« 1 2 (3) 4 5 6 ... 733 »

Brasil : Vacina BCG consegue prevenir outras doenças

Tradicional no calendário vacinal mundial, o imunizante BCG (Bacille Calmette-Guérin), oferece proteção contra outros tipos de doença além da tuberculose. Em países de baixa renda, pesquisas mostram que as crianças vacinadas acabam mais resistentes também a infecções respiratórias e generalizadas (sepse). Em nações mais ricas, os pacientes imunizados parecem sofrer menos com alergias e eczema.

 

Pesquisadores do Murdoch Children’s Research Institute (MCRI), na Austrália, descobriram como a fórmula atua no corpo e desencadeia essa proteção. Em um artigo publicado na revista científica Science Advances, os cientistas mostram que bebês nascidos em Uganda e na Guiné-Bissau vacinados com o imunizante desenvolveram defesas mais eficazes.

 

“Pela primeira vez, mostramos como a vacina BCG pode ter efeitos duradouros no sistema imunológico de bebês”, afirmou o biólogo molecular Boris Novakovic, em entrevista ao site Science Alert.

 

Veja também

 

Cientistas avançam cada vez mais na busca pela causa da esquizofrenia

 

Cientistas criam vacina personalizada para câncer de cabeça e pescoço

 

Para chegar à conclusão, os cientistas imunizaram 63 crianças dez dias após o nascimento com a vacina BCG. Outros 67 bebês não receberam a dose.

 

Foram analisados os glóbulos brancos circulantes, chamados de monócitos, presentes nas amostras de sangue dos pacientes dos dois grupos. As células compõem o sistema imunológico inato do corpo humano e fazem parte da primeira linha de defesa contra invasores.

 

Os cientistas encontraram diferenças nos monócitos dos participantes vacinados e não imunizados. Os bebês que receberam a dose de BCG tinham glóbulos brancos mais responsivos a patógenos de forma geral. Essa característica se manteve mesmo um ano após a vacinação.

 

Os pesquisadores também isolaram monócitos de adultos em laboratório e expuseram as células a dois tipos de vacinas BCG para verificar em detalhes o efeito dos imunizantes.

 

Novakovic explica que as células que tiveram contato com as vacinas são mais eficientes para lidar com patógenos e respondem a ameaças de maneira mais rápida. Os monócitos das crianças imunizadas acabam ficando em estado de alerta a longo prazo e, por isso, são capazes de agir rapidamente contra qualquer tipo de infecção.

 

Segundo os pesquisadores, outras vacinas que usam vírus atenuados, como os imunizantes contra poliomielite, sarampo e varíola, por exemplo, devem ter efeito semelhante.

 


 

Outros estudos já sugeriram que a vacina contra a tuberculose também poderia reduzir as mortes por Covid-19. A BCG também é aplicada em pacientes com câncer de bexiga após a retirada do tumor — a ideia é usar o imunizante para evitar uma recorrência da doença na região. 

 

Fonte: Metrópoles

LEIA MAIS

Brasil : 5 dicas especiais para diminuir o colesterol ruim

Normalmente, ouvimos a expressão "diminuir o colesterol" e já associamos a algo ruim, mas nem sempre é assim. Antes de tudo, precisamos entender que o colesterol nada mais é do que uma gordura produzida pelo organismo e que há dois tipos em nós: o LDL, conhecido como "mau", e o HDL, considerado "bom".

 

Portanto, quando se fala em reduzir esses níveis, a parte em questão é o LDL. A busca pela diminuição desses níveis acontece devido aos prejuízos que seu excesso pode causar à saúde. "Ele pode gerar o acúmulo de placas de gordura nas artérias, impedindo ou dificultando a passagem do sangue. Combinado ao alto nível de açúcar pode aumentar ainda o perfil inflamatório no organismo e levar ao AVC ou infarto", explica o nutrólogo e cardiologista Juliano Burckhardt.

 

Embora o colesterol seja produzido pelo fígado, ele também é encontrado em alimentos. Sendo assim, segundo o médico, é essencial lembrar que grande parte dessa gordura provém de comidas gordurosas. A partir daí, o órgão responsável pela produção a transformará em LDL.

 

Veja também 

 

Saúde Mental: 6 alimentos que combatem a ansiedade

 

Redes sociais podem desencadear 5 gatilhos de saúde mental. Entenda

Algumas medidas simples podem evitar o aumento na taxa do mau colesterol, como a mudança de hábitos alimentares e estilo de vida, dado que alimentação, peso e atividade física são os fatores que mais influenciam nesses níveis. Por isso, confira 5 dicas do especialista que te auxiliarão nessa jornada mais saudável e protegerão a sua saúde!

 

INCLUA FIBRAS NA SUA ALIMENTAÇÃO


De acordo com o cardiologista, o consumo de fibras solúveis auxilia diretamente no controle do colesterol. Isso porque elas formam um gel que, no intestino delgado, consegue alterar a absorção das gorduras pelo organismo. Sendo assim, o risco de cardiopatias são reduzidos.

 

EVITE GORDURAS SATURADAS 


Seguir um cardápio rico em gordura saturada, assim como estar acima do peso, eleva o risco de do colesterol aumentado. Por isso, é importante prestar atenção naquilo que come e fazer escolhas saudáveis.

 

"Tome cuidado com as gorduras e açúcares escondidos. Seja um comedor informado! Conheça os ingredientes e leia atentamente os rótulos nutricionais para não acabar consumindo sem nem mesmo saber", aconselha Juliano.

 

MEXA-SE 


As atividades físicas não precisam ser sinônimos de treino ou academia. Existem outras maneiras de estar em movimento, como subir mais escadas, caminhar e fazer alguns exercícios simples diariamente, por exemplo.

 

O nutrólogo garante que ser ativo por apenas meia hora durante a maioria dos dias pode ajudar nessa redução do colesterol ruim e ainda contribuir para aumentar o bom. Ele recomenda ainda arranjar alguém para participar desses movimentos, como uma forma de encorajar essa mudança no estilo de vida.

 

CONSUMA !GORDURAS DO BEM" 


Nem tudo que é gorduroso é ruim, sabia? O DHA, um ácido graxo poli-insaturado, pode ajudar na função cardíaca, além de diminuir o LDL e aumentar o HDL, quando ingerido regularmente.

 

Para garantir essa ingestão, o médico indica grandes fontes de DHA, como o salmão, a sardinha e o atum. Mas, para aqueles que não gostam de peixe, ele fala sobre outras opções: uma suplementação com óleo de peixe ou suplementos vegetarianos de algas.

 

PARE DE FUMAR 


As substâncias presentes no cigarro podem oxidar o colesterol bom, trazendo consequências catastróficas à saúde, além de transformá-lo em mau. "A oxidação também leva a inflamações nas artérias que podem resultar na formação de placas de gordura, entupindo os vasos. Então, o hábito de fumar é um dos mais nocivos para a saúde do coração", destaca o cardiologista.

 

Esse caso, portanto, explica que apresentar grandes níveis do LDL são tão prejudiciais, quanto sofrer com a carência do HDL, especialmente se houver reposição sem prescrição médica, afetando diversas áreas.

 

Apesar de todas as dicas serem úteis e essenciais, é imprescindível consultar um profissional. Afinal, cada organismo se comporta de maneira diferente, exigindo, assim, tratamentos distintos.

 

 

Por fim, mantenha hábitos saudáveis, cuide da sua alimentação, pratique exercícios físicos, faça check-up regularmente e, sempre que necessário, busque um médico especialista para receber orientação adequada.  

 

Fonte: Alto Astral

LEIA MAIS

Brasil : Camisa da seleção deve ser ‘amarelo-penta’ e tem lançamento previsto para próxima sexta (12)

Alguém mais desavisado pode até acreditar que a cor da camisa da seleção brasileira é amarela, e pronto. Não é bem assim. O modelo que será utilizado na Copa 2022 tem lançamento nas lojas previsto para a próxima sexta-feira (12) e deverá ter o tom "amarelo-penta".

 

Oficialmente, a Nike esconde tanto a cor do uniforme quanto a data do lançamento. Uma rede de artigos esportivos, no entanto, disparou um email para os clientes com um digno alerta de spoiler. “A nova camisa da Copa” era o assunto da mensagem da rede Bayard Esportes, que até promoveu uma contagem regressiva. Não havia imagens da camisa no anúncio.

 

O amarelo-penta entrou na paleta de cores da seleção na conquista do quinto título mundial, há exatos 20 anos, na Copa 2002. Naquela ocasião, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho, Ronaldo e companhia usavam um uniforme de tom mais claro que o das competições seguintes. De lá para cá, o amarelo passou a ser menos vibrante.

 

Veja também

 

Copa do Mundo 2022: veja onde fica o Catar, sede da Copa neste ano

 

Casagrande mostra preocupação com Seleção na dependência de Neymar para Copa do Mundo

 

Nas arquibancadas, o tom de 2002 ficou conhecido como “fluorescente” ou mesmo “neon”. Mais brilhante que o de costume, o uniforme principal ainda tem detalhes em verde e azul na gola e nas mangas. Outra novidade ficaria por conta do símbolo da Nike. Se confirmada a previsão, o swoosh será pela primeira vez em azul — a empresa americana veste a seleção desde 1996.

 

Modelo do Catar 2022 seria semelhante ao usado no pentacampeonato mundial, há 20 anos

Modelo do Catar 2022 seria semelhante ao usado

no pentacampeonato mundial, há 20 anos

 

Os detalhes da camisa foram inicialmente revelados pelo site especializado Footy Headlines, que também trouxe informações sobre o uniforme 2. Esse deve ser predominantemente azul, com as mangas em verde e uma estampa em amarelo que imita a pele dos leopardos.

 

Fonte: R7

LEIA MAIS

Brasil : Amazônia registra 1.476 km² de desmatamento, mantendo níveis elevados

Julho de 2022 foi, pelo menos, o sexto mês com mais alertas de desmatamento desde o início da atual gestão do governo federal. Ainda faltam os dois últimos dias do mês para serem computados, mas os dados do sistema Deter, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), indicam que foi derrubada uma área de 1.476 km² de florestas no período.

 

Julho é tradicionalmente o mês com pior taxa, porque fica no meio da estação de clima seco na Amazônia, o que facilita a ação dos desmatadores. Com os dados quase completos, o ano-referência de medição do desmate (período que vai de agosto de um ano a julho do ano seguinte), soma 8.581 km² devastados. 

 

O número é similar ao do ano passado, quando o país registrou a pior taxa de desmate em 15 anos. O Deter, entretanto, não é a ferramenta que o Inpe usa para medir com precisão o desmatamento em período anual. Essa função cabe a outro projeto, o Prodes, que só deve terminar de compilar dados e processá-lis em novembro.

 

Veja também 

 

Ministro do Meio Ambiente apresenta números de repasse que não batem com SIOP

 

Ministro do Meio Ambiente diz que alta do desmatamento na Amazônia é 'inaceitável'


Nos últimos cinco anos, o Deter tem conseguido capturar em média dois terços do desmatamento mapeado pelo Prodes, que é menos vulnerável à presença de nuvens na captação de imagens. Se essa taxa de variação se mantiver, o desmate na Amazônia terá sido cerca 12.500 km² em um ano, ou algo entre 10.000 km² e 14.000 km².

 

Qualquer que seja o resultado final, esses números estão ainda muito acima dos compromissos que o Brasil assumiu internacionalmente sobre emissões de CO2, porque a perda de florestas é a principal fonte de emissões de gases do efeito estufa pelo país.

 

O Brasil está hoje fora da trajetória para cumprir a meta de zerar o desmate até 2030 e fora da trajetória de reduzir as emissões de gases-estufa em 37% entre 2005 e 2025, objetivo que assumiu dentro do Acordo de Paris.

 


O Ministério do Meio Ambiente não emitiu nenhum comentário sobre os números novos do Deter até as 8h30 da manhã desta sexta. O Inpe publicou os dados, mas não emitiu nenhuma análise qualitativa. Até as eleições de outubro o instituto está em período de "silêncio eleitoral", previsto em lei, durante o qual entes públicos não devem propagar comunicados que tenham efeito sobre a imagem do órgão ou do governo.

 

Fonte:iG

LEIA MAIS
COMENTÁRIOS

Brasil : Pescador fisga peixe de 80 kg e 1,75 m de comprimento, na Austrália

Um pescador compartilhou nas redes sociais a foto de um peixe gigante de 80 kg e 1,75 m de comprimento puxado por ele em Brisbane, capital de Queensland na Austrália, neste fim de semana. A pesca foi feita com uma linha de 30 libras projetada para lidar com uma captura de 14 kg. A publicação surpreendeu os seguidores na internet.

 

O peixe gigante é um garoupa, que normalmente reside em profundidades oceânicas entre 250 m e 600 m, com o maior registrado em um tamanho de 200 cm de comprimento e atingido 100 kg. A espécie tem uma distribuição mundial, em áreas como os EUA é conhecida como "naufrágio do Atlântico".

 

O pescador jogou a linha a cerca de 40 km de Point Lookout, no norte da Ilha Stradbroke Island, no último final de semana. Na Austrália, é geralmente encontrado na costa da matade inferior do país.

 

Veja também

 

Peixe 'alienígena' surge em praia e intriga moradores na Austrália

 

'Mão-boba fantasma' em foto de mulher na praia viraliza e desperta discussão nas redes

 

A repercussão nas redes, segundo o noticiário online Daily Mail, foram divididos entre os que de defenderam e os que discordaram do ato do pescador:

 

"Uma captura digna, deve ter sido uma luta para entrar no barco", disse um.

 

Outros discordaram dizendo que o peixe era 'magnífico' e foi uma pena que tenha sido capturado:

 

Peixe fisgado na Austrália pesa 80 kg e tem cerca de 1,75 m de comprimento

 

"Por favor, me diga que foi solto, provavelmente é mais velho que o pescador que o pegou e agora é apenas um troféu", comentou outra pessoa.

 

"Coitado, espero que tenha sido solto", concordou outro. "Não sou ativista, mas isso é triste", acrescentou um terceiro.

 

Peixe fisgado na Austrália pesa 80 kg e tem cerca de 1,75 m de comprimento

Peixe fisgado na Austrália pesa 80 kg e tem

cerca de 1,75 m de comprimento

Foto: Reprodução

Peixe fisgado na Austrália pesa 80 kg e tem cerca de 1,75 m de comprimento Foto: ReproduçãoPeixe fisgado na Austrália pesa 80 kg e tem cerca de 1,75 m de comprimento Foto: Reprodução

Em defesa do pescador, outros pescadores apontaram que "obviamente não estava mirando naquele peixe" considerando a força da linha que estava sendo usada. Outro argumentou que era a "melhor linha de 30 libras do mundo" por aguentar.

 

Alguns comentaristas apontaram que, infelizmente, o peixe provavelmente não teria sobrevivido ao ser solto porque "um peixe dessas profundidades, se for entre 10 cm ou 1 m, sofrem barotrauma. A rápida mudança na pressão faz com que os gases no corpo do peixe se expandam, o que é mortal", explicou um deles.

 

 

Embora o peixe, garoupa de Queensland, surpreenda no tamanho, a captura é ilegal.

 

Fonte: Extra

LEIA MAIS

« 1 2 (3) 4 5 6 ... 733 »