Regionais - CONFÚCIO VAI ENVIAR À ALE-RO PROJETO QUE REFORMA O SISTEMA PENITENCIÁRIO DO ESTADO - Notícias
« 1 2 3 (4) 5 6 7 ... 6211 »
Regionais : CONFÚCIO VAI ENVIAR À ALE-RO PROJETO QUE REFORMA O SISTEMA PENITENCIÁRIO DO ESTADO
Enviado por alexandre em 28/03/2017 16:15:28


O governador Confúcio Moura (PMDB) usou seu blog nesta segunda-feira (27) para anunciar que vai propor à Assembleia Legislativa (ALE-RO) uma “reforma do sistema penitenciário”. A ideia leva em consideração a recente decisão do Supremo Tribunal Federa (STF) que cobra dos estados tratamento digno aos seus presos. O executivo maior comparou tal manifestação da Corte Suprema a um golpe de UFC.

Moura fez uma breve explanação sobre a realidade dos presídios. “A realidade dos presídios brasileiros, atulhados, superlotados, indignos de verdade, medievais. Salvo raras exceções. E a coisa foi rolando assim e foi ficando assim, até que o Supremo resolveu dar esta catracada repentina, bem aqui, no queixo, um cruzado de direita, como no UFC”, escreveu.

Sobre a criação de novas penitenciárias, o governador afirmou que o Estado não tem dinheiro e questiona de quem de fato é a responsabilidade de um presidiário. “Impõe-se uma revisão do sistema penitenciário brasileiro. Como está, o Estado terá que usar o seu orçamento minguado para pagamento da causas movidas. Sei lá, no que vai dar. Eu que não sei nada de direito, vou buscar jeito, de legislar concorrentemente sobre o sistema penitenciário. De quem é o preso? Do Estado ou do juiz?”, questionou.

Confúcio seguiu sua publicação informando que vai enviar uma proposta à Casa de Leis para que crie um protocolo de ações na área do sistema carcerário no estado. São pelo menos oito propostas. Uma a uma o executivo revelou os temas principais.

“Preso provisório – deve ser provisório mesmo. Este, nesta condição tem dia de entrar e dia de sair; Capacidade de cada cadeia – Se a cadeia tiver lotada, para entrar novo preso, tem que sair outro; Deslocamento do preso novo – Condenado numa cidade, caso não tenha vaga nos presídios locais, o Estado poder deslocá-lo para onde tiver vaga; Classificação de presos – Já aprendemos a trabalhar este serviço. E esta classificação é que permitirá a saída para outros modelos de penas, para justificar a entrada de novos; Em situações especiais e críticas caberá ao Estado fazer o que deve ser feito, no deslocamento de presos para se evitar danos maiores; Integrar várias especialidades num mesmo ambiente para que as audiências de custódia sejam eficientes, inclusive aos sábados e domingos; Ter limite para a construção de presídios. Numa cidade quando se construir um novo, deve ser fechada a cadeia velha. O Estado não aguenta pagar presídios em cima de presídios; No mais, é copiar modelos existentes pelo mundo. Porque ninguém cria nada. E o que eu penso aqui e agora, já deve ter sido pensado há séculos por outros homens”, revelou.

Fonte: NewsRondônia

Regionais : O GENIAL ROLANDO LERO ESTÁ PROMETENDO A CONCLUSÃO DA BR 319
Enviado por alexandre em 28/03/2017 16:09:58


O papo baseado na “enrolation”, aquele em que o personagem Rolando Lero, interpretado pelo brilhante Rogério Cardoso, no Brasil do faz de conta, sai da ficção e passa a ser a realidade. Enrolar, fazer a população de idiota; prometer e nunca cumprir; inventar dificuldades para vender facilidades: são esses alguns dos tristes caminhos criados para que os incompetentes (que têm suas vidas públicas geridas pela malandragem e pela burocracia, criada exatamente para que nada funcione), continuem prosperando nesse Brasil dos trouxas. O caso da BR 319, que deveria ligar Porto Velho a Manaus, é um dos mais tristes retratos desse lado podre do nosso país. Cada autoridade que quer agradar o povo, promete resolver o problema. Cada instituição que pode, tira sua casquinha, ainda mais depois que a maioria delas foi aparelhada pelo petismo e que só serão desaparelhadas em décadas. Cada semana, uma promessa diferente. E foi assim, nesse papo furado, que a União já jogou no lixo mais de 100 milhões de reais. Isso mesmo! Toda essa fortuna foi gasta para fazer operações tapa buracos (no caso, tapa crateras, piscinões, abismos), num trecho putrefato da 319.

Numa recente reportagem sobre a tenebrosa estrada no meio da floresta, que só com muita boa vontade se pode chamar de rodovia, o Jornal Nacional da Globo, mostrou a verdadeira face da trágica situação. Um arremedo de estrada. Uma gozação com a cara do Amazônida e de todos aqueles que precisam da BR 319 para sobreviver. As obras empacam por causa das pacas!!!!. Empacam por causa de um ninho de passarinho encontrado perto. Empacam porque aqui e ali ela pode passar próximo a uma aldeia indígena. E vá torrar dinheiro público. E vá levar 18 a 20 horas, para um trecho de menos de 900 quilômetros entre as duas capitais, dos quais somente a metade tem asfalto. O Dnit nacional agora promete de novo. Para 2018. Mas só no caso de o tio do neto do sobrinho do cunhado do vizinho da mãe da noiva, depois de analisar se nenhum animal e nenhum índio será prejudicado, não decida interromper tudo de novo. Que país é esse? É o Brasil, da “otoridade” que dá carteiraço; do ladrão que cuida dos cofres públicos e de entidades aparelhadas, que decidem, de acordo com suas ideologias, o que é melhor para a Nação. Lastimável!

O REPÚDIO DOS PAIS

Mais de 300 pessoas, segundo a Polícia Militar, participaram, dias atrás, de uma caminhada em Ariquemes, em defesa da família e contra o ensino de sexo para crianças a partir dos seis anos, nas escolas municipais da cidade. Enquanto o Ministério Público, que jamais protestou contra a retirada de livros das escolas na administração passada, agora pede a cassação do prefeito Thiago Flores e exige que os pequenos tenham aulas de ensinamentos de sexo e apoio a temas complexos como o homossexualismo, as famílias se reuniram para se solidarizar com o Prefeito da sua cidade e repudiar a erotização do ensino infantil. Muitas mães foram claras: não vão permitir que os livros com figuras de relações sexuais e outras informações absurdas para crianças tão pequenas, sejam utilizados nas salas de aula, contra o ensino que elas querem para seus filhos. Mesmo assim, as denúncias contra o Prefeito estão mantidas. A intenção, ao que parece, é que Estado decida o que é melhor para as crianças. Não os pais. Lamentável!

O FIASCO DA PULVERIZAÇÃO

Foi um fiasco! Essa é a palavra mais correta para a tentativa de nova mobilização das ruas no Brasil, agora a favor da Operação Lava Jato, do Juiz Moro, contra a corrupção, reformas trabalhistas. Só faltou ser, também, contra o juiz da partida Vasco e Flamengo. Ou seja, sem um alvo claro, pulverizando ideias e ideologias, o movimento foi um fracasso. Em Porto Velho, tinha mais PM para cuidar da segurança, do que manifestante. Em praticamente todas as cidades brasileiras onde a manifestação existiu, os números foram ridículos. É claro que os idiotas do PT e da esquerda comemoraram, como se fosse uma vitória deles. Claro que não foi. Tivesse como alvo um movimento antiLula, antiDilma e antiPT, as ruas estariam tomadas por multidões. O caso do domingo do tal Vem pra Rua comprova que o brasileiro só participa mesmo quando o alvo é nítido e merece o repúdio nacional. Foi o que se viu nos tempos do “Fora Dilma”!. Deu pra entender ou precisa desenhar?

DOMINGO TEM ELEIÇÃO

O domingo, dia 2, será de eleição. Os quase 30 mil eleitores de Guajará Mirim, quatro meses depois da grande maioria das cidades brasileiras, vai finalmente escolher seu Prefeito. O anterior, que pôde concorrer e ganhar, mesmo respondendo a processos, foi, claro, defenestrado, depois de uma gastança desnecessária e da perda de tempo numa longa campanha. Sérgio Bouez, do PSB e Antônio Nogueira, do DEM, são os dois nomes que concorrem à Prefeitura. Bouez, aliás, é o prefeito interino, depois de ganhar a Presidência da Câmara de Vereadores e o direito de comandar a cidade até que novas eleições fossem realizadas. Outras cidades em São Paulo, Paraná e Santa Catarina, que tiveram problemas idênticos aos de Guajará, também farão nova eleição neste próximo domingo. Em Guajará, a nova campanha não empolgou, ao menos a alguns dias do pleito. Veremos qual será o percentual de presença do eleitorado nas urnas.

ENFIM, A PONTE SAI!

Embora a duplicação da BR 364 ainda esteja apenas no mundo dos sonhos, o Dnit rondoniense vai investir, em dois anos, nada menos do que 1 bilhão de reais em obras, segundo anunciou o superintendente regional Sérgio Mamanny. A principal obra a ser concluída nesse pacote, será a ponte sobre o rio Madeira, na Ponta do Abunã, que garantirá a ligação, por rodovia, com o Estado do Acre. É uma obra esperada há muitos anos e que continua em andamento, embora em slow motion, nesse período de intensas chuvas. Mamanny garantiu que a ponte ficará concluída dentro do prazo previsto. A elevada sobre a BR, que dará acesso à Rua Três e Meio, na zona sul, igualmente será entregue em breve. O que está faltando ainda é uma forte mobilização do governo rondoniense, das principais autoridades de todos os níveis; dos prefeitos e da bancada federal, para que a duplicação da 364 saia do mundo virtual e passe para o real. Mas daí, já não é pedir demais?

O APITO DO TREM

Parece mentira, mas felizmente não é! A possibilidade de que o trem da Maria Fumaça volte a apitar do centro de Porto Velho até a Igrejinha de Santo Antônio, voltou a ser discutida na semana passada. E teve avanços. Técnicos designados pela Prefeitura da Capital, andaram pelos pouco mais de sete quilômetros dos trilhos antigos, para verem o que precisa ser feito para que o passeio turístico, que encantou a Capital por vários anos, volte a ser realidade. Há vários pontos que estão totalmente destruídos e outros que precisarão obras importantes de restauração ou até construção de pequenas pontes, mas nada é impossível, quando há vontade política e recursos disponíveis. O consórcio da Santo Antônio Energia já anunciou que é parceiro na iniciativa, dentro do esquema de compensações. Já investiu pesado em muitos setores e vai investir mais ainda. O prefeito Hildon Chaves, que também já percorreu a área dos trilhos, hoje abandonados, fazendo o trajeto a pé, quer o problema resolvido o mais rápido. Enfim, será que teremos mesmo o que comemorar?

PERGUNTINHAS

As medidas que o governo federal quer tomar, como a mudança na Previdência e a terceirização de todos os serviços, vai melhorar ou piorar a situação econômica do país? O pacote em discussão no Congresso vai diminuir ou aumentar o desemprego?

SÉRGIO PIRES

Regionais : “Nilton Capixaba prometeu ônibus para o CERNIC, mas até agora não cumpriu”, diz vereador Jabá
Enviado por alexandre em 28/03/2017 14:14:49


Por Correio de Rondônia

Durante seu pronunciamento, ocorrido na noite dessa segunda-feira (27), na tribuna da Câmara Municipal de Cacoal (RO), o vereador Jabá Moreira (PRP) sugeriu ao deputado federal Nilton Capixaba (PTB) que siga o mesmo exemplo do senador da República Ivo Cassol (PP), quando da destinação imediata de recurso para aquisição do ônibus ao Centro de Reabilitação Neurológica Infantil de Cacoal.

Segundo o vereador, a promessa do Nilton Capixaba de aquisição do ônibus para o CERNIC já comemorou seu terceiro ano de aniversário, mas até agora o “presente” não chegou. “Se o parlamentar não souber o caminho, vou sugerir que vá até o gabinete do senador, pois com menos de trinta dias, após ter visitado juntamente com sua irmã Jaqueline Cassol, o recurso para compra do ônibus já foi destinado”, pontuou.

Regionais : Cassol começa o jogo político de 2018 chutando a canela de Acir Gurgacz
Enviado por alexandre em 28/03/2017 12:46:38

RESENHA POLITICA

ROBSON OLIVEIRA


NITROGLICERINA - A acusação de sonegação previdenciária, entre outras supostas fraudes, feita pelo senador Ivo K-SOL (PP) contra a empresa União Cascavel de propriedade do senador Acir Gurgacz (PDT) exige no mínimo uma explicação da empresa e do senador pedetista, além de uma averiguação dos órgãos de controle. O teor da acusação feita por K-SOL durante um discurso onde servidores públicos exigiam o compromisso político da bancada federal rondoniense contra o projeto da reforma previdenciária é nitroglicerina pura.



BICUDOS - Esta não é a primeira vez que os dois senadores - e empresários afortunados - se bicam publicamente. Na época em que governou Rondônia, K-Sol e Gurgacz se estranharam algumas vezes. Embora a forma de agir e reagir aos adversários publicamente do senador pedetista é menos corrosiva do que a do senador pepista. Esta briga é um pequeno prenúncio de como pode ser acirrada a disputa pelo Governo de Rondônia em 2018, já que ambos anunciam reservadamente que são pré-candidatos.



FOGO AMIGO - Outro dia o deputado estadual Hermínio Coelho, ao criticar os apoios anunciados por parlamentares federais contra a Reforma da Previdência, citou a sonegação das empresas rondonienses como responsáveis pelo déficit previdenciário estadual, embora não tenha apontado quais sejam elas. O curioso é que o deputado estadual é do PDT, legenda presidida exatamente por Acir Gurgacz que, segundo K-Sol, possui empresas que fraudam o fisco. São contradições dessa natureza que fazem com que a população hoje tenha total repulsa aos nossos representantes legislativos, com ajuda do fogo amigo.



PÊNDULO - Com a anulação das eleições municipais passadas, a escolha para prefeito de Guajará-Mirim está marcada para o próximo domingo com uma disputa apertadíssima entre dois candidatos, Sérgio Bouez (PSB) e Cícero Noronha (DEM), conforme observadores políticos. Mas para onde o governador Confúcio Moura pender é possível que o candidato seja beneficiado já que é neste município a maior avaliação positiva do governador. Como o PMDB, partido de Confúcio Moura, não registrou candidatura e o governador não declinou publicamente qual das duas tem sua simpatia, caso se manifeste desequilibra a disputa.



INCLUSÃO - Em Guajará-Mirim as eleições municipais também são decididas com a ajuda das etnias indígenas. É o colégio eleitoral com mais índios inscritos na Justiça Eleitoral em Rondônia, o que exige dos candidatos "brancos" o mesmo tratamento dado a qualquer outro eleitor do município. Que, aliás, em regra, é ruim para todos.



DESASTRADOS - Os últimos prefeitos de Guajará-Mirim deixaram a prefeitura com índices baixíssimos de popularidade. O município não tem tido muita sorte na escolha dos seus alcaides e é de longe o que mais sente a falta de desenvolvimento. Guajará-Mirim, apesar do charme histórico que detém, é um município estagnado. Mas a maioria dos representantes não corresponderam aos votos recebidos. Um desastre!



REFORMA – Embora todos os pitaqueiros de plantão defendam a necessidade de uma reforma política para minimizar o lamaçal em que chafurdam os partidos políticos com as recentes descobertas policiais, criticam duramente a proposta da lista fechada sem ao menos conhecer em detalhes. Não há sistema imune aos malfeitos dos matreiros que dominam as nomenclaturas partidárias – seja pela via da proporcionalidade seja por lista fechada -, em qualquer situação os caciques donatários dos partidos vão armar as chapas de acordo com os seus interesses. E continuarão se elegendo.





CRETINOS - A única reforma possível na forma de representação é o voto do eleitor. Infelizmente, ao que parece, eles (eleitor) criticam em demasia os políticos salafrários mas continuam votando neles. Não há um único político exercendo mandato sem que tenha passado pelas urnas. Inclusive os suplentes de senadores, pois todos são registrados juntos com os respectivos titulares e aparecem no material de campanha (mesmo de forma escondida). Quem vota no principal, habilita também o acessório. Não adianta criticar e continuar votando errado. Portanto, o problema não está no sistema partidário e sim em quem o opera em desacordo com os bons costumes. O resto é cretinice!



DETRAN – Os serviços prestados pelo Detran em Porto Velho vão ser concentrados num mesmo local. A atual diretoria adquiriu um terreno na Avenida Rio Madeira – sentido setor chacareiro – que vai concentrar toda a estrutura para oferecer os serviços à população com mais rapidez e qualidade num edifício a ser erguido com sete andares. É perceptível as boas mudanças implementadas nos dois últimos anos no órgão, em particular na informatização dos serviços prestados, apesar de problemas pontuais ainda existentes.



CONTRAMÃO – É compreensível parlamentares ligados ao setor dos taxistas manifestarem suas opiniões contra a entrada em nossa capital do UBER. Não é tolerável tentarem utilizar das prerrogativas para criarem leis que impeçam a exploração de uma atividade privada em detrimento ao interesse coletivo. O UBER é bom para a população em todos sentidos: propicia a boa concorrência e melhora o atendimento. Nossos deputados e vereadores estão na contramão das boas práticas. Ademais, caso tentem impedir a implantação do serviço na capital, o melhor caminho para desobstruir eventuais óbices é a justiça. Como ocorreu em outras cidades. UBER é irreversível aqui e alhures, bando de bobos.

Regionais : Urupá recebe Oficina Sebrae de Empreendedorismo
Enviado por alexandre em 28/03/2017 11:07:08


Urupá recebe Oficina Sebrae de Empreendedorismo

Entre os dias 27 e 31 de março, Microempreendedores Individuais (MEI), donos de Micro e Pequenas Empresas (MPE) e potenciais empresários do município de Urupá terão a oportunidade de participar de mais uma edição da Oficina Sebrae de Empreendedorismo (OSE). O evento está sendo realizado no Salão da Igreja Católica na abertura se fez o Superintendente do Sebrae Rondônia o economista Valdemar Camata Junior e o prefeito do município Célio Lang (PP) e todo seu secretariado.

A OSE tem como objetivo despertar habilidades, competências e comportamentos empreendedores em seus participantes, que receberão orientações técnicas sobre práticas de gestão e inovação em negócios por meio de palestras, dinâmicas em grupo e consultorias em suas próprias empresas.

O público é dividido em salas, coordenadas por consultores credenciados ao Sebrae, que vão abordar temas como ‘O empreendedor e suas competências’, ‘Nasce uma ideia de negócio’, ‘Entenda os riscos do seu negócio’, ‘O desafio da mudança’ e ‘Como fazer sua empresa crescer – novos rumos’.

Durante a OSE, os participantes também são incentivados a criar uma empresa real no “Desafio Meu Negócio”, a fim de colocar em prática os conceitos abordados na oficina. Por meio do desafio, os participantes desenvolvem suas técnicas empreendedoras em um ramo diferente do que eles estão habituados a trabalhar, além de lidar com processos de vendas, planejamento estratégico e controle financeiro. Ao final do encontro, serão contabilizados os lucros de cada empresa.

De acordo com Valdemar Camata, a OSE será uma ótima experiência tanto para quem já tem uma empresa, quanto para aquelas pessoas que pensam em abrir um negócio no futuro.

“Quem já tem uma empresa poderá aprimorar suas habilidades de administrar um negócio. Para quem não tem, pensa em abrir uma ou já tem uma ideia na cabeça e não sabe como desenvolvê-la na prática, a OSE é um evento excelente para obter conhecimento, abrir a mente e fazer com que o participante enxergue oportunidades de negócio”, destacou.

O prefeito Célio Lang disse que ao promover a OSE, o Sebrae quer fomentar a criação de novos empreendimentos na região e estimular o crescimento dos que já estão implantados no município. Na oportunidade o chefe do Poder Executivo municipal agradeceu ao governador do Estado Confúcio Moura pelo apoio que vem dando ao município de Urupá através de ações governamentais em prol da comunidade e ao Sebrae/RO que tem acreditado no potencial do município.

A OSE em Urupá é promovida pelo Sebrae, por meio do Projeto de Desenvolvimento Territorial (DET), em parceria com a Prefeitura Municipal de Urupá, Sala do Empreendedor, governo do Estado por meio da Suder, Câmara municipal e Associação Comercial e Industrial de Urupá.

Assessoria

« 1 2 3 (4) 5 6 7 ... 6211 »