Mulheres moradoras da RO-470 (linha 200), fazem ato em protesto pelas pessímas condições trafegabilidade - Regionais - Notícias
Regionais : Mulheres moradoras da RO-470 (linha 200), fazem ato em protesto pelas pessímas condições trafegabilidade
Enviado por alexandre em 31/07/2020 23:20:00



Em um diálogo entre o Pároco Pe. Jaci Orando e uma moradora da linha 200, ambos indignados com o abandono e descaso por parte das autoridades com o sofrimento devido   a precária condição da Rodovia RO 470. Deu-se a ideia da criação do grupo de Watsap criado por Pe. Jaci Orlando no dia 15 de julho. Onde o mesmo deixou um convite para os membros do grupo estarem se prontificando a fazer parte de uma comissão para juntos traçarem estratégias no objetivo de irem até as autoridades cobrar providencias.

Com 19 nomes foi criado o grupo da comissão no dia 16 de julho. Que imediato já marcaram uma reunião para dividir os cargos. Observando o destaque das mães moradoras da Rodovia no grupo de Watsap. Os mesmos tiveram a ideia de criar um grupo somente para as mães moradoras estarem compartilhando fotos dos idosos e das crianças que estão ficando doente devido ao grande volume de poeira, o grupo foi criado no dia 23 de julho. Já de início elas tiveram a ideia de fazer essa manifestação com faixas e cartazes.

Porém, devido a comissão já terem uma reunião marcada para o dia 24 de julho, com as autoridades resolveram então aguardar o resultado da reunião. Como já é do conhecimento de todos ficou anunciado na reunião pelo prefeito Charles representado pelo o Deputado Laerte Gomes, que as obras iniciarão dentro de 15 dias.

Temerosas que não se cumpra o prazo as mães moradores decidiram a fazer uma manifestação no objetivo de que chegue as autoridades o apelo e o sofrimento vivido por elas, pois, a maioria estão com crianças e idosos doentes por inalar a poeira excessiva, decorrente do asfalto que foi retirado e o grande fluxo de carros que trafegam na rodovia.

A manifestação se aconteceu no dia 30 de julho, com inicio as 17hs. Onde foi cobrado que se cumpra o prometido dentro do prazo. As mesmas se organizaram com faixas e cartazes, que foram deixados ao longo da rodovia com frases de socorro e apelo.



Conforme já era o esperado o “Grupo de Mães” formado por mães e moradoras da linha 200/RO 470 realizou um ato público feito pelas mulheres com faixas cartazes, que como mães e donas de casa são as primeiras a sentir os efeitos negativos da atual situação.

As mesmas querem deixar claro para todos os leitores que o trabalho feito por elas, não foi a nenhuma desobediência ao acordo feito para a “Comissão RO 470” das autoridades que se comprometeu que irá iniciar a reconstrução da RO470 em 15 dias e ontem (30/08/2020) faltava apenas nove (9) dias. Mas, sim foi um ato público em apoiar a causa juntamente com a Comissão e também para colher assinaturas do abaixo assinado.

Ressaltando ainda que foi muito proveitoso e que colheram assinaturas equivalente a mais de dois blocos assinado por pessoas que trafegavam na rodovia. Logo, elas reafirmam que caso haja necessidade as mesmas irão sim se manifestar para reivindicar os direitos delas e de todos, pois como cidadãs brasileiras contribuem com impostos.

Mais, ainda é bom refletir: “o que levou Judas a vender Jesus Cristo, não foi somente o dinheiro que ele recebeu.  E sim, a inveja da liderança que Cristo tinha. Judas não”!


Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo