Política - PESQUISA - Notícias
« 1 ... 1038 1039 1040 (1041) 1042 1043 1044 ... 1056 »
Política : PESQUISA
Enviado por alexandre em 10/06/2010 01:11:18



Instituto Previsão realiza pesquisa eleitoral nos municípios de Rondônia

Sob a coordenação do professor Chagas Pimentel uma equipe do Instituto Previsão vem realizando uma pesquisa eleitoral nos municípios de Rondônia.

Segundo o professor Chagas a pesquisa vem sendo feita dentro d que preconiza a legislação eleitoral vigente no país e visa saber a preferência no momento dos eleitores para: governador, senador e presidente da república no questionário constam os nomes para governador: João Cahulla (PPS), Eduardo Valverde (PT), Confúcio Moura (PMDB), Expedito Júnior (PSDB) e Acir Gurgacz (PDT).

Para senador: Ivo Cassol (PP), Agnaldo Muniz (PSC), Fátima Cleide (PT), Tiziu Jidalias (PP) e Valdir Raupp (PMDB) e para presidente da República: José Serra (PSDB), Marina Silva (PV) e Dilma Rousseff (PT) no questionário o eleitor tem a opção de opinar em quem votaria assim como Ele não votaria.

O professor Chagas Pimenta disse que a Previsão Tecnologia da Informação é uma empresa genuinamente rondoniense e a única no estado registrada no Conselho Regional de Estatística - CONRE da 1º região sob o nº 55 e tem no seu quadro de recurso humano estatístico (uma exigência da Lei), sociólogo que monitora a equipe de pesquisadores que na sua grande maioria é formada por alunos universitários, matemático e outros profissionais da área.

A empresa atua nos segmentos de planejamento e realização de pesquisas de opinião pública, desenvolvimento e manutenção de sistemas de informação e consultoria estratégica.

O professor Chagas explicou que a pesquisa eleitoral é o termômetro de todo o processo de camapanha do candidato. Segundo ele, é o momento em que serão analisados o impacto do perfil e as propostas de governo do candidato junto aos eleitores. “Os candidatos precisam tomar cuidado com as pesquisas, pois elas são como verduras: altamente perecíveis”, afirmou Chagas.

Chagas comentou que este período é o momento de detectar qual a intenção de votos do eleitor. “Se necessário planejar novos rumos a seguir para que novos eleitores sejam conquistados”, lembrou.


Quanto ao índice de rejeição de um candidato, Chagas afirmou que nasce a partir do desagrado do eleitor. “Na maior parte das vezes isto ocorre porque o eleitor já conhece o candidato de algum cargo público e rejeita os seus feitos ou os não feitos”, esclareceu.


Ainda conforme o consultor, dificilmente um candidato com índices superior a 35% de rejeição consegue se eleger. “Mas para tudo há exceção. Há diversos casos de políticos que tinham altos índices de rejeição e acabaram revertendo o processo com uma campanha bem estruturada e uma estratégia eficaz”, afirmou Chagas que acrescentou ainda “Nas eleições trabalhamos praticamente com dois tipos de pesquisa: quantitativa e qualitativa”, concluiu o professor que tem 25 anos de experiência na área.

Maiores informações acesse www.previsaoti.com ou ligue (69) 92687915

Autor: Alexandre Araujo

Fonte: ouropretoonline.com

Política : MULHER
Enviado por alexandre em 08/06/2010 01:17:17



Pré-candidata Sônia Arrabal quer maior participação da mulher na política

A participação da mulher na política ainda e muito tímida, muito abaixo de outras atividades nas quais dividimos quase todo tipo de atribuição com os homens e diante desta realidade que a pré-candidata a deputada estadual pelo PT advogada Sônia Arrabal que levantar esta bandeira de luta.

Para a militante Sônia Arrabal é discrepante realidade entre representação política das mulheres e de sua participação populacional: Hoje o sexo feminino representa mais de 51% da população brasileira, porém há apenas 8,97% de mulheres na Câmara Federal, 11,61% nas Assembléias Estaduais, 11,11% entre os governadores estaduais e 14,8% do Senado.

A pré-candidata petista exemplificou a Câmara municipal de Ouro Preto que tem apenas uma mulher (Rosaria Helena) como representante assim como na Assembléia Legislativa do Estado – ALE/RO dos 24 deputados apenas uma cadeira é ocupada por uma mulher a deputada Daniela Amorim o que implica em afirmar que é uma bancada machista.

Outro desafio segundo Sônia mesmo com a instituição da cota de 30% para mulheres candidatas nos partidos não se garantiu na prática a efetiva participação feminina na vida político-partidária, As mulheres muitas vezes acabam sendo incluídas numa disputa para fazer ‘figurino” .

“Ainda precisamos combater este mito de que “política é coisa de homem” e a mulher acaba não valorizando o seu papel político. Porém é inegável constatarmos a grande participação de mulheres em instituições organizadas da sociedade civil como associação de bairros, entidades sociais e sindicatos (além das instituições religiosas). Podemos assim dizer, que as mulheres possuem uma participação na vida política intensa, mas ainda insignificante na vida política partidária”, disse a advogada e acrescentou.

“Esta inserção das mulheres nos diversos segmentos da sociedade civil são os espaços mais indicativos para consolidarmos uma consciência, a cada dia, de que a organização e intervenção das mulheres na política partidária é caminho fundamental para novas conquistas”, concluiu a pré-candidata a deputada estadual pelo PT Sônia Arrabal que no último fim de semana participou de um encontro do partido em Porto Velho e teve o seu nome pré- aprovado para a convenção estadual marcada para o dia 30/06

Autor: Alexandre Araujo

Fonte: ouropretoonline.com


Política : PSDB
Enviado por alexandre em 07/06/2010 18:29:23



Comitiva do PSDB recebida de Vale do Anari a Vilhena



Vale do Anari, Theobroma mais os distritos 5º BEC e Assentamento Palmares engrossam a lista de cidades com adesão à pré-candidatura de Expedito Júnior ao Governo do Estado pelo PSDB. No último sábado a comitiva percorreu essas localidades, mais a tradicional festa da Roima, onde foi recebido pelos organizadores da festa e populares, que lotaram o recinto.
Em Vale do Anari, ainda pela manhã, Expedito Júnior, juntamente com Agnaldo Muniz- pré-candidato ao Senado pelo PSC- e Hamilton Casara- presidente regional do PSDB e pré-candidato à Câmara Federal-, fez visitas a amigos de longa data e foi surpreendido também com a participação de mototaxistas e taxistas, que lhe agradeceram pela regulamentação do mototaxi e por ter conseguido aprovar projeto que transforma as placas de taxi em patrimônio de família. Sete vereadores da cidade também estiveram junto a Expedito nas reuniões, que serviu ainda para demonstrar o quanto o pré-candidato ao Governo tem aceitação em toda a região. Os vereadores são Carlos Santos (PSB), Celso Souza (PTB), João Correia (PR), Josimar Pacheco (PSB), Manoel Gomes (DEM), Manoel Pereira (PTN) e Reginaldo Andrade (PTN). Ainda junto com a comitiva estiveram o ex-prefeito de Theobroma, Adão Nink (PSDB) e Stela Mari Martoni, ex-prefeita de Jaru e pré-candidata à Assembleia Legislativa.
Outro grupo visitado em Vale do Anari foi o de pastores de evangélicos, que em todo Estado tem levado o nome de Expedito Júnior e Agnaldo Muniz. Nas visitas aos pastores a tônica foi mesmo críticas ao Plano Nacional de Direitos Humanos, instituído pelo governo federal que, na visão de Agnaldo Muniz, vai contra os princípios da família. O pré-candidato ao Senado pelo PSC criticou ainda a adesão de senadores rondonienses para a aprovação desse projeto, afirmando que fará de tudo para que não continue penalizando as famílias e o direito de posse, entre outros pontos.
Após as visitas em Vale do Anari a comitiva liderada por Expedito Júnior fez visitas aos distritos 5º BEC e Assentamento Palmares, onde a família Maltezo (Nil da Total Móveis, Angelo e Edmar) organizaram ainda uma tarde de filiações com forte participação da comunidade.
As visitas aos municípios rondonienses incluíram ainda no domingo Cacoal, onde houve grande festa de MotoCross, e Vilhena, que pela terceira vez conseguiu o título de campeão rondoniense de futebol.





Política : Tráfico
Enviado por alexandre em 07/06/2010 18:00:00



PF prende de Ouro Preto por tráfico

PF/RN apreende 40 quilos de crack com cinco pessoas de Ouro Preto do Oeste

A Polícia Federal no Rio Grande do Norte apreendeu 40 quilos de crack ontem (6), em Ceará-Mirim, na Grande Natal.
Os agentes interceptaram dois veículos com placas de Rondônia na madrugada do domingo, e chegaram a uma casa onde encontraram garrafas PET com a droga.


Em decorrência da apreensaão, foram presos sete suspeitos, cinco deles de Ouro Preto D'Oeste, em Rondônia, e dois naturais do Rio Grande do Norte.


A PF já fazia um levantamento em todo o Estado sobre o tráfico, e há cerca de um mês investigava suspeitas em Ceará-Mirim. A presença de cinco pessoas de Rondônia na cidade, hospedadas em uma pousada, e que circulavam com dois carros daquele Estado aumentaram as suspeitas dos agentes.

Os cinco andavam na companhia do irmão de um homem preso no ano passado por tráfico de drogas pela PF. A polícia continuou o monitoramento dos dois carros e à meia-noite de domingo fez a abordagem dos ocupantes do de um deles.


Diante da abordagem, os rapazes confessaram que a droga estava na casa de uma das pessoas do grupo, o rapaz de Ceará-Mirim que seria o guardião.


A droga provavelmente vinha da Bolívia, passava por Rondônia, e chegava em Ceará-Mirim para ser distribuida na Grande Natal. A estimativa do delegado da PF Sandro Luciano Carom é de que a quantidade da droga daria pra 80 mil pedras de crack.

A estimativa da PF é de que seria possível produzir 80 mil pedras com os 40 quilos de droga apreendidos. Negociadas ao valor de R$ 5, renderia R$ 400 mil. “Com a quantidade de droga acreditamos que seria possível abastecer toda Grande Natal”, afirmou o delegado e superintendente da PF/RN, Sandro Luciano Carom.

Droga estava dentro de garrafas pet

Das cinco pessoas que trouxeram a droga de Rondônia, uma delas se disse a responsável pelo transporte da droga e que havia chegado a Ceará-Mirim naquele dia. O crack havia sido transportado dentro de garrafas “pet” no tanque de combustível dos dois veículos.

“Um dos motivos, além da placa, que chamou a atenção dos policiais foi o fato de o Uno ter um forte cheiro de gasolina. Isso é um indício que o combustível foi retirado para a colocação da droga. Mas, é percebido apenas quando há certa experiência por parte dos investigadores. Mesmo se eles tivessem passado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), dificilmente seriam pegos, visto que os documentos dos veículos estavam todos legais e não levantariam suspeitas”, explicou o delegado.

De Rondônia para Natal são, aproximadamente, 5 mil quilômetros e a viagem, de carro, dura em média quatro dias. Como já é de praxe da PF, nenhum nome dos envolvidos pôde ser divulgado. Pelo menos, até que a investigação seja concluída. “Acreditamos que a quadrilha seja maior e esse foi apenas o início das investigações. Vamos tentar descobrir qual a rota utilizada para chegar até o Brasil porque, provavelmente, a droga veio da Bolívia”. Segundo o delegado Carom, os sete presos devem ser indiciados por tráfico de drogas e associação para o tráfico.



A operação contou com a participação da Polícia Militar de Ceará-Mirim.



Em contato com exclusividade com a reportagem do sitio www.ouropretoonline.com a assessoria de comunicação social da PF/RN informou os nomes dos acusados sendo: Markon de Souza Vitor, André de Oliveira Silva, Ivair Pereira Filho, Wilson Santos da Silva, Josué Fernandes Ramos, Oseías Geraldo de Souza, Jailton João de Souza e Francilvanio Cabral Dantas os veículos aprendidos foram: Um Fiat Uno, cor branca com placas de Ouro Preto (não informada) e um Voyage modelo 2009, cor prata placas de Ji-Paraná.

O delegado da Polícia Federal Cristian Gomes que comandou a operação disse que outras pessoas estão sendo investigadas tanto no Rio Grande do norte como em Rondônia especialmente em Ouro Preto do Oeste de onde os traficantes tem residências, A PF informou ainda que vai disponibilizar as fotos dos envolvidos para imprensa.


Autor: Alexandre Araujo e Tribuna do Norte

Política : FUTEBOL
Enviado por alexandre em 07/06/2010 00:18:10



VEC é Tri-campeão!



O Lobo do Cerrado conquista campeonato rondoniense pela terceira vez. Num jogo não apto para cardíacos, o Vilhena Esporte Clube teve dificuldades para vencer e quase vê o título escorrer pelas suas mãos.




É a quinta vez consecutiva que o VEC disputa uma final no campeonato rondoniense sendo a terceira conquista lograda com suor e esforço. O mérito do VEC vai além dos gramados, pois nos bastidores sempre enfrentou dificuldades alheias ao âmbito esportivo.

Aos cinco minutos do primeiro tempo Augusto Cesar coloca a bola dentro das redes do gol do Ariquemes. A Torcida Organizada vibra no uníssono fazendo o estádio Portal da Amazônia estremecer de emoção.




Os jogadores de ambos os times jogavam de igual a igual, uma hora era o VEC outra era o Ariquemes. Aos 21 minutos Cesar Baiano, de pênalti, marca o primeiro gol do Ariquemes deixando num silêncio sepulcral o estádio.

Cesar Augusto tem um gol anulado devido a uma falta. Não demorou muito e o crack do VEC Edilson Pereira novamente vence a defesa do goleiro Ary deixando em vantagem o Lobo do Cerrado aos 30 minutos. Vec 2 x 1 Ariquemes.

Aos 35 minutos Souza no intuito de fazer gol, tira a bola para fora das redes do Ariquemes, se não tivesse tocado nela seria o terceiro gol do VEC.

No segundo tempo, bastou somente cinco minutos para que o goleador Souza marque seu 24° gol no campeonato rondoniense 2010. A Torcida Organizada se enche de euforia e o VEC vislumbrava o tri.

O técnico Ivair Cenci faz mudanças e aos 17 minutos entra Senegal e sai Edilson Pereira em meio a aplausos.

O bandeirinha anula um gol do Ariquemes aos 33 minutos e os jogadores quase armam uma confusão no jogo.

Aos 26 minutos o atacante Souza sai devido a uma lesão, a torcida aplaude e entra Jessé.

O atacante do Ariquemes , Batista, aproveitando sua estatura tenta fazer um gol com a mão, mas a bola pega na trave, nem o juiz e nem o bandeirinha viram a jogada.

O VEC se sentiu confiante com a vitória de 3 x 1 e começou a baixar o nível do jogo. Mas o Ariquemes mostrou que chegou à final porque eram bons mesmo.
Aos 35 minutos o camiseta número 11 Saulo chuta e a bola passa por meio das pernas do goleiro Rocha, fazendo o 3 x 2, diminuindo a vantagem do VEC.

Três minutos depois Tardeli, ex-jogador do VEC, fez o terceiro gol do Ariquemes. O gol do empate a escassos minutos do final deixou os vilhenenses com um gosto amargo, o que parecia tranqüilo tornou-se desespero. O Gaúcho do Milho passava a mão no rosto e reclamava de uma mudança mal feita pelo técnico Ivair Cenci.

A torcida do Ariquemes estava reduzida a umas quantas camisetas amarelas, torcedores fiéis que não levaram uma decepção e sim, uma demonstração de raça e determinação por parte dos seus atletas.
Finalmente após sete minutos de tensão o juiz apita, o Vilhena Esporte Clube é tri-campeão, a torcida vai ao delírio, os jogadores choram de alegria, nas arquibancadas as bandeiras e os gritos de alegria se confundiam.

O técnico Paulo Cezar foi para cima do juiz Almir Belarmino Caetano e tentou agredi-lo, sendo contido pela polícia militar, ele disse: “Esse título é seu!”

Compareceram ao estádio 2459 torcedores, entre eles 2009 pagantes e 450 não pagantes, obtendo uma arrecadação de R$32.680,00

Ficha Técnica
VEC 3 x 3 Ariquemes
Local: estádio Portal da Amazônia (em Vilhena);

Árbitro: Almir Belarmino Caetano;
Auxiliares: Edmar Rodrigues Araújo e Valdecir Ferreira da Silva;

Gols: Edilson Pereira aos 5’, Cezar Baiano aos 20’ e Edilson Pereira aos 39’ do 1º; Souza aos 6’, Andrade aos 36’ e Tardelli aos 39’ do 2º;

Cartões Amarelos: Souza (VEC); Batista e Cezar (Ariquemes);

VEC
Rocha; Jonatan, Edilson Pastor e Magrão; Luizinho, Sorbara, Kukau, Magrão, Marcelo Soares e Edilson Pereira (Senegal); Souza (Jessé) e Augusto César (Joel). Técnico: Ivair Cenci.

Ariquemes
Ari; Batista, Biro e Marcone (Kanu); Rafael (Andrade), Reginaldo, Cezar Baiano, Neno, Elzon (Tardelli) e André Diniz; Cezar e Saulo. Técnico: Paulo César Alencar.

Autor e fotos: Nano Labajos

« 1 ... 1038 1039 1040 (1041) 1042 1043 1044 ... 1056 »