Lobby no STF trama de privilégio a salário - Mais Notícias - Notícias
Mais Notícias : Lobby no STF trama de privilégio a salário
Enviado por alexandre em 11/07/2018 08:52:18

Lobby no STF trama de privilégio a salário



Ideia é "legalizar" o indefensável auxílio-moradia

Trama federal

Blog de Kennedy

Há um lobby de parcela do Poder Judiciário e do Ministério Público para pressionar a ministra Cármen Lúcia, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), a propor a incorporação do auxílio-moradia aos salários da magistratura a partir de 2018.

A jogada é a seguinte. Cármen Lúcia já disse que não pretende propor aumento salarial no Orçamento de 2018 para os ministros do STF, cuja remuneração serve de referência para o teto do funcionalismo público.

No entanto, o ministro Luiz Fux tem ouvido pedidos para convencer os colegas do STF a propor a incorporação do auxílio-moradia no lugar de eventual reajuste salarial.

A saída seria uma forma de legalizar um privilégio de cerca de R$ 1 bilhão anual que está ancorado numa decisão precária e liminar do próprio Fux.

O auxílio-moradia, de R$ 4,3 mil, é indefensável num país em crise fiscal, mas parcela do Judiciário e do Ministério Público acha que pode dar um jeitinho para abocanhar fatia do Orçamento Público quando o STF discutir a questão salarial de seus ministros em agosto.

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo