Fórum de Ouro Preto do Oeste é inaugurado - Regionais - Notícias
Regionais : Fórum de Ouro Preto do Oeste é inaugurado
Enviado por alexandre em 06/12/2017 19:36:27


O sol já se preparava para se despedir do primeiro dia de dezembro, quando o toque marcial da Banda da Polícia Militar iniciou a execução do Hino Nacional. A postos, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Sansão Saldanha; o prefeito de Ouro Preto do Oeste, Vagno Panisoly, e o deputado Marcelino Tenório hastearam os pavilhões nacionais. Estava aberta uma cerimônia repleta de emoção e que marcou a entrega à sociedade local de um novo espaço para o exercício da jurisdição, adequado para quem vai até lá trabalhar e preparado para quem busca a Justiça. Justa, também, a homenagem feita ao ex-presidente do TJRO e do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Cássio Rodolfo Sbarzi Guedes, que dá nome ao novo prédio, localizado na Avenida Daniel Comboni, na região central de Ouro Preto.

Se de um lado autoridades e convidados aguardavam o cerimonial e o protocolo oficial, de outro a população que transitava pelo comércio demonstrava interesse pelo edifício, que tem 4.500 metros quadrados de área construída. “Tá bonito, né? Eu olhei e gostei mesmo”, disse o agricultor Pedro Sérgio. Ele se disse admirado com o resultado da obra, que é um projeto moderno do Departamento de Engenharia e Arquitetura do TJRO (DEA) para uma edificação sólida, sem muito luxo, mas muito funcional.

Isso ficou bem claro assim que a fita foi descerrada pela mãe do homenageado, a senhora Iracema Delage Sbarzi, e pelo presidente do TJRO. Aplausos e emoção com os primeiros passos. Logo no hall, duas placas. A primeira registra a gestão que entrega a obra e a segunda reconhece o esforço de dois magistrados, o ex-presidente do TJRO e atual presidente do TRE, desembargador Rowilson Teixeira, e o ex-diretor do fórum e juiz titular dos Juizados Especiais, Glauco Antônio Bezerra; o primeiro por ter iniciado essa importante construção e o segundo pelo esforço para que o terreno do novo fórum fosse aquele, uma área nobre da cidade.

E tudo no novo fórum visa atender todas as demandas da Resolução 114, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), bem como normas de acessibilidade, proteção contra incêndio, iluminação, conforto térmico, rede lógica moderna e capacidade para atender a todos os servidores dentro dos padrões de velocidade exigidos atualmente pelos sistemas de processos eletrônicos. E tem mais, no novo prédio há capacidade de funcionar de forma plena em caso de interrupção do fornecimento de energia elétrica, conta com um moderno parque de grupo geradores, nobreaks que atendem toda a edificação.

Destaque, também, para as rampas de acesso às varas, com três elevadores para todos os pavimentos e rampas de acesso ao Tribunal do Júri. Piso tátil na área externa e interna. Banheiros para portadores de necessidades especiais.

Solenidade

edit-inau-OPOIMG 0665Todos seguiram para o plenário do Tribunal do Júri. No caminho, porta giratória com detector de metais, conforto e segurança explícitos. Após a formação da Mesa de Honra, com as autoridades, um vídeo produzido pela Coordenadoria de Comunicação do TJRO apresentou um pouco da história da cidade e da comarca e emocionou a todos com as palavras das filhas do desembargador Cássio Sbarzi. Participaram da mesa e discursaram os representantes do Ministério Público, Tiago Cadore; Defensoria Pública, Gilberto Campelo; Câmara de Vereadores, Josimar Cavalcante; Ordem dos Advogados do Brasil, Marcos Donizetti; assim como o prefeito Vagno e o juiz diretor, João Valério; o presidente do TRE, desembargador Rowilson Teixeira, o presidente Sansão, do TJRO; e Cleverson Sbarzi Guedes, promotor de justiça em Minas Gerais e irmão do homenageado.

O Coral Vozes do Madeira entoou o Hino de Rondônia, ao final da cerimônia, e ampliou o nível de emoção com um pout pourri de músicas populares brasileiras, o que, revelado pelo irmão Cléverson, era preferências do irmão homenageado, que faleceu no início do ano e deixou um legado de dedicação e humanidade no Judiciário de Rondônia. No começo da carreira, o jovem juiz mineiro atuou em Ouro Preto do Oeste, onde conheceu a esposa, mãe de suas duas filhas. A carreira irretocável e o jeito simples e cordial, fizeram do desembargador Cássio uma pessoa querida no Judiciário rondoniense, que reconhece esforço de mais de três décadas dedicadas à causa da Justiça.

Qualidade

O prédio tem capacidade para abrigar até oito varas e a estrutura foi projetada para que se pudesse ampliar mais um pavimento abrigando mais quatro varas prevendo o crescimento da cidade.

Conforme informou o diretor do DEA/TJRO, Rafael Grangeiro, a licitação ocorreu em 2014, a obra começou em junho de 2015. “Foram 31 meses, dada a complexidade da obra, que inclui todos os equipamentos e demais instalações”, informou. Não se chegou a 3% de acréscimos em aditivos, fato muito raro o que reflete bem a qualidade do projeto desenvolvido pela equipe técnica do TJRO, a fiscalização efetuada pelo órgão, assim como os demais setores do TJRO: Compras, Contratos, jurídico, a determinação da Administração em enfrentar os problemas, tendo em mente o compromisso de entregar a obra concluída e em condições de uso para os servidores e população.




























Assessoria de Comunicação Institucional

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo