Cassol só aceita coligar com vaga ao Senado garantida a Magno, Expedito pode ser forçado a disputar o governo, Podemos se organiza no Estado - Regionais - Notícias
Regionais : Cassol só aceita coligar com vaga ao Senado garantida a Magno, Expedito pode ser forçado a disputar o governo, Podemos se organiza no Estado
Enviado por alexandre em 11/07/2018 00:41:34

Convenções – A partir do próximo dia 20 os partidos políticos poderão realizar as convenções para escolha dos candidatos as eleições deste ano. Serão eleitos presidente da República e o vice, governadores e vices, duas das três vagas ao Senado, deputados federais e deputados estaduais. As negociações vão se afunilando e apresentando algumas situações consideradas improváveis, como o aviso do senador Ivo Cassol (PP-RO), que está inelegível para concorrer nas eleições deste ano.

Senado – O recado mais recente de Cassol foi o anúncio, que o seu grupo só comporá com outro, que acate o ex-deputado federal Carlos Magno, do seu partido, como candidato a uma das duas vagas ao Senado. Magno, até então era a terceira via do Grupo Cassol para disputar a sucessão do governador Daniel Pereira (PSB). De forma decisiva Cassol vem a público impondo Carlos Magno como opção para o Senado, no caso de uma composição.

Divisão – Como o PSDB, que tem pré-candidato há tempo (ex-prefeito de Porto Velho, José Guedes) a cada semana tem um novo nome para a disputa do governo (Expedito Júnior, deputada federal Mariana Carvalho), menos o de Guedes, a imposição de Cassol de Carlos Magno ao Senado, pode levar Expedito, compulsoriamente a disputar o governo do Estado. Na opção de Expedito e Magno ao Senado, certamente ambos serão prejudicados em razão da divisão de votos, mesmo com o eleitor tendo a opção de escolher dois nomes. O prejuízo político será de Expedito Júnior.

Mulheres – A alternativa da maioria das candidaturas de mulher, que por lei obriga a participação de no mínimo 30% dos postulantes a cargos eletivos será diferente nas eleições deste ano. O Fundo Partidário terá que aplicar, no mínimo 30% dos recursos na campanha das mulheres. Antes era 15% e ninguém sabia como se aplicava os recursos nas campanhas. Agora os 30% do Fundo terão que atender a pelo menos 30% das candidatura femininas. O que antes era formalidade, só no papel, agora terá que ocorrer de forma compulsória. Fim do “jeitinho” brasileiro.

Podemos – O pré-candidato a presidente da República do Podemos, senador Álvaro Dias, do Paraná, vem crescendo nas pesquisas de opinião pública de forma gradativa em todo país, inclusive em Rondônia. No último sábado, o presidente do diretório regional do Podemos, deputado estadual Léo Moraes comandou pré-convenção do partido em Porto Velho. Léo é pré-candidato a deputado federal e articula alianças para fortalecer o partido e abrir espaço político para Álvaro Dias, que é ficha limpa e com uma ampla folha de bons serviços prestados na política.

Respigo

A temperatura caiu muito na região centro Sul do país. Na noite de ontem (9) em Umuarama, região Noroeste do Paraná os termômetros registravam 12 graus +++ Durante a madrugada a temperatura baixou para 6 graus e muito nevoeiro. Mas em Santa Catarina chegou a nevar em algumas regiões +++ Voos que chegam e decolam no Aeroporto Internacional Jorge Teixeira em Porto Velho sempre lotados. Como estamos em período de férias escolares é grande a movimentação de pessoas que deixam o Estado tendo como destino a maioria das vezes o Nordeste +++ O programa da tarde de hoje, a partir das 14h, pra quem gosta de futebol é assistir o jogo entre França e Bélgica, pela semifinal da Copa do Mundo da Rússia. O vencedor disputará com o vitorioso do jogo de amanhã (11), entre Inglaterra e Croácia, também a partir das 14h.

Autor / Fonte: Waldir Costa / Rondônia Dinâmica

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo