Regionais - Pai espanca bebê de dois meses até a morte em hospital - Notícias
« 1 (2) 3 4 5 ... 6442 »
Regionais : Pai espanca bebê de dois meses até a morte em hospital
Enviado por alexandre em 22/06/2017 12:31:00


O pai de um bebê de apenas dois meses espancou-a até a morte enquanto aguardava a mãe da menina no hospital. O caso aconteceu no bairro do Campo Limpo, na zona Sul da cidade de São Paulo, na madrugada de quarta-feira, dia 21.

Alan Duenho, o pai da criança, se alistou no serviço militar obrigatório em 2014, ingressou em 2015 e deu baixa no Exército em 6 de agosto de 2016, após cumprir um ano do trabalho obrigatório. Ele não mais faz parte do Exército Brasileiro.

De acordo com as investigações do 37º DP Campo Limp, a família se dirigiu ao hospital durante a madrugada. Enquanto a mãe era atendida por médicos, Duenho decidiu esperar no carro junto com o bebê. Por volta das 3h30 da manhã, a sogra dele apareceu no carro dizendo que sua filha permaneceria internada e por isso, teria que ir até a residência do casal buscar roupas e deixar a criança dormindo.

Ao chegar na casa, ele desembarcou a filha do carro e a colocou enrolada em um cobertor na cama. Até aí a avó não tinha percebido que algo estava errado afinal, acreditava que a neta estava dormindo.

Aproximadamente meia hora após a chegada, a mulher avistou Alan pulando o muro e sair correndo pela rua. Nesse momento, a sogra subiu para checar como a menina estava e encontrou-a enrolada na coberta, mas sem vida e com sinais de espancamento.

A Polícia acredita que Alan tenha batido a cabeça da criança contra o volante enquanto aguardava a esposa. A mãe do bebê continua internada e não teria participado do crime. Alan Duenho está foragido.

agência estado

Regionais : Blogueira francesa morre após explosão de sifão de chantilly
Enviado por alexandre em 22/06/2017 08:15:09

Blogueira francesa morre após explosão de sifão de chantilly


Parte superior do aparelho explodiu e a feriu gravemente no peito


A blogueira francesa Rebecca Burger, muito conhecida no mundo do exercício físico e dos esportes, morreu depois que o sifão de chantilly que estava utilizando explodiu acidentalmente, no sábado, informou uma fonte policial da comuna de Mulhouse, no leste da França. Rebecca usava o sifão quando a parte superior do aparelho explodiu e a feriu gravemente no peito.
A blogueira morreu pouco depois do acidente em consequência dos ferimentos. A gendarmeria, a força policial militar, abriu uma investigação. Em seu perfil no Instagram, a família confirmou a morte. “É com grande tristeza que anunciamos a morte de Rebecca, em 18 de junho de 2017, em decorrência de um acidente doméstico”, escreveu.

Em 2014, ocorreram dois acidentes parecidos no departamento de Altos do Sena, a oeste de Paris, mas as vítimas sobreviveram. O Instituto Nacional de Consumo já tinha alertado 60 milhões de consumidores sobre o risco de utilizar este tipo de sifão, da marca Ard’Time, cuja cabeça de plástico pode não suportar a pressão que o gás carbônico exerce no corpo do recipiente.

(Com AFP)

Regionais : Banco do Brasil é condenado em MT por impedir cego de abrir conta
Enviado por alexandre em 22/06/2017 08:13:24

Banco do Brasil é condenado em MT por impedir cego de abrir conta

A decisão unânime proveu parcialmente o recurso. A ação inicial requeria R$ 40 mil

A Segunda Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) condenou uma agência do Banco do Brasil de Cuiabá ao pagamento de R$ 20 mil por dano moral cometido contra um homem cego. Ele foi acompanhado por esposa e filho a instituição para abrir uma conta poupança, mas teve solicitação negada simplesmente por possuir deficiência.

O caso ocorreu quando Ronyelison se dirigiu até a agência do Banco do Brasil, acompanhado de sua esposa e seu filho, para abrir uma conta poupança para seu filho para o recebimento do auxilio pré-escola.

Ele, porém, teve sua solicitação negada pelo banco, pelo fato de ser deficiente visual. A instituição inclusive exigiu que levasse procuração outorgada para pessoa "sem deficiência" e registrada em cartório.

A decisão unânime proveu parcialmente o recurso. A ação inicial requeria R$ 40 mil.

“A atitude do banco causou sofrimento, sentimento de inutilidade e vergonha, pois se sentiu discriminado por ser incapaz de praticar todos os atos da vida civil e que essa atitude violou o Princípio da dignidade da Pessoa Humana”, disse a defesa.

Restou incontroverso o dano moral experimentado pelo Apelado, decidiu a desembargadora Maria Helena Póvoas, que fundamenta sua sentença:

“A restrição de abertura de conta demonstra descaso da Instituição e ausência de cumprimento das legislações vigentes que prevê obrigação de assegurar o exercício pleno e equitativo de todos os direitos humanos e liberdades fundamentais pelas pessoas portadoras de deficiência, conferindo-lhes tratamento materialmente igualitário (diferenciado na proporção de sua desigualdade) e, portanto, não discriminatório, acessibilidade física e de comunicação e informação, inclusão social, autonomia e independência (na medida do possível, naturalmente), e liberdade para fazer suas próprias escolhas, tudo a viabilizar a consecução do princípio maior da Dignidade da Pessoa Humana, caracteriza o dano moral sofrido pela Requerente, sendo certo que o direito à honra, tem assento constitucional e a sua violação deve ser punida no âmbito civil”, disparou a desembargadora.

Também participaram do julgamento da Segunda Câmara de Direito Privado os desembargadores João Ferreira Filho e Sebastião Barbosa Farias.

24horasnews

Regionais : Alunos do Instituto Abaitará terão atendimento com psicólogo clinico
Enviado por alexandre em 22/06/2017 01:08:10


Alunos do Instituto Abaitará terão atendimento com psicólogo clinico
Os alunos do Instituto Abaitará que vem funcionando provisoriamente no Centro de Treinamento da Emater localizado na BR 364 KM 22 zona rural de Ouro Preto do Oeste, sentido Ji-Paraná terão acompanhamento psicológico conforme a demanda levantada pela direção da unidade escolar. A iniciativa de contar com um profissional da área para prestar atendimento a comunidade estudantil do Instituto Abaitará da Assistente Social Telma Pinto que procurou o psicólogo/clinico Pedro Paulo de Carvalho e com a devida chancela da secretária Executiva Regional de Governo polo IV Maria Araujo de Oliveira a parceria foi firmada.

Telma Pinto explicou que a atuação do psicólogo Pedro Paulo será voltada para a prevenção e tratamento de distúrbios psicológicos e outras condições que possam comprometer o desempenho escolar e o bem-estar dos educandos e da sociedade. A atuação dos psicólogo segundo asseverou a Assistente Social compreenderá a análise dos sintomas e das ações dos educandos que estejam apresentando dificuldade de aprendizagem ou problemas relacionados ao convívio escolar.

O psicólogo Pedro Paulo de Carvalho que atualmente desenvolve o projeto “Habilidades Sociais e Emocionais e os Desafios do Século XXI”, idealizado pela Secretaria Executiva Regional de Governo polo IV em parceria com a Coordenadoria Regional de Educação –CRE, disse que papel da Psicologia Escolar dentro de todo o contexto e todo o cenário, como se deve pensar a intervenção da Psicologia dentro da Educação é a temática para que se possa criar um ambiente não só escolar mas social favorável para o aprendizado e o despertar do controle emocional do aluno. “Será um prazer como profissional e ser humano trabalhar a temática da psicologia com os alunos do Instituto Abaitará que é uma referência no ensino e o que nos engrandece fazer parte deste contexto ao lado dos educadores”, pontuou Pedro Paulo de Carvalho profissional com larga experiência no atendimento de jovens.

Fonte: ouropretoonline.com

Regionais : Jogador do São Paulo abandona família, deixa avó passar necessidades e dá apartamento luxuoso pra sogra
Enviado por alexandre em 22/06/2017 00:10:22


Jogador do São Paulo abandona família, deixa avó passar necessidades e dá apartamento luxuoso pra sogra (Foto:Divulgação)

Quando se vem de baixo e conquista muita coisa em tão pouco tempo é necessário personalidade para saber de onde veio e para onde vai.
Parece que um famoso jogador do São Paulo Futebol Clube não está querendo lembrar nem um pouco de sua vida humilde, quando vivia em uma comunidade no Rio de Janeiro.

De acordo com informações do jornalista Leo Dias, do jornal O Dia, Wellington Nem teria deixado a sua própria família de lado, abandonado a sua avó, que necessita de cuidados médicos, para ostentar uma vida luxuosa ao lado da mulher.

Sem ter contato com o filho e nem com o neto, os pais de Wellington moram isolados em uma casa no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio. A avó do jogador, que ainda mora na comunidade de Guaratiba — de onde o craque saiu — precisa de cuidados médicos.

Recentemente, sem plano de saúde, ela foi internada em uma das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e não pode contar com a ajuda do neto. Nas redes sociais, Wellington e Bárbara ostentam uma vida de luxo e riqueza com fotos de viagens pelo mundo e festas, mas sem a presença dos familiares dele.


Segundo a publicação, Bárbara Kretzer, a mulher do atleta, o teria proibido de ter contato com os parentes humildes.

Fotos de viagens e festas são postadas frequentemente por ela em seu perfil no Instagram. Até a mãe da moça, sogra de Wellington, ganhou um apartamento luxuoso na zona sul do país que foi presente do jogador.

Fonte: Reflexão em movimento

« 1 (2) 3 4 5 ... 6442 »