Regionais - IMAGENS FORTES! Corpo de homem com as mãos amarradas para trás e com várias facadas é encontrado - Notícias
« 1 (2) 3 4 5 ... 7241 »
Regionais : IMAGENS FORTES! Corpo de homem com as mãos amarradas para trás e com várias facadas é encontrado
Enviado por alexandre em 21/04/2018 22:55:11


Um homem com 30 anos de idade aproximadamente, vestindo apenas uma bermuda nas cores preta e verde, foi assassinado com várias facadas e seu corpo foi encontrado nesta sexta-feira, 20, logo que o dia amanheceu, no quilômetro 8 da rodovia AM-070, ramal Carlos Braga, município de Iranduba. As mãos estavam amarradas para trás com um pedaço de pano. Os golpes de faca, bem profundos, atingiram as costas, peito, pescoço e região abdominal da vítima. Moradores do ramal saíram para apanhar frutas no meio do mato e se depararam com o cadáver.

A Polícia Militar foi comunicada do crime e informou o ocorrido ao Instituto Médico Legal (IML) e à Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), que enviaram equipes para o ramal, que já foi palco de outras execuções e "desovas" de corpos, segundo lembrou um dos moradores. Os policiais não encontraram documento pessoal com o homem assassinado e o cadáver foi removido do local por volta das 09h30, sendo trazido para Manaus e encontra-se na sede do Instituto Médico Legal até o momento, aguardando que alguém compareça para fazer a identificação.

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES!

Regionais : CENÁRIO SEM LULA: Bolsonaro é líder, mas Barbosa vence no 2º turno
Enviado por alexandre em 21/04/2018 22:47:06


O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), 63 anos, tem de 20% a 22% e lidera de maneira isolada a pesquisa DataPoder360 de intenção de votos para presidente da República. Em 2º lugar vem Joaquim Barbosa (PSB), que também tem 63 anos, com 13% a 16%.

Nos cenários que testam confrontos de 2º turno, Bolsonaro ganha com folga do pré-candidato do PSDB a presidente, Geraldo Alckmin, 65 anos. O deputado tem 41% contra apenas 18% do tucano.

Já contra Joaquim Barbosa a situação de Bolsonaro piora. O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal registra 37% num eventual 2º turno contra 32% do capitão do Exército na reserva.

A pesquisa DataPoder360 foi realizada nos dias 16 a 19 de abril, por meio de ligações telefônicas (para aparelhos celulares e fixos), e teve 2.000 entrevistas em 278 cidades brasileiras. A margem de erro do levantamento é de 2,2 pontos percentuais. O estudo está registrado no TSE sob o número BR-06596/2018.

O DataPoder360 testou 2 cenários para presidente da República. Como os candidatos ainda não estão definidos –o prazo legal vai até 15 de agosto– a Lei Eleitoral permite que se faça qualquer combinação de nomes.

No caso do levantamento que está sendo divulgado neste sábado (21.abr.2018), a opção foi por fazer 1 cenário no qual fossem testados apenas os políticos cuja exposição indicasse taxas acima de 5% e também 1 nome do PT –considerando-se que a tendência é que o Partido dos Trabalhadores possa ter 1 nome próprio em substituição ao de Luiz Inácio Lula da Silva, no momento preso e cumprindo pena de 12 anos e 1 mês em Curitiba (PR).

Esse cenário 1 ficou com 7 nomes e permite ao eleitor refletir sobre os principais concorrentes ao Planalto até este momento.

Os resultados desse cenário, com uma casa depois da vírgula, foram estes: Jair Bolsonaro (22,4%); Joaquim Barbosa (16,3%); Ciro Gomes (8,4%); Marina Silva (8,2%); Fernando Haddad (7,4%); Alvaro Dias (6,3%); Geraldo Alckmin (5,5%); branco ou nulo (17,3%) e não sabe ou não respondeu (8,2%).

Como se observa, o chamado “não voto” está na casa de 25% dos eleitores nesse cenário. O “não voto” é o grupo dos que dizem que votam em branco, nulo e nenhum e os que não sabem ou não respondem.

O que também chama a atenção nesse cenário é o desempenho modesto do tucano Geraldo Alckmin e o percentual do petista Fernando Haddad, de 55 anos.

Os nomes do PT citados para ocupar o lugar de Lula sempre têm, em geral, perto de 1% ou 2% em pesquisas que incluem mais de 10 políticos na lista de candidatos. Nesta simulação, apenas com os mais competitivos na disputa neste momento, já é possível perceber que dificilmente o PT deixará de ter algum peso na corrida pelo Planalto –apesar de seu maior líder estar preso.

A seguir, uma tabela com os dados desse cenário com 7 nomes e já com os percentuais arredondados para facilitar a leitura:

3º LUGAR EMBOLADO
Como se observa, o 2º lugar fica embolado entre 5 candidatos, todos empatados dentro da margem de erro da pesquisa, que é de 2,2 pontos percentuais.

Por que testar 1 cenário que possivelmente não existirá no 7 de outubro, já que há indícios de que esta eleição terá muitos candidatos? Quem responde é o cientista político Rodolfo Costa Pinto, responsável pelas pesquisas do DataPoder360:

“Este é 1 momento em que jornalistas, políticos e analistas já estão pensando muito na eleição. Mas a população em geral ainda não está ligada nesse debate. Fazer uma pesquisa com muitos cenários e mais de 10 nomes em cada lista de candidatos tende a ser contraproducente. O eleitor se confunde. O DataPoder360 quis testar nomes que neste momento são mais competitivos para simular como é o desempenho deles apenas uns contra os outros. Isso é importante porque nos dá uma ideia de como se dá a percepção do eleitor nesse cenário mais reduzido que foi proposto”.

A pesquisa do DataPoder360 também escolheu 1 cenário com mais nomes, apenas para fazer 1 exercício estatístico e comparar com o que vem sendo averiguado em outros levantamentos. O relato sobre os resultados está mais abaixo neste post. Não há muita diferença –aliás, quase nenhuma– do que apuraram outras empresas de pesquisa de intenção de voto.

ESTRATIFICAÇÃO
No caso do cenário reduzido, com 7 nomes competitivos, há indícios que devem ser levados em conta sobre a atual fase da corrida presidencial de 2018. Por exemplo, a diferença de intenção de voto entre homens e mulheres.

Jair Bolsonaro tem 27% entre eleitores homens e só 19% das mulheres. Joaquim Barbosa também tem maior preferência do voto masculino (19%) do que do feminino (14%).

No polo oposto está Alvaro Dias (Podemos), 73 anos. O ex-governador do Paraná e ex-tucano tem 4% de intenção de votos entre homens, mas 9% entre as mulheres.

É muito importante considerar, entretanto, que a margem de erro da pesquisa (2,2 pontos percentuais) só vale para o total da amostra. Quando se observam percentuais por grupos demográficos, a margem aumenta, pois é usada no cálculo uma base menor de entrevistados.

ESCOLARIDADE, RENDA E IDADE
As estratificações da pesquisa indicam que Jair Bolsonaro vai bem entre eleitores de 25 a 44 anos, faixa na qual chega a 27% das preferências.
Leia Também: Lula pode perder regalias de ex-presidente

Bolsonaro atinge 29% entre os eleitores com nível médio de escolaridade e vai a 38% entre os eleitores com renda mensal de 5 a 10 salários mínimos.

CENÁRIO 2, COM 12 NOMES
O outro cenário testado pelo DataPoder360 teve 12 nomes de possíveis candidatos a presidente. Os resultados indicam a liderança de Jair Bolsonaro, com 20%.

Em 2º lugar numérico vem Joaquim Barbosa, com 13%. Trata-se de uma posição apenas numérica porque o ex-presidente do STF está tecnicamente empatado com Marina Silva (Rede), 60 anos, que tem 10%.

Vários candidatos aparecem embolados depois de Bolsonaro, Barbosa e Marina. Variam de 6% a 9%, todos empatados entre si na margem de erro, de 2,2 pontos percentuais.

O resultado exato deste 2º cenário do DataPoder360 com os percentuais com uma casa depois da vírgula é o seguinte: Jair Bolsonaro (20,0%); Joaquim Barbosa (12,9%); Marina Silva (10,0%); Ciro Gomes (9,0%); Geraldo Alckmin (8,0%); Alvaro Dias (6,0%); Fernando Haddad (3,9%); Manuela D’Ávila (2,0%); Fernando Collor (1,0%); Guilherme Afif (1,0%); Guilherme Boulos (1,0%); João Amoêdo (0,5%); branco ou nulo (16,8%) e não sabe ou não respondeu (7,9%).

CENÁRIOS DE 2º TURNO
O DataPoder360 testou apenas 2 cenários de 2º turno.

No primeiro deles, Bolsonaro ganha de Alckmin com larga vantagem: 41% a 18%.

No outro confronto testado de 2º turno, o resultado dá vitória a Joaquim Barbosa, com 37%, contra 32% de Bolsonaro.

Ou seja, a possível entrada do ex-presidente do STF realmente desarruma o terreno que estava se formando para a corrida pelo Planalto. Não está claro ainda se Barbosa será candidato, pois há resistências internas no PSB ao nome dele. O próprio magistrado aposentado também diz não ter segurança sobre se deve ou não entrar na disputa.

O fato é que, neste momento, ainda sem ter sido escrutinado pela mídia e sem ter se apresentado para confrontos com os adversários, Barbosa aparece como 1 dos poucos nomes competitivos para sucessão de Michel Temer (MDB) no Palácio do Planalto.

CONHEÇA O DATAPODER360
A operação jornalística que comanda o Drive e o portal de notícias Poder360 lançou em abril de 2017 sua divisão própria de pesquisas: o DataPoder360.

As sondagens nacionais são periódicas. O objetivo é estudar temas de interesse político, econômico e social. Tudo com a precisão, seriedade e credibilidade do Poder360.

SAIBA QUAL É A METODOLOGIA
O DataPoder360 faz suas pesquisas por meio telefônico a partir de uma base de dados com dezenas de milhões de números fixos e celulares em todas as regiões do país.

A seleção dos números discados é feita de maneira aleatória e automática pelo discador.

O estudo é aplicado por meio de 1 sistema IVR (Interactive Voice Response) no qual os participantes recebem uma ligação com uma gravação e respondem a perguntas por meio do teclado do telefone fixo ou celular.
Leia Também: PF pode buscar Lula na sede do Sindicato em viatura descaracterizada

Só ligações nas quais o entrevistado completa todas as respostas são consideradas. Entrevistas interrompidas ou incompletas são descartadas para não produzirem distorções na base de dados.

Os levantamentos telefônicos permitem alcançar segmentos da população que dificilmente respondem a pesquisas presenciais. É muito mais fácil atingir pessoas em áreas consideradas de risco ou inseguras –como comunidades carentes em grandes cidades– por meio de uma ligação telefônica do que indo até as residências ou tentando abordar esses cidadãos em pontos de fluxo fora dos seus bairros.

“É importante levar em conta que cada empresa usa uma metodologia diferente em suas pesquisas. O que é relevante é adotar 1 método consistente, que leve em conta a demografia do eleitorado brasileiro e que faça as ponderações corretas. É isso o que fazemos no DataPoder360. Estudos de intenção de voto com entrevistas presenciais têm suas características próprias, assim como as pesquisas telefônicas. Por exemplo, algumas pessoas podem se sentir mais à vontade para declarar seu voto olhando nos olhos do entrevistador. Outros se sentirão mais confortáveis fazendo isso ao telefone. Nenhum método é mais certo ou errado do que o outro. O importante é a consistência da metodologia e a possibilidade de repetir os estudos com frequência, pois a curva dos percentuais de cada candidato é que revela uma possível tendência, e não apenas 1 levantamento isolado e feito a cada 3 ou 4 meses”, explica o cientista político Rodolfo Costa Pinto.

O resultado final das pesquisas DataPoder360 é ponderado pelas variáveis de sexo, idade, grau de instrução e região de origem do entrevistado ou entrevistada. A ponderação é 1 procedimento estatístico que visa compensar eventuais desproporcionalidades entre a amostra e a população pesquisada. O objetivo é que a amostra reflita da maneira mais fiel possível o universo que se pretende retratar no estudo.

O DataPoder360 trabalha com uma margem de erro preferencialmente inferior a 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. Esse percentual pode variar em cada levantamento e os leitores são sempre informados detalhadamente sobre qual foi a metodologia utilizada.

Neste ano de 2018, as pesquisas de intenção de voto seguem estritamente todas as determinações legais e as resoluções da Justiça Eleitoral.

Esta rodada do DataPoder360 foi realizada de 16 a 19 de abril de 2018. Foram entrevistadas 2.000 pessoas com 16 anos ou mais em 278 cidades em todas as regiões do país. A margem de erro deste estudo é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

O registro desta pesquisa no TSE é BR-06596/2018.

Fonte: Poder360

Regionais : O amor é lindro! Procurador Federal,casado com consul, consegue liberação para trabalha no Japão ao lado do amado
Enviado por alexandre em 21/04/2018 22:43:08


Um procurador do Ministério Público Federal (MPF) conseguiu permissão para trabalhar do outro lado do mundo. Casado com o diplomata Saulo Arantes Ceolin, 43 anos, o advogado brasiliense Leandro Santos da Guarda, 35, poderá desempenhar suas funções remotamente de Tóquio, no Japão – cidade onde seu cônjuge é cônsul adjunto do Brasil.

A decisão da juíza federal Iolete Maria Fialho de Oliveira quebra dois paradigmas. O primeiro, sobre o trabalho a distância em outros países; o segundo, ao reconhecer o casamento homoafetivo como núcleo familiar.

“Entendo que a unidade familiar no caso em apreço deve ser preservada, com a prestação de serviço por parte do autor de forma remota, situação plenamente regulamentada pelo órgão empregador em questão, o qual inclusive tem competência para o estabelecimento de metas, monitoração da prestação do serviço, aplicação de penalidade, ou seja, o exercício de todas as prerrogativas inerentes à administração perante um servidor”, afirmou a juíza no veredito.

Saulo e Leandro são brasilienses. Casados desde 2012, eles optam pela discrição. O advogado que os representa, no entanto, comemorou a decisão. “Com o advento do processo eletrônico, a autorização do teletrabalho para as carreiras jurídicas é uma tendência natural que acaba por aumentar a produtividade e a qualidade da atividade desenvolvida. A decisão está alinhada a uma tendência mundial”, disse Davi Evangelista.

METROPOLES

Regionais : Casados há 82 anos ficarão juntos em hospital
Enviado por alexandre em 21/04/2018 22:34:16

Casados há 82 anos ficarão juntos em hospital


G1

"Cadê Bastiana, ela tá bem?" É desse modo que, diariamente, Francisco de Alencar, 102 anos, acorda e pergunta pela saúde da esposa, Sebastiana Matos, de 101. Casados há 82 anos, os aposentados estão internados, há dois dias, no mesmo quarto do Hospital Regional de Samambaia.

A história de amor deles e o cuidado de um com o outro chamou a atenção dos profissionais de saúde que fazem o atendimento no hospital público do Distrito Federal.

Ela, com o agravamento no quadro de diabetes, foi internada na segunda-feira (16), com a glicemia alta e sintomas que indicavam o aumento da pressão arterial. Inicialmente gripado, Francisco deu entrada no dia seguinte e foi diagnosticado com insuficiência renal. Em alas diferentes, os dois não cansavam de perguntar um pelo outro, conta a neta do casal, Jane Alves. "Meu avô queria saber se a 'Bastiana' dele estava bem, se ainda estava ali."

Percebendo a situação, a direção do hospital quebrou o protocolo e decidiu colocar os dois no mesmo quarto. Desde quinta-feira (19), Sebastiana e Francisco passam boa parte do tempo de mãos dadas, com as camas lado a lado.

Mais debilitada por causa dos sintomas da doença de Alzheimer e, às vezes, inconsciente, Sebastiana expressa poucas reações. No entanto, mesmo com dificuldade em se movimentar, o marido não deixa de se preocupar.

Ele se preocupa mais com ela do que com ele mesmo. Na hora que a comida dele chega, meu avô quer saber se a dela chegou também."Ontem [quinta] perguntamos a ele se, quando casaram, se amavam muito. Meu avô respondeu que ainda ama, que é muito apaixonado por ela", conta a neta sorrindo. "É muito lindo de ver o amor dos dois".

Ainda sem previsão de alta médica, mas com o quadro do casal considerado "mais estável", durante o dia a família decidiu juntar as camas onde os idosos estão deitados. À noite, por causa dos aparelhos, elas precisam ser separadas. "Quando se afastam ela sente muito", diz a neta. "Meu avô passa a noite toda procurando pela mão dela."

Regionais : Prostitutas e casais são punidos com chicotadas
Enviado por alexandre em 21/04/2018 22:27:57

Prostitutas e casais são punidos com chicotadas

O DIA

Prostitutas e casais apaixonados foram punidos em público nesta sexta-feira com chicotadas, aplicadas pela polícia da sharia em Aceh, única província da Indonésia que aplica a lei islâmica.Mais de mil pessoas, incluindo dezenas de turistas da vizinha Malásia, assistiram às cenas de flagelo diante da mesquita de Banda Aceh, capital da província, onde os condenados foram vaiados quando receberam as chicotadas nas costas.

Cinco mulheres e três homens foram condenados por não respeitar as regras da sharia (lei islâmica), acusados de gestos de afeto em público ou pela oferta de serviços sexuais na internet, anunciaram as autoridades locais.

Além das relações heterossexuais entre pessoas que não são casadas e da oferta de serviços sexuais, o consumo de bebida alcoólica, as relações entre pessoas do mesmo sexo e os jogos de azar estão proibidos nesta província do país muçulmano de maior população no mundo. A província de Aceh foi autorizada a aplicar a lei islâmica depois de obter de Jacarta um estatuto de autonomia em 2001 para acabar com décadas de rebelião separatista.

« 1 (2) 3 4 5 ... 7241 »