Mais Notícias - Bolsonaro não vai mesmo ao debate com Haddad - Notícias
(1) 2 3 4 ... 3635 »
Mais Notícias : Bolsonaro não vai mesmo ao debate com Haddad
Enviado por alexandre em 19/10/2018 08:40:43

Bolsonaro não vai mesmo ao debate com Haddad

Postado por Magno Martins

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta quinta-feira (18), durante uma transmissão ao vivo nas redes sociais (live) que teme por sua segurança, daí a decisão de não participar de debates e evitar aglomerações. Ele se comparou com o juiz Sergio Moro porque ambos não têm liberdade para sair às ruas. Não mencionou diretamente eventuais viagens, suspensas desde o ataque que sofreu em 6 de setembro.

Como exemplo, o candidato mencionou o fato de ter sido examinado por uma junta médica no Rio e não ter viajado para São Paulo onde fica o Hospital Albert Einstein. “Fui aconselhado a não ir porque ao pousar em São Paulo eu teria de fazer um deslocamento e poderia sofrer um atentado e isso seria ideal para esses que estão aí [os meus adversários]”.

No momento em que os presidenciáveis trocam acusações sobre disseminação de fake news, Bolsonaro negou que empresários que o apoiam financiem a divulgação de notícias falsas anti-PT via aplicativo.

“Nós não precisamos de fazer fake news para combater o Haddad. Essa história de levar indícios à Justiça. Eles não têm prova de nada”, disse o candidato. Advogados de Bolsonaro prometem notificar empresas e processar o adversário petista, Fernando Haddad. Em contrapartida, o PT ingressou nesta quinta-feira com uma ação em razão da suspeita do envio em massa de mensagens falsas.

Mais Notícias : Efeito Bolsonaro
Enviado por alexandre em 19/10/2018 08:39:56

Efeito Bolsonaro

Postado por Magno Martins

Coluna Esplanada – Leandro Mazzini

Deputados do PSL ou alinhados ao presidenciável Jair Bolsonaro se reelegeram neste ano com expressivo aumento de votos em relação a 2014. Eduardo Bolsonaro, mais votado do Brasil, obteve 1,8 milhão de votos - 2142,33% a mais que no pleito anterior. Luciano Bivar (PSL) também registrou crescimento de 374% em relação a 2014.

De acordo com a Secretaria-Geral da Mesa da Câmara, 161 dos 251 deputados reeleitos perderam votos nesta eleição. Entre eles, Clarissa Garotinho (Pros-RJ), que teve 89% a menos de votos, seguida de Jean Wyllys (Psol-RJ), Paulinho da Força (SD), Shéridan (PSDB) e Celso Russomano (PRB).

Sinal verde

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) deu sinal verde para que a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) faça a indicação de nomes para a pasta da Agricultura em seu eventual governo. A chamada bancada ruralista está totalmente fechada com o capitão reformado.

Mais Notícias : Suspeita de uso ilegal do WhatsApp
Enviado por alexandre em 19/10/2018 08:38:35

Suspeita de uso ilegal do WhatsApp

Postado por Magno Martins

Sombra deve pairar sobre Bolsonaro mesmo após a eleição

Daniela Lima – Painel – Folha de S.Paulo

Há forte expectativa no meio jurídico sobre o ritmo que o TSE vai imprimir aos pedidos de investigação de empresários pró-Jair Bolsonaro (PSL) que compraram pacotes para disparar mensagens em massa, via WhatsApp, contra o PT. Ninguém aposta em um desfecho precoce –nem tampouco que a corte enterre o assunto. A analogia é com o caso da chapa Dilma-Temer, que dormitou e foi acionado em meio a uma crise, quando ela já havia caído e o presidente padecia em escândalos.

Casos como esse, avaliam ministros de cortes superiores, pairam como uma espada sobre a cabeça de seus alvos e, num jogo político complexo como o que se desenha para 2019, podem ser usados como instrumento “de incentivo à moderação” do presidenciável e de seu companheiro, o general Hamilton Mourão, favoritos na disputa.

Mais Notícias : A guerra da propaganda vitual
Enviado por alexandre em 19/10/2018 08:37:56

A guerra da propaganda vitual

Postado por Magno Martins

Os donos da Crocs Service, uma das empresas que vendem disseminação de mensagens em massa pelo WhatsApp, usam suas redes pessoais para fazer propaganda da dobradinha Bolsonaro e Romeu Zema (Novo), candidato ao governo de Minas.

Zema registrou a contratação da empresa, por R$ 200 mil, em sua prestação de contas. Ele disparou na última semana do primeiro turno ao se associar a Bolsonaro.

A revelação do apoio privado à máquina de propaganda virtual do PSL, publicada pela Folha, será levada pela campanha de Fernando Haddad ao horário eleitoral desta sexta (19).

A ideia da comunicação petista é exibir uma espécie de editorial, sustentando que o adversário fez da mentira sua principal arma política. Já forte, o tom da campanha de Haddad tende a ficar ainda mais emocional na reta final. (Painel – Folha SP)

Mais Notícias : Senadores vão a Jungmann: providências contra WhatsApp
Enviado por alexandre em 19/10/2018 08:37:15

Senadores vão a Jungmann: providências contra WhatsApp

Postado por Magno Martins

Oito senadores, entre eles Renan Calheiros (MDB-AL), foram ao ministro da Segurança, Raul Jungmann, pedir que a PF ajude a esclarecer o caso do WhatsApp.

Diante da confirmação de que Bolsonaro não pretende participar de debates mesmo liberado pela equipe médica que o atende, o PT vai pedir às emissoras de TV que transformem o espaço em entrevistas com Haddad.(Painel - FSP)

(1) 2 3 4 ... 3635 »