Policial - NA BASE DA BALA - Notícias
« 1 (2) 3 4 5 ... 153 »
Policial : NA BASE DA BALA
Enviado por alexandre em 05/01/2019 18:56:53

“Não vamos negociar com criminosos, vamos partir para o confronto”, diz general Theophilo Secretário nacional da Segurança Pública disse que tem tropas disponíveis para enfrentar as facções no Ceará. O general afirmou que já era esperada onda de ataques em represália à posse de Bolsonaro
MCEARÁ.COM
Recém-empossado secretário nacional da Segurança Pública, o general Guilherme Theophilo disse que tem tropas à disposição para enfrentar a onda de ataques a bancos, ônibus e equipamentos públicos no Ceará. Nesta quinta-feira, 3, o governador Camilo Santana (PT) informou que já conversou com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, em busca de apoio no combate aos atentados no Estado. Ele solicitou ajuda da Força Nacional de Segurança, do Exército e da Força de Intervenção Integrada (FIPI).

Em entrevista ao O POVO Online, o general informou que o Governo Federal já esperava ações de facções criminosas em represália à posse de Jair Bolsonaro (PSL). Segundo ele, tropas federais foram previamente preparadas. “Havia realmente o indicativo de que os presídios e as facções vão querer tumultuar o governo do presidente, que nunca escondeu que vai combater severamente as facções criminosas”, disse.
Ele ainda minimizou a relação entre os atentados e a declaração do secretário da Administração Penitenciária, Luís Mauro Albuquerque, na última quarta-feira, 2. O chefe da nova pasta do governo de Camilo Santana disse, ao tomar posse, que não reconhece facções e que os detentos do Estado não serão mais divididos por vínculo com organizações criminosas.

“O secretário é um homem disciplinador e tenho consciência de que vai, junto com nosso secretário da Segurança (André Costa), atuar com muita correção de atitudes, dentro do que prescreve a lei”, ressaltou.

Instigados ou não pela fala do novo secretário, desde a noite de quarta-feira, 2, criminosos estão colocando em prática as ações contra o Estado. No caso mais ousado, eles tentaram derrubar o viaduto do Metrópole, em Caucaia, na BR-020. Pelo menos outros 20 ataques foram registrados em menos de 24 horas. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), doze pessoas já foram autuadas pelos crimes, sendo quatro adolescentes.
Enfrentamento
O secretário nacional da Segurança Pública revelou ainda que a orientação é de enfrentamento. “Não vamos abaixar a cabeça, nem negociar com criminoso, vamos partir para o confronto que eles realmente nos impuserem”, afirmou. Ainda de acordo com ele, a situação nas unidades prisionais em outros estados é monitorada pelo Governo Federal.
Camilo Santana e Guilherme Theophilo se enfrentaram na disputa ao Palácio da Aboliação nas últimas eleições. O petista saiu vitorioso, com 79,95% dos votos. Já o general foi normeado para o cargo nacional com a vitória de Bolsonaro. Durante a campanha, o militar foi ferrenho crítico da gestão do governador. Ele chegou a afirmar que “falta autoridade” no Estado. “Nós temos que impor ao crime organizado a aplicação severa da lei. O que está acontecendo é que a população está acuada dentro de sua residência e o crime organizado transitando em liberdade pelo nosso estado”, criticou à época.
Apoio nacional
Quando Camilo Santana oficializar o pedido de apoio e enviar ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, o Gabinete de Segurança Institucional também deve avaliar a solicitação. São considerados, por exemplo, a quantidade de agentes e o número de viaturas requeridos. “Mas vamos apoiar, não tenha dúvida, e vamos ver a maneira mais rápida de fazer isso”, disse Theophilo.
O general ainda ressaltou que a ação da Força Nacional no Ceará deve ser facilitada com a posse, na tarde da próxima sexta-feira, 4, do novo comandante da tropa, o coronel da PM Antônio Aginaldo de Oliveira. Ele será o primeiro nordestino a comandar a Força Nacional. Até então, ele atuava como comandante do Batalhão de Policiamento Especializado (BPE) da Polícia Militar do Estado do Ceará.
Ataques orquestrados
Conforme O POVO Online revelou, a ordem para os ataques teria partido de dentro da Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto (CPPL) I, em Itaitinga. A teoria é a principal linha de investigação trabalhada pelas coordenadorias de Inteligência das Secretarias da Segurança Pública e Defesa Social (Coin-SSPDS) e da Secretaria da Administração Penitenciária (Coint-SAP).
Pouco depois das primeiras confirmações de incêndios a ônibus e detonação da coluna do viaduto, líderes da facção Comando Vermelho (CV), na CPPL I, foram retirados de celas conjuntas e postos em isolamento. A reportagem apurou que as autoridades penitenciárias e de segurança estariam atribuindo o comando das investidas a um traficante preso naquela unidade. Ele seria o chefe da distribuição e venda de drogas em cidades do Litoral Leste (Pindoretama, Cascavel, Beberibe), no lado Sul da Capital e em parte de Caucaia – onde fica o viaduto atacado.

Matéria do O Povo

Policial : JÁ CAI
Enviado por alexandre em 03/01/2019 10:23:52

PF procurou por Cesare Battisti em duas embaixadas

A Polícia Federal questionou ao menos duas embaixadas instaladas no Brasil se estariam abrigando Cesare Battisti. Desde que o ex-presidente Michel Temer decretou a extradição dele para a Itália, Battisti está foragido. A Coluna do Estadão desta quinta-feira (03) trás informações de que apurou que entre as embaixadas consultadas estão as da Venezuela e da Bolívia, que negaram terem dado refúgio para o italiano nas suas unidades. Segundo um delegado, informações incorretas gerariam uma crise diplomática, razão pela qual dizem não acreditar que possam ter omitido a verdade nas respostas.

A PF também checou informação de que Battisti estaria na Amazônia. Um mapeamento foi feito, mas sem sucesso.

A ordem na PF é não falar publicamente sobre o assunto Battisti para dar a sensação de que o italiano não está mais sendo procurado, o que pode levá-lo a cometer alguma falha. Ninguém tem dúvidas de que será capturado cedo ou tarde.

Policial : DE OITO A OITENTA
Enviado por alexandre em 15/12/2018 11:40:00


A Polícia Militar do Rio vai do aplauso à vaia

Em uma semana

Como uma mesma corporação tem integrantes que salvam uma idosa refém e roubam uma carga de carne?

ÉPOCA - Giampaolo Morgado Braga

Quarta-feira, 5 de dezembro de 2018: numa ação perfeita, cirúrgica, policiais militares salvam uma idosa de 83 anos, feita refém por um assaltante que acabara de roubar uma joalheria em Valença, no Médio Paraíba; o ladrão é morto e a senhorinha escapa ilesa. Quinta-feira, 13 de dezembro de 2018: 12 policiais militares são presos sob a acusação de desviar uma carga de carne roubada e recuperada pelos PMs, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro; um deles, tragicamente — e com uma motivação que ainda terá de ser esclarecida — se mata dentro do batalhão ao receber voz de prisão.

Em apenas oito dias, a Polícia Militar do Rio foi capaz de ir do aplauso à vaia, da glória ao opróbrio. O que isso diz sobre a corporação?

Se a PM fluminense fosse uma pessoa, seria diagnosticada com transtorno bipolar. Oscila entre ações louváveis e vergonhas daquelas de se esconder debaixo da cama. É uma instituição com o éthos da guerra, mas em que parte de seus integrantes, vez por outra, prefere a diplomacia dos acordos com o crime, dos arregos, dos desvios de conduta.

Dentro do mesmo grupo de 44 mil homens e mulheres, selecionados com critérios semelhantes, treinados de forma semelhante, vestidos, armados e alimentados de forma semelhante, há gente capaz de dessemelhanças como amamentar um bebê abandonado e estuprar uma menor de idade numa favela .

Policial : CANALHAS
Enviado por alexandre em 11/12/2018 10:12:56

Artistas brasileiros defendem Cuba, que acaba de prender artista cubanos que tentaram protestar contra censura da cultura
Imprensa Viva

Enquanto parte da classe artística brasileira vive elogiando o regime cubano inaugurado pelos irmãos castro nos anos 60, a ditadura cubana persegue, censura e prende artistas que ousam exagerar na manifestação da liberdade de expressão. Esta semana, vários artistas foram preso em Havana quando se ensaiavam organizar um protesto contra um novo decreto que, segundo eles, poderá restringir a criatividade e aumentar a censura da cultura em Cuba.

Segundo informou o Globo, "A artista Tania Bruguera, conhecida internacionalmente por suas instalações e performances públicas, foi detida por agentes ao sair de casa na manhã de segunda-feira. Segundo a mãe dela, Argelia Fernández, a detenção ocorreu antes de a filha ir ao Ministério da Cultura do país, local marcado para a manifestação.

O texto publicado no meio do ano pelo regime cubando veta a possibilidade de artistas de qualquer ramo "oferecer os seus serviços" em espaços públicos, incluindo casas de espetáculo privadas, sem autorização governamental. Tania, que já havia sido detida no passado por criticar publicamente o governo socialista, foi liberada na noite de segunda-feira, segundo Fernández. A artista decidiu ir direto para o ministério em protesto contra a detenção de colegas.

"Tudo o que posso fazer é mostrar solidariedade", escreveu Bruguera no Facebook ao posar para um foto com uma camisa de estampa: "Não ao Decreto 349". "Se me detiverem, entrarei em greve de fome e sede."

A artista foi detida novamente na noite do mesmo dia, segundo Iris Ruiz, atriz e coordenadora da campanha contra o decreto, um dos primeiros textos legislativos a serem assinados pelo sucessor de Raúl Castro no comando de Cuba, Miguel Díaz-Canel, que assumiu o poder em abril.

Segundo a atriz Iris Ruiz, seu marido, o poeta Amaury Pacheco, e outro artista foram detidos ao chegarem juntos ao ministério na manhã de segunda-feira. Três outros colegas que também se encaminharam ao local, como o líder do movimento Luis Manuel Otero Alcantara, não foram localizados. A suspeita de Ruiz é de que tenham sido detidos. O celular de Otero Alcantara só dá desligado.

A Anistia Internacional classificou o projeto como "perspectiva distópica" para a classe artística cubana. Apesar das violações, artistas e políticos petistas como Lula, Dilma e Gleisi Hoffmann continuam adorando Cuba. Democracia para essa gente só é bonita no discurso, mas na prática...

Policial : CHEFE DA PRF
Enviado por alexandre em 08/12/2018 01:41:58

Moro escolhe superintendente do Paraná como chefe da PRF

Foto: Polícia Rodoviária Federal / Divulgação

O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, anunciou nesta sexta (7) que a Polícia Rodoviária Federal será chefiada pelo atual superintendente da PRF no Paraná, Adriano Marcos Furtado. As informações são da TV Globo. Segundo Moro, o policial de carreira tem uma gestão muito elogiada à frente da PRF no Paraná e nas parcerias com a Polícia Federal. “É uma pessoa absolutamente habilitada, técnica, em condições de fazer continuar a integração das atividades da segurança pública”, disse o futuro ministro. Moro também disse que o futuro secretário nacional de Defesa do Consumidor será o advogado Luciano Timm. “É uma pessoa que tem qualidade acadêmica indubitável nessa área, mestrado nessa área, vários cursos no exterior na área jurídica, aprofundamento em Direito e Economia, um advogado bem-sucedido”, disse, sobre o currículo do novo secretário. Na próxima semana, Moro deve anunciar os nomes dos últimos secretários e diretores de departamento do novo ministério, incluindo o secretário Nacional de Justiça. (Notícias ao Minuto)

« 1 (2) 3 4 5 ... 153 »