Empresários da Namíbia e Etiópia conhecem potencial econômico da região central do Estado - Regionais - Notícias
Regionais : Empresários da Namíbia e Etiópia conhecem potencial econômico da região central do Estado
Enviado por alexandre em 12/10/2017 21:41:31


Empresários da Namíbia e Etiópia conhecem potencial econômico da região central do Estado
A secretária Executiva Regional de Governo polo IV Maria Araújo de Oliveira recepcionou a comitiva de empresários da Namíbia e Etiópia, que vieram a Rondônia a convite do vice-governador do Estado Daniel Pereira. O foco da visita é o interesse na tecnologia produzida pelo Estado nos setores de grãos, piscicultura e pecuária itens que as duas nações africanas buscam para o desenvolvimento sócio/econômica de ambas.

No município de Ouro Preto do Oeste a secretária de Governo Maria Araújo de Oliveira prestou todo o apoio logístico para os empresários Kale-ab Firdu, Hana Firdu e Ennetu Desalegn que estavam acompanhado do representante da AFROCHAMBER – Câmara de Comércio Afro-Brasileira, Ricardo Latikani, que atuou como interprete. A secretária de Governo fez uma explanação do potencial econômico da região Central do Estado destacando o agronegócio assim como o setor de turismo sustentável. A comitiva esteve conhecendo toda estrutura da Piscicultura Verde Vale localizada na zona rural de Ouro Preto do Oeste, o empreendimento que possui cerca de 60 tanques é uma referência na produção de alevinos e criação de peixes das espécies: pintado, jatuarana, tambaqui e pirarucu tendo sua produção absolvida pela cidade de Manaus e a região centro Oeste do país, os empresários ficaram impressionados com a tecnologia empregada neste setor. Outro visita bastante proveitosa foi ao frigorifico Frigon localizado no município de Jaru, que abate uma média de 1.500 cabeças de gado por dia usando o que tem de mais moderno para este tipo de serviço.

O representante da AFROCHABER Ricardo Latikani disse que a Etiópia país com 104 milhões de habitantes é a segunda nação mais populosa da África, depois da Nigéria, e a grande economia de crescimento mais rápido do continente. A Etiópia possui as maiores reservas de água no continente e é muitas vezes referida como a torre de água da África Oriental. No entanto, existem apenas alguns sistemas de irrigação no país, com cerca de 1,5% do volume de água total sendo utilizado para esse fim. Levando em consideração que a agricultura representa a única fonte de renda para cerca de 80% da população, este sector está precisando desesperadamente de investimentos, independentemente da fonte. A agricultura fornece cerca de 41% do PIB e representa cerca de 80% das exportações do país. Muitos dos outros setores da economia dependem da agricultura, o que inclui a comercialização, processamento e transporte das mercadorias produzidas. Os principais produtos cultivados são: feijões, cereais, café, sementes oleaginosas, batata, cana de açúcar e produtos hortícolas além de ter um rebanho bovino de cerca de 52 milhões de cabeça de gado que ainda tem o seu abate de forma rudimentar por isso o interesse na tecnologia empregada neste setor aqui no Estado de Rondônia.

Sobre a República da Namíbia a mesma possui o maior potencial logístico, econômico e político da região cuja sua população é de aproximadamente 2,5 milhões de habitantes. Minas, pecuária, pesca, metalurgia e processamento de alimentos são os pilares de sua economia, fazendo com que a indústria seja o segundo responsável com mais de 30% do total do PIB e a agricultura com pouco mais de 6% do total do PIB.

Em sua consideração a comitiva segundo explicou Ricardo Latikani para a secretária de Governo Maria Araújo, todos ficaram bastante interessados em buscar uma relação comercial com o Estado em especial a Namíbia que já faz parte das relações comerciais com Rondônia fato este iniciado durante a realização da Rondônia Rural Show. “Tecnologia empregada no abate bovino e na piscicultura além na prestação de serviço na parte de turismo nos chamaram a atenção e queremos voltar aqui para iniciamos as tratativas com este foco”, pontuou Ricardo Latikani.

A secretária de Governo Maria Araújo de Oliveira disse que Rondônia está preparado para aprofundar estas relações comerciais não só com os países africanos, mas os que tiverem interesse. “O governador do Estado Dr. Confúcio Moura preparou Rondônia para este mote e para tanto priorizou uma política pública eficaz e dentro da realidade vivenciada no mundo globolizado”, disse.








Fonte

Texto: Alexandre Araujo

Fotos: Alexandre Araujo

Secom – Governo de Rondônia


Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo