General Heleno acusa Lula incitar a violência - Regionais - Notícias
Regionais : General Heleno acusa Lula incitar a violência
Enviado por alexandre em 10/11/2019 16:20:50

General Heleno acusa Lula incitar a violência

Renova Mídia
General Heleno acusa Lula incitar a violência

“Lula, em seu discurso, mostra quem é e o que deseja para o país”, afirmou Heleno.

Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), afirmou, neste sábado (9), que o discurso do condenado Lula da Silva (PT), em São Bernardo do Campo, incitou a violência, agrediu instituições do Brasil e ofendeu o presidente da República, Jair Bolsonaro.
“Lula, em seu discurso, mostra quem é e o que deseja para o país. Incita a violência (cita povo do Chile como exemplo), agride várias instituições”, escreveu o general na rede social Twitter.
Heleno acrescentou que o discurso do petista também ofende o presidente Bolsonaro ao mostrar “desconhecimento sobre carreira militar”.
Lula, em seu discurso, mostra quem é e o que deseja para o país. Incita a violência (cita povo do Chile como exemplo), agride várias instituições, ofende o Pres Rep e mostra seu total desconhecimento sobre carreira militar.
20,7 mil pessoas estão falando sobre isso
Lula, que deixou a Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba, na última sexta-feira (8), após 580 dias preso, discursou em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos, no interior de São Paulo, na tarde de sábado.
Além de incitar protestos violentos no Brasil, o líder petista criticou a política econômica do governo, atribuiu ao atual chefe do Palácio do Planalto uma atuação “para milicianos” e reclamou da imprensa.



Moro dá mitada e humilha ex-presidente condenado

Portal Novo Norte
Nesta sábado (9), o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, utilizou suas redes sociais para rebater as ofensas feitas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Sem citar o nome do petista, Moro disse que não responde a criminosos.
Mais cedo, Lula, que deixou a prisão nesta sextas-feira (8), fez um discurso a militantes e chamou Sergio Moro de canalha. O ex-presidente foi beneficiado após o Supremo Tribunal Federal (STF) barrar a prisão após condenação em segunda instância.
Fonte: Pleno News

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo