Brasil - VIVA COM SAÚDE - Notícias
« 1 2 3 (4) 5 6 7 ... 13736 »
Brasil : VIVA COM SAÚDE
Enviado por alexandre em 20/10/2018 01:35:12

O que acontece quando você troca o pão pela tapioca

Foto: Victor Schwaner

Se você pensar só nas calorias, é o mesmo que trocar seis por meia dúzia. “Os dois também têm alto índice glicêmico. Mas a tapioca oferece a vantagem de não conter glúten – proteína do trigo que, consumida em excesso, desencadeia inflamação no organismo, favorecendo o acúmulo de gordura no abdômen”, explica Claudia Talan Marin, nutricionista de São Paulo especializada em metabolismo. Também são possíveis algumas estratégias na hora do preparo que ajudam a reduzir as calorias e o índice glicêmico. Uma delas é usar uma quantidade menor da goma (3 colheres/sopa no lugar de 5, como indicado na embalagem) combinada a 1 colher (sobremesa) de chia ou outra semente rica em fibras e gorduras boas. E, claro, use um recheio levinho. Claudia também sugere a crepioca: “Misture 2 claras de ovo com 2 colheres (sopa) da goma de tapioca e 1 pitada de sal. Junte sementes, ervas e temperinhos a gosto. Essa é uma versão proteica e com menor carga glicêmica. E nem precisa rechear”, finaliza a nutricionista. (Boa Forma)

Brasil : GRÁVIDAS PRESAS
Enviado por alexandre em 20/10/2018 01:32:09

Brasil tem 477 presas grávidas e lactantes no sistema carcerário

Foto: Reprodução / DOL

Um levantamento feito pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) revelou que, entre as 31 mulheres que cumpriam pena em todo o país em setembro deste ano, 477 estavam grávidas ou amamentando. De acordo com o Correio Braziliense, o total representa um aumento superior a 12% em comparação a agosto, quando havia 425 grávidas e lactantes. São Paulo é o estado com o maior número de gestantes e lactantes (164), seguida por Minas Gerais (39), Ceará (38), Goiás (33), Rio de Janeiro (26) e Pará (22). Segundo o CNJ, o Cadastro Nacional de Presas Grávidas e Lactantes é uma importante ferramenta para que os juízes possam cobrar dos governos estaduais as providências necessárias para a custódia dessas mulheres, com o objetivo de garantir a proteção das crianças que vão nascer ou que nasceram enquanto as mães cumprem pena em unidades prisionais. Em fevereiro deste ano, o Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu habeas corpus coletivo para substituir a prisão preventiva pela domiciliar às gestantes ou mães de crianças até 12 anos e deficientes. (Bahia Notícias)
Comente agora

Justiça : O PERDÃO
Enviado por alexandre em 20/10/2018 01:29:55

Conselho aprova texto de indulto de Natal exclui presos por corrupção

Foto: Reprodução/ EBC

Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária aprovou o texto do indulto de Natal de 2018. A proposta do órgão, subordinado ao Ministério da Justiça, foi acatada nesta sexta-feira (19) e acaba com a possibilidade de concessão do benefício a quem cometer crimes financeiros, relacionados a licitações, tortura, lavagem de dinheiro, organização criminosa e terrorismo. O projeto é considerado mais rigoroso do que o texto de anos anteriores. A próxima etapa é o encaminhamento ao ministro da Justiça, Torquato Jardim, e depois ao presidente Michel Temer, de acordo com informações do portal G1. Previsto na Constituição, o indulto é um benefício concedido por meio de decreto presidencial. Ele consiste no perdão a condenados por determinados crimes, levando à extinção da pena e a liberdade do detento.

Política : SERÁ QUE VINGA
Enviado por alexandre em 20/10/2018 01:27:09


‘Eleito com base em propaganda enganosa pode ter candidatura anulada’

Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi um dos entrevistados do documentário “Fake news - Made in Brasil”, de André Fran e Rodrigo Cebrian. No filme, o ex-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fez o seguinte comentário, de acordo com o colunista Ancelmo Gois, do jornal “O Globo”. “Nós temos todos os instrumentos normativos que criminalizam as fake news. O artigo 222 do código eleitoral estabelece que se o candidato for eleito só com base em propaganda enganosa, essa candidatura pode ser anulada”. Fux também revela que já foi vítima de “fake news”. “Fui alvo de duas fake news, uma que disse que eu viajei para Joanesburgo, onde nunca estive na minha vida, e outra que disse que eu fui relator de um processo do qual nunca fui”. O documentário vai ao ar no canal “Curta!” no próximo dia 26. (Notícias ao Minuto)

Regionais : Atlético-PR é multado em R$ 70 mil por manifestação pró-Bolsonaro
Enviado por alexandre em 20/10/2018 01:20:47

Atlético-PR é multado em R$ 70 mil por manifestação pró-Bolsonaro

Foto: Reprodução / Twitter / Atlético-PR

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) definiu nesta sexta-feira a punição ao Atlético-PR por manifestação política em uma partida do Campeonato Brasileiro. O clube foi multado em R$ 70 mil devido à ação na qual expressou apoio ao candidato a presidência do Brasil Jair Bolsonaro antes da partida diante do América-MG, na Arena da Baixada. No último dia 6, véspera do primeiro turno das eleições, os jogadores do Atlético-PR entraram em campo com uma camiseta amarela com os dizeres: "Vamos todos juntos por amor ao Brasil", em alusão ao presidenciável Jair Bolsonaro, do PSL. Somente o zagueiro Paulo André, que já havia se posicionado contra o candidato nas redes sociais, se recusou a vestir a peça. De acordo com o STJD, com a ação, o clube paranaense descumpriu o Regulamento Geral das Competições. Pesou contra o Atlético-PR o fato de a diretoria ter consultado a CBF na véspera da partida sobre a possibilidade de usar a camiseta e ter o pedido negado. "O Atlético-PR deveria ter precaução. O pedido foi indeferido. Entendo por condenar por descumprir um ofício da CBF", avaliou o auditor Eduardo de Mello. "Temos que ter em mente que pessoas estão morrendo por questões políticas. Não posso entender que aquela manifestação política é boa e correta", completou o auditor José Nascimento. Em julho, o STJD puniu o Atlético-PR pelo uso de um telefone celular em campo pelo goleiro Santos, alegando ser parte de campanha para conscientização contra o uso do aparelho no trânsito. À época, os paranaenses sequer procuraram a CBF para pedir autorização e acabaram multados em R$ 50 mil. (Notícias ao Minuto)

« 1 2 3 (4) 5 6 7 ... 13736 »