As finanças da campanha - Mais Notícias - Notícias
Mais Notícias : As finanças da campanha
Enviado por alexandre em 12/07/2018 09:36:08

As finanças da campanha


Carlos Brickmann

Henrique Meirelles deve ser lançado pelo MDB em 4 de agosto. Meirelles tem intenções de voto muito baixas, mas não faz mal: como tem condições de bancar a sua campanha, toda a verba do partido será destinada aos outros candidatos. Isso contribui muito para consolidar sua candidatura, apesar do carisma zero e de uma política econômica que deixou de ir bem após a parada dos caminhões. Dória oferece a mesma vantagem ao PSDB: pagando a campanha toda, ou a maior parte, sobra verba para os demais candidatos. Fora isso, Doria tem mostrado mais fôlego que Alckmin.

O que não falta é candidato (embora achar um bom seja mais difícil): há Marina, Afif, Flávio Rocha, João Amoedo, Guilherme Boulos, Manuela d’Ávila, Álvaro Dias, o poste de Lula – provavelmente Fernando Haddad.

E Bolsonaro?

Embora Jair Bolsonaro esteja em primeiro lugar nas pesquisas, Alckmin não acredita em sua candidatura: disse em Cuiabá, à rádio Jovem Pan, que Bolsonaro não chegará ao segundo turno. “Se você quer saber a minha opinião, eu acho que o Bolsonaro não vai para o segundo turno. Ele não chega lá. Então, essas pesquisas, nesse momento, não representam intenção de voto, porque voto mesmo você só vai definir lá na frente”.

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo