Coluna Da Lara - Coluna da Lara - Notícias
« 1 2 3 (4) 5 6 7 ... 30 »
Coluna Da Lara : Coluna da Lara
Enviado por alexandre em 13/05/2018 02:40:17

Sorte de ter a sua mãe morando longe? Haha, você não tem ideia de como uma mãe faz falta...
_Mas... Será?! Mães perturbam muito... Às vezes acho que elas querem que sejamos adultos como elas!
_Era uma vez uma família sem a presença paterna, pois o pai havia falecido. Essa família constituía-se de uma mãe e três filhos, uma menina de sete anos, um adolescente de dezoito anos e um garoto de doze anos. Esta mãe teria de deixar o lar por alguns dias, e, o filho mai velho cuidaria de seus irmãos e da casa.
_Que tamanha responsabilidade!
_Ser mãe não é fácil! Assear a casa, pagar as contas, contar histórias, viver a sua vida e ainda assim preocupar-se e participar ativamente de outras vidas.
_Verdade.
_Enfim, a ausência da mãe foi muito sentida naquele lar,por poucos dias... Afinal ser mãe é ser desejada e ser rejeitada, mesmo desejando e nunca rejeitando. Ser mãe é acima de tudo educar nos caminhos de Deus os filhos que Ele os emprestou para criar.
_E o que aconteceu na história?
_No fim deu tudo certo... Sabe por que? Porque a mãe voltou! Aparte boa é que ela pôde voltar antes. O filho não deu conta do recado... Esse trabalho não é pra qualquer um!
_Sim, tem razão!
Mãe, nós amamos vocês e nem precisa explicar muito. Só vocês sabem o que passam. Feliz dia das mães!

Coluna Da Lara : Coluna da Lara
Enviado por alexandre em 15/04/2018 02:48:58

Portanto, irmãos, temos plena confiança para entrar no Lugar Santíssimo pelo sangue de Jesus, por um novo e vivo caminho que ele nos abriu por meio do véu, isto é, do seu corpo. Temos, pois, um grande sacerdote sobre a casa de Deus. Assim, aproximemo-nos de Deus com um coração sincero e com plena convicção de fé, tendo os corações aspergidos para nos purificar de uma consciência culpada e os nossos corpos lavados com água pura.
Hebreus 10:19-22
Ali, na presença do Senhor, o seu Deus, vocês e suas famílias comerão e se alegrarão com tudo o que tiverem feito, pois o Senhor, o seu Deus, os terá abençoado.
Deuteronômio 12:7
Pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente por sua graça, por meio da redenção que há em Cristo Jesus.
Romanos 3: 23-24
Como é feliz o povo
que aprendeu a aclamar-te, Senhor,
e que anda na luz da tua presença!
Salmo 89: 15
Para onde poderia eu escapar do teu Espírito?
Para onde poderia fugir da tua presença? Se eu subir aos céus, lá estás;
se eu fizer a minha cama na sepultura,
também lá estás. Se eu subir com as asas da alvorada
e morar na extremidade do mar, mesmo ali a tua mão direita me guiará
e me susterá. Mesmo que eu diga que as trevas
me encobrirão,
e que a luz se tornará noite ao meu redor, verei que nem as trevas são escuras para ti.
A noite brilhará como o dia,
pois para ti as trevas são luz.
Salmo 139: 7-12

Coluna Da Lara : A razão da nossa fé
Enviado por alexandre em 30/03/2018 15:26:35

A razão da nossa fé
“Dando graças ao Pai que nos tornou dignos de participar da herança dos santos no reino da luz. A suprema pessoa de Cristo. Ele nos resgatou do domínio das trevas e nos transportou para o reino do seu Filho amado,em quem temos a plena redenção por meio do seu sangue, isto é, o perdão de todos os pecados.”

Colossenses 1:12-14

Liberdade é um conjunto de ideias liberais e dos direitos de cada cidadão. Significa o direito de agir segundo o seu livre arbítrio, de acordo com a própria vontade, desde que não prejudique outra pessoa, é a sensação de estar livre e não depender de ninguém.No contexto de páscoa, liberdade é uma palavra que se encaixa muito bem...

Começamos com a libertação do povo de Israel do Egito. A primeira ideia de páscoa foi um modo de livrar-se da condenação dos primogênitos e, assim, sair da pesada servidão imposta pelo faraó.

Anos depois, na cronologia dos fatos, Jesus Cristo veio ao mundo e morreu numa cruz. Poucos dias mais tarde, cresceramrumores de que Ele havia se erguido da cova. Desse modo, Ele demonstrava que era mais do que um homem: Ele era realmente o FILHO DE DEUS. Com isso, o apóstolo Paulo registrou em Coríntios 15:14: “E se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé.”

Ao entregar-se na cruz a nosso favor, o Salvador nos libertou da condenação do pecado. Anteriormente, a humanidade estava fadada à morte eterna. Mas agora podemos exercer a escolha de viver com Deus, o Pai. Jesus reestabeleceu o elo entre a divindade e os homens. Ao ressuscitar, Ele deixou bem claro que estaria conosco. Assim, nossa crença não seria apenas uma agremiação a um homem bom que teve uma morte dolorosa e digna. Ele vive e reina pelos séculos! Com isso, mais uma vez, Deus afirma que é o Autor da vida. E não há melhor maneira de viver do que render-se ao Senhor.

O Messias retornou ao Céu e hoje está à direita do Pai, mas Ele garantiu que voltaria para concretizar nossa libertação. De uma vez por todas estaremos libertos da pesada carga que o Inimigo nos impõe neste mundo. Agora, posso fazer valer a pena tudo o que sofre meu Cristo. Essa é a razão da nossa fé, nossa esperança não é uma ilusão. Graças a Deus pelo dom da vida. Louvado seja o nosso Salvador.

Princesa do Senhor

Coluna Da Lara : Coluna da Lara
Enviado por alexandre em 17/03/2018 17:02:00

“Levantará um pendão entre as nações e ajuntará os desterrados de Israel, e os dispersos de Judá congregará desde os quatro confins da terra”
Isaías11:12
Nas páginas da Bíblia Sagradas encontramos diversas histórias, que podemos notar a relação divina com a humanidade.
A “Era dos Reis” do povo de Israel é interessante. Primeiramente Saul, depois Davi, depois Salomão, e as histórias continuam...
O reinado de Davimarcou um período de batalhas e vitórias, um verdadeiro sentimento de liberdade do povo! Mas, no desenvolver da historiografia, os hebreus se tornaram cativos e subjugados.

Havia a esperança na promessa dos profetas de que o Messias viria. Acreditavam que o enviado de Deus traria a glória de Davi novamente. Vitória e libertação dos seus inimigos. Ele iria restaurar o poder de Israel e estabelecer o reino de Deus na Terra. Então surge Jesus. Ele não foi o único a ser apontado como o Mestre, mas foi o único que reconheceu em público que não era nenhum ativista militar ou político. Sua missão era muito maior. Ele anunciava paz eperdão divino para todos os seres humanos. Perdoar pecados assim era algo inédito. Aquele homem ainda se referia a Deus como PAI (abba).

Com o tempo, protestos começaram a imergir entre os eruditos judeus e, logo mais, o povo passou a colaborar na acusação de Jesus. Trata-se de uma dramática alteração de sentido. As pessoas tiveram suas expectativas quebradas com Alguém de túnica e sandálias, dizendo que devemos amar até mesmo os nossos inimigos. Cristo vai além ao dizer: Nenhum homem é justo perante Deus. Todos devemos implorar o perdão dos Céus. Porque tamanha é a generosidade da misericórdia do Senhor, não há o reconhecimento de fronteiras para perdoar e receber seus amados.
Bem, Jesus Cristo se sacrificou pelos nossos pecados, foi o “Cordeiro de Deus” que tomou para si toda a culpa dos homens, a fim de reconciliarmos com o nosso Pai e nos livrar da condenação!
Princesa do Senhor

Coluna Da Lara : Capacidade na força do Senhor!
Enviado por alexandre em 04/03/2018 18:49:23

Capacidade na força do Senhor!
“Espera no Senhor, anima-te, e Ele fortalecerá o teu coração; espera pois pelo Senhor” Salmo 27:14

Como está seu ânimo? Qual a profundidade da sua reserva de força? O que te motiva?

No livro de Juízes podemos encontrar relatos da biografia de um homem escolhido por Deus. Porém, ele saiu dos trilhos. Digo de Sansão, mais do que um personagem bíblico, foi um testemunho vivo do que acontece com aquele que se afasta do Senhor por meio de suas escolhas.
Contudo, Sansão é visto pela sua força. De modo geral, essa palavrinha tem origem no latim fortia, indicando a força ou a capacidade de cumprir uma determinada tarefa.Assim, Deus designou uma missão àquele homem. Sansão seguiu cumprindo até que sua força se esgotou. Isso não representou rejeição por parte de Deus, mas sua própria incapacidade de realizar seu propósito.

Alguém tão forte demonstrou tamanha fraqueza. Sansão viveu uma vida que não era para ele, e morreu a morte consequente. Mas a graça de Cristo é tão poderosa que houve arrependimento e perdão. Sua força foi restituída pela última vez, pois agora, novamente, ele deixou Deus agir.
Hoje, vemos três comandos no verso citado em Salmo 27:14: Espera e anima-te. Logo em seguida, observamos a consequência: seu coração será fortalecido. E de que provém essa força? Dele. De Deus!

Esse era o segredo da força de Sansão, e será o seu também. Porque o amor de Cristo me motiva, posso confiar nEle, e apropriar-me do que já foi conquistado na Cruz !! Quando dizemos que ‘Ele fortalecerá o teu coração’, admitimos que, por meio dEle, somos capazes de vencer.
Princesa do Senhor

« 1 2 3 (4) 5 6 7 ... 30 »