CNN: russos teriam informações comprometendo Trump - Mais Notícias - Notícias
Mais Notícias : CNN: russos teriam informações comprometendo Trump
Enviado por alexandre em 11/01/2017 09:48:40

CNN: russos teriam informações comprometendo Trump
Postado por Magno Martins

O Globo

Documentos confidenciais apresentados na semana passada ao presidente Barack Obama e ao presidente eleito Donald Trump incluem alegações de que autores dos ciberataques que os EUA atribuem à Rússia teriam alardeado possuir acesso a informações pessoais e financeiras comprometedoras de Trump, disse a CNN, com base em altos funcionários do governo e da Inteligência. O presidente eleito teria um canal direto com os russos, segundo o documento. As alegações, informou a CNN, foram apresentadas em uma sinopse de duas páginas anexada ao relatório sobre a interferência russa nas eleições de 2016.

Documentos divulgados na semana passada foram apresentados por quatro dos principais chefes de Inteligência dos EUA — o diretor de Inteligência Nacional, James Clapper; o diretor do FBI, James Comey; o diretor da CIA, John Brennan; e o almirante Mike Rogers, diretor da NSA.

Nos últimos dias, assessores de Trump disseram que ele já admite que houve papel direto da Rússia nos ciberataques, mas não explicaram o motivo.
Economia global crescerá 2,7%, e do Brasil 0,5%
Postado por Magno Martins

Folha de S.Paulo

O Banco Mundial afirmou nesta terça-feira (10) que o crescimento global deve acelerar levemente, já que a recuperação dos preços do petróleo e das commodities alivia as pressões sobre os mercados emergentes exportadores de matéria-prima e as dolorosas recessões no Brasil e na Rússia devem chegar ao fim.

Em seu mais recente relatório de Perspectivas Econômicas Globais, o Banco Mundial disse esperar que o PIB (Produto Interno Bruto) mundial tenha em 2017 um crescimento de 2,7%, ante 2,3% no ano passado.

O crescimento nas economias avançadas deverá acelerar para 1,8% em 2017, ante 1,6% em 2016, disse o Banco Mundial, enquanto o crescimento das economias emergentes e em desenvolvimento deve subir para 4,2% neste ano, ante 3,4% em 2016.

O Banco Mundial projeta que o Brasil voltará a crescer neste ano, com uma expansão de 0,5%, contribuindo para um crescimento estimado de 1,2% na América Latina e Caribe.

"Depois de anos de decepcionante crescimento global, estamos encorajados por ver perspectivas econômicas mais fortes no horizonte", disse o presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim (foto), em comunicado.

"Agora é a hora de aproveitar esse impulso e aumentar os investimentos na infraestrutura e nas pessoas."

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo