Painel Político - Painel Político por Alan Alex - Notícias
« 1 (2) 3 4 5 ... 168 »
Painel Político : Painel Político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 26/10/2016 00:14:58

Cada deputado tem direito a R$ 15,3 milhões em emendas, mas o papel aceita tudo e a população acredita…

Romaria

E segue em Brasília o périplo dos prefeitos eleitos e reeleitos dos municípios de Rondônia em busca de recursos nos gabinetes dos deputados federais em Brasília. Nesta terça-feira a Associação Rondoniense dos Municípios promove um jantar na capital federal e deve reunir grande parte dos prefeitos e alguns parlamentares. Mas a coisa não está fácil, o Congresso tem vivido dias difíceis, com expectativa sobre a Lava Jato, PEC 241 e outras matérias que o Executivo quer aprovar. Mesmo assim, não custa nada tentar. Mas dinheiro de verdade mesmo só ano que vem e a partir de fevereiro.

Falando em emendas

Leia com bastante atenção as próximas linhas para que não ocorram equívocos ou erros de interpretação. Cada deputado e senador tem direito de apresentar emendas individuais à proposta orçamentária do governo federal. Esse direito está definido no Regimento do Congresso. Para as emendas, o governo estabelece uma “reserva de contingência”, que são os recursos a serem utilizados nas propostas dos parlamentares. Agora em 2016 as emendas individuais de deputados e senadores ao orçamento somam R$ 9,1 bilhões. No total, os 594 congressistas apresentaram 6.378 emendas à despesa. Para 2017 ainda estão sendo discutidos os valores, mas não devem sofrer grandes alterações.

Sabendo disso

Você vai entender que qualquer parlamentar que apresentar um valor muito alto ao orçamento estará brincando com coisa séria. E é exatamente isso que a deputada federal Mariana Carvalho (PSDB) fez ao apresentar proposta de emenda parlamentar individual no valor de R$ 1 bilhão para serem aplicados em “obras de saneamento” na cidade de Porto Velho. Você confere no documento abaixo. A probabilidade, no melhor dos cenários, é que seja liberado menos de 0,01% desse valor. Mas, para que isso aconteça (a liberação) Porto Velho vai precisar de um projeto pronto e enxuto. O que está longe de acontecer. Mariana adora propaganda, então não se assombre se você começar a ver agora no final do ano, cartazes espalhados pela cidade “informando” que a deputada “destinou R$ 1 bilhão”. Só para ter uma idéia da brincadeira, este ano, cada parlamentar teve direito a R$ 15,3 milhões em emendas individuais.
Emenda da deputada Mariana Carvalho de R$ 1 bilhão
Emenda da deputada Mariana Carvalho de R$ 1 bilhão

Enquanto isso

O deputado federal Lindomar Garçon, que também andou colorindo os cabelos, participou da sessão da comissão de esportes que analisa a proibição, após decisão do STF, da vaquejada no Brasil. O deputado disse ser contrário à decisão. Para Garçon, “trata-se de uma manifestação popular que deve ser mantida”. A reunião da comissão foi tensa, no vídeo abaixo, o início da sessão com uma breve apresentação feita pelo Garçon, e entrevista da atriz Alexia Deschamps e da ativista Luiza Mell, que são contra a vaquejada. Confere ai.

Lixo

A coleta de lixo em Porto Velho deve dar dor de cabeça a partir do próximo ano, quando o novo prefeito terá que fazer o quanto antes a licitação de empresa responsável pelo serviço, que vem sendo feito pela Marquise. Uma decisão do Tribunal de Contas do Estado determina a imediata execução do certame. Na próxima coluna darei mais detalhes sobre o caso.

Crise

O Judiciário vem sendo foco de uma série de reportagens na imprensa nacional em relação a pagamentos feitos à magistrados acima do teto e os gastos com obras suntuosas. Cá entre nós, estava na hora do Judiciário, como um todo, se adaptar aos novos tempos, usar prédios mais modestos e focar na ampliação dos serviços e efetivo. E isso vale para as esferas estaduais e federal. a suntuosidade foge dos parâmetros da realidade brasileira. Já os recebimentos acima do teto não há o que se questionar, no Brasil todo mundo sabe que a lei vale para todos, né?

241

O Congresso aprovou em segundo turno a PEC 241, que estabelece um limite aos gastos públicos por um período de 20 anos, com um teto para gastos. O Congresso em Foco e a Agência Pública, produziram um material bem completo sobre o assunto que vale a pena conferir. Só clicar AQUI para ler.

Grampolândia

Na gestão Héverton Aguiar, o Ministério Público deu início a uma auditoria feita no sistema Guardião da Polícia Civil. Como se tratavam de milhares de horas de gravações, milhares de números de celulares e telefones fixos e mensagens de textos a serem cruzadas com inquéritos e autorizações judiciais, o trabalho se estendeu. Aguiar deixou o MP e nunca mais se falou sobre o assunto. Alguém sabe dizer no que deu?

Clínica Mais Saúde informa – Humanos escolhem parceiros sexuais por causa de uma proteína

Aquele desejo avassalador que você sente por outra pessoa pode realmente ser uma questão de química, ou melhor, biologia. Um estudo publicado na revista científica Nature sugere que o sistema imunológico pode ser o responsável por essa forte atração sexual. Segundo informações publicadas pela BBC Brasil, por uma questão de sobrevivência da espécie, nós procuramos – inconscientemente – parceiros sexuais com um antígeno leucocitário humano (HLA, na sigla em inglês) muito diferente do nosso. O HLA, também conhecido como Complexo Principal de Histocompatibilidade (MHC, na sigla em inglês), é um sistema que permite ao nosso corpo identificar células perigosas, vírus e bactérias. Ou seja, ele é a base sobre a qual o nosso organismo desenvolve o seu sistema de defesa. De acordo com os autores, é tudo culpa do nariz. Embora os cientistas ainda discutam como o HLA define o cheiro do nosso corpo, há provas de que certos componentes do odor podem ser encontrados em secreções como o suor e a saliva. Além disso, sabe-se que os neurônios olfativos identificam o antígeno leucocitário humano (HLA) sem que tenhamos qualquer consciência. Vale ressaltar que esses resultados não descartam a capacidade humana de domar o próprio instinto sexual, mas lança luzes sobre a importância do sistema imunológico no comportamento sexual e traz mais uma explicação científica para a popular ideia de que os opostos se atraem.

Painel Político : Painel Político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 18/10/2016 20:19:52

Deputada declarou ter tido “um encontro produtivo” com Bruno Araújo, mas na semana passada TCU encontrou superfaturamento de R$ 205 milhões e cancelou qualquer repassa para Porto Velho

Romaria

O Congresso Nacional estava congestionado nesta terça-feira. Prefeitos eleitos de todo o país, acompanhados de deputados, vereadores e assessores visitavam deputados e senadores em busca de recursos ou apoio para seus municípios e claro, não poderiam faltar os de Rondônia. Com pires na mão, os pedidos são sempre os mesmos, dinheiro para honrar as folhas de pagamento e qualquer tipo de apoio, seja em forma de equipamentos, programas sociais ou pelo menos uma promessa de ajuda. E promessas foi o que todos levaram.

Reunião da bancada

A bancada federal se reúne ordinariamente para tratar de questões referentes principalmente à destinação de emendas para grandes projetos, como construção de hospitais, estradas, escolas, segurança e infra-estrutura. Na reunião que ocorreu nesta terça-feira, o governador Confúcio Moura pediu recursos de custeio para o centro de radiologia por imagens, que funciona anexo ao Hospital de Base, recursos para a manutenção do hospital fluvial Walter Bartólo, que custa R$ 7,2 milhões por ano, também pediu recursos para medicamentos e insumos para postos de saúde nas prefeituras, e dinheiro para outras unidades hospitalares. Confúcio apenas abriu a reunião e teve que sair para um compromisso externo, mas a fala dele você confere na íntegra no vídeo abaixo:

Ampliando

PAINEL POLÍTICO vai trabalhar para tentar ampliar ao máximo a cobertura em relação à bancada federal. Nosso projeto é estarmos cobrindo também as reuniões em comissões para que você saiba o que de fato fazem nossos representantes na capital federal. Questões pontuais podem ser levantadas pelos leitores, caso queiram fazer questionamentos, enviem um e-mail para alan.alex@gmail.com que a gente faz ao parlamentar. Também voltaremos com os vídeos “Direto de Brasília” já a partir desta quarta-feira.

Clã

Presente em Brasília, o clã Donadon, Melki, Rosani e Rosângela. Na pauta de pedidos, a construção de um hospital regional em Vilhena, aos moldes do que existe em Cacoal e Guajará-Mirim.

Também em Brasília

Glaucione, prefeita recém-eleita em Cacoal e o deputado estadual Só Na Bença, que não pediu nada, mas trouxe um séquito. Veio do chefe de gabinete ao assessor de imprensa. O resultado dessa visita para Rondônia, não sei, mas entre diárias e passagens a “visita” não saiu por menos de R$ 10 mil aos cofres públicos.

Muda?

Fontes palacianas muitíssimo bem informadas revelaram que Confúcio pretende trocar o comando da Sesdec o quanto antes. Ele quer “apagar o incêndio”, que o atual secretário Antônio dos Reis não conseguiu, seja por amizade com os delegados, seja por falta de traquejo político. Confúcio escolheu para a missão o atual comandante da PM, Coronel Enedy Dias, que tem um histórico respeitável. Mas, se tem uma coisa que Confúcio não gosta é de vazamentos. Ao ser informado que PAINEL POLÍTICO havia antecipado a informação, ele tratou de desconversar e disse que “não comentou isso com ninguém”. Pois é, mas comentaram. Agora circula a informação que Confúcio não quer mais nem um nem outro. Na polícia a preocupação é que ele arrume outra invencionice como o ex-sherifão apocalíptico Marcelo Bessa.

Vai sair

O engenheiro Miguel de Souza, responsável por projetos do DNIT para Rondônia garantiu que a partir do segundo semestre de 2017 devem ser iniciadas as obras da ponte bi-nacional em Guajará-Mirim e deverá ser inaugurada em 2020. Segundo ele, o custo do projeto deve ficar em R$ 70 milhões.

Confete

A deputada federal Mariana Carvalho enviou notícia à imprensa rondoniense falando que “Bruno Araújo (ministro das Cidades) coloca o Ministério à disposição do nosso mandato para levar tratamento dos esgotos e distribuição de água tratada para 100% da nossa Capital”. Balela. Ele pode até colocar o ministério à disposição, mas saneamento em Porto Velho vai demorar, e muito. Na semana passada o Tribunal de Contas da União (TCU) determinou por medida cautelar que o Ministério das Cidades e a Caixa Econômica Federal se abstenham de destinar recursos federais para execução dos projetos e obras do sistema de esgotamento sanitário de Porto Velho porque foram identificadas irregularidades no processo licitatório e um superfaturamento de mais de R$ 200 milhões no projeto.

Ou seja

Bruno Araújo e Mariana Carvalho vão continuar tirando fotos juntos e falando o que vem entendem, mas “100% de saneamento” só na propaganda da deputada….

O problema é mais grave

O saneamento básico de Porto Velho só será resolvido com uma ação polícia conjunta, e a população tem que ter consciência disso. Usar um assunto tão sério, que é uma questão de saúde pública para promover fatos meramente políticos, chega a ser uma afronta. Acompanhe a atuação efetiva de seu parlamentar, não se deixe levar por propaganda e fotos bonitinhas. O caso é sério e requer responsabilidade.

Clínica Mais Saúde informa – Seu parceiro é estressado? Cuidado, isso lhe fará engordar

O stress já é um fator de risco conhecido para a obesidade, mas agora cientistas sugerem que um alto nível de stress não afeta só a pessoa, mas também quem está ao seu lado. De acordo com um estudo publicado recentemente no periódico científico Journals of Gerontoloy: Social Sciences, um parceiro estressado pode pode ter um efeito desastroso sobre a sua cintura, principalmente se você for mulher. No estudo, pesquisadores da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, acompanharam por quatro anos 2.042 pessoas com mais de 50 anos, que estavam em um relacionamento há, em média, 34 anos. A análise se concentrou na maneira como o stress crônico – aquele que dura no mínimo um ano entre outras – de um parceiro pode afetar os hábitos alimentares de outro. Enquanto algumas pessoas reagem ao stress perdendo a fome, outras exageram na comida. O estudo em questão concluiu que o estado emocional de um parceiro influencia muito nos hábitos alimentares do cônjuge, principalmente nas mulheres. Os resultados mostraram que, no início da pesquisa, 59% dos homens e 64% das mulheres estavam em risco para a obesidade. Ao final do período de acompanhamento, 70% das mulheres que tinham maridos estressados apresentaram maior risco de desenvolver doenças relacionadas ao sobrepeso. No caso dos homens, a proporção subiu para 66%. Embora o estudo não aborde o que fazer para diminuir o stress, pesquisas anteriores sugerem que os casais lidem com o stress juntos, e que as metas criadas por um casal podem ser mais eficazes do que as metas criadas individualmente.

Painel Político : Painel Político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 20/09/2016 22:50:15

E ainda, Rodrigo Nogueira consegue registro no TRE e segue campanha; Pedetista tinha sido impugnado pelo Ministério Público Eleitoral, mas obteve registro por unanimidade no TRE

Tudo parado

O Congresso Nacional vai esfriar até as eleições municipais. Deputados e senadores estão preocupados em eleger a base, no caso vereadores e prefeitos, já de olho em 2018. Em função disso, matérias importantes, como a liberação de recursos do FIES, só voltam a ser discutidas dia 4 de outubro. Até lá, a grande maioria não quer nem saber de Brasília.

Falando em Congresso

O assunto do dia foi a “convocação” da arquiteta Tomi Ohtake pelo gabinete do deputado federal Expedito Netto para depor na CPI da Lei Rouanet. Acontece que ela faleceu ano passado e a colunista Mônica Bergamo da Folha de São Paulo não perdoou a gafe. O assunto rapidamente repercutiu na imprensa nacional. Depois o deputado explicou que na verdade a lista de convocados foi encaminhada pelo PSD, feita com base em levantamentos de anos anteriores. O Instituto Tomi Ohtake captou mais de R$ 19 milhões através da lei de incentivos e queira ou não, alguém tem que explicar como esse dinheiro foi gasto. O problema é que alguns segmentos já tentam desacreditar a CPI que vai movimentar o país agora em outubro.

Ainda Brasília

O presidente do Senado, Renan Calheiros arquivou os pedidos de impeachment do ministro do STF Gilmar Mendes, apresentadas pelos juristas Celso Antônio Bandeira de Mello e Cláudio Fonteles com apoio de outros profissionais do Direito. O argumento usado por Renan foi que “as duas denúncias basearam-se exclusivamente em matérias jornalísticas, declarações e transcrições de votos”. Alguém esperava algo diferente?

Crise em Ji-Paraná

O hospital Cândido Rondon, de Ji-Paraná anunciou nesta terça-feira, em nota, que a partir do dia 5 de outubro não vai mais atender a comunidade com os serviços de UTI, mantido pelo SUS em parceria com o Estado. De acordo com o hospital, “não há interesse do Governo em reajustar os valores pagos pela diária de cada leito hospitalar, bem como proceder à formalização do contrato com o Hospital”. Segundo a nota, os pacientes que estiverem internados na UTI até esta data, continuarão recebendo atendimento até a alta ou transferência para unidade de terapia intensiva pública.

Em Guajará-Mirim

O candidato do PDT Rodrigo Nogueira conseguiu nesta terça-feira no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) o deferimento, por unanimidade, de seu registro de candidatura, que havia sido negado sob o argumento que ele não havia se desincompatibilizado de um cargo público no tempo estabelecido por lei. Seu advogado, Márcio Nogueira comprovou que o cargo que Rodrigo ocupava não era em órgão da administração pública, e sim uma associação civil sem fins lucrativos.

Com isso

Rodrigo vai disputar a prefeitura contra Gerson Maia e Antônio Bento, que teve o registro indeferido porque tem uma condenação por crime contra a fé pública, confirmada pelo TJRO e pelo STJ, por ter registrado uma empresa de posto de gasolina em nome de laranjas. Rodrigo já foi vereador na cidade e secretário municipal de educação.

Em Vilhena

O foragido da justiça, ex-deputado estadual Marcos Donadon, fez uma doação de R$ 12 mil para a campanha de sua cunhada, Rosani Donadon (PMDB) candidata à prefeita na cidade. Quem também apoia a candidatura de Rosani é o deputado federal cassado, que cumpre pena (e cunhado) Natan Donadon. Ela é esposa de Melki Donadon e ainda não teve o registro deferido pela justiça eleitoral.

Nomeando geral

O deputado estadual Cleiton Roque nomeou “metade de Pimenta Bueno” para garantir apoio a sua esposa, Juliana Roque que disputa a prefeitura. Só que entre os nomeados está sua ex-mulher e mãe de seu filho, Cleiton Roque Júnior, Raquel Cristina. Tem súmula do Supremo Tribunal Federal proibindo a prática. Raquel foi nomeada em 2 de maio deste ano, no gabinete do próprio deputado. Mesmo que não fosse ilegal, é de uma imoralidade descomunal.
Nomeação de Raquel Cristina, ex-esposa de Cleiton Roque
Nomeação de Raquel Cristina, ex-esposa de Cleiton Roque

Clínica Mais Saúde informa – Anvisa suspende quatro antibióticos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu nesta terça-feira todos os lotes do medicamento Amoxicilina + Clavulanato de Potássio, comprimidos 875 mg + 152 mg, fabricados pelas empresas Germed Farmacêutica Ltda., Legrand Pharma Indústria Farmacêutica e pela E.M.S. S/A, e o medicamento Policlavumoxil, fabricado pela Germed Farmacêutica Ltda.A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu nesta terça-feira todos os lotes do medicamento Amoxicilina + Clavulanato de Potássio, comprimidos 875 mg + 152 mg, fabricados pelas empresas Germed Farmacêutica Ltda., Legrand Pharma Indústria Farmacêutica e pela E.M.S. S/A, e o medicamento Policlavumoxil, fabricado pela Germed Farmacêutica Ltda.A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu nesta terça-feira todos os lotes do medicamento Amoxicilina + Clavulanato de Potássio, comprimidos 875 mg + 152 mg, fabricados pelas empresas Germed Farmacêutica Ltda., Legrand Pharma Indústria Farmacêutica e pela E.M.S. S/A, e o medicamento Policlavumoxil, fabricado pela Germed Farmacêutica Ltda.A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu nesta terça-feira todos os lotes do medicamento Amoxicilina + Clavulanato de Potássio, comprimidos 875 mg + 152 mg, fabricados pelas empresas Germed Farmacêutica Ltda., Legrand Pharma Indústria Farmacêutica e pela E.M.S. S/A, e o medicamento Policlavumoxil, fabricado pela Germed Farmacêutica Ltda.

Painel Político : Painel Político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 20/09/2016 20:29:34

E ainda, PGR requenta denúncia contra Raupp, mas não apresenta provas de propina

50

Esse é o número de assessores que o deputado estadual Cleiton Roque nomeou em Pimenta Bueno que estão “dando uma força” para sua esposa, Juliana, que disputa o primeiro cargo público de sua vida. Cleiton tenta criar seu pequeno feudo na cidade, mas desse jeito complica. Ministério Público já está de olho e o deputado e sua esposa/candidata terão que dar muitas explicações em um futuro próximo.

Uso da máquina

É no mínimo uma indecência o uso indiscriminado da máquina pública para custear campanhas eleitorais. O caso de Cleiton é um exemplo claro disso. A cota de assessores indicados pelo parlamentar é absurda. Esse caso tem que ser investigado e punido exemplarmente.

Direto do Planalto

Começamos nesta segunda-feira o programa Painel Político, direto de Brasília. O primeiro programa foi a apresentação do projeto e como vai funcionar. Iremos cobrir as atividades da bancada federal e temas relacionados aos servidores públicos. A apresentação é minha e comentários de Carlos Terceiro. O primeiro programa você confere aí embaixo:

Pressão

O senador Valdir Raupp está ficando em situação delicada junto à Procuradoria Geral da República, que apresentou denúncia na última sexta-feira contra o parlamentar rondoniense. O grande problema desse jogo é que entre os peemedebistas citados, o elo mais fraco da corrente é exatamente Valdir Raupp, e ele pode terminar servindo de bode expiatório para livrar a cara de gente como Renan Calheiros, Romero Jucá e o próprio Michel Temer. As doações que a PGR alega terem sido “propina” foram declaradas, fica complicado acusar baseado apenas em uma delação nessa altura do campeonato. Santo Raupp nunca foi, mas é preciso ter bem mais que apenas citações, são necessárias provas contundentes, do contrário é apenas foguetório.

Crime hediondo

O senador Acir Gurgacz apresentou proposta, que já está em análise na Comissão de Constituição e Justiça para transformar em crime hediondo o assassinato de jornalistas. A proposta é interessante, afinal o Brasil é um dos países mais perigosos para os profissionais de comunicação.

Rompendo

Gurgacz vem trabalhando pesado em seu projeto de disputar o governo em 2018. Ele só precisa combinar com o eleitorado, que anda desconfiado. Não pegou bem o afastamento do senado para que o segundo suplente assumisse. O senador também já deu indicativos de estar rompendo com o PMDB, que ele acreditava ser seu aliado em 2018.

Dependência

E Acir vai precisar, e muito, do PMDB. Caso se confirmem as candidaturas de Mariana Carvalho, Jaqueline (ou Ivo) Cassol, o cenário vai ficar embolado e Gurgacz tende a ficar isolado. Há que se levar em consideração que o PMDB tem um acordo com Maurão de Carvalho, que pode ou não ser cumprido. Por enquanto, Maurão é a noiva traída, mas isso pode mudar se ele conseguir se consolidar dentro do PMDB. Por mais distante que pareça estar, 2018 já começou, ao menos para os que querem disputar o governo.

Malandragem

Um projeto sobre caixa dois em campanhas eleitorais, que pretende criminalizar a prática, pode anistiar quem fez uso deste recurso ilegal nas eleições anteriores. O texto está na pauta de votações da Câmara dos Deputados e foi alvo de polêmica nesta segunda-feira (19). O acordo vem sendo costurado há algumas semanas por grandes partidos, como PMDB, PSDB e DEM, para votar o texto, que foi apresentado em 2007. Alguns deputados defendem incluir no projeto uma emenda para anistiar quem utilizou o caixa dois em todas as eleições anteriores. O projeto está na pauta desta segunda-feira e está rolando a votação.

Clínica Mais Saúde informa – Terapia com luz estimula o desejo sexual masculino

A exposição a luz intensa pode aumentar a satisfação sexual em homens com baixo desejo sexual. De acordo com um estudo apresentado durante o Congresso da Associação Europeia de Neuro psicofarmacologia, realizado entre os dias 17 e 20 de setembro, em Viena, na Áustria, homens com baixa libido submetidos a um tratamento de terapia da luz apresentaram aumento no nível de testosterona e relataram melhora significativa na satisfação sexual. Basicamente, a terapia da luz consiste na exposição do paciente a uma caixa de luz com tubos fluorescentes muito brilhantes – no mínimo dez vezes mais potente do que as luzes domésticas – que simula a exposição à luz solar. Quando o paciente olha para a caixa de luz, ela atinge a parte posterior do olho que transmite mensagens para a parte do cérebro que controla o sono, o apetite, o desejo sexual, a temperatura, o humor, entre outras atividades. O tratamento já é utilizado contra transtorno afetivo sazonal (TAS) e depressão em pessoas que vivem em locais com longos invernos. Apesar dos resultados, os pesquisadores afirmam que ainda é necessário mais pesquisa para a “luz terapia” se tornar um tratamento contra a falta de libido em homens.

Painel Político : Painel Político por Alan Alex
Enviado por alexandre em 16/09/2016 00:32:02

Manobra no STF garantiu “pena alternativa”, para a perda do mandato e italiano agora trabalha para garantir elegibilidade

Monopólio

Todo monopólio é pernicioso e prejudicial principalmente à sociedade. E no Brasil temos um pernicioso e perigoso monopólio, o da venda de armas que é controlado pela gigante Forjas Tauros, maior fabricante de armas da América Latina, que vende armamento para forças armadas e forças policiais brasileiras, apoiada por uma legislação que inibe a compra de equipamentos de outras empresas.

De acordo com o blog

The Intercept Brasil, “Desde 2000, o mercado de armas no Brasil foi definido por uma canetada. A atualização do decreto R-105, assinada por Fernando Henrique Cardoso, estabeleceu a regulamentação para a fiscalização de produtos controlados e determina, em seu artigo 190, que “o produto controlado que estiver sendo fabricado no país, por indústria considerada de valor estratégico pelo Exército, terá sua importação negada ou restringida”. Em suma: uma arma só pode ser importada com autorização do Exército, que raramente fornece permissões e estabelece, na prática, o monopólio da Taurus sobre o mercado”.

Em Rondônia

Policiais Militares e civis já relataram problemas com as armas da empresa, tais como travamentos e disparos acidentais. Os relatos, normalmente são registrados, por vezes as armas são trocadas, mas o problema se mantém. Um grupo conseguiu coletar 198 assinaturas das 171 necessárias para a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito e protocolou pedido de abertura da CPI na tarde de terça-feira (13). Resta saber se o lobby da empresa vai se manter firme e forte. Só à título de curiosidade, no Brasil há 15 anos, havia ao menos cinco indústrias de armamentos: Taurus, Rossi, Imbel, CBC e Boito. Hoje apenas a Taurus. A Imbel fabrica apenas uma arma e vem sobrevivendo à duras penas. A Glock tentou entrar no país, mas não conseguiiu, o lobby da “bancada da bala” falou mais alto.

Se livrando

O senador Ivo Cassol (PP-RO), apesar de ser catarinese vem agindo na ‘mineirice’ e está a um passo de conseguir ser candidato ao governo em 2018, conforme ele anda falando há tempos em reuniões e entrevistas pelo Estado. Cassol atribuiu sua “inucência” a forças divinas, mas o que ele tem mesmo é um bom time de advogados. já se livrou da cadeia com a redução da pena e na última quarta-feira (13) conseguiu mais uma proeza, não perde mais o mandato. Cassol vai cumprir uma “pena alternativa” ainda não definida pelo Supremo Tribunal Federal.

Impedido

O ministro Luiz Fux se deu por impedido após uma questão de ordem e seu voto foi anulado. Assim, a votação ficou empatada e jogo mudou à favor do italiano.

Com isso

Apesar de estar ainda tecnicamente inelegível, os advogados do senador estão trabalhando pesado para tentar reverter a condenação. Como Cassol vem conseguindo rediscutir cada ponto, existe a possibilidade, remota (mas lembrem-se, estamos no Brasil) dele conseguir disputar nem que seja por força de liminar. A partir disso, tudo pode acontecer. Se Cassol tiver sucesso, o cenário para 2018 muda completamente.

Registro

“Água não tem cabelo”, dizia minha falecida avó. E essa é uma máxima que devemos lembrar todas as vezes que, por mais calor que esteja, formos entrar em um rio ou igarapé. Na tarde desta quinta-feira o Brasil foi abalado pela morte prematura do ator Domingos Montagner, 54 anos, que foi dar um mergulho nas águas do rio São Francisco após o almoço. Uma tragédia.

Levou varada

Roberto Sobrinho, candidato do PT a prefeitura de Porto Velho perdeu oito programas eleitorais por ter mentido sobre ter deixado recursos para as obras da rodoviária da capital e ainda terá que pagar uma multa de R$ 4 mil por ter desobedecido a determinação de mostrar a logomarca do PT nos programas eleitorais (Roberto é petista, mas tenta se desvencilhar da legenda durante a campanha).

Clínica Mais Saúde informa – Dificuldade para engravidar? A causa pode ser a sua imunidade

Na população em geral, 15% a 20% das mulheres não conseguem engravidar. De cada 10 mulheres que engravidam, só três terão o bebê. Entre os sete abortos espontâneos, seis ocorrerão no início da gestação e durante a menstruação. O casal com dificuldade para engravidar deve, antes de tudo, se submeter a exames pontuais e rotineiros, como espermograma, avaliação das trompas e reserva ovariana. Cerca de 70% dos problemas de infertilidade são decorrentes de tais problemas. Muitos pacientes deixam de investigar a causa neste momento. Pois o segundo passo fundamental a ser tomado é recorrer aos exames imunológicos. Isso porque, cerca de 98% das mulheres que tentaram engravidar e sofreram abortos espontâneos apresentam algum tipo de problema imunológico. Baseado em um levantamento realizado com 11.000 pacientes e na revisão de estudos clínicos, o especialista aponta os problemas imunológicos mais frequentes que podem dificultar a gestação ao impedir a implantação do embrião no útero e ou até mesmo provocar abortos precoces. As 5 causas imunológicas que impedem a gravidez são, Aloimunidade, Trombofilias, Autoimune – Fator antinuclear, Autoimune – Tiroidite e a Endometrite Crônica.

« 1 (2) 3 4 5 ... 168 »