Regionais - Prefeito é preso por estuprar menina de 8 anos - Notícias
« 1 2 3 (4) 5 6 7 ... 12944 »
Regionais : Prefeito é preso por estuprar menina de 8 anos
Enviado por alexandre em 21/04/2018 22:23:20

Prefeito é preso por estuprar menina de 8 anos

G1

O prefeito interino de Bariri, Paulo Henrique Barros de Araújo (PSDB), de 34 anos, foi preso por suspeita de raptar e abusar de uma menina de 8 anos, na manhã deste sábado (21), no Vale do Igapó, em Bauru (SP). De acordo com o delegado, ele confessou ter estuprado a criança. Um advogado que se apresentou como defensor não quis comentar o caso. Após o registro do boletim de ocorrência por flagrante de estupro, Araújo foi levado à cadeia de Barra Bonita, às 19h50.

Araújo deve passar por audiência de custódia neste domingo (22), às 9h, em Bauru. A TV TEM procurou a assessoria da Prefeitura de Bariri e do PSDB na cidade, mas ninguém se manifestou sobre o assunto. De acordo com informações da Polícia Militar, o político pegou a criança no Núcleo Habitacional José Regino e se dirigiu até um matagal, onde o carro acabou caindo em um buraco.

Conforme informações do boletim de ocorrência, nesse momento a menina conseguiu se desvencilhar do prefeito, saiu correndo e pediu ajuda a um casal que passava pelo local, dizendo que havia sido abusada por um homem de barba. A polícia foi acionada e encontrou o suspeito caminhando entre as árvores. Ao ser abordado, segundo a PM, o político tentou fugir e entrou em luta corporal com os policiais, mas acabou sendo controlado. Em seguida, apontou o local onde havia escondido o carro.

Ainda conforme o registro policial, Araújo aparentava estar sob efeito de drogas. Uma perícia vai verificar se houve relação sexual. O prefeito em exercício e a criança foram encaminhados para a UPA do Bela Vista e, em seguida, para a delegacia.

Regionais : Desejo de fazer selfies dá em cadeia por tráfico
Enviado por alexandre em 21/04/2018 22:20:05


A canadense Melina Roberge, de 24 anos, foi condenada nesta quinta-feira a oito anos de prisão por tráfico de drogas. Em 2016, ela tentou entrar com 95 quilos de cocaína na Austrália a bordo de um luxuoso cruzeiro.

Melina e uma colega, Isabelle Legace, de 30 anos, aceitaram levar as drogas em troca da viagem. A condenada alegou que queria "tirar fotos em lugares exóticos e postá-las no Instagram para receber likes".

mbas levavam as drogas em malas a bordo do MS Sea Princess durante a viagem que começou no Reino Unido e passou pela Irlanda, Estados Unidos, Bermudas, Colômbia, Panamá, Equador, Peru e Chile, até chegar na Austrália.

Isabelle cumpre pena de sete anos de reclusão desde novembro de 2017 e o outro cúmplice, Andre Tamine, de 65 anos, ainda não foi julgado.

Segundo Melina, ela recebeu o convite de um 'sugar daddy' — gíria usada para homens ricos que pagam e oferecem presentes em troca de favores sexuais de jovens —, após ter sido acompanhante dele em uma viagem ao Marrocos. Ela não quis identificá-lo por temer ameaças à sua família no Canadá.

Regionais : Radialista é transferido de avião do Governo do Estado para Porto Velho, seu quadro é estável
Enviado por alexandre em 21/04/2018 01:11:25


O radialista Hamilton Alves, foi transferido para capital Porto Velho em um avião do Governo do Estado, o paciente juntamente com uma equipe medica decolaram do aeroporto do Grupo Irmãos Gonçalves por volta das 19h15min e já está na capital.

Familiares e amigos ainda muito chocados com o ocorrido, acompanharam os procedimentos de socorro e transporte do paciente.

O diretor do Hospital Municipal, Luís Eduardo Schincaglia, que acompanhou os procedimentos até a decolagem, declarou que diante a gravidade que o caso inspira, foi disponibilizado ao paciente toda estrutura de atendimento disponível pelo município, com a mobilização de dezenas de profissionais, entre eles quatro médicos. Luís destacou que um atendimento rápido e estruturado pode ser crucial neste momento crítico.

Sobre o quadro de saúde do radialista, o diretor informou que ele está estável, e acredita que ele se recuperará.

Hamilton Alves, será submetido em Porto Velho a cirurgias de extração dos projéteis.

Radialista Hamilton Alves sofre atentado a tiros na BR 364 – Atualizada


Jaru: Radialista Hamilton Alves sofre atentado a tiros na BR 364 – Atualizada

O radialista Hamilton Alves, apresentador do programa “Abrindo o Jogo” da Rádio Nova Jaru FM, foi vítima de uma tentativa de homicídio na tarde desta sexta-feira (20), durante o trajeto de retorno para sua cidade, Ouro Preto do Oeste, após apresentar seu programa em Jaru.

Hamilton foi alvejado com seis disparos de arma de fogo, por dois elementos que o seguiam em uma motocicleta Honda Titan de cor escura, desde o Município de Jaru. Hamilton foi interceptado e alvejado no momento em que transitava com seu veículo, uma caminhonete Chevrolet S- 10 pelo trecho conhecido como “Curva da Morte”, e reduzir para passar em um quebra-molas.

Logo em seguida, um dos elementos desceu da garupa da motocicleta para concluir a execução, porém um Policial Militar que estava transitando pela rodovia acompanhado pela sua família, desceu do seu veículo com arma em punho fazendo com que os criminosos se afugentassem e evadissem rapidamente pelo travessão da linha 614. A motociclista dos criminosos estava com a placa tampada por um pano.

O locutor foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Municipal de Jaru.

Uma equipe medica composto por dois clínicos, um cirurgião e vários enfermeiros se empenharam para estabilizar a vítima, que deu entrada com seis perfurações, sendo uma na boca e cinco no tórax. O paciente necessitou receber três bolsas de sangue e complicados procedimentos emergenciais. Ele sofre de diabetes, o que agravou ainda mais seu quadro.

Após uma grande mobilização de todo hospital, o jornalista foi estabilizado e transportado de ambulância até o aeroporto cedido pelo Grupo Irmão Gonçalves, onde foi embarcado em um avião do Governo do Estado que o transportou para capital.

O veículo do radialista foi recolhido até a Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP), onde foi submetido a uma perícia técnica. O delegado de polícia Dr. Renato Batistela, informou que a Polícia Civil já deu início às investigações na tentativa de elucidar o crime.







Regionais : Deputado Preso mas mantém salários de R$ 33 mil e verbas
Enviado por alexandre em 20/04/2018 08:08:23

Preso mas mantém salários de R$ 33 mil e verbas




Deputado preso integra comissão que prepara novo Código de Processo Penal

Preso desde fevereiro, João Rodrigues não pode trabalhar na Câmara. Comissão especial analisa texto que propõe mudanças em ações penais e em investigações criminais.

Ainda tem direito à remuneração mensal, cujo valor bruto é de R$ 33.763,00..Como o deputado está ausente das sessões de votação, poderá ter descontos proporcionais ao número de faltas. E cota para o exercício da atividade parlamentar, de R$ 39.877,78, e a verba de gabinete, de R$ 101.971,94. Ele mantém ainda o gabinete funcionando e não teve suplente convocado.

Por Fernanda Vivas, G1, Brasília



O deputado João Rodrigues (PSD-SC), preso desde fevereiro por determinação do Supremo Tribunal Federal, é um dos integrantes da comissão especial que analisa a proposta de novo Código de Processo Penal (CPP). Se aprovado, o novo CPP vai substituir o atual, de 1941. O código traz regras para investigações criminais e ações penais que podem resultar em condenações na Justiça.

Questionado sobre o fato, o líder do PSD, deputado Domingos Neto (CE), informou por meio da assessoria que o deputado foi reconduzido às comissões que já participava antes – procedimento comum na Casa. Declarou ainda que o processo de Rodrigues não transitou em julgado – ou seja, não se esgotaram as possibilidades de recursos na Justiça. E que, até a indicação para a comissão, o deputado ainda estava em atividade na Câmara.

A indicação do deputado João Rodrigues (PSD-SC) para a comissão especial foi feita em abril de 2015. O parlamentar foi condenado em segunda instância em 2009 por fraude e dispensa de licitação quando era prefeito da cidade de Pinhalzinho, em Santa Catarina.

Em fevereiro deste ano, ele foi preso, por determinação do Supremo Tribunal Federal, que negou recurso do parlamentar e determinou a execução provisória da pena, de 5 anos e 3 meses de prisão.

Justiça em Foco : Fachin manda arquivar processos contra deputados do PP
Enviado por alexandre em 20/04/2018 08:05:35

Fachin manda arquivar processos contra deputados do PP



André de Souza - O Globo

O ministro Edson Fachin, relator dos processos da Operação Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), mandou arquivar parte de um inquérito que investigava um repasse de R$ 2,7 milhões a seis deputados do PP, incluindo o líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PB). Já o caso do vice-governador do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, foi encaminhado para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1). A decisão foi tomada a pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que não encontrou provas contra os parlamentares, mas disse haver contra Dornelles, que não tem foro no STF.

A decisão de Fachin também beneficia os deputados Mário Negromonte Júnior (BA), Eduardo da Fonte (PE), Simão Sessim (RJ), Roberto Balestra (GO) e Jerônimo Goergen (RS) e Waldir Maranhão (MA), que deixou o PP e está no PSDB. Segundo o ministro, é obrigatório o arquivamento quando o pedido parte da PGR.

O inquérito investiga supostos pagamentos da empreiteira Queiroz Galvão a membros do partido, originado a partir da Operação Lava-Jato. E trata de duas situações diferentes. O pedido de Dodge diz respeito apenas ao primeiro episódio: o suposto pagamento feito nas eleições de 2010. O outro fato investigado é a suspeita de realização de um contrato fictício em 2011, no qual não houve arquivamento. Aguinaldo Ribeiro e Eduardo da Fonte continuam a ser investigados nesse caso, ao lado do senador Ciro Nogueira (PI) e do deputado Arthur Lira (AL).


STJ envia recurso de Lula ao Supremo


O vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, encaminhou para análise do Supremo Tribunal Federal (STF) um recurso da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra uma decisão do STJ que negou em março habeas corpus ao petista.

O pedido, negado por unanimidade pela Quinta Turma do STJ em 6 de março, era para que o ex-presidente Lula não começasse a cumprir a pena de prisão de 12 anos e um mês de prisão no processo do caso triplex. O pedido era preventivo, mas agora a prisão já foi feita no dia 7 de abril.

No despacho, o ministro Humberto Martins fez uma leitura de que um recurso contra decisão de mérito de habeas corpus no STJ pode ser remetido diretamente ao Supremo, sem que o próprio STJ faça uma análise sobre se o pedido deve ser admitido ou não.

« 1 2 3 (4) 5 6 7 ... 12944 »