Coisas ‘ungidas’ que já foram vendidas por pastores nas igrejas. VEJA - Regionais - Notícias
Regionais : Coisas ‘ungidas’ que já foram vendidas por pastores nas igrejas. VEJA
Enviado por alexandre em 13/01/2021 12:33:08


Muitos objetos já foram vendidos nas igrejas neopentecostais, com a promessa de trazerem bênçãos.

As igrejas evangélicas consideradas neopentecostais ganham os holofotes nos últimos dias, por conta de alguns objetos ungidos que os pastores têm vendido, dizendo aos fiéis que se tratam de objetos consagrados para que a benção chegue na casa de quem comprar.

 

Para que as pessoas possam ter essas coisas em casa, elas só precisam realizar uma oferta, que em muitos casos possui um valor consideravelmente alto.

 

Veja também

 

Azealia Banks desenterra seu gato de estimação morto e cozinha. VEJA VÍDEO

 

Professora é presa após jogar desinfetantes em alunos que não usavam máscara

 

Objetos ungidos que já foram vendidos nas igrejas


A caneta ungida é um desses abjetos, de acordo com o anúncio, ela serve para que as pessoas que estão estudando para um concurso público consigam passar apenas utilizando a caneta. Para possuir esse objeto é necessário desembolsar a bagatela de 100 reais.

 

A igreja também já vendeu muitos objetos voltados para a construção. Na igreja do apóstolo Valdemiro Santiago, por exemplo, já foram vendidos martelo ungido para quebrar as pedras do caminho, colher de pedreiro abençoada e tijolo para a reconstrução da vida das pessoas.

 

Tem opção para todos os gostos


E não para por aí, as donas de casa também foram contempladas pela venda de objetos ditos ungidos, como as vassouras ungidas, que começaram a ser vendidas pela oferta de R$1000. De acordo com a propaganda, elas seriam capazes de varrer para fora de casa todo o mal.

 

Também já foram oferecidos objetos como fronha dos bons sonhos, o chapéu ungido, a luz de Deus e outros itens que, segundo a propaganda, fariam com que as pessoas que o possuíssem ganhasse muitas ‘bençãos’.

 

Fonte: 1News

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo