Policial - QUADRILHA - Notícias
(1) 2 3 4 ... 111 »
Policial : QUADRILHA
Enviado por alexandre em 22/11/2014 12:17:40


Quadrilha de falsificadores pode está agindo dentro do SEST/SENAT de Porto Velho
Um homem de 38 anos de idade foi detido na manhã desta quinta-feira (20), às 10h, ao tentar autenticar um certificado com o selo e a assinatura falsa do curso de mototaxista. O delito foi detectado no Cartório de Notas de Ouro Preto do Oeste, localizado na rua Café Filho, bairro União.

De acordo com o que consta no boletim policial, o tabelião substituto relatou que o suspeito foi até aquele cartório para reconhecer firma de um certificado do curso de mototaxista e, ao ser pesquisado quanto à autenticidade do documento, foi descoberto que o selo daquele certificado expedido pelo Cartório do 3° Ofício de Porto Velho era falso, bem como a assinatura do dirigente da unidade operacional do SEST/SENAT, órgãos responsáveis por realizar o curso de mototaxista, e também pela emissão dos certificados.

O suspeito foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil onde informou que no dia 4 de junho deste ano esteve no prédio onde funciona o SEST/SENAT na cidade de Porto Velho. Lá, contatou uma pessoa que trabalha na recepção daquela instituição e procurou se informar sobre os procedimentos para se fazer o curso de mototaxista.

Instantes depois, um homem desconhecido informou para o suspeito que aquele curso que ele buscava fazer poderia ser comprado pelo valor de R$ 180,00, sendo que o certificado seria o mesmo que o original. Ao pagar aquele valor, não seria necessário participar dos treinamentos que são exigidos para a conclusão do curso. Após ter optado pelo certificado falso, foi-lhe apresentado um outro homem que dizia trabalhar no SEST/SENAT sendo que este, após dois dias, lhe entregou o certificado e recebeu o valor combinado dentro da própria instituição.

O tabelião substituto disse aos policiais que este seria o terceiro caso de falsificação de documentos dessa natureza detectado pelo Cartório de Ouro Preto do Oeste, e que teria recebido um alerta da Corregedoria Geral do Cartório Extrajudicial de Porto Velho informando sobre essas falsificações. Eles suspeitam da atuação de uma quadrilha que vem confeccionando esses certificados com alto nível de qualidade, chegando muito próximo do real e que também vem adulterando as assinaturas do responsável pelo curso e pelo selo de autenticação do cartório.

GAZETA CENTRAL

Policial : MAPA DA VIOLÊNCIA
Enviado por alexandre em 14/11/2014 13:52:30


16 Cidades do Brasil estão entre as 50 mais violenta no mundo

Com 16 municípios, o Brasil é o país com o maior número de cidades entre as 50 mais violentas do mundo, de acordo com pesquisa da ONG (organização não governamental) Conselho Cidadão para a Segurança Pública e Justiça Penal, do México. O estudo utiliza taxas de homicídio do ano de 2013 para classificar as cidades como mais ou menos violentas.

Cidades mais violentas no Brasil

Ranking Cidade Taxa de homcídios
Maceió (AL) 79,76
Fortaleza (CE) 72,81
João Pessoa (PB) 66,92
12º Natal (RN) 57,62
13º Salvador (BA) 57,61
14º Vitória (ES) 57,51
15º São Luís (MA) 57,39
23º Belém (PA) 48,23
25º Campina Grande (PB) 46,00
28º Goiânia (GO) 44,56
29º Cuiabá (MT) 43,95
31º Manaus (AM) 42,53
39º Recife (PE) 36,82
40º Macapá (AP) 36,59
44º Belo Horizonte (MG) 34,73
46º Aracaju (SE) 33,36

Maceió (AL) ocupa o quinto lugar do ranking e tem uma taxa de 79,76 homicídios por 100 mil habitantes. A capital cearense é a sétima mais violenta: Fortaleza tem uma taxa de homicídios de 72,81. João Pessoa (PB), que está na nona colocação, apresenta uma taxa de 66, 92.

Entre as cidades brasileiras também estão presentes na pesquisa Natal (RN) com 57,62; Salvador (BA) com 57,61; Vitória (ES) com 57,39; São Luís (MA) com 57,04; Belém (PA) com 48,23; Campina Grande (PB) com 46; Goiânia (GO) com 44,56; Cuiabá (MT) com 43,95; Manaus (AM) com 42,53; Recife (PE) com 36,82; Macapá (AP) com 36,59; Belo Horizonte  (MG) com 34,73; e Aracaju (SE) com 33,36.

Lidera o ranking como mais violenta a cidade hondurenha de San Pedro Sula. É o terceiro ano consecutivo que o município da América Central ocupa a primeira colocação. A cidade tem uma taxa de 187,14 por 100 mil habitantes.

Com uma taxa de 134,36, Caracas, na Venezuela, é considerada a segunda cidade mais violenta. A terceira é Acapulco, no México, com uma taxa de 112, 80, segundo a pesquisa.

A maioria das cidades fica na América Latina. Das 50 cidades, nove estão no México, seis na Colômbia, cinco na Venezuela, quatro nos Estados Unidos, três na África do Sul, dois em Honduras e um em El Salvador, na Guatemala, Jamaica e Porto Rico.

 

  • Carro leva corpo de homem morto em briga de bar em 20 de novembro de 2013, em San Pedro Sula, em Honduras

"Isto confirma o que revelam diversos estudos mundiais: que [a taxa de] homicídio na América Latina tem índices muito acima da média mundial", diz José Antonio Ortega Sánchez, presidente da ONG, em texto publicado no site da organização.

A cidade que ocupa a 50ª colocação do ranking é Valencia, na Venezuela, cuja taxa é 30,04.

O estudo utiliza índices de população e de homicídios de estatísticas oficiais dos governos locais de cidades com mais de 300 mil habitantes.

 

Policial : CRIME AMBIENTAL
Enviado por alexandre em 09/11/2014 22:47:32


Polícia Ambiental fecha pub em Ouro Preto por poluição sonora
Uma guarnição da Polícia Ambiental com apoio do Grupo de Operações Especiais – GOE atendendo uma solicitação do Ministério Público – MP através da Curadoria do Meio Ambiente, fechou a pub Route 364 conforme boletim de ocorrência ambiental nº. 4178/14. A casa noturna localizada as margens da BR 364 perímetro urbano da cidade, foi interditada com base na legislação ambiental e os policiais estavam de posse de uma requisição da Promotoria de Justiça de Ouro Preto do Oeste.

O MP recebeu denuncia cobrando providências para o barulho ensurdecedor que a pub Route 364 estava produzindo, além dos freqüentadores saem com as motos, com descargas altíssimas, os carros com músicas altas até o dia amanhecer, sem deixar os moradores descansarem. Na denuncia consta ainda que freqüentadores da pub estavam fazendo suas necessidades fisiológicas nas portas das residências e dos estabelecimentos comerciais próximos, sem falar na pratica de sexo que estava comum.

No ato da fiscalização os policiais constataram a ausência de licença ambiental do estabelecimento para o uso do som, bem como observaram que a pub não dispunha de tratamento acústica, conforme determina a Lei Estadual n° 880, de 06 de janeiro de 2000. Após a aferição dos níveis de ruídos no total de 30 (trinta) medições foi constatado através de laudo de aferição sonora que o estabelecimento estava com volume de som acima do permitido em lei, apenas como exemplo em uma medição foi atestado 89 decibéis, quando o decreto estadual nº. 7.903. de 01 de julho de 1997 Art. 81, diz que o permito no período noturno é 45db. Diante dos fatos, foi lavrado auto de infração II em desfavor do infrator e sendo o mesmo conduzido à DP local quando será aplicado o que preconiza a legislação ambiental vigente no país.

Toda aparelhagem de som utilizado na poluição sonora não foi removido para a DP por falta de apoio logístico para transporte do material. Foi confeccionado o Termo de Apreensão e Deposito – TAD nº. 011956, com fundamento no Art. 25 da LCA, foi lavrado para o proprietário da pub Route 364 o Auto de Infração II nº. 004540, toda aparelhagem passará por uma perícia, por enquanto a pub ficará fechada até se adequar a legislação ambiental.

Fonte: ouropretoonline.com

Policial : CRIMINALIDADE
Enviado por alexandre em 07/11/2014 16:58:06


Operação Brasil Integrado combate crimes de fronteira

Em Rondônia “Operação Brasil Integrado” combate os principais crimes de fronteira

Aconteceu nos dias 04 e 05 deste mês em Rondônia a Operação Brasil Integrado, “Ação Fronteiras e Nordeste”, coordenada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) em conjunto com a Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), que aderiu a Estratégia Nacional de Segurança de Fronteiras (Enafron).

A operação ocorreu em Porto Velho e nos municípios de Vilhena, Guajará-Mirim, Nova Mamoré, Ponta do Abunã, Buritis, São Miguel do Guaporé, Rolim de Moura, Jacinópolis e Machadinho do Oeste.

Durante os dois dias de operação no Estado, foram instaladas 107 barreiras policiais em pontos estratégicos. Foram abordadas 5.706 pessoas e 3.508 veículos de passeio e de transporte.

Para o secretário de Segurança Antônio Carlos dos Reis, a Operação foi um sucesso. “Estão de parabéns todos os envolvidos na operação. Conseguimos desarticular quadrilhas e apreender drogas, armas e veículos. Operações como esta serão mais freqüentes em Rondônia”, destacou Reis.

Apreensões

Foram apreendidos 125 quilos de drogas, sendo 97 Kg de maconha e 28 kg de cocaína, 17 armas de fogo, 164 munições, 20 veículos e 32 pessoas presas.

Participações

A operação contou com a participação Polícia Militar (120), Polícia Civil (36), Força Nacional de Segurança (28), Polícia Rodoviária Federal (18), Ibama (12), Exército (10), Receita Federal (10), Sefin (09) e órgãos de inteligência.

ASCOM

Policial : REALIDADE
Enviado por alexandre em 03/11/2014 12:48:02


RO segundo lugar na região norte em acidentes fatais com  moto
Um levantamento realizado recentemente pelo Grupo Segurador BB E Mapfre, em parceria com o Cesvi Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária), aponta que o Pará é o Estado da região Norte com maior registro de acidentes fatais envolvendo motocicletas. Responsável pela maior frota da região e a 11ª do país, o Estado registra 8,8% dos casos de todo o país. Em segundo lugar entre os Estados da região está Rondônia, com 3,6% dos acidentes, seguido por Tocantins, que registrou 3,3% das colisões envolvendo motocicletas.

Segundo dados do Departamento de Trânsito (Denatran) referentes a agosto deste ano, o Pará liderava o ranking da frota de motocicletas na região Norte, com 643.872 veículos, sendo que 93.575 circulavam em Belém, 30.650 em Ananindeua e 6.701 em Marituba.

Com esse número elevado de motos que rodam na cidade, o número de acidentes aumenta cada vez mais. Diariamente, cerca de 10 vítimas de acidentes de moto são atendidas no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, na Região Metropolitana de Belém.

Ainda segundo o estudo, toda a região Norte concentra 16,3% das colisões do país, sendo que detém 8,6% da frota brasileira de motocicletas, motonetas e ciclomotores. No contexto nacional, está em terceiro lugar no índice de acidentes. A imprudência dos motociclistas no trânsito é fator principal de muitos acidentes acontecerem.  (Dol)

(1) 2 3 4 ... 111 »