MAIS UMA - Política - Notícias
Política : MAIS UMA
Enviado por alexandre em 15/05/2019 08:06:44

Brasil deveria ter bomba nuclear
O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) afirmou nesta terça, 14, que o Brasil seria levado “mais a sério” se tivesse bomba nuclear, durante uma palestra a alunos do curso superior de Defesa da Escola Superior de Guerra, realizada na Câmara, informa a Folha.

“Se tivéssemos um efetivo maior, um poder bélico maior, talvez fossemos levados mais a sério pelo (presidente da Venezuela, Nicolás) Maduro, ou temido quem sabe pela China ou pela Rússia (…) São bombas nucleares que garantem a paz ali no Paquistão. Como seria a relação do Paquistão com a Índia se só um dos dois tivesse bom nuclear? Será que seria da mesma maneira do que hoje? Claro que não”, diz.

Ele assume ser “entusiasta dessa visão. Pouco me importa, vão falar que eu sou agressivo ou que eu quero tocar fogo no mundo. Mas de fato, por que o mundo inteiro respeita os Estados Unidos? É o único país que têm condições de abrir duas frentes militares, duas guerras em qualquer lugar do mundo”, afirmou o parlamentar, que é presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara.  (Estadão)


"Ou o presidente é mentiroso?". Recuo do recuo

 Recuo do recuo irrita deputados

Após o governo de Jair Bolsonaro “recuar do recuo” sobre o contingenciamento nas universidades federais prometido para líderes partidários, alguns deputados ficaram irritados.

Não apenas porque a promessa do presidente não será cumprida, mas também pelo modo com que alguns governistas desmentiram a informação passada no plenário da Câmara.

A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann, por exemplo, chamou a informação de “boato barato”, mesmo ela tendo saído da boca do líder de governo na Câmara, Major Vítor Hugo.

“Se o governo não sustenta o que foi falado pelo presidente na frente de 12 parlamentares, não sou eu que vou sair como mentiroso”, disse o deputado Capitão Wagner (Pros-CE).

“Se é boato, quem criou o boato foi o governo, que fez o recuo do recuo. Espero que os parlamentares que estiveram presentes na reunião com o presidente Bolsonaro possam indagar amanhã o ministro Abraham Weintraub sobre a ligação feita. Ou o presidente é mentiroso?”, afirmou.  Estadão – BR 18)

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo