Bolsonaro condecora Sergio Moro com a Medalha do Mérito Naval. - Regionais - Notícias
Regionais : Bolsonaro condecora Sergio Moro com a Medalha do Mérito Naval.
Enviado por alexandre em 11/06/2019 22:47:29


O presidente Jair Bolsonaro participou nesta terça-feira (11) da comemoração dos 154 anos da Batalha Naval do Riachuelo, no Grupamento de Fuzileiros Navais, em Brasília.
Bolsonaro chegou à cerimônia de lancha, acompanhado dos ministros da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes. Este foi o primeiro encontro entre o presidente e o ministro da Justiça após as publicações feitas pelo site The Intercept sobre as trocas de mensagens entre o então juiz Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol. Denominadas de ‘As mensagens secretas da Lava Jato’, as reportagens vazam conteúdos de aplicativos de mensagens privadas entre integrantes da força-tarefa da Lava Jato.
Durante a solenidade, 180 personalidades civis e militares foram homenageadas com a Medalha da Ordem do Mérito Naval por seus serviços prestados à Marinha do Brasil. Moro e Pontes e outros ministros receberam a homenagem.
Marinha
No evento, Bolsonaro destacou a atuação da Marinha em todo território nacional, em ações de defesa, científicas e sociais, e a importância de, todos os anos, lembrar “de um dos mais admiráveis fatos da história nacional”.
“As glórias militares do passado, sempre associadas à defesa da soberania nacional e integridade territorial, permitem uma melhor compreensão de quem realmente somos e nos oferece a convicção da nossa capacidade de superar desafios na busca de um futuro promissor”, disse o presidente em mensagem lida durante a cerimônia.
A Batalha Naval do Riachuelo aconteceu 11 de junho de 1865, nas margens do Rio Riachuelo, um afluente do Rio Paraguai, na Argentina, quando a força naval do Brasil impediu que as forças paraguaias avançassem em território brasileiro. Na época, durante a Guerra da Tríplice Aliança, o Paraguai, sem conexão com o mar, buscava o controle da Bacia do Prata, que representava uma saída para o Oceano Atlântico.
*Com informações da Agência Brasil.

Integridade de Moro está 'acima de qualquer suspeita', diz ministro Augusto Heleno Para Augusto Heleno, 'o julgamento popular dará aos detratores a resposta que merecem'

O Globo
O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) Augusto Heleno Foto: Jorge William / Agência O Globo


















O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) Augusto Heleno Foto: Jorge William / Agência O Globo


BRASÍLIA — O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno , divulgou na tarde desta segunda-feira uma mensagem de defesa do ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro , na qual diz que a integridade e devoção à pátria do ex-juiz federal "estão acima de qualquer suspeita".
O site de notícias The Intercept Brasil publicou mensagens atribuídas a Dallagnol e a Sergio Moro , que sugerem que os dois combinaram atuações na Operação Lava-Jato. A reportagem cita ainda mensagens que indicam dúvidas dos procuradores sobre os argumentos para pedir a condenação de Lula no caso do tríplex do Guarujá, poucos dias antes da apresentação da denúncia.
As conversas tornadas públicas sugerem também que os procuradoresteriam discutido uma maneira de barrar a entrevista do ex-presidenteautorizada por um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), antes do primeiro turno da eleição.
Moro e Dallagnol negam irregularidades e denunciam invasão ilegal de suas comunicações.
O texto de Heleno, que se submete a cirurgia de catarata nesta tarde, foi divulgado em aplicativos de mensagem de texto. 

"O desespero dos que dominaram o cenário econômico e político do Brasil, nas últimas décadas, levou seus integrantes a usar meios ilícitos para tentar provar que a Justiça os puniu injustamente. Querem macular a imagem do Dr Sergio Moro, cujas integridade e devoção à Pátria estão acima de qualquer suspeita. Vão ser desmascarados, mais uma vez ", diz a mensagem divulgada por Heleno, enviada para jornalistas.

Fake News “em alta”

NBO

Fake news ameaçam democracia e aumentam polarização, diz Toffoli

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, disse hoje que as notícias falsas são alvo de preocupação no Brasil e no mundo e ameaçam os processos e valores democráticos, além de contribuírem para o aumento da polarização na sociedade.
A afirmação foi dada durante o lançamento do Painel Multissetorial de Checagem de Informações e Combate à Notícias Falsas, iniciativa que reúne órgãos da cúpula do Poder Judiciário, da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), de entidades de classe de magistrados e de veículos de comunicação.

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo