta de entendimento sobre um texto, que de ofensivo, realmente não tinha nada. Assim como no fim de semana estavam todos “coloridos”, nesta segunda as máscaras caíram, e o Brasil mostrou sua verdadeira face preconceituosa, intolerante e agressiva. Os xingamentos não se limitavam a criticar o que Camargo disse. Inaceitável era “uma bicha louca falando isso sobre Cristiano Araújo”. Como diria Cazuza, o Brasil mostrou sua cara. E ela não é nada colorida.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Frigidez pode estar relacionada a alterações no ritmo cardíaco

A disfunção sexual em mulheres pode estar associada a uma baixa variabilidade da frequência cardíaca de repouso, aponta um estudo realizado pela Universidade do Texas, em Austin (EUA). A descoberta, creem os autores da pesquisa, pode ajudar os médicos a tratar a condição com mais eficácia. A variabilidade do ritmo cardíaco (VRC) – a variação dos intervalos de tempo entre dois batimentos cardíacos consecutivos de uma pessoa – pode indicar o quão bem um indivíduo responde a mudanças fisiológicas e ambientais. Uma baixa variabilidade da frequência cardíaca de repouso tem sido associada a várias condições de saúde mental, como depressão, ansiedade e até mesmo dependência de álcool, bem como à disfunção erétil em homens. VRC é uma medida sensível e objetiva do sistema nervoso autônomo, que compreende o sistema nervoso simpático – ele regula a resposta do corpo para situações de luta, por exemplo – e o sistema nervoso parassimpático, que regula as ações involuntárias do corpo, como a respiração e os batimentos cardíacos. Quando o corpo está estável, o sistema nervoso parassimpático tem um maior efeito sobre a frequência cardíaca. Os pesquisadores descobriram que, além de disfunção sexual geral, as mulheres com VCRs abaixo da média eram mais propensas a ter dificuldades com a excitação sexual. Com o recente apoio da FDA (a agência que regula tratamentos, medicamentos e alimentos nos Estados Unidos) ao que poderá ser o primeiro medicamento para tratar a disfunção sexual feminina, os pesquisadores acreditam que a VCR poderia ser usada como um índice para medir eventuais alterações relacionadas à ação da droga na função sexual.

Painel Político : painel político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 27/06/2015 00:20:00

Cúpula da segurança pública esteve viajando para “conhecer políticas de combate ao crime”, mas a situação só agravou desde então

Agora em vídeo

Estamos testando um novo formato para o site PAINEL POLÍTICO, e colocamos no ar nesta sexta-feira, 26, um pequeno programa piloto chamado “Resumo da Semana”, que como o próprio nome diz, é um resumo em vídeo dos temas que foram destaques durante a semana. Para conferir (e criticar, elogiar, ou simplesmente assistir), dá um clique AQUI. E vamos ter novidades, em breve estaremos colocando debates, fazendo entrevistas e esquentando o debate. Então, dá uma olhada e se puder, nos envie seu feedback. Este primeiro ainda não ficou muito legal, estamos testando enquadramentos e estúdio, mas o próximo já vai estar bem melhor.

E a educação?

O Portal G1 divulgou nesta sexta-feira um levantamento realizado em todo o país sobre o salário médio recebido pelos professores da rede pública de ensino. Os de Rondônia recebem R$ 2.498 por 40 horas semanais, o que resulta em R$ 15,61 por hora, abaixo da média nacional, que já é baixa, e paga R$ 16,95. Interessante, que mesmo com valores tão baixos o sindicato da categoria, Sintero, tão combativo nos primeiros anos do mandato do ex-governador Ivo Cassol, se mostra inerte em relação ao atual governo.

Mas tem mais

Além dos baixos salários, os educadores são submetidos a trabalhar em uma rede sucateada, sem nenhuma segurança e condições precárias, tal qual a segurança pública e demais setores de Rondônia, que só melhoram no papel e na propaganda oficial, que vem revoltando cada vez mais a população. As escolas estaduais estão sem professores em sala de aula. Os municípios como Nova Mamoré e Guajará – Mirim, por exemplo, são os mais prejudicados. Sequer os contratos emergenciais conseguem suprir a carência de professores devido o baixo salário e as péssimas condições de trabalho e o estado não paga difícil acesso.

Para ilustrar

A escola Casimiro de Abreu em Nova Mamoré. Os alunos do ensino fundamental estão sem aula de geografia a dois bimestres. Outro problema crônico no ambiente escolar, os professores estão sobrecarregados e dando aulas fora da área específica, ou seja, um profissional graduado em biologia, para completar a carga horária de 30h/a em sala de aula, completa com matemática, física ou química. Outro exemplo, um graduado em história, também dar aula de filosofia, sociologia, religião ou artes. Quando no governo passado, o professor permanecia apenas 24 horas/aula em sala de aula, e lecionando disciplina correspondente a sua formação universitária.

O cenário caótico

Se repete na segurança pública. Nesta sexta-feira um cidadão de Porto Velho foi furtado e procurou o 2º DP. Logo que chegou na entrada ouviu lá de dentro, “nem vem, o sistema está fora do ar”. Ele então tentou registrar a ocorrência via delegacia virtual. Só tentou mesmo, o sistema também não estava funcionando.

Efetivo

O último concurso realizado pelo Estado em 2014 (plena campanha eleitoral), abriu 144 vagas, sendo 10 para delegados. O governo está construindo as Unidades Integradas de Segurança Pública (UNISP) e elas vão reduzir (ainda mais) o número de delegacias e com isso piorando o atendimento nas comunidades. Delegacias estão sendo fechadas no interior por falta de Delegados, pouquíssimos Inquéritos são relatados.

Para complicar

Mais de 60 delegados estarão se aposentando e transpondo para o quadro federal, e esse quadro não será renovado tão cedo. O Estado vem reiterando em reuniões com sindicatos que está no limite da Lei de Responsabilidade Fiscal, mas também não adota mecanismos para conter a sangria e adequar a folha, preferindo entupir os órgãos com servidores comissionados beneficiados com altos salários, sem nenhum vínculo com o poder público.

Enquanto isso

Aprovados em concursos nas mais diversas áreas ficam assistindo, apatetados, o governo nomear apadrinhados diariamente em todas as secretarias. Os aprovados na SEJUS aguardam ser chamados e o concurso está para expirar. Os da Polícia Civil a mesma coisa, esses ainda estão sonhando com a conclusão das obras da Academia de Polícia. O pessoal do Detran, bem, esses já foram avisados que só daqui a uns 3 anos e meio. Portanto, como diria Júlio César, “alea jacta est”, ou “a sorte está lançada”. E vamos todos precisar de muita mesmo, porque com o agravamento da crise, a criminalidade vai disparar.

Continuo sem ver

A cúpula da segurança pública que viajou para a Colômbia em abril deste ano para fazer um “treinamento de políticas e gestão de segurança pública com objetivo de combater a criminalidade através do modelo nacional de vigilância comunitária a ser aplicada em especial no Estado de Rondônia” ainda não mostrou resultado. Quer dizer, a bandidagem continua aumentando, mas resultado prático mesmo…A população aguarda ansiosa por esse plano.

Break

Fim de semana, hora de preparar um churrascão para os amigos e parentes. A melhor pedida é dar uma passada no Prime Espaço Gourmet, ali na Jorge Teixeira, 2773 e comprar aquele corte especial para fazer um almoço caprichado. Lá também tem vinhos, cervejas importadas e nacionais, além de uma enorme variedade de especiarias.

Em Ouro Preto

Uma pesquisa eleitoral foi realizada no município e para a surpresa de muitos, o jornalista Roberto Gutierrez, cuja família reside na cidade, apareceu em segundo lugar nas intenções de voto para prefeito. O Instituto Phoenix foi o responsável pela sondagem. Gutierrez teria 18,1% dos votos.

Sobre a última coluna

Nós falamos sobre o caso de um servidor do DER, que é comissionado sem vínculo, cujo filho foi requisitado do Corpo de Bombeiros. Ambos estão lotados no órgão. O filho trabalha diretamente com o diretor do DER, Lioberto Caetano. Ele recebeu R$ 47 mil de quinquênio apenas dois meses após ter sido requisitado. Com relação a esse pagamento, o Estado ajuizou ADin e conseguiu liminar pra suspender o artigo da Lei que rege os servidores públicos que determina a indenização dos quinquênios. Hoje o Estado está pagando somente alguns sortudos. E o bombeiro, além de ter recebido esse benefício, ainda recebeu em duplicidade o salário do mês de março, saiu tanto dos bombeiros quanto do DER. Também é ele, e não seu pai, que está nos Estados Unidos, de férias.

Conheça

Se você só viu circulando pelas ruas, não fique na curiosidade. Dê uma passada na LF Imports na BR 364 e confira a linha Mitsubishi 2015 e 2016. A nova Outlander está um show de tecnologia, sem contar a linha Dakar da Pajero que veio renovada. Faça uma visita, agende um test drive e confira. A LF está com várias opções para quem quer um carro, e você ainda tem chance de ganhar um zerinho no fim do ano.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Droga que impede desenvolvimento de células cancerosas traz nova esperança de tratamento

À medida que um tumor cresce, suas células cancerosas aumentam o processo de ganho de energia para ajudar no seu desenvolvimento apressado. Este processo, chamado autofagia, é normalmente utilizado por uma célula para reciclar organelas danificadas e proteínas, mas é cooptado também para atender a sua energia aumentada e sua demanda metabólica. Cientistas do Instituto Salk e do Instituto de Descoberta Médica Sanford Burnham Prebys (SBP, na sigla em inglês), nos Estados Unidos, desenvolveram uma droga que impede o início de autofagia em células cancerosas, trazendo novas esperanças de tratamento para a doença. Publicado na revista “Molecular Cell”, o novo estudo identifica uma pequena molécula que especificamente bloqueava a primeira etapa de autofagia, efetivamente cortando os nutrientes reciclados que as células cancerosas necessitam para viver. Altamente seletivo, o medicamento, que os estudiosos chamaram de SBI-0206965, matou com sucesso uma série de tipos de células cancerosas, incluindo as de câncer de pulmão em seres humanos e em ratos e de câncer no cérebro em seres humanos, alguns dos quais são particularmente dependentes de reciclagem celular, conforme previamente mostrado em outros estudos.

Painel Político : painel político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 26/06/2015 01:17:17

Filho dele, que é lotado no órgão como servidor requisitado, recebeu quinquênio de mais de R$ 47 mil

Por aqui

A Construtora Odebrecht andou fazendo doações de campanha também aqui em Rondônia. Um dos beneficiados foi o delegado Thiago Flores (PMDB) que disputou uma vaga de deputado federal pela coligação “Rondônia no Caminho Certo 1”. O estreante recebeu um cheque, declarado em sua prestação de contas, no valor de R$ 50 mil. Atualmente Flores é secretário da Paz do governo Confúcio Moura. Nas eleições de 2014, a construtora doou R$ 48,278,100 para diversos partidos, mas foi o PMDB que abocanhou a maior fatia, R$ 15,290,000, o PT levou R$ 9,495,000 e os tucanos R$ 9,090,000.

A culpa é do Confúcio #sqn

Após a divulgação por PAINEL POLÍTICO que o Detran está com mais de 50% dos servidores em cargos comissionados e ao mesmo tempo não convoca os aprovados no último concurso, a autarquia emitiu uma nota, nesta quinta-feira afirmando que “a responsabilidade pelo preenchimento dos cargos em comissão é do governador Confúcio Moura”. Ou seja, eles literalmente empurraram o abacaxi para o Chefe do Executivo. A nota informa ainda que o Detran convocou “30% dos aprovados no concurso”, e que em outubro pode ocorrer um novo chamamento, mas destacou que o certame tem validade de 2 anos, podendo ser prorrogado por mais 2 a contar de janeiro deste ano. Traduzindo, “vocês podem se preparar para esperar mais 3 anos e meio”.

Ocorre

Que dessa vez, apenas esta, o governador não tem responsabilidade. O Detran vem sendo comandado pela família Gurgacz desde o primeiro mandato de Confúcio, e virou uma espécie de “empresa familiar”. O agora deputado estadual Aírton Gurgacz foi diretor da autarquia durante os primeiros quatro anos. Quando ele se afastou para concorrer ás eleições, assumiu Solange Gurgacz, que deixou o cargo recentemente e assumiu José de Albuquerque Cavalcante, que sempre foi próximo dos Gurgacz, tendo inclusive integrado o staff do então prefeito Acir Gurgacz, em Ji-Paraná.

No passado recente

Confúcio chegou a reclamar com assessores próximos do domínio dos Gurgacz sobre a autarquia. O governador se queixava exatamente da impossibilidade de interferir no órgão, que é controlado pela família do senador de Ji-Paraná e com a eleição de Aírton, a força política da família aumentou ainda mais. Sem contar que o acordo de reeleição de Confúcio passou pela permanência do Detran com os Gurgacz. Portanto, a batata quente que estão querendo empurrar para Confúcio, para ser justo, não é dele. O povo da Cascavel pode até ter forçado, mas a responsabilidade é só deles.

Enquanto isso

Os aprovados no concurso tem que aguardar. Para quem não sabe ou não lembra, essa “convocação de 30%” está eivada de suspeitas, porque alguns dos aprovados já são comissionados no Detran. E logo após o chamamento o Detran tentou reduzir a quantidade dos convocados, uma verdadeira lambança que quase acabou na polícia. O caso foi divulgado por PAINEL POLÍTICO com exclusividade.

Grampolândia

O deputado estadual Jesuíno Boabaid quer saber quem a SESDEC anda ouvindo com o Guardião e porque. Ele afirmou nesta quinta-feira que vai apresentar um requerimento na próxima sessão da Casa para que seja realizado, por uma empresa independente, uma auditoria no sistema Guardião que está sendo usado pela Secretaria de Defesa. O parlamentar afirma que recebeu denúncia de supostas irregularidades no uso do equipamento.  Para o deputado, “é inadmissível que um sistema utilizado para combater o crime esteja sendo utilizado como ferramenta para cometer crimes”.

Log do sistema

O Guardião, assim como qualquer sistema informatizado, possui logs (registros) de uso. É possível saber, analisando esses registros, quem foi o responsável pela inserção de números de telefones em operações que estão em andamento. Evidente que se trata de uma operação interna, restrita e também é possível apagar esses registros (quem assistiu Tropa de Elite II lembra da cena do assessor do secretário de segurança do Rio de Janeiro mandando o agente lhe entregar uma gravação e apagar os registros). Assim como na ficção, o uso inadequado de escutas também é utilizado na vida real. É gravíssimo porque invade, sem autorização judicial, a intimidade do cidadão. Pior, o contexto em que são apresentados trechos de conversas são muitas vezes distorcidos, daí a necessidade de se ter um controle eficiente do sistema.

O deputado

Está coberto de razão em cobrar essa auditoria, que foi cobrada também pelo Ministério Público do Estado, mas os trabalhos não foram concluídos devido ao grande volume de grampos que estavam sendo feitos. Mas uma coisa é certa, pelo que havia sido auditado já tinha coisa errada.

Até quando?

Um servidor comissionado no DER, cuja lotação completou quatro meses agora, entrou de férias e viajou para os Estados Unidos.O filho deste servidor, que é bombeiro militar foi requisitado para o DER há pouco mais de dois meses e recebeu agora, à título de quinquênio R$ 47.394,87. Não tenho certeza, mas não sei se o funcionário pode receber quinquênio de órgão que não seja o seu de origem. Qual foi o critério para pagamento desse benefício, sendo que existem dezenas de servidores públicos que até hoje não receberam o quinquênio?

E as férias?

E como um servidor (no caso o pai) consegue tirar férias após 4 meses de trabalho apenas? Só para esclarecer, pai e filho são amigos próximos de Lioberto Ubirajara Caetano de Souza, o diretor do DER. Será que Confúcio não sabe dessa? Acelera governador, passou da hora de trocar essa equipe que não consegue fazer as coisas funcionarem, exceto, é claro, os favores para os amigos.

Preventivo

Um habeas corpus preventivo impetrado no final da tarde de quarta-feira na Justiça Federal em Curitiba (PA) causou maior rebuliço no país nesta quinta-feira. O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) divulgou pela manhã, em sua conta no Twitter, uma foto do pedido que estava no sistema do TRF, tratava-se de um HC preventivo em nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele não fosse preso na Operação Lava-Jato. PAINEL POLÍTICO, que acompanha Caiado na rede social foi o primeiro a publicar, em todo o país, a informação. Cerca de 20 minutos depois a Folha de São Paulo também divulgou. Quase uma hora depois, o Instituto Lula, que administra a vida do ex-presidente informou que não havia sido ele o autor do pedido.

O caso

Gerou uma confusão e como o brasileiro ultimamente só tem lido títulos de links, Lula vai pagar esse pato. O ex-presidente esteve reunido no último fim de semana com seus advogados em São Paulo e ele foi aconselhado a assumir um ministério, pois assim ficaria com foro privilegiado (o STF teria que autorizar qualquer ação contra ele). Lula não teria dado resposta, mas pensa no assunto. Já é dada como certa a prisão dele como o “gran finale” da Operação Lava-Jato. Resta saber se ele vai pagar para ver.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Tomar AAS quando estiver infartando e tossir a cada dois segundos é eficaz?

De tempos em tempos, alguma recomendação popular intriga e a pergunta fica no ar: será que funciona? Grande parte delas é falsa e chega até a oferecer risco à saúde. Seria esse o caso da crença de muita gente de que, quando alguém perceber que está infartando, deve tomar comprimidos de ácido acetilsalicílico (AAS), começar a tossir a cada dois segundos e correr para o hospital? Quando se fala do AAS, essa informação procede, sim. Os especialistas explicam que o AAS é um excelente prolongador de vida. O cardiologista do Instituto do Coração de São Paulo (Incor) Alexandre Soeiro conta que o medicamento é fundamental no tratamento do infarto e que diminui as taxas de mortalidade quando administrado nas doses de 200 a 300 mg. O cardiologista do Hospital do Coração (HCor) César Jardim explica que estudos mostraram que o AAS é capaz de reduzir a mortalidade em até 25%. Já quando se fala da recomendação de tossir a cada dois segundos para interromper um infarto, a avaliação dos profissionais é outra: ela não procede, segundo os cardiologistas. Entretanto, segundo César Jardim, em alguns casos muito específicos, forçar uma tosse poderia ajudar. “São situações específicas que só o médico percebe, como quando há alguma alteração do ritmo, em que vai ter um reflexo vagal. É uma questão muito técnica”, diz ele, ressaltando que a pessoa que está infartando não conseguirá perceber isso. O cardiologista do Incor explica que tossir, ao menos, não fará nenhum mal a quem está infartando. Se tossir não traz riscos, o mesmo não se pode falar de deitar e dormir. Os profissionais também categóricos: é proibido deitar, dormir e deixar de ir ao hospital quando se está infartando.

Painel Político : painel político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 24/06/2015 23:59:59

Trechos de relatório da inteligência da Polícia Civil que conteriam degravações de conversas telefônicas podem ter sido encontrados no computador pessoal do governador

No dia

21 de maio deste ano, foi encaminhado ao Ministério Público Federal (MPF) os 48 volumes e 9 apensos do Inquérito 784, que tramita no Superior Tribunal de Justiça (STJ) em segredo. O inquérito investiga os supostos crimes cometidos pelo governador Confúcio Moura. Após ser analisado pelo MPF, o processo deverá dar uma acelerada e promete muita dor de cabeça ao ainda chefe do executivo estadual. Entre os 48 volumes constam diversos documentos que foram apreendidos na residência oficial, entre eles, e-mails que o governador recebia de seus assessores, vários inclusive alertando sobre crimes que estavam sendo cometidos em sua gestão. Também foi encontrada uma relação com nomes de servidores comissionados, com suas respectivas lotações e indicações.

Mas tem mais

Em agosto de 2012 a coluna PAINEL POLÍTICO revelou que o Ministério Público Estadual, à época comandado pelo ex-Procurador Geral Héverton Aguiar, estava investigando grampos clandestinos (interceptações telefônicas sem autorização da Justiça) que supostamente estariam sendo feitos pela Polícia Civil, tendo como alvos desafetos do governador Confúcio Moura. O relatório da auditoria que foi feito no sistema Guardião, utilizado pela SESDEC não foi divulgado, mas sabe-se que foram detectadas inúmeras irregularidades no uso do equipamento. E sabe quem sabia disso? Pois é, o próprio governador teria recebido alguns comunicados do serviço de inteligência com relatórios e transcrições de algumas interceptações. Parte desse material teria sido localizado no computador pessoal dele, que foi apreendido pela Polícia Federal na Operação Platéias.

A informação

Sobre escutas clandestinas, na época em que foi divulgada a notícia foi veementemente negada pela SESDEC e setores das Polícia Civil. Alguns delegados chegaram a sugerir que um sistema similar ao Guardião utilizado pelo Ministério Público também deveria ser auditado, mas ele já é, pelo Conselho Nacional do Ministério Público e pelo Conselho Nacional de Justiça. Fontes de PAINEL POLÍTICO garantem que alguns relatórios de inteligência que foram encontrados, integram o inquérito 784 do STJ. Se de fato forem comprovadas essas acusações contra o governador, a situação vai ficar ainda mais complicada.

Cassação

Confúcio Moura teve seu mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral no dia 5 de março deste ano por abuso de poder político e econômico. Uma liminar do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vem garantindo sua permanência no cargo. O mérito da ação deve ser julgada ainda este ano pelo TSE.

Falando em complicar

O executivo Marcelo Odebrecht foi flagrado pela Polícia Federal entregando um bilhete manuscrito que conteria a frase “destruir e-mail sondas”, que seria uma referência a colocação de sobrepreço de U$ 25 mil por dia em um contrato de operação de sondas para a Petrobrás. O e-mail a que ele se referia era de 2011 e tratava-se de uma conversa entre ele e alguns de seus executivos. Os advogados de defesa alegaram que a frase foi desvirtuada do contexto, ela se referia a destruição mas com a conotação de “rebater” ou “defender” em relação ao conteúdo do texto. Essa situação gerou um enorme desconforto.

Sobre esse caso

É claro que todos nós, brasileiros, queremos ver o país sendo passado a limpo. Mas estamos vivendo tempos perigosos, onde o judiciário parece estar se deixando levar pela opinião pública. Todos nós temos direitos constitucionais que precisam ser respeitados e defendidos. A justiça não pode ser usada como vingança. Como sociedade não podemos tolerar revanchismo, principalmente quando as questões envolvem política. Algumas dessas prisões da Lava-Jato estão sendo questionadas com toda a razão. No Brasil está se criando uma perigosa cultura do “prender para depois provar”. Não é assim que funciona. A Polícia cabe reunir provas, apresentar ao Ministério Público que por sua vez encaminha para a justiça.

Essa inversão

De valores principalmente no que diz respeito ao uso do Estado é extremamente perigosa e não é porque grande parte da população está em letargia que podemos permitir que isso ocorra. O Brasil atravessa um momento delicado em sua história e em nome da “moralidade” vem ocorrendo alguns atropelos que são inaceitáveis. Que se mude a legislação, mas não podemos permitir a interferência de poderes e principalmente que sejam cometidas injustiças. Não importa se é pobre ou rico, temos que ser coerentes. Pelos atuais movimentos da Lava-Jato, corre-se o risco de ter todo o trabalho simplesmente jogado no lixo, tal qual ocorreu com a Operação Satiagraha. Basta uma falha, um ato impensado que todo o processo é considerado nulo. E qualquer rábula sabe disso.

O resultado

De todo esse foguetório midiático pode ser milhares de reais jogados fora, reputações sendo destroçadas e uma imensidão de ações judiciais de danos morais. Porque na primeira instância tudo parece ser justo, até ser trazido para a luz dos tribunais superiores, onde apesar de alguma politicagem, ainda impera, de certa forma, o bom senso.

Além disso

É assustador imaginar toda a força do Estado sendo utilizada de forma indevida, meramente para atender os interesses de segmentos ou grupos políticos. A isso se dá o nome de ditadura, e por mais atraente que seja a utilização do poder de forma absoluta, é moralmente inaceitável e deve ser combatida a qualquer custo. Os poderes são constituídos para formação de nosso tripé social, legislativo, executivo e judiciário. Em função dos deslizes cometidos principalmente pelos dois primeiros, temos o terceiro sendo visto como “salvador” o que não é. O judiciário é composto por pessoas, passíveis de sentimentos mesquinhos como vaidade, ira e até ganância. Portanto é necessário que se cobre do legislativo e executivo que se comportem dignamente, e esses dois poderes estão nas suas mãos, caro eleitor.

Audiência pública

Nesta quinta-feira, a partir das 14 horas, até as 22, acontece no plenário da Assembleia Legislativa uma audiência pública, proposta pelo deputado estadual Léo Moraes (PTB), sobre o tema da reforma política. Grandes nomes do debate político regional e nacional participarão do evento, como Amadeu Machado, Zelite Carneiro, João Paulo Viana, Clenio Amorim, Juacy Loura Júnior, Erika Gehardt, Manuel Veríssimo, Luiz Felipe Andrade e os cientistas políticos Claudio Couto, da FGV-SP, e Maria do Socorro Braga, da UFSCar. Na ocasião, serão debatidos temas como o sistema eleitoral, financiamento de campanhas, voto facultativo, fim da reeleição, entre outros.

Em Porto Velho

A prefeitura informou ter concluído 65% da obra de drenagem no bairro Cidade Nova e que em breve espera, com a finalização das mesmas, acabar com o problema de alagação na área, em definitivo.

Tumultuando

O processo de chamamento emergencial para empresas de transporte coletivo urbano em Porto Velho teve duas empresas, uma de São Paulo (a mesma que havia vencido a primeira vez) e outra ligada ao Grupo Rovema. Ocorre que essa segunda não tinha a menor condição de atender o edital, e entrou para tumultuar o processo e dar mais tempo para as empresas que detém a atual concessão. São dias preciosos, que rendem uma bolada e para elas (as empresas) é muito bom esse tempo. Além de ganharem um dinheiro extra, ainda não precisam gastar nada. Como o contrato delas já encerrou, é só aguardar a formalização do chamamento. Elas ainda devem ficar prestando esse “serviço” por uns 30 a 40 dias.

Primeira chamada

No primeiro chamamento, faltou para a única empresa que havia se apresentado, um carimbo da Junta Comercial de São Paulo. De acordo com informações repassadas por pessoas ligadas ao setor de licitação, toda a documentação estava em ordem, apenas o carimbo estava faltando. Para evitar que o processo se estendesse por mais tempo, porque ai caberiam recursos e prazos, foi preferível abrir mão e participar do segundo chamamento. Agora é esperar correr os prazos para ver o desfecho dessa novela, que já está cansando a população.

Faltou cinto

O cantor Cristiano Araújo morreu na madrugada desta quarta-feira em acidente automobilístico próximo a Goiânia. O carro em que ele estava capotou em circunstâncias ainda não esclarecidas totalmente. Ele estava no banco de trás de seu carro, junto com a namorada. Ambos faleceram. O motorista e o empresário de Cristiano estavam no banco da frente e sofreram apenas ferimentos leves. O casal, segundo informações de testemunhas, estava sem cinto de segurança, o que poderia ter salvo a vida de ambos.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Novo vírus encontrado em Manaus causa paralisia nas pernas e pode matar

Um novo vírus capaz de causar paralisia e até de matar foi descoberto no Brasil. Pesquisadores da Fiocruz encontraram o gemycircularvirus em fezes de crianças de Manaus, no Amazonas, mas o micro-organismo também pode estar no Rio de Janeiro. A infecção afeta pessoas de todas as idades, principalmente quem mora em locais sem saneamento. Não se sabe como o vírus, presente em países da Ásia, chegou aqui. Entre 2007 e 2009, 1.500 amostras de fezes de crianças com diarreia atendidas em prontos-socorros de Manaus foram recolhidas para a pesquisa. A ideia era analisar que vírus e bactérias mais acometiam os pequenos de até 10 anos. O novo vírus foi achado quando o pesquisador norte-americano Tung Gia Phan entrou no estudo. Ele solicitou 600 amostras e, recorrendo à análise molecular, verificou o gemycircularvirus em seis. As crianças foram infectadas em Manaus (não há registro de viagem delas para outros locais). Ainda não é possível saber como o vírus — presente em países como Sri Lanka e Camboja — chegou. “A infecção ocorre pelo consumo de água contaminada. Por isso locais sem saneamento são vulneráveis”.

Painel Político : painel político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 23/06/2015 20:24:22

Órgão não conseguiu liberar nenhum plano de manejo esse ano; entre 2013 e 2014 foram quase 100 a menos

Números

Em 2013 a SEDAM liberou em Rondônia, exatos 710 planos de manejo ambiental, totalizando 4.339,578.1694 metros cúbicos de madeira extraída e replantadas. Em 2014 esse número despencou para 612 planos de manejo, que totalizaram 3.637,094.7145 metros cúbicos, uma redução de quase 1 milhão. Agora em 2015, estamos praticamente no final de junho e foram liberados 50, porém todos são re-análises, ou seja, já havia sido emitida a autorização e renovação, de novos processos, nenhum foi liberado. Esses números são uma prova de que a coisa está travada, emperrada e isso resulta, é claro, em menos dinheiro, empregos, matéria prima. A coisa está muito errada por lá.

O que funciona

De fato na SEDAM é o plano de manejo, mas de pessoal. Atualmente o órgão tem 11 policiais militares à disposição, sendo 5 cabos, 3 soldados, 2 coronéis e um tenente. Tem ainda 1 agente penitenciário e 2 agentes de polícia civil. Tem também um procurador que foi “puxado” para lá, que está acumulando dois salários, o de procurador mais a gratificação, os dois juntos somam a bagatela de pouco mais de R$ 40 mil.

Mas tem mais

Em 2014 o governador Confúcio Moura mandou, e a Assembleia aprovou, um projeto de lei que criou uma gratificação para grupos de trabalho na SEDAM. As gratificações variam de R$ 756 a R$ 2.100, sendo elas nível elementar (R$ 756), nível técnico (R$ 1.260) e nível superior (R$ 2.100). Essa brincadeira aumentou a folha de pagamento da SEDAM em 9,78%. Foram colocadas 127 pessoas para receberem essas gratificações, claro que todos, amigos do rei.

O CAR

Ou SICAR, que é o Sistema de Cadastro Rural, não está funcionando. A previsão para reinício das emissões é 10 de julho, porque até hoje o sistema estadual (SINLAN) não conseguiu ser sincronizado ao sistema nacional, devido a incompatibilidades. O atual secretário da SEDAM havia garantido que até a abertura da Rondônia Rural Show, que foi em 27 de maio “tudo estaria funcionando”. Não está.

Lógico

Que quem acumula prejuízo é o setor produtivo. Os trabalhadores do setor estão revoltados com a inércia da SEDAM, que desde que foi tomada por policiais, que deveriam estar nas ruas combatendo o crime, não consegue mais avançar. Essa situação ridícula precisa ser resolvida. Nada contra o remanejamento de pessoal, desde que isso seja feito para melhorar um órgão. Agora encher de gente simplesmente para atender interesses pessoais em detrimento de milhares de pessoas que dependem do sistema funcionando, é no mínimo uma brincadeira de mau gosto.

Parou tudo

Aliás, não é apenas a SEDAM que está emperrada. Nada está funcionando corretamente no Estado. Não foi apresentado nenhum projeto sequer do governo para resolver problemas que estão afetando diretamente a população, como segurança pública e políticas para juventude. Já falamos sobre isso em passado recente, falta qualificação profissional e nem governo, nem prefeituras nem entidades como a FIERO, estão fazendo algo para resolver essas questões. A criminalidade toma conta das ruas em todo o Estado e isso assusta e preocupa. Ao mesmo tempo o governo está completamente perdido em relação as demandas sociais. Parece que a única coisa que está, de fato acelerada, é a máquina de nomeações em cargos públicos.

A pergunta é

Você, um grande empresário que não vive em Rondônia, observa o cenário político local. Ele tem dinheiro, tem recursos e quer ampliar sua empresa. Pode optar pelo Mato Grosso, que vem sendo comandado por mão de ferro pelo ex-senador Pedro Taques, que tem uma política de austeridade, por Rondônia, cujo governador está cassado e governa por força de liminar e não consegue sequer dar uma ordem sem que ela seja solenemente desobedecida, ou vai para o Acre, feudo petista no Norte, mas que vem conseguindo bons resultados, empresarialmente falando?

Você já viu

A quantidade de empresas e profissionais liberais que está migrando para o Acre, Mato Grosso e Amazonas? Pois é, reflexo de nossas “aceleradas” nos últimos anos.

E o Brasil?

Os juros do cheque especial atingiram a inacreditável marca de 232% e o cartão de crédito o surreal índice de 360% ao ano. Isso é o sonho de qualquer agiota no mundo. São taxas absurdamente extorsivas, que ampliam os índices de inadimplência e colocam o país em cheque. O governo Lula estimulou o consumo durante 8 anos seguidos, subsidiando linha branca, veículos e outros produtos, criando uma ilusão que estávamos todos na América. A fatura começa a ser cobrada agora. Fazer um CDC é praticamente vender a alma ao capiroto. Um conselho? Quebre seus cartões de crédito, toque fogo nos talões de cheque e esqueça que um dia isso existiu.

Prisões

O Portal G1, das organizações Globo, divulgou nesta terça-feira um raio-x do sistema prisional no país e mostrou o déficit e lotação em cada estado. Rondônia tem hoje, 9.764 presos, para 5.985 vagas, ou seja, está 61,3% acima de sua capacidade. Desses, 7.633 já estão condenados e 2.131 são presos provisórios. No Brasil são mais de 615 mil presos, prova que a coisa está muito errada nesse país.

Exemplo

Uma foto de policiais oferecendo comida a uma criança na periferia de Fortaleza (CE) viralizou nas redes sociais. Até essa terça-feira (23), a imagem já teve mais de 2,2 mil compartilhamentos no Faceboook.  O garoto, de dois anos, foi surpreendido por um carro do programa de policiamento Ronda do Quarteirão na semana passada, quando os policiais circulavam pelo Bairro Aerolândia e tiveram a iniciativa. O responsável pelo policiamento na área, capitão Paulo Mendes, comentou a repercussão da foto. “Eu fiquei muito alegre, mas não me surpreende, meus policiais todos têm essa iniciativa positiva. É isso aqui que faz as crianças olharem para os polciais e reconhecerem os seus heróis.” O pai da criança da foto, o auxiliar de serviços gerais Eduardo Silva, disse que se assustou quando viu a aproximação dos policiais ao seu filho. “O carro passou e tirou foto e pensava que era alguma coisa. Agora, eles deixa marmita, deixa brinquedo e ele gosta”, diz. As informações são do G1.

Abusos

Chama a atenção a quantidade de ações movidas contra a CERON em Rondônia, por danos morais oriundas de inscrições em Serasa, perícias irregulares e suspensão no fornecimento de energia. Mas isso acontece por um detalhe bem simples, não são os gestores que pagam essa conta, somos nós, trouxas. Por isso eles não estão nem aí para organizar esse festival de abusos cometidos pelas empresas terceirizadas que prestam serviços diversos para a companhia. Enquanto isso, continuamos sendo extorquidos nessas contas loucas que só eles entendem.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Jeans apertado pode danificar músculos e nervos, alerta estudo

Uma australiana de 35 anos foi ajudar a encaixotar a mudança de um parente e acabou sendo internada por dias, com danos nos músculos e nervos da perna. A culpa, segundo os médicos, foi do jeans apertado que ela estava usando. O caso foi publicado no Journal of Neurology, Neurosurgery and Psyachiatry por pesquisadores australianos da Universidade de Adelaide, em um estudo para alertar sobre os perigos de se usar jeans bastante apertados, conhecidos como “skinny”. O perigo no caso da australiana é que ela passou horas agachada, esvaziando armários. No meio do dia, ela sentiu que sua calça estava extremamente apertada e, quando estava a caminho de casa para tirá-la, caiu e não conseguiu mais se levantar. Seus pés estavam dormentes e ela teve de ser levada ao hospital. Chegando lá, suas pernas e tornozelos estavam severamente inchados – tanto que seu jeans precisou ser cortado. Os médicos perceberam que havia um dano no nervo entre a panturrilha e os pés da paciente – e a diagnosticaram com síndrome compartimental. Eles disseram que o problema foi agravado por seu jeans justo. Segundo eles, essa síndrome é extremamente dolorosa e pode ter consequências sérias, ligadas ao inchaço excessivo ou a possíveis problemas de sangramento nos músculos. Qualquer tipo de compressão na área da panturrilha, segundo os pesquisadores australianos, pode apertar o nervo e causar danos, que levam a sintomas como fraqueza, dormência ou dor na região.

(1) 2 3 4 ... 152 »