Jornal francês pode ser processado por publicar charges do profeta Maomé - Justiça em Foco - Notícias
Justiça em Foco : Jornal francês pode ser processado por publicar charges do profeta Maomé
Enviado por alexandre em 20/09/2012 23:25:04

Jornal francês pode ser processado por publicar charges do profeta Maomé

Jornal francês pode ser processado por publicar charges do profeta Maomé
Um jornal francês responderá a um processo por ter publicado caricaturas do profeta Maomé na edição lançada nesta última quarta-feira (19). O semanário francês Charlie Hebdo responderá ao processo por incitação pública à discriminação, ao ódio e à violência nacional, racial ou religiosa. A ação foi movida pela Associação Síria pela Liberdade, com sede em Paris. O Tribunal de Paris decidirá se o processo é cabível. A Promotoria francesa também abriu uma investigação sobre o ato de pirataria ocorrido durante a invasão à página do Charlie Hebdo na internet, na manhã desta quarta-feira. Na última terça-feira (18), o periódico anunciou que publicaria as charges satirizando Maomé. A primeira edição esgotou e a editora informou que haverá uma nova tiragem. As charges causaram polêmica na França e aumentou a indignação dos muçulmanos. Eles já protestavam contra o filme "A Inocência dos Muçulmanos", feito nos Estados Unidos. A segurança nas representações diplomáticas foi reforçada. As autoridades francesas ainda ordenaram o fechamento de escolas e centros de cultura franceses. Também foram proibidas manifestações por medo do aumento da violência no território. Para a Irmandade Muçulmana, as ações são uma campanha de ódio, que “não respeita a santidade do Islã”. O grupo afirma que eles respeitam a “santidade do cristianismo”, já que acreditam em Jesus.

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo