Homem não recebe programa e mata fisioterapeuta - Regionais - Notícias
Regionais : Homem não recebe programa e mata fisioterapeuta
Enviado por alexandre em 15/05/2019 00:49:30


amazonas.jpg

 

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Parintins, sob o comando da delegada Alessandra Trigueiro, titular da unidade policial, prendeu em flagrante, na manhã de segunda-feira (13), por volta das 9h, Alexandro Barros de Souza, 23, pela autoria do homicídio do fisioterapeuta Hugo de Souza Dias. O crime ocorreu no último domingo (12), por volta das 3h, no bairro Centro, naquele município, distante 369 quilômetros em linha reta da capital. A vítima tinha 30 anos.

De acordo com a autoridade policial, no dia do crime, Hugo estava com um grupo de amigos em um bar, quando conheceu Alexandro e ofereceu R$ 100 para ter relações sexuais com o infrator. Conforme a delegada, os dois deixaram o estabelecimento e seguiram para a escadaria do porto da cidade. “Após a prática sexual, a vítima não tinha dinheiro para pagar Alexandro e ofereceu um relógio como pagamento. Eles travaram luta corporal e Hugo acabou caindo no rio”, relatou.

A titular da DEP explicou que, após Hugo cair no rio, Alexandro empreendeu fuga do local e não prestou socorro à vítima. Durante as investigações em torno do desaparecimento do fisioterapeuta, o corpo foi encontrado na manhã de segunda-feira (13), por volta das 6h, no rio, pela equipe da especializada. “Demos início às diligências até lograrmos êxito na prisão do infrator, efetuada no bairro Centro, em Parintins”, disse.

Alexandro foi autuado em flagrante por homicídio. Ao término dos procedimentos cabíveis no prédio da DEP Parintins, o infrator será encaminhado à Unidade Prisional de Parintins (UPP), onde irá ficar à disposição da Justiça.

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo