Brasil - Austeridade - Notícias
« 1 ... 662 663 664 (665) 666 667 668 ... 712 »
Brasil : Austeridade
Enviado por alexandre em 18/12/2010 13:12:28



Confúcio fala em venda de nota fiscal na Sedam, trabalho dos futuros secretários e aumento de salário, mas só para a educação

Da redação do TUDORONDONIA


O governador eleito de Rondônia, Confúcio Moura (PMDB), postou três textos em seu blog nos quais diz como quer os secretários trabalhando, fala do que pretende fazer na educação e em outras áreas, toca rapidamente num assunto que gera expectativa em todo o funcionalismo – aumento de salário – e manda um recado aos madeireiros do Estado para que trabalhem dentro da legalidade.

Confúcio também levantou suspeita sobre as empresas que prestam serviço de transporte escolar para o Estado e municípios. “Estas emrpresas de transporte escolar, vou dizer pra vocês, é de lascar. Na hora da vistoria tem ônibus belezinha. Na linha, lá no mato, tem cacarecos rodando que de há muito poderia estar no ferro velho. Tem que botar pra quebrar. Eu mesmo, já dei "incertas" no transporte escolar. Parei ônibus, entrei, mandei alunos descer e intimei a empresa a tomar vergonha na cara. Bancos rasgados, vidros todos quebrados, veículo sujo, fedido, uma anarquia. Gente, pelo amor de Deus, não me façam de besta. Quer ganhar dinheiro, claro, dinheiro é bom demais, mas, sem ladroagem”, escreveu o governador em seu blog.

AUMENTO DE SALÁRIO
Confúcio Moura também escreveu o seguinte, referindo-se à expectativa do funcionalismo sobre salários: “Eu sei, que tudo mundo está esperando uma palavrinha sobre aumento de salário. Eu que eu posso dizer que é trabalhador na educação, estou falando agora só de educação, pode contar comigo. Não quero greve. Não terá greve comigo. Nem precisa pedir. Quando puder já vou oferecendo ganhos para os trabalhadores, porque não aceito, de jeito nenhum mil e duzentos reais para um professor com 40 horas.

Com que cara eu posso chegar ao céu, um governador que não fez nada pela educação, com este pecado mortal, serei jogado nos tanques de azeite fervente, para nunca mais sair. Eu não quero isto. Eu quero ir pro céu e ficar no meio dos professores. Já pensou, depois de morto, lá em cima, levar um ovo chôco na cara? “
Ao setor madeireiro, o governador eleito mandou o seguinte recado: “Jogo limpo. Nada fora da lei. E estamos conversados. Certo mesmo é que todos ao final ficarão agradecidos. Quem viver verá”. No mesmo texto, Confúcio acrescenta: “Eu sei que há resistência, porque havia no Estado muita gente que estava fora da lei, vendedores de notas fiscais frias e estas bandalheiras todas. Não há nada mais cruel para quem trabalha certo do que a concorrência desleal. O esperto prejudica a empresa séria”.



LEIA A ÍNTEGRA DOS TEXTOS POSTADOS PELO GOVERNADOR ELEITO EM SEU BLOG

COMO EU QUERO O MEU GOVERNO Quero o meu secretariado movendo o Estado. Odeio ficar em Gabinete levando bronca. Eu vejo que Secretário tem que andar. Saúde - correr o Estado, levar o pessoal para enxergar a realidade, tomar decisão na hora, visitar almoxarifido, controlar patrimônio, conferir os serviços contratados, verficar se a empresa de limpeza está fazendo o serviço bem feito. Usando o sabão correto, o desinfetante e tudo que pode contribuir para a segurança do pessoal.

Ninguém pode ficar parado. Se não tem nada pra fazer, saia por aí que encontrará serviço. Na educação nem se fala. Tem que sair fechando ralo. Tem ralo aberto demais. Estas emrpresas de transporte escolar, vou dizer pra vocês, é de lascar. Na hora da vistoria tem ônibus belezinha. Na linha, lá no mato, tem cacarecos rodando que de há muito poderia estar no ferro velho. Tem que botar pra quebrar.

Eu mesmo, já dei "incertas" no transporte escolar. Parei ônibus, entrei, mandei alunos descer e intimei a empresa a tomar vergonha na cara. Bancos rasgados, vidros todos quebrados, veículo sujo, fedido, uma anarquia. Gente, pelo amor de Deus, não me façam de besta. Quer ganhar dinheiro, claro, dinheiro é bom demais, mas, sem ladroagem.

Então, meus diletos e futuros secretários, cheguem cedo no serviço, antes dos funcionários, o seu exemplo é a sua melhor palavra. A sua atitude é o seu maior recado. Eu fico pensando assim: se os bancos controlam as contas de todos os brasileiros, saldo, extrato, transferencia, pagamentos, aposentadoria, enfim, como é que o governo não pode controlar peças, pneus, combustíveis, livros, cadernos, remédios?

Ora bolas! Se você não sabe montar o sistema de informática, vá ao Paraná, Serpro em Brasília, e outros lugares e peguem softwares livres, gratuitos, excelentes e ponha para controlar as suas coisas. Vamos aos poucos saindo do mundo das grandes empresas de informática. Este é o mundo admirável, lindo, complicado, dificil pra leigos - o correto mesmo, é ter o seu pessoal de TI e ir montando pouco a pouco o sistema integrado de comunicação e rede. Quem me falou isto foi o Roberto Requião, ex-Governador do Paraná, tive com ele e o que o Paraná tem está disponível para o Brasil inteiro, de graça.
Postado por Blog do Confúcio Aires Moura às 07:16 0
FAZER O ÓBVIO NA EDUCAÇÃO - QUANDO COMEÇAR?

Japão, Coréia, China, Chile, Estados Unidos, enfim, todos que cresceram e prosperaram, fizeram sempre a mesma coisa - investiram na educação.

Foi só isto o motivo do sucesso deles. E este "só isto" foi o bastante para mover o motor destes países. Depois do investimento sério na educação, é só esperar, que as coisas irão se encaminhando naturalmente.

Não faz muito tempo, ainda peguei esta fase, onde a escola pública era bem melhor. Estudei no interior de Goiás, cidade pequena e isolada, saí de lá para Goiânia, com a oitava série, passei na primeira prova para emprego, fui para o ensino médio, no Liceu, público, fiz o Colégio Universitário (terceirão na própria universidade) passei em dois vestibulares -medicina na Universidade Federal de Goiás e Engenharia na Universidade Nacional de Brasília. Nem cursinho fiz. Passei direto.

E o tempo passou, hoje, inacreditavelmente, a escola pública piorou. Que coisa? Fico pensando, tudo isto foi muito anormal, porque o mundo evoluiu muito, a tecnologia tomou conta de tudo, shopping center, aviões, computadores, e o nosso Brasil foi voltando para trás na educação,querendo voltar para o século XIX, o mundo puxando pra frente e o Brasil puxando pra trás na educação.

Só pode ser macumba.
Eu quero contribuir para recuperar o prejuízo. Não digo vou zerar o saldo negativo. Eu quero aumentar o investimento na educação, hoje, sobra pouco para investir, cerca de 10%. Com este dinheiro não dá para se fazer o choque. O que me resta é cortar. Cortar na carne, Ainda este ano reduzir aluguéis, negociar contratos de tudo, de limpeza, de vigilância, economizar energia, água, papel, cartucho, xerox, empresas de informática e tudo o mais que sangra a educação.

O dinheiro tem que chegar à escola. Temos que comprar comida na agricultura familiar. Chega de ficar comprando conserva de milho verde, goiabada de Minas Gerais.O dinheiro é este. Não posso esticá-lo e no mais é buscar dinheiro fora. Não contratar ninguém que não seja pra trabalhar muito. E vamos acabar com esta pouca vergonha de penduricalho de gente no serviço público. Tem muito emprego na praça.

Eu sei, que tudo mundo está esperando uma palavrinha sobre aumento de salário. Eu que eu posso dizer que é trabalhador na educação, estou falando agora só de educação, pode contar comigo. Não quero greve. Não terá greve comigo. Nem precisa pedir. Quando puder já vou oferecendo ganhos para os trabalhadores, porque não aceito, de jeito nenhum mil e duzentos reais para um professor com 40 horas.

Com que cara eu posso chegar ao céu, um governador que não fez nada pela educação, com este pecado mortal, serei jogado nos tanques de azeite fervente, para nunca mais sair. Eu não quero isto. Eu quero ir pro céu e ficar no meio dos professores. Já pensou, depois de morto, lá em cima, levar um ovo chôco na cara?
Postado por Blog do Confúcio Aires Moura às 07:00 0
SEXTA-FEIRA, 17 DE DEZEMBRO DE 2010

MEIO AMBIENTE - É MELHOR SER LEGAL Povo de Rondônia!

Pra mim o setor madeireiro é importante gerador de emprego e renda no Estado. Portanto é um setor que deve ser valorizado e estimulado. Também a atividade garimpeira, nem se discute a sua importância para a riqueza do Estado. O fazendeiro move a nossa economia, como a indústria de leite, derivados e carnes. Nem preciso falar do produtor de arroz, soja, milho, girassol, sorgo.

Todos, no meu governo, serão estimulados. No entanto, foi uma glória e uma confiança enorme, o Governo Federal ter concedido, pelo poder concorrente dos entes federados, a delegação para gestão absoluta da política ambiental no Estado. Muita honra e glória pra nós. No entanto, porque foi-nos delegado é que teremos que passar por cima da lei. De jeito nenhum.

Numa frase resumo tudo - É MELHOR SER LEGAL.

A Secretaria do Meio Ambiente - SEDAM terá nova configuração. Justamente para atender rápido a todos, despachar os processos com presteza e transparência. Jogar limpo, na forma da lei. Eu sei que há resistência, porque havia no Estado muita gente que estava fora da lei, vendedores de notas fiscais frias e estas bandalheiras todas. Não há nada mais cruel para quem trabalha certo do que a concorrência desleal. O esperto prejudica a empresa séria.

Jogo limpo. Nada fora da lei. E estamos conversados. Certo mesmo é que todos ao final ficarão agradecidos. Quem viver verá.
Postado por Blog do Confúcio Aires Moura às 06:47 6

Brasil : Cidadania
Enviado por alexandre em 16/12/2010 16:21:32



Eletrobras Distribuição Rondônia faz pit stop pelo fim da violência contra a mulher

Dentro da campanha dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim a Violência Contra a Mulher, o escritório local da Eletrobras Distribuição Rondônia em Ouro Preto do Oeste realizou um pit stop, distribuindo à população exemplares da lei Maria da Penha, Nº 11.340/06. O evento ocorreu na Rua Ana Nery e na Praça da Igreja Matriz onde foram distribuídos cartilhas e folders informativos contendo orientação e telefone das delegacias onde a mulher deve procurar ajuda, quando vítima de algum tipo de violência.

De acordo com o chefe da Eletrobras na região central do Estado Valdeir Anicio a cartilha contendo a Lei Maria da Penha é uma iniciativa da Rede Sustentável na promoção da cidadania. As pessoas que recebiam a cartilha e o folder elogiaram a iniciativa pelo exercício da cidadania que é combater a violência contra a mulher que na região polarizada pelo município de Ouro Preto do Oeste vem tendo índice preocupante.

A funcionaria pública estadual Maria Alaíde Souza comentou que iniciativa como esta precisa ser mais massificada no município e explicou o porque. “Muita gente pensa que a violência contra a mulher é só física um ledo engano o quadro é triste, mas real a mulher ainda é vitima da violência seja ela física ou moral, precisamos acabar com isso e o melhor caminho é uma política pública eficaz e voltada para combater o problema”.

Há quatro anos, as mulheres brasileiras ganhavam uma lei de combate à violência doméstica. A Lei Maria da Penha, sancionada no dia 7 de agosto de 2006, alterou o Código Penal ao punir mais severamente agressores, que hoje podem ser presos em flagrante ou terem prisão preventiva decretada. A lei 11.340 foi batizada de Maria da Penha em homenagem a uma vítima real. A cearense Maria da Penha Maia Fernandes foi agredida pelo marido, um professor universitário, durante seis anos.


Em 1983, ele tentou matá-la duas vezes sendo que, na primeira tentativa, com arma de fogo, ela ficou paraplégica. Na segunda vez, a farmacêutica foi eletrocutada e afogada em seguida. O marido de Maria da Penha só foi punido depois de 19 anos de julgamento e ficou preso por apenas dois anos em regime fechado. Hoje ele está em liberdade. O caso foi formalizado junto à Comissão Interamericana de Diretos Humanos da OEA (Organização dos Estados Americanos), que acatou pela primeira vez a denúncia de um crime de violência doméstica.



Autor: Alexandre Araujo


Fonte: ouropretoonline.com

Brasil : Tradição
Enviado por alexandre em 13/12/2010 20:09:25



Decoração natalina: empresário acredita no espírito natalino e mantém tradição

Enfeitar casas e comércios como uma forma de marcar a passagem do Natal tem sido um hábito antigo para muitos. Entretanto, nos últimos tempos é visível a diminuição da decoração natalina nas ruas, residências e lojas. Esse fato deve-se a dois fatores básicos: o estresse gerado pelo corre corre das pessoas nessa época do ano e também a crise financeira das famílias e empresas, que terminam por efetuar todos os cortes de custos extras para poder cumprir com suas obrigações financeiras.

Diferente deste quadro e acreditando no potencial de Ouro Preto do Oeste o empresário Cícero Rodrigues proprietário da Panificadora Tutti Pane mantém a tradição e decorou a sua empresa lembrando o espírito natalino. O empresário explicou que a decoração natalina da Tutti Pane reflete o pensamento do qual todos buscam no seu dia-a-dia que é a Paz e o Amor entre os povos.

“Buscamos fazer uma decoração dentro daquilo que visualizamos como cidadão que a cada amanhecer roga a Deus por um mundo de Justiça e fraternidade, coisas simples que todos nós podemos fazer e excitar no nosso cotidiano de vida”, disse o empresário Cícero Rodrigues.

A Panificadora Tutti Pane foi fundada há 10 anos, e ao longo de todos esses anos sempre caracterizada pela tradição, variedade e atendimento impecável. Com seriedade e competência, a Tutti Pane vem conquistando o mercado e a confiança do consumidor. A casa presta serviços de qualidade a todos os amigos e clientes de todos os bairros da cidade e outros municípios. Dispõe de sede própria, instalações amplas, bem iluminadas e modernos equipamentos. Oferece os melhores produtos disponíveis no mercado, além de contar com uma linha mix exclusiva de fabricação própria: pães de diversos sabores, bolos, doces, sanduíches, café da manhã e tortas diversos sabores. A Tutti Pane conta com profissionais altamente qualificados, que buscam a excelência em tudo o que fazem.

Autor: Alexandre Araujo

Fonte: ouropretoonline.com

Brasil : Desnecessário
Enviado por alexandre em 12/12/2010 20:40:00



R$ 120 mil reais para festa de fim de ano, vereador diz que é um gasto desnecessário

O Poder Executivo de Ouro Preto do Oeste enviou um projeto de autorização para aplicação de recursos financeiros na ordem de R$ 120 mil reais para serem gastos nos festejos de final de ano. O evento que é realizado todos os anos na Praça da Liberdade e é considerado o melhor reiveillon popular do interior do Estado vem recebendo criticas quanto ao montante solicitado pelo prefeito Alex Testoni (PTN), que segundo a oposição é um gasto desnecessário para a realidade vivenciada pela população de Ouro Preto com alto índice de desemprego registrado no comércio local.

Para o vereador Rony da Farmácia (DEM), a importância de R$ 120 mil reais que será gerenciado pelo Cross Clube de Ouro Preto é uma soma alta e que no momento é uma afronta para a realidade em que passa a comunidade. O vereador disse que o município tem outras prioridades mais necessárias e citou como exemplo a saúde com o fortalecimento do Hospital Municipal com a disponibilidade de mais médicos, reforço no quadro de apoio e medicamentos para quem precisa.

“Não sou contra as festividades na Praça da Liberdade, mas entendo que R$ 120 mil reais é muito dinheiro para a nossa realidade e certamente este não é o momento oportuno para um gasto exorbitante para os padrões de Ouro Preto. Como parlamentar não poderia ficar calado para esta situação em que dinheiro do povo simplesmente é gasto sem obedecer a critérios da necessidade de uma comunidade”, disse o vereador Rony da Farmácia que ao lado dos vereadores Dr. Deraldo (PT) e Joaquim Cota (PRP) foram votos vencidos quanto ao requerimento solicitando que as entidades Agri-Show Norte e Cross Clube de Ouro Preto fizessem as prestações de contas dos recursos financeiros recebidos em festas realizadas anteriormente e que até o presente momento não foi feita.

Autor: Alexandre Araujo


Fonte: ouropretoonline.com

Brasil : Confratenização
Enviado por alexandre em 12/12/2010 14:08:02



ATEFFA-RO faz assembléia e realiza festa de confraternização em Ouro Preto

Associação dos Técnicos de Fiscalização Federal Agropecuária do Estado de Rondônia – ATEFFA-RO com sede no município de Ouro Preto do Oeste, esteve reunida para a sua assembléia geral de prestação de contas referente ao ano de 2010 e em seguida foi realizada a festa tradicional de confraternização. O presidente para região norte do país Orlando Moreira ressaltou na abertura dos trabalhos a importância da união da classe para que no ano de 2011 novos objetivos em prol da coletividade sejam alcançados e desta forma associação se torne cada vez mais forte.

Durante a assembléia que foi realizada na sede do Sindicato dos Trabalhadores da Ceplac, estiveram presente os deputados federais eleitos Marcos Roberto (PDT), Carlos Magno (PP) e o deputado federal reeleito Mauro Nazif (PSB), considerado como um dos grandes parceiros da categoria no Congresso nacional.

O deputado federal eleito Marcos Roberto afirmou que será um importante parceiro da associação em Brasília – DF, defendendo e lutando pela categoria na Câmara federal. Já o deputado federal eleito Carlos Magno que é técnico agrícola e foi o grande incentivador para que a ATEFFA fosse implantada em Rondônia, fez o compromisso de ser um parlamentar leal a categoria no Congresso nacional e para isso mesmo antes de tomar posse se colocou a disposição de todos.

“Conheço a luta de todos que fazem parte desta conceituada associação e sei que seus propósitos então imbuídos dentro da legalidade por isso não poderia ficar as margens dos anseios que os Senhores almejam”, disse Carlos Magno.


O deputado federal Mauro Nazif enalteceu o trabalho do presidente Orlando Moreira a frente da ATEFFA região Norte que vem conseguindo importantes vitórias nos últimos anos. O deputado reafirmou o seu compromisso em lutar pelos direitos dos servidores por entender que dá retorno. “Considero a ANTEFFA uma das categorias mais bem organizada é por isso que importantes vitórias são conseguidas o que mostra a união de todos, parabenizo cada um dos Senhores pela bravura em lutar pelos seus direitos e saiba que estaremos juntos em Brasília”, afirmou o deputado.

Ao final foi realizada a festa de confraternização na sede campestre da Polícia Civil de Ouro Preto do Oeste entre os sócios, familiares e amigos da ATEFFA organizada pelo presidente Orlando Moreira e sua esposa Joana Moreira.





Autor: Alexandre Araujo

Fonte: ouropretoonline.com

« 1 ... 662 663 664 (665) 666 667 668 ... 712 »