Regionais - Suposto auditor Fiscal foi preso na operação “limpeza” em Ariquemes - Notícias
Regionais : Suposto auditor Fiscal foi preso na operação “limpeza” em Ariquemes
Enviado por alexandre em 01/05/2010 16:10:59

Regionais : Equipe do GIC prende traficantes com mais de 10kg de cocaína em Ji-Paraná
Enviado por alexandre em 01/05/2010 16:10:11

Regionais : Guarda Mirim de Presidente Médici entrega cestas básicas às famílias carentes
Enviado por alexandre em 01/05/2010 16:09:26

Brasil : Benefício
Enviado por alexandre em 01/05/2010 16:06:07



Governador João Cahulla entrega 50 casas populares à famílias carentes de Ouro Preto D’Oeste


Com grande presença de populares e autoridades locais, o governador João Cahulla entregou na manhã deste sábado, 1º de maio – Dia do Trabalho – as primeiras 50 casas, de um total de 400 unidades, do conjunto habitacional Dom Bosco, em Ouro Preto do Oeste.

A obra foi realizada pelo Governo Federal, com recursos do F.G.T.S. da Caixa Econômica em parceria com o Governo do Estado, que investiu R$ 400 mil, A Prefeitura de Ouro Preto, que fez a infra-estrutura do local e a Agrishow, empresa responsável pelo gerenciamento da obra, juntamente com os moradores beneficiados.

Nesta primeira fase foram entregues as primeiras 50 unidades totalmente prontas. Cada casa foi construída numa área de 48m² e possui dois quartos, sala, cozinha, banheiro, coberta em telha de barro. Também já está com energia, água encw2anada e fossa, e a prefeitura está executando o encascalhamento e futuramente o bloqueteamento, meio-fios e calçamento.


O conjunto habitacional é destinado às famílias carentes que moravam em área de risco e invasões de Ouro Preto. Cada casa foi entregue a custo zero para cada família cadastrada e selecionada pela prefeitura e, segundo o prefeito Alex Testoni, “estas casas representam o resgate de uma parte da população sofrida de Ouro Preto, um compromisso assumido e cumprido pela nossa administração”.


Ao fazer uso da palavra, o governador João Cahulla iniciou saldando os trabalhadores presentes na solenidade pelo Dia do Trabalho. “Para nós, do Governo do Estado, todos os dias é dia de muito trabalho, é isso que a população espera da nossa administração.

Cahulla destacou o compromisso de sua administração, de levar benefícios à população de todos os municípios. Recordando a visita anterior que fez ao município, quando veio ao local onde as casas ainda estavam sendo construídas, Cahulla parabenizou o prefeito Alex Testoni pela iniciativa de doar o terreno onde o conjunto está sendo construído, e a parceria entre a Prefeitura Municipal, o Governo do Estado e o Governo Federal, através da Caixa Econômica Federal, que tornaram realidade o sonho de centenas de famílias carentes de Ouro Preto. “Muitas vezes fala-se de parcerias que nunca saem do papel.

“Conosco é diferente, nós cumprimos nossos compromissos, nossas obras começam e terminam, com qualidade e pagamento em dia, respeitando o imposto que a população paga”, referindo-se às obras civis e rodoviárias do Governo do Estado.
Após o início das próximas 60 casas, uma parte dos barracos instalados próximos à cerca serão demolidos para a construção de novas moradias. Os terrenos onde foram construídos os barracos na verdade era uma das pistas da Avenida Guaporé, que foram ocupados irregularmente e agora serão legalizados.

Na lista dos primeiros contemplados com as moradias, 30 famílias selecionadas eram da margem da cerca da Guaporé e as outras 20 famílias vieram da área de brejo e margens do canal do igarapé Ouro Preto.

Elas trabalharam para construí-la suas casas com mão de obra assistida pela prefeitura de Ouro Preto e de acordo com o contrato de comodato assinado as casas ficam em nome das esposas e não podem ser alugadas, vendidas e nem cedidas por um prazo de 14 anos.

Durante o evento de entrega das casas também foi dada a ordem de serviço para a construção das demais 60 unidades e três quilômetros de asfalto no conjunto. O projeto prevê a construção de 400 moradias totais no conjunto Dom Bosco quando concluído.

Ordem de serviço para asfaltamento e emoção pela casa própria

Além de entregar as 50 casas aos moradores, que já fizeram a mudança, foi assinada a ordem de serviço para o asfaltamento de 13,2 quilômetros entre Ouro Preto e o distrito de Rondominas.

De acordo com o documento, a obra já está licitada e as obras irão começar imediatamente. “O asfalto para Rondominas era uma antiga aspiração da população de Ouro Preto e em breve será realidade”, disse Cahulla.

Finalizando a solenidade foi desenlaçada uma grande fita inaugural, que cruzava toda a rua, marcando oficialmente a entrega das casas, levando às lágrimas as pessoas que receberam suas primeiras moradias na vida.

“É muita emoção, essa é a primeira casa que a gente tem, tive muito orgulho de trabalhar nela e agora vamos morar no que é nosso” disse o aposentado Manoel Menezes ao lado da esposa, ao receber suas chaves do governador João Cahulla, que visitou as casas e atendeu a imprensa.

Estavam presentes à solenidade o senador Acir Gurgacz, o deputado federal Rubens Moreira Mendes e os deputados estaduais Tiziu Jidalias, Luís Cláudio Pereira Alves e Professor Dantas.

Justiça : Pau torto
Enviado por alexandre em 01/05/2010 15:48:09



Natan Donadon deputado federal "ficha suja" é acusado de fraudar prestação de contas.

Da reportagem do TUDORONDONIA

Porto Velho, Rondônia - Em ação de cobrança com pedido de indenização por perdas e danos morais, ajuizada no último dia 23 no cartório distribuidor do forum da comarca de Vilhena, o pastor evangélico Sandro da Silva Pinto acusa seu ex-chefe, o deputado federal Natan Donadon (PMDB) (na foto ao lado do prefeito Vitorino do Cartório de Mirante da Sera que recentemente se livrou só Deus sabe de indicios de irregularidades na administração municipal) de fraude na prestação de contas apresentada à Justiça Eleitoral.

Segundo a denúncia, o parlamentar fez declaração falsa em documento oficial ao informar, por escrito à Justiça Eleitoral, que Sandro, seu ex-assessor à época, teria feito doação para sua campanha partidária , no valor de R$ 2.700,00. “Este fato não representa a verdade, pois Sandro nunca fez nenhuma doação de campanha ao parlamentar federal”, afirma um trecho da ação judicial.

O ex- assessor parlamentar, que está processando o deputado, informou ao juízo que “ veio a tomar conhecimento desse fato por terceiros, ao ter sido alertado da possibilidade de vir a ser investigado pela Receita Federal. Sandro ficou surpreso com a tal declaração falsa, inserida na prestação de contas do parlamentar federal, eis que indevidamente usou o número do seu CPF para fazer parecer verdade um embuste, uma deslavada mentira”.

Essa falsa declaração envolvendo, indevidamente, o nome do pastor evangélico está estampada no endereço eletrônico do portal TRANSPARÊNCIA BRASIL (www.transparencia.org.br).

Natan Donadon também é acusado de usar o dinheiro do salário do assessor para pagar despesas pessoais, inclusive com hotéis, combustível e até roupa, embora receba da Câmara Federal a chamada verba indenizatória.

“Lançar mão do dinheiro público para custear despesas privadas iguala-se a usar indevidamente os dados cadastrais fiscais de um servidor público para justificar o injustificável”, diz a ação judicial.

Sandro é pastor evangélico da Igreja Comunidade Mensagem da Cruz e acusa o deputado de se apropriar de parte de seu salário. Na ação, fala-se em sucessivos empréstimos, durante vários meses, não pagos por Natan Donadon.
O deputado se defende afirmando que está sendo vítima de tentativa de extorsão por parte de seu ex-assessor e homem de confiança, que, inclusive, pagava-lhe as despesas pessoais e sabe de segredos da vida íntima de Natan Donadon, conforme o político mesmo admite em nota publicada pelo TUDORONDONIA.