Mais Notícias - Forbes: Temer deve cair e Brasil enfrentará nova crise - Notícias
« 1 2 3 (4) 5 6 7 ... 2781 »
Mais Notícias : Forbes: Temer deve cair e Brasil enfrentará nova crise
Enviado por alexandre em 19/01/2017 09:27:22

Forbes: Temer deve cair e Brasil enfrentará nova crise
Postado por Magno Martins



Forbes diz que Michel Temer não deve concluir mandato

Reportagem afirma que pesquisas relatam 64% de rejeição ao governo atual

Jornal do Brasil

"Os homens fecham suas portas contra um sol poente", escreveu Shakespeare em Atenas. É uma regra apropriada para os governos que se aproximam do fim de seus termos ou que se tornam patos coxos. O presidente do Brasil, Michel Temer, está em uma situação semelhante agora, e recentemente viu três sinais claros de seu apoio diminuir com outra crise interna atingindo em cheio seu governo", afirma a Forbes em matéria publicada nesta quarta-feira (18).

O Congresso aprovou a assistência financeira aos governos estaduais sem promulgar pré-condições para cortar custos e equilíbrio orçamentos locais. Ao fazê-lo, o Congresso estava respondendo a apelos de funcionários do governo local e funcionários públicos, evitando a culpa de instituir medidas de austeridade. Apesar das extensas negociações entre o ministro das Finanças, Henrique Meirelles e a Câmara, o Congresso rejeitou as condições solicitadas pelo Poder Executivo. Temer declarou inicialmente que não era uma perda importante, mas desde então mudou de ideia e vetou parte do pacote. Ao não admitir sua própria derrota no início e, em seguida, ceder, Temer mostrou a extensão da fratura no topo do governo, diz a reportagem.

Auditoria indica que dívida do RJ supera R$ 13 bilhões
Postado por Magno Martins

Ivanir José Bortot – Blog Os Divergentes

O Planalto não acredita em uma solução para a renegociação das dívidas do governo do Rio de Janeiro para esta semana, como chegou a ser anunciado pelo governador, Luiz Fernando Pezão. O presidente da República, Michel Temer, tem conversado quase diariamente com Pezão, mas a oficialização do acordo depende do trabalho da área do Tesouro e Secretaria de Fazenda do Rio.

Pelo menos dois aspectos atrasam o acordo: a demora da auditoria na dívida do Rio de Janeiro feita pelo Tesouro Nacional, que já apurou um passivo superior aos R$ 19,3 bilhões inicialmente previstos, e o aumento da preocupação dos funcionários da União sobre a legalidade do contrato.

O Tesouro não quer deixar nenhuma dívida embaixo do tapete, para evitar que o esforço fiscal exigido do Rio acabe sendo menor do que o necessário e os problemas de endividamento continuem no futuro.

Após as decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) a favor do Rio de Janeiro sobre exigência de aval da União, os funcionários do Tesouro estão submetendo todos os contratos ao Tribunal de Contas da União (TCU) para parecer prévio sobre as exigências de contrapartida que serão feitas ao governo carioca.

É que muitas das exigências, como redução de horas trabalhadas e aumento de contribuições previdenciárias dos servidores do Rio, não estão amparadas em lei federal. Vão depender de aprovação pelo poder legislativo estadual, um flanco aberto para contestação na justiça se for entendido que o governador Luiz Pezão estaria assumindo um compromisso no papel com o Tesouro sem amparo legal.

Mais Notícias : RN: nova rebelião e mais um preso assassinado
Enviado por alexandre em 19/01/2017 09:26:13

RN: nova rebelião e mais um preso assassinado
Postado por Magno Martins

Detentos da Penitenciária Estadual do Seridó se rebelaram nesta quarta.
Durante briga de facções, 26 presos foram mortos em Alcaçuz.

G1 RN - Anderson Barbosa e Fred Carvalho

O sistema prisional do Rio Grande do Norte registra mais uma rebelião e mais um preso assassinado. Aconteceu na noite desta quarta-feira (18) na Penitenciária Estadual do Seridó, o Pereirão, em Caicó, cidade da região Seridó do estado. Segundo a Coordenadoria de Adminsitração Penitenciária (Coape), além do preso morto outros sete detentos foram feridos. O preso morto ainda não foi identificado. De acordo com a Coape, a situação foi controlada por volta das 22h10.

Segundo Zemilton Silva, diretor da Coape, os presos do Pavilhão B quebraram um portão, entraram em uma área onde antigamente funcionava a cozinha da unidade e quebraram tudo. Guariteiros atiraram para conter maiores ações.

Os presos ainda atearam fogo em objetos e estão no teto da unidade empunhando bandeiras. Há muito fogo. O carro do Corpo de Bombeiros precisou reabastecer.

O Pereirão tem capacidade para 257 homens; havia em dezembro 297. A capacidade para mulheres é de 56; há 53. Os dados são do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Mortes
O sistema prisional potiguar vive dias de tensão e sangue. No sábado (16), presos do pavilhão 5 da Penitenciária Estadual de Alcaçuz se rebelaram e invadiram o pavilhão 4. Houve briga envolvendo duas facções rivais e 26 detentos foram mortos. Destes, 15 foram decapitados. Alcaçuz fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal.

Natal: ruas vazias e pedestres sem transporte público
Postado por Magno Martins

Ônibus incendiado em rua de Natal no mesmo dia de transferência de presos amotinados há cinco dias

Folha de S.Paulo

Uma série de ataques a ônibus e delegacias assustou os moradores de Natal nesta quarta-feira (18). Ao anoitecer, as ruas ficaram vazias de pedestres e o tráfego de veículos, bem abaixo do normal, já que muitas pessoas foram para casa mais cedo.

Ao todo, foram registrados 15 ônibus incendiados e tiros disparados contra duas delegacias. Segundo a Secretaria de Segurança Pública os ataques estão sendo apurados, mas há indícios de que tenham sido ordenados por membros da facção Sindicato do Crime do Rio Grande do Norte.

A ação seria uma represália contra a transferência de 220 membros da facção do presídio de Alcaçuz, na região metropolitana de Natal (RN). As remoções começaram nesta quarta, após o Batalhão de Choque entrar na unidade e encerrar a rebelião que já durava cinco dias e deixou 26 detentos mortos.

Com os ataques, a frota de ônibus da cidade foi recolhida. Sem opção, as poucas pessoas na rua acabavam optando por voltar para casa com táxis, que foram autorizados a fazer lotação. O taxista Ademir Silva, 62, disse que os natalenses não tinham alternativa de locomoção desde o fim da tarde.

A funcionária pública Gilvani Oliveira, 32, no entanto, aguardava no ponto de ônibus na frente de um shopping, ainda com esperança da chegada do coletivo.

"Estávamos aproveitando a noite para fazer algumas compras quando fomos surpreendidos com a notícia de que os transportes estavam sendo recolhidos. Estou esperando há quase meia hora e até agora nada", disse acompanhada do filho de 12 anos.

Ao ser questionada se temia alguma ação criminosa, ela disse que preferia confiar na polícia. "Espero que consigam controlar a situação", completou. Segundo capitão Fabio Sandrine, supervisor das operações da PM na Grande Natal, mais de 80 policiais estarão atuando na cidade durante a madrugada.

Em Ponta Negra, na zona sul da cidade, o calçadão estava praticamente vazio, embora nos restaurantes e bares da região o movimento fosse considerado normal pelos empresários.

Leia reportagem completa: Após ataques, Natal tem ruas vazias e pedestres sem transporte público


Mais Notícias : Câmara: Fundo Partidário e amigos pagam campanhas
Enviado por alexandre em 19/01/2017 09:24:48

Câmara: Fundo Partidário e amigos pagam campanhas
Postado por Magno Martins

O Estado de S.Paulo - Igor Gadelha

Os principais candidatos a presidente da Câmara estão viajando aos Estados para pedir votos em jatinhos particulares emprestados por amigos ou pagos com recursos do Fundo Partidário, que é abastecido com dinheiro público. Eles não revelam, porém, os custos dessas viagens, que devem se intensificar nas próximas duas semanas, que antecedem a eleição na Casa, marcada para 2 de fevereiro.

Sem poder usar o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) a que tem direito como presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), candidato à reeleição, já viajou a nove Estados e pretende visitar outros quatro até o fim desta semana em jatinho alugado por seu partido. Segundo o presidente do DEM, senador Agripino Maia (RN), os recursos para pagar a aeronave vêm do Fundo Partidário. “Fiz a devida consulta ao departamento jurídico e disseram que não havia problema”, disse Agripino ao Estado.

A Lei dos Partidos Políticos prevê que os recursos do fundo devem ser usados para bancar campanhas para eleições em que há voto popular. Não especifica, porém, nenhuma proibição nem permissão ao uso para campanhas do Legislativo. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou não ter jurisprudência sobre o tema.

Mais Notícias : Queda e coice: pastor agora quase se afoga
Enviado por alexandre em 19/01/2017 09:23:11

Queda e coice: pastor agora quase se afoga
Postado por Magno Martins



Divulgação/Corpo de Bombeiros

Valdomiro posa ao lado dos agentes de resgate; essa é a segunda vez que o pastor "foge" da morte só nesse mês
Portal IG

O pastor Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, foi resgatado na manhã desta quarta-feira (18) pelo Corpo de Bombeiros após passar a noite em alto mar, dentro de um barco à deriva, em Ilhabela, no litoral de São Paulo.

O pastor – que já ganhou a atenção da mídia neste ano após ter sido esfaqueado em meio a um culto – estava na embarcação com mais dois homens. Segundo os bombeiros, eles foram resgatados perto do Farol da Ponta do Boi.

Por volta das 22h desta terça-feira (17), o Corpo de Bombeiros foi acionado para efetuar o resgate, devido a uma pane elétrica na embarcação de Valdemiro. Mas foi apenas na manhã desta quarta, por volta das 5h, que o barco foi localizado. Ninguém ficou ferido.

Facadas no pescoço (e no bolso dos fiéis)

Essa é a segunda vez que o pastor Valdemiro Santiago "foge" da morte só nesse mês. No último dia 8, o líder religioso levou uma facada no pescoço durante um culto em um templo da Igreja Mundial do Poder de Deus, no Brás, no centro de São Paulo.

Um dos pastores mais conhecidos do Brasil, Valdemiro realizava o culto, por volta das 8h, quando um desconhecido o atacou. Ele levou 20 pontos no pescoço e se recuperou bem.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito pelo ataque foi preso e encaminhado para a 8º Distrito Policial, no Brás. Ele teria tido uma discussão com o pastor semanas antes do ataque, o que teria motivado o atentado.

Dois dias após o ataque, Valdemiro retornou à Igreja Mundial do Poder de Deus e pediu aos fiéis a colaboração de R$ 8 milhões de reais ao mês. De acordo com ele, o valor lhe é necessário para manter o seu canal de TV, destinado à igreja, no ar.

“Deus me deu vocês, não como propriedade, mas como filhinhos, irmãos. Quero ser pai de vocês. Ajudem essa obra. Deus vai lhes dar muito para ajudar”, disse o pastor Valdemiro em meio ao seu culto.

Mais Notícias : Apresentador chama cantora de macaca e é afastado
Enviado por alexandre em 19/01/2017 09:22:23

Apresentador chama cantora de macaca e é afastado
Postado por Magno Martins

O apresentador do programa Balanço Geral, da TV-Record, em Brasília, foi afastado, ontem, da emissora por cometer crime de racismo. Ele chamou a cantora Ludmilla de "macaca". Veja abaixo a nota da emissora e a repecurssão do caso.

"A Record TV vem a público lamentar os transtornos causados à cantora Ludmilla, sua família e seus fãs motivados por um comentário feito pelo apresentador Marcão no Balanço Geral DF. A Emissora repudia qualquer ato dessa natureza e afirma que este tipo de conduta não está na linha editorial de nosso Jornalismo. Por este motivo, a Record TV Brasília optou por rescindir o contrato do apresentador Marcão."

O empresário de Ludmilla, Alexandre Baptestini, informou ao jornal Correio Braziliense que a funkeira vai entrar com um pedido de prisão de Marcão do Povo, que está à frente programa Balanço Geral do Distrito Federal. O apresentador chamou a cantora de "macaca" ao comentar uma reportagem do quadro A Hora da Venenosa.

O apresentador falava a respeito de uma notícia sobre Ludmilla supostamente ter combinado com o garçom de um restaurante carioca para que ele mentisse que ela estava gripada para evitar que os fãs se aproximassem para tirar fotos. "É uma coisa que não dá para entender. Era pobre e macaca. Mas pobre pobre mesmo”, disse Marcão.

Ludmilla publicou no Instagram uma nota sobre o assunto:

O perfil do Twitter do programa Balanço Geral DF chegou a publicar uma sequência de mensagens na tentativa de amenizar a situação e disse que o intuito do apresentador não era ofender a ninguém, já que 'macaca' é um termo regional. O perfil foi deletado nesta quarta-feira. Veja as mensagens:

"Referente ao caso que está sendo divulgado nas redes sociais e em alguns veículos, a RecordTV Brasília e o Balanço Geral informam que não apoiam quaisquer tipo de preconceito, independente de qual seja. Temos a plena certeza de que o apresentador @MarcaoTV apenas utilizou uma expressão regional para se manifestar, sem o intuito de ofender a cantora Ludmilla ou qualquer outra pessoa. Houve apenas uma troca do adjetivo que acompanha a palavra. A expressão em si é amplamente utilizada em estados do Centro-Oeste", diziam os tweets.

Após contato da reportagem, a assessoria de imprensa da cantora informou que o departamento jurídico tomara todas as medidas legais cabíveis. A funkeira também já processou a apresentadora Val Marchiori por comentários racistas. Durante uma transmissão de Carnaval, a socialite disse que Ludmilla tinha "cabelo de Bombril".

« 1 2 3 (4) 5 6 7 ... 2781 »