Painel Político - Painel Político por Alan Alex - Notícias
« 1 ... 168 169 170 (171) 172 173 174 ... 179 »
Painel Político : Painel Político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 22/06/2011 18:01:48

Em família

O governador Confúcio Moura nomeou para a secretaria de Justiça, em cargos comissionados, duas irmãs e uma prima da mesma família, o que é ilegal, de acordo com a lei estadual contra o nepotismo no serviço público. Danielle Endlish Rocha foi nomeada em 1º de junho de 2011 para exercer cargo de Direção Superior, símbolo CDS-16, de Chefe de Gabinete na Sejus. Na mesma data nomeou Renata Aparecida Endlish da Rocha, irmã de Danielle para exercer o Cargo de Direção Superior, símbolo CDS-14, de Assessor Técnico na mesma secretaria e nomeou a prima delas, Léia Endlish Teixeira D´Ambros para exercer o Cargo de Direção Superior, símbolo CDS-14, de Chefe de Núcleo, da Secretaria de Estado de Justiça. As nomeações estão no Diário Oficial do Estado do último dia 17.

Satisfações

O engenheiro Lúcio Mosquini, diretor do DER não vai punir nenhum dos dois residentes que foram denunciados por PAINEL POLÍTICO que apresentaram comportamento no mínimo complicado. Um deles foi responsável pela demissão de uma servidora que se recusou a sair com ele e o outro, comissionado, gosta de espalhar que “ele é quem indica” dentro do DER. Foi o próprio Mosquini quem declarou que ambos permanecem exatamente onde estão.

Horas extras

Quanto ao pagamento de horas extras aos servidores, Mosquini afirmou que o DER paga produtividade e por isso as horas a mais não são pagas. Ele disse ainda que reduziu os cargos comissionados, que antes eram cerca de 600 e que as dificuldades que vem enfrentando ocorrem em função dos concursados, que não tem experiência na função. Portanto, no DER, tudo continua exatamente como está.

Previsão

O Palácio do Planalto confirmou que “existe uma previsão” de que a presidente Dilma Roussef esteja em Rondônia no próximo dia 5. Mas confirmação mesmo, só em cima da hora. Portanto, quem aguarda a transposição, pode começar a se preparar para, ao que tudo indica, o grande momento.

Errada

“O valor de seiscentos milhões de renuncia é totalmente equivocado, pois as turbinas e alguns componentes já possuem o beneficio fiscal de redução de base de calculo que prevê o convênio 52/91, que determina uma cobrança de ICMS de 3,66 por cento Para o Estado de Rondonia”. A afirmação é de Maria do Socorro Barbosa Pereira, auditora fiscal de tributos estaduais e Coordenadora geral da receita estadual, tentando justificar o injustificável. Mas em um ponto ela está certa, não são R$ 600 milhões, o valor pode chegar a R$ 1 bilhão, se levarmos em consideração as taxas de câmbio, já que a maioria dos produtos para a montagem das usinas são importados.

Na verdade

O Governo do Estado deveria sobretaxar os equipamentos para as usinas. Não existe uma justificativa plausível para essa renúncia fiscal. E os problemas gerados pelas obras estão se agravando, é que o olhar eletrônico da grande mídia não mostra, mas em breve teremos uma geração de filhos de barrageiros nas ruas da cidade sem nenhuma perspectiva de empregos ou de futuro. As empresas, após montarem as turbinas e encherem os bolsos, vão zarpar, deixando apenas os problemas. Portanto caro governador, se o senhor quer começar a fazer algo por Rondônia, esqueça essa renúncia e coloque as usinas contra a parede. Parar as obras garanto que eles não vão.

Voador


A Agência Brasileira de Inteligência – ABIN abriu processo administrativo contra o oficial da Aeronáutica Sávio Mayer, que estava á disposição da agência e também tripulava o helicóptero que pousou no pátio da FIMCA em 12 de junho de 2009, dia dos namorados, para pegar a namorada. A “gracinha” assustou acadêmicos, professores e o proprietário da instituição, Aparício Carvalho.

Depoimento

Na tarde de terça-feira o corregedor da ABIN ouviu os jornalistas Alan Alex e Paulo Andreoli sobre o incidente ocorrido em 2009. Alan Alex relatou ao corregedor os fatos ocorridos naquela ocasião e o desenrolar dos acontecimentos, que culminaram com a revelação do nome de Sávio. Foi solicitado do jornalista que ele revelasse a origem das informações e invocando o sigilo da fonte, prerrogativa da profissão, não foi revelado. A ABIN vai dar prosseguimento ao processo administrativo. E nós continuamos a denunciar esses desvios de comportamento, e se necessário, resguardando a fonte das informações.

Quase

O vereador Edmilson da Dimples (PSDB) quer montar uma comissão parlamentar de inquérito para apurar as denúncias feitas pelos deputados Hermínio Coelho e Ribamar Araújo contra o prefeito de Porto Velho Roberto Sobrinho. Além dele já assinou o requerimento Ellis Regina e Cláudio da Padaria, ambos do PC do B, e Mariana Carvalho (PSDB). Moisés Costa (PV) chegou a assinar, mas recuou.

Eco

O PSOL também está se mobilizando para cobrar da prefeitura explicações sobre o pagamento de horas-máquina. Uma reunião com a comunidade está programada para esta quarta-feira no auditório da Unir Centro, a partir das 18 horas.

Outro

Prefeito que também anda às voltas com explicações é Mário Alves (PV) de Machadinho que comprou uma camionete SW4 blindada em Porto Velho por cerca de R$ 200 mil. O prefeito já foi alvo de atentados e a região de Machadinho é complicada. Dois vereadores, Ezequiel Júnior e Amauri Valle querem que o prefeito leiloe o veículo. Cá entre nós, o prefeito deveria comprar também um colete a prova de balas e contratar uns seguranças. Gato escaldado tem medo de água fria.

Segunda fase

A empresa Rio Branco Transmissora recebeu uma licença prévia para instalação do segundo circuito da linha de transmissão entre Porto Velho – Abunã - Rio Branco, que terá 230 kV e será utilizado para transportar uma parte da energia produzida pelas usinas no rio Madeira. O projeto prevê 497 quilômetros de instalações de transmissão e vai aumentar a capacidade de carga no Acre e melhorar o abastecimento de energia elétrica regional. A linha de transmissão foi leiloada em Maio de 2009 e ainda depende da concessão de uma licença de instalação para a construção começar. Em fevereiro, a Eletronorte, que detém 49% do capital social da Rio Branco Transmissora, foi autorizada a adquirir 51% das ações em poder da CTEEP (25,5%) e Abengoa (25,5%).

Marmitex

O deputado Hermínio Coelho (PT), vice-presidente da Assembleia Legislativa, requereu e foi aprovado pelo plenário da Casa de Leis, solicitação à secretária da Justiça Mirian Sperafico, pedido de informações sobre contratos de fornecimento de alimentação em presídios. Hermínio quer saber detalhes sobre os valores pagos às empresas, datas dos pagamentos e aditivos que foram feitos. O deputado anda com a idéia de apresentar um projeto para que os próprios presos fiquem responsáveis pela produção da comida. A idéia até que é boa, resta saber se é viável.

Cigarro e a próstata

Fumar aumenta em 61% o risco de morte para pacientes com câncer de próstata em relação a não fumantes que têm a doença. Essa é a neoplasia de maior incidência entre os homens brasileiros, excluindo-se o câncer de pele não-melanoma, e o segundo tipo de tumor mais letal entre eles. O tabaco também eleva em 61% o risco de reincidência desse tipo de câncer. Essas são as principais conclusões de um estudo com 5.366 homens coordenado pela Escola de Saúde Pública de Harvard (Harvard School of Public Health) e publicado no último número da revista científica Journal of the American Medical Association (Jama). Médicos ouvidos pela reportagem dizem que o estudo é “contundente” e muda as orientações até então dadas pelos médicos aos pacientes. A pesquisa concluiu ainda que, entre os fumantes, o estágio do tumor era mais avançado no momento do diagnóstico, em média. Foram analisados homens diagnosticados durante um período de 20 anos, de 1986 a 2006. “É mais um motivo para não fumar”, sentencia o professor Edward Giovannucci, um dos autores do estudo.

Contatos

Contatos com a coluna podem ser feitos pelo alan.alex@gmail.compainelpolitico@hotmail.comwww.painelpolitico.com - @painelpolitico – telefones 3225-7495 e 9248-8911.


Painel Político : Painel Político
Enviado por alexandre em 21/06/2011 18:54:50

Cobranças

Depois que o governo divulgou os valores pagos aos veículos de comunicação, publicado em vários sites de notícias, diversos leitores questionaram a imparcialidade e a idoneidade dos sites pelo fato de terem aceitado a veiculação de publicidade oficial. Pois bem, caso alguns leitores não tenham conhecimento, aproximadamente 99% das falcatruas cometidas por políticos, seja do legislativo, executivo e até deslizes do judiciário, são denunciadas pelos sites de notícias. A chamada “grande imprensa” como programas de TV, jornais impressos e pseudo-jornalismo de algumas rádios, simplesmente ignoram as denúncias. É um olhar eletrônico que não enxerga as coisas erradas.

Portanto

Antes de tecer críticas contra os sites, vale a pena fazer uma avaliação sobre o trabalho que os sítios de notícias desenvolvem em Rondônia. Não fosse pelo webjornalismo, muita coisa que veio à tona estaria acobertada, longe do conhecimento do público. E sites de notícias, assim como qualquer outra empresa, têm conta para pagar. A diferença é que os sites, em sua maioria, recebem para divulgar propaganda institucional, e não calar a boca, como se comporta a chamada “grande imprensa”.

Desconforto

Já que o assunto é mídia, na última terça-feira a TV Candelária, afiliada da Record em Rondônia fez uma homenagem as agências de publicidade (apenas as que têm contas com órgãos públicos, diga-se de passagem) e reuniu na mesma mesa o prefeito de Porto Velho Roberto Sobrinho, O senador Ivo Cassol, o governador Confúcio Moura, o presidente da Assembleia Valter Araújo e o deputado federal Rubens Moreira Mendes. À exceção de Valter e Cassol, os demais não falavam entre si e estavam todos com caras amarradas, como se estivessem de castigo.

E estavam

Eles foram obrigados a assistirem juntos um depoimento do senador Valdir Raupp, gravado em Brasília. As demais autoridades, que estavam presentes, entraram mudas e saíram caladas, pelo menos na transmissão ao vivo. Um vídeo institucional mostrando a trajetória da emissora em Rondônia e um discurso do empresário Everton Leoni também foi exibido. A TV Candelária foi a primeira a transmitir a programação em alta definição no Estado. E também é a rede com a maior cobertura, com 20 municípios. Mesmo assim, recebeu a metade do valor pago pelo governo as emissoras de Acir Gurgacz, senador, sobrinho do vice-governador Aírton Gurgacz. As emissoras de Gurgacz repetem o sinal da Rede TV!

Detalhe

Deu para observar durante a transmissão do evento da TV Candelária, que o governador Confúcio Moura anda muito sisudo. Durante a campanha ao governo eu tive a oportunidade de entrevistar o então candidato Confúcio por duas vezes e ele estava sempre sorridente e bem humorado. Depois que assumiu o governo, ele foi ficando cada vez mais arredio e tem evitado constantemente a imprensa, o que é ruim. Grande parte dos votos de Confúcio vieram em função de seu carisma e bom humor e ele está perdendo isso. Tá ficando a cara do Bianco, quando também era governador.

Arrecadação

Em Rondônia muito se fala em desenvolvimento, em pecuária, investimentos, mas o que pouca gente sabe é que a receita do Estado é composta basicamente por três setores, telefonia, energia elétrica e combustível. Juntos eles representam cerca de 80% da arrecadação direta de Rondônia. Os demais 20% são referentes a todas as empresas, inclusive os frigoríficos.

Isso assusta

Porque apesar de serem serviços básicos, termina por acomodar os governantes de plantão. Como se trata de arrecadação na fonte, e de serviços básicos sempre em escala crescente de consumo, não se corre atrás de novas fontes de investimento e arrecadação.

Na cola

A Assembleia Legislativa encaminhou ofício à Secretaria de Administração, exigindo informações sobre a saída da secretaria-adjunta da pasta Carla Ito quando a mesma foi exonerada do serviço público em 2002. Ela foi demitida por faltas e agora, não se sabe como, quer ser transposta para a União. A Assembleia quer saber qual foi o procedimento adotado para que ela retornasse aos quadros do governo, quando isso aconteceu e de que forma. Parece que a história é cabeluda.

Investigando

O Ministério Público de Rondônia, por meio da Promotoria de Justiça de Vilhena, vai investigar o ex-prefeito de Vilhena, Marlon Donadon e mais de 10 pessoas por irregularidades constatadas em um processo referente à aquisição de serviço de locação de veículo. O serviço foi contratado para atender às necessidades do então Coordenador-Geral do Município, Melkisedek Donadon (Melki Donadon), pelo prazo de seis meses, sem a observância do que determina a Lei 8.666/93. De acordo com o Promotor de Justiça Paulo Fernando Lermen, o projeto básico para a aquisição foi elaborado de forma incompatível com a Lei Federal nº 8.666/93, omitindo assim os elementos justificadores da aquisição do serviço. Outra irregularidade é que, na ocasião, não foram exigidos dos participantes do procedimento licitatório os documentos de habilitação das empresas e pessoa física concorrentes.

Feriado...mas nem tanto

Como no Brasil todo mundo é doido por feriado, na próxima sexta-feira, 24, o governo decretou ponto facultativo em todas as repartições públicas da Administração Direita e Indireta, exceto nos órgãos cuja atividade não pode sofrer solução de continuidade, prolongando o feriadão de Corpus Christi. Mas para quem trabalha no comércio não será feriado nem na quinta, 23, nem na sexta 24. A informação é da Fecomércio, que baseia-se no que trata Lei 9.093/95 que dispõe sobre os feriados e, nela, não está contido o Dia de Corpus Christi.

Vacância

E na Câmara Municipal de Porto Velho, depois da renúncia de Chico Caçula, continua vago o cargo de vereador. A convocação do terceiro suplente, Cabo dos Anjos já foi feita e deve ser publicada no Diário Oficial do Município ainda esta semana. Mas não está descartada a possibilidade de retorno de Mário Sérgio, titular da vaga que atualmente preside a Emdur e já mandou dizer que “de lá não sai”. Um grupo de vereadores já disse que ele “volta por bem ou por mal”. Vamos ver quem vence esse cabo de guerra.

Cocaína altera cérebro

Cientistas do Reino Unido encontraram "grandes anomalias" no cérebro dos viciados em cocaína, o que poderia explicar o comportamento compulsivo normalmente associado ao consumo dessa droga. Os exames cerebrais efetuados indicam uma "forte diminuição da massa" nos lóbulos frontais dos viciados, que afetam funções essenciais do cérebro como a tomada de decisões, a memória e a atenção. Karen Ersche, do Behavioural and Clinical Neuroscience Institute da Universidade de Cambridge (Inglaterra), que dirigiu o estudo publicado na revista Brain, descobriu que quanto mais tempo um indivíduo consumir cocaína, maior é seu déficit de atenção e seu recurso à droga tem caráter mais compulsivo. A maioria dos consumidores de cocaína "são pessoas inteligentes, que chegam a todo tipo de extremos para comprar a droga, cada vez mais droga, o que as faz colocar em risco seu trabalho e família", explica Ersche. Na pesquisa, a equipe dirigida pela cientista examinou os cérebros de 60 indivíduos dependentes de cocaína e os comparou com os de 60 pessoas que não tinham nenhum histórico de consumo de drogas e identificou "grandes anomalias". Concretamente, descobriu uma redução da massa na crosta orbitofrontal, área responsável pela tomada de decisões e o cumprimento de objetivos. Entre as outras áreas afetadas pelo consumo de cocaína está a ínsula, que desempenha um importante papel na aprendizagem e na sensação de ansiedade, assim como o cíngulo, responsável pelos processos emocionais e pela atenção.

Contatos

Contatos com a coluna podem ser feitos pelo alan.alex@gmail.compainelpolitico@hotmail.comwww.painelpolitico.com - @painelpolitico – telefones 3225-7495 e 9248-8911.


Painel Político : Painel Político
Enviado por alexandre em 20/06/2011 20:24:56

Ao vento

A desculpa foi “transparência”, mas na verdade ele queria vingança. Vicente Moura, também conhecido como “Vicente Cambuquira”, homem forte de Confúcio Moura, achou que divulgando uma relação de valores pagos à mídia à titulo de publicidade da campanha emergencial contra febre aftosa, conseguiria reduzir a pressão sobre ele, que vem sendo exercida pelos grandes empresários do setor.

Claro

Que a publicação desses pagamentos traz luz a um tema que é objeto de curiosidade entre a população, mas não existe nenhuma ilegalidade, pelo menos na publicação de tal relação. Por outro lado, foi interessante poder observar alguns pagamentos no mínimo estranhos, como para o jornal O Estado de São Paulo, que recebeu em 10 de maio deste ano, R$ 5.696,73 pela campanha de publicidade emergencial contra a febre aftosa. Mais curioso é que o jornal sequer circula em Rondônia.

Também

Não foram divulgados pelo governo os critérios utilizados para mensurar o valor pago a cada veiculo, se foi audiência, se foi por “amizade” ou circulação. Não vamos entrar no mérito de valores pagos a cada veículo, mas faltaram critérios para esses pagamentos. Mas as emissoras de TV, por exemplo, forçaram a barra. A Rede TV!, de propriedade do senador Acir Gurgacz, por exemplo, que opera em rede estadual, assim como a TV Candelária e TV Rondônia, faturou mídia para a praça de Porto Velho e para todas as outras praças, como se fossem emissoras independentes e não são. São praças distintas, mas o faturamento poderia ter sido apenas estadual e não da forma como foi feito.

Sem contar

Que a própria campanha é irregular. Não existe contrato emergencial para publicidade e qualquer promotor, juiz, delegado e até mesmo Vicente Cambuquira, sabem disso. A desculpa para “anunciar” foi esfarrapada. Quem cria gado sabe que precisa vacinar e já faz isso por contra, sem precisar de propaganda. Pergunte a qualquer técnico do IDARON que ele vai dizer a mesma coisa.

Indiscutivelmente

Alguns sites de notícias contam com mais leitores que os jornais impressos. Aliás, a bem da verdade, os jornais são pautados pelos sites e mesmo assim, os impressos receberam valores astronômicos, bem longe da realidade em que vivem.

Amigos do rei

Para se ter uma idéia, o grupo do senador Acir Gurgacz, cujo tio é o vice-governador Aírton Gurgacz, recebeu R$ 271.996,20 pela campanha contra a aftosa. O segundo que mais recebeu foi o jornal Folha de Rondônia, com R$ 225.915,70. Em terceiro lugar ficou o grupo de emissoras do ex-deputado estadual Everton Leoni, com R$ 175.768,16. A Rede Amazônia recebeu R$ 152.354,00.

Critérios

Conforme dissemos acima, não se sabe quais os critérios adotados para os valores estipulados a cada veículo, mas não precisa ser nenhum gênio para perceber que tem alguma coisa muito errada em se pagar quase R$ 300 mil as emissoras de Acir Gurgacz quase a metade desse valor as emissoras de Everton Leoni, que transmitem a programação da Rede Record, uma emissora em ascensão. O mesmo vale para a TV Rondônia e TV Allamanda. Até porque quase ninguém tem paciência de assistir a programação da RedeTV!. Portanto, tem coelho dos grandes nesse mato.

Perseguições

Nas bandas do Porto (SOPH), chegam reclamações de funcionários que estariam sendo perseguidos pelo diretor João Leonel Bertolin, que estaria realizando alterações nos horários dos guardas portuários. Em um dos casos, foi instaurado um inquérito administrativo contra um servidor que teria reclamado dessa alteração. O superintendente do porto é Mateus Santos.

Charada

No primeiro escalão do governo de Rondônia, tem um banana que entende muito é de aninga, porque de administrar, não sabe nada.

Passeio

Uma camionete da prefeitura de Porto Velho, placas NED 0116 foi flagrada no último sábado em uma pizzaria da Capital, por volta das 20 horas, com o motorista acompanhado possivelmente de uma namorada, jantando tranquilamente. O jantar se estendeu até as 22 horas e o casal, de bermuda, saiu tranquilamente do local. No domingo, um Gol do gabinete, à disposição do “articulador de políticas para a juventude” identificado por leitores como Samuel, estava fazendo compras no Supermercado Irmãos Gonçalves da Jatuarana, em companhia de outro homem.

Problemas

Em passado recente a prefeitura teve problemas com uma camionete Hilux, da secretaria de Educação, que foi roubada e encontrada na Bolívia. O secretário-adjunto chegou a contratar uma empresa para “roubar” o carro de volta. O Ministério Público começou uma investigação mas não se sabe de nenhuma punição aos acusados. Para variar.

Caindo

E a casa está caindo lá pelas bandas da Fundação Riomar, a instituição de apoio à Universidade Federal de Rondônia – Unir. Nesta segunda-feira, policiais estiveram na sede da instituição cumprindo mandado de busca e apreensão. Uma investigação do Ministério Público descobriu a possibilidade de recursos de convênios com entidades públicas e privadas terem sido desviados para outras coisas, que não o objeto contratado. Se continuarem mexendo, muita coisa vai surgir nesse angu. Pena que a investigação esteja sendo feita apenas em âmbito de Estado e não federal.

Ajuda

O Núcleo de Apoio à Criança com Câncer de Rondônia, fundado em agosto de 2007 para dar assistência à famílias carentes, principalmente do interior do Estado vem passando por sérias dificuldades financeiras. A instituição é reconhecida como de utilidade pública pela Assembleia Legislativa desde junho de 2010 e está sem condições até de pagar um aluguel de R$ 1 mil e corre o risco de fechar as portas. Atualmente o Núcleo oferece quatro refeições diárias a crianças e seus acompanhantes. Quem tem pessoas com problemas de saúde na família, sabe o quanto é importante o funcionamento desse tipo de instituição. Quem puder ajudar pode entrar em contato pelos telefones 9252-0768 ou 8112-0700, com Robinson Cardoso Machado, oncopedista e médico da família, responsável pelo funcionamento do Núcleo.

10 mil

Foi a quantidade estimada de público presente ao show da cantora evangélica Fernanda Brum, em comemoração aos 100 anos de fundação da igreja Assembleia de Deus no Brasil. O evento foi uma promoção do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Valter Araújo, que é membro da igreja.

Continua

O silêncio tanto do governo em relação às denúncias contra a gestão de Lúcio Mosquini à frente do DER, quanto do Tribunal de Contas sobre as compras supérfluas e milionária de notebooks e aparelhos de TV. No DER, os servidores continuam trabalhando sem equipamentos de proteção individual, num total desrespeito a um Termo de Ajuste de Conduta com o Ministério Público do Trabalho.

Descoberta

Cientistas espanhóis e britânicos descobriram um mecanismo molecular que favorece o deslocamento das células cancerígenas e, com ele, a capacidade invasiva e de metástases do câncer, informou nesta segunda-feira a Universidade da Cantábria (UC), no norte da Espanha. A descoberta, publicada na revista Nature Cell Biology, foi feita pela equipe dirigida pelo Piero Crespo no Instituto de Biomedicina e Biotecnologia da Cantábria (IBBTEC), com a colaboração do Instituto de Pesquisa do Câncer de Londres. O trabalho demonstra que o movimento das células cancerígenas é regulado pela proteína RasGRF, cuja ausência provoca aumento da capacidade invasiva das células. Em seu comunicado, a UC explica que, quando os níveis dessa proteína caem, o movimento das células cancerígenas passa de alongados para amebóides, o que a torna mais rápida e mais eficaz na hora de ultrapassar obstáculos, como macromoléculas, e outros pequenos espaços que podem surgir no espaço extracelular. A UC lembra que existem trabalhos comprovando que os cânceres com maior número de células com deslocamento amebóides são mais agressivos e que indicam que a proteína RasGRF está ausente nos tumores mais virulentos.

Contatos

Contatos com a coluna podem ser feitos pelo alan.alex@gmail.compainelpolitico@hotmail.comwww.painelpolitico.com - @painelpolitico – telefones 3225-7495 e 9248-8911.

Painel Político : Painel político
Enviado por alexandre em 17/06/2011 18:05:58

Tiroteio

O deputado estadual petista Hermínio Coelho “desceu o pau” no prefeito Roberto Sobrinho na última quinta-feira na Assembleia Legislativa e com ele fez coro o também parlamentar petista Ribamar Araújo, desafeto antigo de Roberto, mas que já fez parte do staff, como secretário de agricultura e naquela época não criticava o alcaide. Pois bem. Hermínio quer ser prefeito e Ribamar adora jogar gasolina em fogueira. Mas dessa vez eles exageraram.

Limite

PAINEL POLÍTICO sempre criticou a gestão Roberto Sobrinho por discordar da forma como o prefeito conduz sua administração. Ele não conclui suas obras, não cumpre as promessas que foram feitas nas duas campanhas e mantém no primeiro escalão assessores incompetentes e incapazes de realizar as tarefas mais simples. Prejudica a população e deve ser responsabilizado por isso. Mas para que isso ocorra é necessário seguir a tramitação necessária, ou seja, cabe à Câmara de Vereadores apurar e se for o caso, acusar e até afastar o prefeito.

Porém

A forma que Hermínio e Ribamar atacaram o prefeito pode ser classificada como leviandade. Se eles têm denúncias concretas contra a administração, que podem terminar com a cassação de Sobrinho, que falem na tribuna, mas também que apresentem documentos e denúncia formal no Ministério Público, Câmara de Vereadores e se for o caso, na Polícia Federal. Mas ficar jogando para a galera, usando adjetivos pejorativos e ofensivos, como “chefe de quadrilha” e “bandido” é uma total falta de respeito, não pela pessoa de Roberto Sobrinho, mas pelo que ele representa, que é a prefeitura da Capital.

Prejuízos

Devido a esse comportamento complicado, que vem sendo reafirmado com a intenção de se lançar candidato a prefeito em 2012, Hermínio Coelho foi chamado à dar explicações na manhã desta sexta-feira à Executiva do Partido dos Trabalhadores. Ele e Ribamar, o fogueteiro. Hermínio saiu da reunião dizendo que “querem calar sua boca” e “acobertar essa administração corrupta”, mas não acrescentou uma vírgula sequer a respeito da denúncia, que foi rebatida pela prefeitura em nota. Tanto as denúncias quanto a defesa estão publicadas em sites, caso o leitor queira mais detalhes.

Distante

Mas, caso Hermínio ainda não saiba, o candidato do PT a prefeitura de Porto Velho é uma mulher e atende pelo nome de Fátima Cleide da Silva. Cláudio Carvalho, vereador petista que disputa com Hermínio a indicação da legenda para o cargo de prefeito, quando soube dessa notícia, ficou triste e irritado. Ele estava certo que seria o escolhido. Mas tanto ele quanto Hermínio esqueceram que o grupo de Fátima é quem detém o controle do partido no Estado e ela obteve em Porto Velho na disputa pelo Senado, mais de 70 mil votos, que é quase quatro vezes a soma dos votos que Hermínio Ribamar Araújo e Cláudio Carvalho tiveram juntos na disputa por vagas na Assembleia Legislativa.

Portanto

Em que pese o fato de Fátima ter rejeição na Capital, ela também tem uma grande aceitação. E entre os nomes que compõe atualmente os quadros do PT, ela é disparada a quem tem mais chances de ser indicada. Ou alguém duvida que em um país comandado por mulheres o PT local vai perder a chance de indicar uma mulher para essa disputa? Pelo visto só Hermínio ainda não enxergou isso.

Comedido

O deputado Hermínio Coelho também tem que ser mais comedido na forma em que vem se colocando no parlamento. Recentemente gerou um tremendo mal estar entre seus pares ao pedir que fosse analisada a ficha de cada um dos quase oitenta pastores evangélicos que iriam ser homenageados pela Casa. Não que o fato de ser pastor seja sinônimo de “ficha limpa”, mas a forma como ele levantou a questão foi no mínimo deselegante. Hermínio é bem intencionado e ainda está patinando no legislativo estadual, que tem um equilíbrio delicado e frágil. E nesse jogo, ou entra jogando ou observa, para não perder a partida. Até para ser grosso, tem que ter estilo.

“Sartou de banda”

Pegou mal entre os colegas de parlamento a nota enviada pelo vereador Sid Orleans onde ele dizia ser favorável ao afastamento de Chico Caçula, vereador condenado em primeira instância pelo crime de estupro de uma menor de 13 anos, que renunciou ao mandato após intensa pressão popular. É que na Câmara havia uma espécie de acordo de unidade, se fosse para cassar Chico Caçula, o que estava para acontecer, seria de comum acordo, do contrário, todos manteriam a unidade. Orleans, como dizem por aí, teria “roído a corda” ao emitir uma nota.

Para a galera

Na opinião dos demais vereadores, Orleans “jogou para a galera” ao divulgar a nota em que ele afirmava não ser possível cassar o mandato de Caçula. Outro que também ficou em maus lençóis por declarações dadas à imprensa sobre o caso, foi Mário Sérgio, titular da vaga, cujo retorno poderia ter evitado o desgaste. Mas Mário preferiu continuar na Emdur, onde se depender de seus companheiros de parlamento, não fica muito tempo. Os vereadores querem o retorno imediato de Mário Sérgio à Câmara, sob pena de atrapalharem a vida do prefeito Roberto Sobrinho. A confusão começa de verdade na segunda-feira.

Torrando

E o Tribunal de Contas continua dando mau exemplo quando se trata de dinheiro público. Quando se trata das prefeituras não pode nada, mas quando é com eles, pode tudo. A última da turma foi gastar R$ 890 mil comprando notebooks e aparelhos de TV. Para se ter uma idéia, o TCE comprou em abril 80 notebooks por R$ 455.999,20, da marca HP, modelo Pavillion, com maleta especial ao custo de R$ 5,7 mil cada. Na internet acha-se o mesmo pela metade do preço.

Claro

Que alguém vai dizer que os notebooks são necessários para o trabalho e não discordo, mas cá entre nós, o TCE não precisa de máquinas tão possantes assim. Para montar planilhas, acessar a internet e usar editor de texto, com menos de R$ 100 mil qualquer empresário compraria 80 notebooks muito bons para esse tipo de trabalho.

Curioso

É que o egrégio Tribunal sequer conseguiu montar uma rede integrada entre a sede e as regionais.

Evangélicos

A partir das 19 horas deste sábado acontece no Cetene, situado na Avenida Jorge Teixeira com Migrantes, o show da cantora evangélica Fernanda Brum. O show também celebra o Centenário das Assembleias de Deus e marca o lançamento da Campanha de Doação de Medula Óssea em Rondônia. Ainda no sábado, às 15 horas, será concedida entrevista coletiva no Braz Buffet, à Avenida Beira Rio, 45, bairro Arigolândia, na capital próximo à Assembleia Legislativa.

Lançamento

Neste sábado, a partir das 19 horas, acontece o lançamento do livro “Integração Sul-Americana: Desafios e perspectivas”, uma coletânea de pesquisadores que conta com a participação dos professores rondonienses João Paulo Saraiva Leão Viana, Patrícia Mara Cabral de Vasconcellos e Vinicius Valentin Raduan Miguel. O evento será na Casa de Cultura Ivan Marrocos, situada na esquina das Avenidas Carlos Gomes e Rogério Weber.

Alerta

Após analisar dados de mais de 105 mil pessoas submetidas a cirurgia para perda de peso, pesquisadores americanos montaram uma lista com os seis fatores que mais aumentam o risco de o paciente morrer antes de receber alta. O estudo foi apresentado nesta semana no congresso da Sociedade Americana de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, em Orlando. O fator que apresentou maior peso foi o tipo de cirurgia realizada. Pacientes submetidos à técnica do by-pass gástrico apresentaram 5,8 vezes mais risco de morrer. O aumento foi de 4,8 vezes quando compararam a cirurgia aberta (na qual é feito um grande corte na barriga) com a laparoscopia - menos invasiva. Entre os pacientes do sexo masculino e os que não tinham plano de saúde particular, o risco foi cerca de três vezes maior. Aqueles com 60 anos ou mais apresentaram o dobro de risco dos mais jovens. E o risco dos diabéticos foi 1,5 vez maior. Outro estudo recente mostrou que apenas 1 em cada 1 mil pacientes submetidos à colocação de banda gástrica ajustável por laparoscopia morre. O número sobe para 2 em cada 1 mil no caso dos que fizeram by-pass gástrico por laparoscopia. "Entre aqueles que fizeram o by-pass por meio de cirurgia aberta, morreram 2 em cada 100, ou seja, dez vezes mais", relata o cirurgião Marcos Leão Vilas Boas. Estudos anteriores também mostraram que o risco de conviver com as doenças causadas pela obesidade superam os riscos associados à cirurgia bariátrica. Após a operação, pacientes podem aumentar sua expectativa de vida em até 89%.

Contatos

Contatos com a coluna podem ser feitos pelo alan.alex@gmail.compainelpolitico@hotmail.comwww.painelpolitico.com - @painelpolitico – telefones 3225-7495 e 9248-8911.

Painel Político : painel politico
Enviado por alexandre em 17/06/2011 11:12:35

Abrindo

Quando aconteceu o leilão da Aneel para a construção das usinas do Madeira, ficou estipulado quanto seria gasto nas obras e quanto seria pago de impostos pela geração de energia, incluindo ICMS e outros encargos. As usinas estão quase prontas e eis que surge um gênio governista conhecido por ter uma boca enorme, que comanda uma importante secretaria e resolve que as usinas podem ter isenção fiscal, ou seja, não pagariam mais ICMS para o Estado.

Mas

Para que seja concedido esse benefício são necessários alguns trâmites. O primeiro é que aja um convênio, ou melhor, um acordo com os demais estados para que Rondônia possa dar essa isenção. Isso é feito para evitar a chamada “guerra fiscal” e tem que ser unânime. Se um estado reclamar, nada feito. Como as usinas ficam em Rondônia e não poderiam estar em outro lugar, o convênio foi feito. Após a assinatura do convênio, é preciso aguardar 15 dias para a ratificação. Traduzindo, se nesse espaço alguém chiar, nada feito. Rondônia já tem o convênio e ele já foi ratificado.

Agora

O próximo passo é criar uma lei estadual e para isso é necessário, ao menos em tese, que o governo encaminhe para a Assembleia, mas historicamente em Rondônia as isenções vem sendo dadas por decreto, sem passar pela Casa de Leis. Tanto o projeto quanto o decreto estão prontos, falta apenas o encaminhamento. Mas se a Assembleia quiser, pode vetar o decreto. Se for aprovada, a isenção só começa a valer no ano fiscal subseqüente, porque ela precisa constar na Lei de Diretrizes Orçamentárias, já que o Estado deixa de ter essa receita.

Contas

Mas no caso das usinas, para variar, existe um coelho do tamanho de um elefante escondido atrás dessa moita. É que quando foi feito o leilão, já estava previsto o pagamento dos impostos. Se eles deixarem de ser arrecadados, algo em torno de R$ 600 milhões, esse dinheiro vai “sobrar” para os consórcios, que poderão fazer o que bem entenderem com essa dinheirama. Um negócio de velhacos que o governador embarcou não se sabe se às cegas ou se mal intencionado. Se for às cegas, agora deve clarear para ele.

Tem mais

Há tempos PAINEL POLÍTICO recebeu a informação que andava se reunindo com diretores dos consórcios um secretário de Estado e um parente de Confúcio. A conversa girava em torno de uma comissão de 5% para eles, caso fosse aprovada a isenção. Ou seja, eles receberiam 5% de R$ 600 milhões.

Denuncia

Uma denúncia contra esse rombo gigantesco nas contas do Estado foi protocolada no Ministério Público Estadual e Tribunal de Contas. Alguém acha que isso vai dar em alguma coisa?

Pior

É que os políticos fazem tanto alarde por uma economia de R$ 30 milhões com a transposição e o governo de Rondônia joga fora R$ 600 milhões. O Estado deveria era cobrar a mais dessas usinas, já que elas continuam trazendo tantos problemas para Rondônia. Mas pelo visto, vamos continuar trocando nossas riquezas por espelhinhos e bugigangas.

Renunciou

Após intensa pressão, 26 dias após ter sido condenado a seis anos de prisão por crime de estupro, o vereador Chico Caçula renunciou ao mandato. Mas agora a Câmara quer o retorno imediato de Mário Sérgio Leiras Teixeira ao cargo. Isso porque o titular da vaga, que havia se afastado para assumir a Emdur, deu uma declaração afirmando “não ter nada a ver com o crime de Caçula e que iria ficar exatamente onde estava”.

Claro

Que as declarações de Mário Sérgio deixaram os vereadores furiosos. Desde que Caçula foi condenado, eles pediam o retorno do presidente da Emdur, pois dessa forma o suplente seria afastado. Com essa “saída de banda”, Mário Sérgio arrumou confusão das grandes. Mesmo que ele fique na Emdur, sua vida não será nada fácil por lá. Melhor seria ele voltar o quanto antes.

Diferenciado

E as pessoas que precisa ser atendido pelo DER em contato com a coluna informaram que o órgão só atende o público pela manhã. A partir das 14 horas “só atendimento interno”. Realmente, é cada uma que não dá para entender. Pior é que por “atendimento interno” leia-se, prefeitos, vereadores, deputados e amigos.

Brincadeira

O jornal Folha de Rondônia completou oito meses sem pagar salário de seus funcionários. Ano passado a Justiça do Trabalho havia autorizado a direção do jornal a sacar, de contas que estavam bloqueadas, uma quantia para pagar salários atrasados. Funcionários dizem que isso não aconteceu. Novembro, dezembro e os seis primeiros meses desse ano completam os oito meses de atraso. Na quarta-feira a Ceron cortou a energia do prédio do jornal em Ji-Paraná por falta de pagamento e os funcionários resolveram cruzar os braços por tempo indeterminado.

Chapa esquentou

Na Assembleia Legislativa os deputados petistas Hermínio Coelho e Ribamar Araújo não pouparam adjetivos pejorativos contra o prefeito de Porto Velho Roberto Sobrinho, a quem classificaram de “marginal”, “bandido”, “chefe de quadrilha” e outros, se referindo a uma licitação que teria sido direcionada para favorecer uma empresa, no valor de R$ 30 milhões. Também acusaram Roberto de estar “destruindo o PT”.

Há tempos

Que o clima entre Hermínio e Roberto anda tenso. Coelho, que é vice-presidente da Assembleia vem tecendo pesadas críticas e fazendo denúncias contra a gestão de Roberto, mas elas não surtem efeito. No Ministério Público e Tribunal de Contas, as denúncias não encontram eco e o prefeito vai tocando a vida como se nada estivesse acontecendo.

Interessante

É que na propaganda exibida pela prefeitura nas emissoras de TV, aparece uma Porto Velho completamente diferente. Quem não conhece a cidade até acredita. É capaz até de se emocionar e cair em lágrimas, diante de tantas “realizações”. A Agência Norte, responsável pelas peças está de parabéns, mas deveria ser processada, junto com a prefeitura, por propaganda enganosa. Será que via Procon dá para processar a prefeitura? Via MP e TCE, já se sabe que não.

Lançamento

Neste sábado, a partir das 19 horas, acontece o lançamento do livro “Integração Sul-Americana: Desafios e perspectivas”, uma coletânea de pesquisadores que conta com a participação dos professores rondonienses João Paulo Saraiva Leão Viana, Patrícia Mara Cabral de Vasconcellos e Vinicius Valentin Raduan Miguel. O evento será na Casa de Cultura Ivan Marrocos, situada na esquina das Avenidas Carlos Gomes e Rogério Weber.

Azeite x AVC

Pessoas idosas que ingerem azeite de oliva correm menos risco de sofrer um derrame do que aquelas que não o fazem, sugeriu um estudo com mais de 7.000 franceses publicado nesta quarta-feira nos Estados Unidos. Pesquisadores do Instituto Nacional de Saúde e Pesquisa Médica, em Bordeaux, França, acompanharam 7.625 pessoas, de 65 anos de idade ou mais, em três cidades --Bordeaux, Dijon e Montpellier-- por um período de cinco anos. Durante esse tempo, houve 148 derrames. Os indivíduos foram divididos em grupos de acordo com o seu consumo de azeite de oliva, indo daqueles que não consumiam nada àqueles que usavam o produto em molhos, em receitas e no pão. Quando os pesquisadores levaram em consideração fatores como a massa corporal, atividades físicas e a dieta, constataram que os consumidores "intensivos" de azeite de oliva tinham 41% menos risco de derrame comparados aos que nunca consumiam azeite. "Nossa pesquisa sugere que uma nova série de recomendações de dieta precisa ser elaborada para prevenir derrames em pessoas de 65 anos ou mais," disse a autora do estudo Cecilia Samieri. "Os derrames são tão comuns em pessoas idosas e o azeite de oliva pode ser uma forma barata e fácil de ajudar a prevenir isso." As descobertas foram publicadas no "Medical Journal of the American Academy of Neurology".



« 1 ... 168 169 170 (171) 172 173 174 ... 179 »