Indígena do AC conclui faculdade de Medicina em São Paulo sem a Lei de Cotas para ensino superior - Regionais - Notícias
Regionais : Indígena do AC conclui faculdade de Medicina em São Paulo sem a Lei de Cotas para ensino superior
Enviado por alexandre em 08/11/2018 18:55:23


Em 2012, começava a jornada do jovem indígena Ornaldo Baltazar Sena Ibã, da Etnia Hunikuin, nascido na Aldeia Novo Segredo, em Jordão (AC) em busca de realizar um sonho: cursar medicina.

Aos 22 anos, ele foi aprovado para cursar Medicina na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), no interior de São Paulo, e agora ele deve regressar à terrinha graduado em Medicina.

Ornaldo Baltazar Sena se formou sem a Lei de Cotas para o Ensino Superior. Pelas redes sociais, ele comemorou a realização do sonho e disse que pretende atuar especificamente na área de saúde indígena no Acre.

“Oficialmente formado, gente! Sem texto grande, só o sentimento de gratidão a esta universidade maravilhosa que me acolheu e me ensinou muitas coisas sobre diversidades! E obrigado todas as pessoas envolvidas na minha formação!”

Em 2012,o jovem indígena concedeu entrevista ao Jornalista Altino Machado, na qual detalhou os desafios a serem vencidos para sua permanência na UFSCar. Graças a notoriedade do jornalista, o acadêmico obteve inúmeras ajudas, desde passagens aréas até ajudas de custo.

ac24horas

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo