Casal de sargentos faz sucesso no Acre e fora do país com vídeos na internet - Regionais - Notícias
Regionais : Casal de sargentos faz sucesso no Acre e fora do país com vídeos na internet
Enviado por alexandre em 02/08/2020 13:49:33

Um casal de sargentos da Polícia Militar do Acre vem fazendo o maior sucesso na internet com seguidores assíduos em mais de cinco países e diversas cidades brasileiras. Alda Radine e Nery não imaginavam o alcance que teriam nas redes sociais ao compartilharem com os internautas a rotina militar e pessoal, contando o dia a dia no trabalho e em casa, como uma família comum. Vídeos despretensiosos deram lugar a 30,3 mil seguidores juntando as contas de Alda (15,8 mil) e Nery (14,5 mil).

Foi a sargento Alda quem ingressou primeiro na carreira militar e quem publicou os primeiros vídeos em seu perfil no Instagram, quando começou seu processo de emagrecimento, há cinco anos. “Eu pesava 157 quilos. Foi uma mudança drástica. Há pouco mais de 10 anos sofria de depressão e comecei a me cuidar, fazer terapia, e resolvi falar dessas superações que passei após a depressão e a obesidade no Instagram”.

Após essa fase, Radine já tinha cerca de 6 mil seguidores quando passou a participar de um programa policial feito no Acre e transmitido no YouTube. Nascida em Rio Branco, ela conta que mesmo antes disso já havia aparecido em algumas páginas policiais do Brasil na web por conta das histórias de superação que ela contava. Fato que também contribuiu para que ela e o marido ganhasse milhares de seguidores.

Foto: Daniel Cruz

“Eles [internautas] queriam saber como a gente tinha entrado na polícia, quais foram os nossos esforços e também sobre a nossa rotina na PM enquanto casal”. Alda entrou na PM em 2002 e o esposo em 2009. “Publico sempre conteúdos voltados a questões familiares, boa convivência com a família, igualdade no casamento, sempre deixando de lado o estereótipo de que existe machismo na PM. Isso não é mais uma realidade no meio militar”, conta sargento Nery, destacando ainda o nicho de histórias de superação, motivação e realização de sonhos que posta na web.

Nery passou em seis concursos públicos, entre eles o da PM de Rondônia, mas seu grande sonho era servir a Polícia Militar do Acre. “Era meu sonho servir aqui no meu estado. Nós postamos aquilo que a gente acha que pode ajudar outras pessoas. Após o programa [policial] que participamos, tivemos uma visibilidade nacional”, explica.

Alcance fora do Brasil

O casal conta que hoje possui uma abrangência mundial na internet. “Temos seguidores da Alemanha, Espanha, Portugal, Estados Unidos, mas onde prevalece nosso maior número de seguidores é no Brasil”, salienta a sargento Alda. Em nível de Acre, o maior público é de Rio Branco, Brasileia [cidade onde o casal reside atualmente] e Epitaciolândia. São Paulo e Fortaleza também estão entre as cidades com maior alcance do conteúdo do casal, conforme os dados estatísticos do Instagram.

Foto: Daniel Cruz

Além de tratar sobre emagrecimento, preconceito e sororidade feminina, Radine também levanta questões sobre segurança pública, como por exemplo, dicas de como agir durante o carnaval, como reagir a uma abordagem policial, como entrar e sair de casa em segurança. “Levo estratégias de autoestima, autoconhecimento, necessidade de se amar, do amor próprio e tiro dúvidas de jovens que tem vontade de ingressar na carreira militar”.

Para quem nunca imaginou ser reconhecido nacionalmente e até mundialmente, o casal ainda se surpreende com os três fã-clubes que possuem. “Penso que se trata de carinho. As pessoas se apegaram a nossa forma de trabalhar, acharam nosso trabalho interessante. Elas vieram saber como éramos na rede social e se apegaram a nós quando viram que somos de verdade: um pai, uma mãe de família que procuram ter uma vida comum”, diz Radine, que sempre procura dar atenção a todos que a procuram nas redes sociais.

Foto: Daniel Cruz

Sargento Alda, inclusive, já participou de ações municipais de cunho social, em escolas ou oferecendo auxílio a mulheres vítimas de violência. “Tenho um quadro no meu perfil chamado “A História de Uma Mulher”, onde elas expõem sua história de vida, superação, luta, para incentivar e fortalecer outras mulheres, para que outras mulheres entendam que todas as mulheres passam por lutas e que é possível passar por situações difíceis e vencê-las”.

Já Nery destaca que muitos dos seguidores migraram do canal do YouTube para as redes sociais do casal. “Postamos como é nossa dia a dia a dia, nosso trato com os filhos, como casal. Prezo muito pelo resgate do romantismo no relacionamento, não vejo isso como um demérito. E demonstrar isso de forma pública estimula muitas pessoas a fazerem o mesmo. As pessoas vieram às nossas redes para nos conhecer um pouco mais e acabaram ficando”.

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo