Amor e Sexo - Sexo ruim tem jeito? Veja 4 dicas para tentar melhorar e salvar sua relação - Notícias
« 1 2 (3) 4 5 6 ... 62 »
Amor e Sexo : Sexo ruim tem jeito? Veja 4 dicas para tentar melhorar e salvar sua relação
Enviado por alexandre em 03/05/2018 15:03:03

Nem sempre o sexo reflete a boa relação com seu parceiro. E não há por que sofrer calada com isso. Uma boa conversa e alguns cuidados podem te ajudar a conseguir uma transa incrível sem a necessidade de terminar o relacionamento. Veja a seguir algumas dicas para melhorar a relação sexual e coloque em prática.


Sexo com meu parceiro é ruim: o que fazer?


Converse abertamente


Apesar de fazer parte da vida do casal, nem sempre o sexo está na pauta das conversas a dois. E nada melhor do que falar sobre isso abertamente, sem tabus, para ter ainda mais prazer na cama. A sugestão é evitar o momento da transa e o quarto para essa conversa: escolha um momento não-sexual para isso, para evitar frustrações ou brigas.

Vale também ressaltar primeiro os pontos positivos e explicar aquilo que você acha que pode melhorar. Nessa hora, tom de cobrança ou reclamação devem ser evitados: o objetivo é que cada um entenda o lado do parceiro e atinjam um consenso sobre como a relação pode ser mais prazerosa para ambos.


Faça você mesma


Para muitos homens, não há nada mais empolgante do que ver a mulher se tocando. E, além de estimulá-lo, a cena pode ajudá-lo a entender o que te dá prazer. Por isso, masturbar-se na frente dele, como parte das preliminares, é uma dica que ajuda muito.

Dê sinais


Além da conversa, você pode deixar claro o que gosta ou não durante a transa. Coloque a mão dele onde você gostaria que estivesse, movimente seu corpo para chegar à velocidade que gostaria, etc. Esses sinais sutis podem te ajudar a ter muito mais prazer se você não se sente aberta a ponto de verbalizar.


Busque inovar


Que tal mostrar que você tem interesse em mudar algumas coisas apostando também em novidades na hora da relação sexual? Isso pode ajudar vocês a inovarem na relação sexual e até talvez ajudar a encontrar algo que te dê prazer.





Vix

Amor e Sexo : 5 posições sexuais para quem quer aproveitar o melhor do sexo oral
Enviado por alexandre em 03/05/2018 01:05:12

Pode acreditar: da mesma forma que dá pra variar as posições sexuais clássicas, também há diversas formas de se ajeitar melhor na cama para curtir o momento do sexo oral . E, diferentemente do que muitos acreditam (ou praticam), esse tipo de técnica não precisa ser utilizada apenas para o prazer masculino, ou seja, as mulheres também podem aproveitar — e muito!

Se você está se perguntando quais são essas posições sexuais diferentes que ajudam aproveitar o sexo oral, esse é seu momento de sorte. O Delas separou uma lista com algumas das poses que facilitam o momento de prazer tanto para os homens, quanto para as mulheres. Mas, antes de conferir, não se esqueça de que é importante usar camisinha para prevenir DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis), que também podem ser transmitidas pelo sexo oral!

1. Oral clássico
No oral clássico, ela fica ajoelhada ou agachada, enquanto o parceiro controla sua cabeça com uma das mãos
De acordo com Cátia Damasceno, especialista em sexualidade e criadora do projeto “Mulheres Bem Resolvidas”, o sexo oral é uma das práticas sexuais preferidas dos homens . Mesmo assim, apesar de ser algo bastante praticado entre os casais, muitas mulheres ainda têm dúvidas sobre qual é a melhor forma de posicionar.
Assim, a especialista explica que existem três formas diferentes: ela ajoelhada e ele de pé; ela deitada e ele de pé; ou ele deitado. A primeira costuma agradar mais os homens por criar uma dinâmica de dominação e submissão durante o sexo oral. Ele pode controlar o movimento com uma das mãos ou deixá-la com o poder de definir o ritmo de acordo com o que for mais confortável para ela. Uma boa ideia é colocar uma almofada embaixo dos joelhos para não machucar.

Já quando ela fica deitada de barriga para cima, o homem se posiciona de pé de frente para ela, alinhando a pelve com o rosto dela, ficando no domínio da situação. Segundo Cátia, é mais fácil de fazer a chamada “garganta profunda” quando se está nessa posição, sempre lembrando que, apesar de muitos homens sentirem mais prazer com a prática, é importante que a mulher esteja de acordo e confortável enquanto o faz.

Quando ele está deitado, é algo bem semelhante à primeira opção. Nesse caso, ela fica no controle da situação e ele pode aproveitar o momento. Para incrementar essa posição, dá para apostar nos estímulos visuais, já que ele pode apoiar a cabeça sobre um travesseiro e assistir o que você está fazendo.

2. Beijo do súdito
Ela ajoelha por cima e recebe um delicioso beijo molhado nas partes íntimas – e ainda usa as mãos para controlar tudo

Se você for o lado dominador da relação, pode experimentar a posição “beijo do súdito”. Nessa pose, o parceito fica deitado enquanto ela se ajoelha sobre o rosto dele. A parceira também é quem controla o ângulo e até a pressão da boca sobre a vulva, e essa posição é uma das melhores para estimular o clitóris — o que também facilita que ela chegue ao orgasmo com mais facilidade.

3. Desabrochar da orquídea
O “desabrochar da orquídea” também é uma das melhores posições para estimular o clítoris com o sexo oral
O “desabrochar da orquídea” também é uma das melhores posições para estimular o clítoris com o sexo oral. Nela, a mulher fica deitada de barriga para cima enquanto o parceiro estimula a região íntima dela usando a boca. Se quem está estimulando se cansar de ficar na posição, a mulher pode se deitar com o quadril próximo à beirada da cama, enquanto a outra pessoa se ajoelha no chão à frente dela.

4. Oral extremo
Na posição “oral extremo”, a mulher se deita para dar ao parceiro uma longa sessão de sexo oral
No “oral extremo”, o homem se coloca de pé em frente à cabeça da mulher enquanto ela, deitada, faz uma longa sessão de oral nele por baixo. Esta posição sexual foca completamente no prazer deles e é perfeita para aqueles dias em que você estiver com pouca disposição, mas com muita vontade de curtir com o parceiro.

Além disso, fazer um bom oral é uma ótima forma de demonstrar seu afeto e dedicação ao seu companheiro, principalmente porque depois pode te agradecer fazendo o mesmo em você. É importante lembrar que você não precisa ficar nessa posição até o seu parceiro atingir o orgasmo e a pose pode servir como uma preliminar para vocês continuarem a brincadeira de outras formas.

Vocês podem incrementar usando brinquedos eróticos que estimulem a próstada ou “transitar” por outras posições, como o clássico “69”, já que é só o parceiro se abaixar para fazer o sexo oral em você também.

5. 69
No “69”, os dois ficam deitados de lado e usam a boca para estimular o parceiro com uma longa sessão de sexo oral
Do “69” você já ouviu falar, certo? Nessa pose, as pessoas se deitam em direções opostas de modo que consigam fazer sexo oral uma na outra simultaneamente. Diferentemente de outras posições que focam apenas no homem ou na mulher, nessa os dois podem ter prazer ao mesmo tempo.

Assim como no “oral clássico”, também há diferentes formas de aproveitar essa posição. Um exemplo (e também o jeito mais conhecido) é um parceiro ficar por cima do outro. Apesar de ser uma forma popular de fazê-lo, é preciso cuidado, porque, quando o homem está por cima, a mulher pode ficar “sufocada” por não conseguir controlar o quanto o pênis entra em sua boca. Deixar ela por cima pode também pode parecer bem mais interessante, mas, nesse caso, é preciso que ela tenha força no corpo para manter a posição de prancha durante todo o ato.

Dessa forma, o melhor jeito de aproveitar posições sexuais como essa é quando os dois estão deitados de lado, um de frente para o outro. Assim, fica mais fácil para todos se movimentarem e as mãos ficam livres para incrementar os estímulos. O principal mesmo é que os dois parceiros estejam envolvidos e dispostos a se entregar ao ato sexual.

Fonte: http://delas.ig.com.br/amoresexo/2018-04-30/posicoes-sexuais-sexo-oral.html

Amor e Sexo : Expert em sexo responde uma das maiores dúvidas que as mulheres têm
Enviado por alexandre em 28/04/2018 21:21:27

Expert em sexo responde uma das maiores dúvidas que as mulheres têm
Essa é para a mulher que não quer perder o ritmo no sexo oral.

A especialista em sexo Cátia Damasceno respondeu uma série de perguntas em seu canal no Youtube, entre elas a dúvida sobre como fazer o parceiro gozar com a prática de sexo oral. A fisioterapeuta, que possui um amplo trabalho voltado para a sexualidade da mulher, deu algumas dicas que podem ser seguidas para que a mulher não perca o ritmo durante a prática do oral.

Preliminares

De acordo com a idealizadora do Programa Mulheres Bem Resolvidas, as preliminares são essenciais para o sexo oral, olhares, toques e até mesmo assoprar o pênis podem fazer muito diferença.

Posição

Ao invés de ficarem os dois deitados, o que dificulta o movimento para a mulher, o ideal é que o homem fique sentado e a mulher agachada na altura do pênis.

Movimento e lubrificação

Outra dica dada pela especialista é de tentar sincronizar o movimento das mãos com o movimento da boca. Para isso, o pênis deve estar muito lubrificado, o que pode ser resolvido com um gel comestível ou com uma pastilha - estimula salivação.

Boca

Para que a boca não fique cansada, Cátia afirma que o melhor é fazer um “ó” com os lábios e movimentar o pescoço com a ajuda das mãos.


Fonte: Com informações do Vix

Estudo mostra qual é a frequência sexual média para cada idade
Jovens entre 18 e 29 anos têm 112 relações sexuais por ano

A frequência sexual varia de acordo com a idade e depende de diversos fatores, como estilo de vida, saúde e libido. De acordo com um estudo do Instituto Kinsey para Pesquisas em Sexo, Gênero e Reprodução, nos Estados Unidos, a frequência tende a decair ao longo dos anos e pode variar de uma vez por semana a uma vez por mês.

Frequência sexual

Os jovens entre 18 e 29 anos têm, em média, 112 relações sexuais por ano, o corresponde a três encontros por semana. Já em adultos de 30 a 39 anos, a média anual cai para 86, o que equivale a 1,6 relação por semana. Já o grupo entre 40 e 49 anos de idade tem 69 sessões por ano ou 1,3 relação semanal, um pouco mais da metade em relação aos mais jovens.

Idade e qualidade

Esse resultado, segundo a pesquisa, deve-se ao fato de que, com o passar dos anos, as obrigações familiares, o stress do dia a dia e a perda de aptidão física e mental – que podem ser fatores agravantes para a queda da frequência sexual – tendem a aumentar.

Outro estudo, publicado no periódico científico The Journal of Sex Research, apontou que as mudanças físicas que ocorrem ao longo dos anos, juntamente com o quão velhos nos sentimos, podem influenciar a experiência como um todo.

“A conclusão que emerge desses estudos é que, à medida que envelhecemos, nossas chances de desenvolver condições de saúde crônicas aumentam e isso, por sua vez, afeta negativamente a frequência e a qualidade da atividade sexual”, explicou Justin Lehmiller, em uma publicação do Instituto Kinsey.

Como já era de se esperar, o casamento também influência diretamente a frequência sexual: 34% dos casados têm relações entre duas e três vezes por semana, 45% têm algumas vezes por mês e 13% apenas algumas vezes por ano.

Mulheres

Por outro lado, embora a frequência seja reduzida, as mulheres disseram que suas vidas sexuais melhoraram com a idade. Segundo um estudo apresentado no Congresso da Sociedade da Menopausa da América do Norte, de 2016, isso pode ter relação com o fato de as mulheres heterossexuais sentirem-se mais confortáveis sexualmente com o passar do tempo, tanto pela autoconfiança como pela comunicação com o parceiro, em relação aos primeiros anos de vida sexual.

Em outras palavras, com o tempo, as mulheres tendem a se concentrar menos na frequência e mais nos aspectos emocionais e íntimos do sexo – ou até no conhecimento do próprio corpo.

Para os pesquisadores, a idade permite que os parceiros se concentrem mais na quantidade e qualidade do sexo do que na frequência. Afinal, o sexo mediano pode levar à insatisfação sexual em um relacionamento, enquanto uma relação de qualidade, mesmo que de vez em quando, pode ser mais efetiva.



Fonte: Veja

Amor e Sexo : Transar com regularidade pode ajudar a sua saúde mental
Enviado por alexandre em 15/04/2018 20:10:00

Sexo, além do bem-estar momentâneo, faz bem para sua saúde mental. A afirmação foi feita pelo cirurgião urologista americano Jamin Brahmbhatt, em entrevista ao site 'Pop Sugar'. Esse efeito se torna ainda mais forte, caso a relação seja feita com seu parceiro e regularmente, já que a liberação de alguns hormônios e neurotransmissores ajuda a relaxar e, consequentemente, ameniza o impacto negativo causado pelo estresse e ansiedade.

“A dopamina, por exemplo, está envolvida no nosso sistema de recompensa. Por isso que, quando você transa com alguém e a experiência é boa, tem muita vontade de fazer de novo”, diz Jamin. "A ocitocina, conhecida popularmente como o hormônio do amor, e a serotonina e a endorfina, relacionadas a sensações prazerosas, também merecem destaque”, ressalta a especialista em sexualidade Cátia Damasceno, de Brasília, entrevistada pela 'Cosmopolitan'.

Notícias ao Minuto

Amor e Sexo : Saiba o que significa quando seu parceiro morde o seu lábio durante o beijo
Enviado por alexandre em 23/03/2018 21:27:13

Saiba o que significa quando seu parceiro morde o seu lábio durante o beijo
Diferentemente do carinhoso selinho ou mesmo do mais ousado beijo de língua molhado, o beijo com mordida significa algo muito mais íntimo e sensual.

Se durante um beijo apaixonado você já foi surpreendida por uma mordidinha no lábio pelo parceiro, saiba que muitas intenções podem estar escondidas por trás da técnica.



Diferentemente do carinhoso selinho ou mesmo do mais ousado beijo de língua molhado, o beijo com mordida significa algo muito mais íntimo e sensual.


O que significa um beijo com mordida no lábio


O beijo acompanhado de uma mordidinha no lábio, segundo especialistas no assunto, é um dos mais eróticos que existem e normalmente indica que o parceiro está pronto para fazer sexo com você.




Quando o casal morde os lábios ao beijar suavemente, significa que estão em um relacionamento em que ambos mantêm uma vida sexual saudável e plena.



beijo na boca 216 400x800KOVACSALEX/ISTOCK

De acordo com Sheril Kirshenbaum, autora do livro “A Ciência do Beijo - o Que Nosso Lábios Nos Dizem”, lábios humanos são a zona erógena mais expostas do corpo. Além do significado de cada um dos beijos e em particular aqueles que incluem mordidas, todos despertam naqueles que recebem uma grande sensação de prazer.

A intensidade da mordida também pode dar uma orientação sobre o perfil romântico e sedutor da pessoa. Se o parceiro te morder suavemente, é sinal de que ele sabe exatamente o que está fazendo e tem uma grande experiência no assunto.





Vix

« 1 2 (3) 4 5 6 ... 62 »