« 1 (2) 3 4 5 ... 1339 »

Política : Bolsonaro diz que Lula é “um bêbado que quer dirigir o Brasil”

Presidente fez diversas críticas ao petista durante evento em Brasília

Presidente Jair Bolsonaro Foto: PR/Clauber Cleber Caetano

Durante a abertura do Encontro Nacional do Agro, promovido pela Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) nesta quarta-feira (10) em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a se referir ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), mesmo sem citá-lo nominalmente, como um “bêbado que quer dirigir o Brasil”.

– A proposta de regulação da produção agrícola o cara já tirou do programa de governo. Malandro como sempre. Sem caráter. Um bêbado que quer dirigir o Brasil – disse Bolsonaro.

Leia também1 Ministro Edson Fachin se despede da presidência do TSE
2 Mesmo com 9 milhões de visualizações, Flow com Bolsonaro não entra na aba "em alta" do YouTube
3 Record chama Arthur do Val para participar de A Fazenda
4 G7 exige que Rússia retire tropas de centrais nucleares da Ucrânia
5 TSE aprova contas de Ciro, mas cobra devolução de R$ 348 mil

Bolsonaro também voltou a dizer que questionou aos banqueiros em reunião recente na Federação Brasileira de Bancos (Febraban) se aceitariam um funcionário que os roubou para trabalhar com eles novamente.

– É óbvio que não [empregariam de novo]. O Brasil é uma Ferrari ou melhor que isso. Se botar uma pessoa com certos vícios para pilotar a Ferrari, ela vai capotar na primeira curva. O Brasil só não capotou, porque é muito grande – afirmou.

O presidente também disse que o Brasil foi “assaltado” por 14 anos e declarou que a Petrobras foi endividada em R$ 900 bilhões ao longo desse período.

– Está aqui o presidente da Petrobras e já vimos melhoras, mas ela ao longo de 14 anos foi endividada em R$ 900 bilhões, fruto de corrupção, roubalheira e loteamento político de diretorias. Algo semelhante [ocorreu] no BNDES com empréstimos a ditaduras – afirmou.

Bolsonaro finalizou destacando, também sem citar Lula nominalmente, que o petista assinou recentemente uma carta “em defesa da democracia”, mas que “vivia de amores” com figuras como Fidel Castro e Evo Morales.

– Vimos há pouco uma cartinha em defesa da democracia. Olha quem assinou por último: o cara que vive ou vivia de amores com Fidel Castro, Hugo Chávez, Nicolas Maduro, Evo Morales e Néstor Kirchner. Em época de campanha, pessoal vira bonzinho – completou.

*AE

Política : Ciro pode ter candidatura barrada no TSE

Vereador quer impugnar o registro de candidatura devido a falas racistas


Ciro Gomes Foto: EFE/SEBASTIÃO MOREIRA

O pré-candidato a deputado federal Fernando Holiday (Novo) apresentou nesta terça-feira (9), ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), um pedido de impugnação do registro de candidatura de Ciro Gomes (PDT) à Presidência.

Holiday, que é vereador em São Paulo, argumentou que o registro do pedetista é completamente “antagônico à legislação” por causa de uma condenação em primeira instância por “falas racistas”.

Leia também1 Bolsonaro critica plano de Lula para regular produção agrícola
2 Bruno Gagliasso ataca Bolsonaro e ganha resposta de Mario Frias
3 Zambelli ironiza a imprensa por criticar a "queda dos preços"
4 Lula critica benefícios sociais do governo e diz estar preocupado
5 Em evento da Caixa, Bolsonaro defende pauta conservadora

Ele também pediu, em outra ação, que a Corte investigue o ex-ministro por abuso.

Em junho de 2018, durante entrevista à rádio Jovem Pan, Ciro chamou Holiday de “capitãozinho do mato” por sua oposição às pautas defendidas pelo movimento negro organizado e por pretos e pardos, como a política de cotas raciais nas universidades públicas.

Numa nova entrevista ao programa Morning Show, da Jovem Pan, em 2019, o ex-ministro voltou a chamar o vereador paulistano de capitão do mato e “nazista”.

As declarações de Ciro foram feitas sob a justificativa de que o parlamentar paulista afronta diretamente interesses da população negra.

– A pior coisa que tem é o negro que é usado pelo preconceito para estigmatizar, que era o capitão do mato no passado – afirmou Ciro.

Holiday também já foi alvo de contestação por lideranças do movimento negro.

– A candidatura do impugnado é uma aberração jurídica, permitir que um condenado seja registrado como candidato é fazer chacota com o cidadão, Ciro Gomes cometeu um dos crimes mais deploráveis: reduziu um homem pela cor de sua pele. É inconcebível a possibilidade de seu registro de candidatura – diz o documento apresentado por Holiday.

O vereador argumentou ao TSE que a condenação de Ciro é suficiente para torná-lo inelegível, porque “a vida pregressa dele macula, notoriamente, a moralidade”.

No documento, Holiday ainda afirmou que a Justiça Eleitoral não deve emitir qualquer juízo de valor sobre a condenação do pré-candidato à Presidência pela Justiça comum.

A Lei da Ficha Limpa considera inelegíveis os candidatos que tiverem condenações definitivas, quando não há mais chance de recorrer, ou por tribunais colegiadas. Ou seja, as cortes em que as decisões são proferidas por mais de um juiz.

A regra, porém, não se enquadra à situação de Ciro, que foi condenado apenas na primeira instância. Procurado pela reportagem, o ex-ministro não apresentou nenhum comentário sobre a ação do vereador até a publicação deste texto.

*AE

Política : PT orienta Janja, esposa de Lula, a não falar com a imprensa

PT orienta Janja, esposa de Lula, a não falar com a imprensa

Ideia seria evitar que alguma declaração da socióloga fosse usada contra o petista, informou colunista


Ex-presidente Lula ao lado da esposa, a socióloga Janja Foto: Bruno Ulivieri/ AgNews

Com a proximidade das eleições deste ano, o Partido dos Trabalhadores (PT) segue focado em tentar eleger o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a Presidência. E uma ações tomadas neste sentido, de acordo com o colunista Igor Gadelha, do Metrópoles, foi orientar a esposa do petista, socióloga Rosângela Silva, a não conceder entrevistas à imprensa durante a campanha.

O temor do PT é que alguma fala de Janja possa ser utilizada pelos adversários de Lula como propaganda negativa.

Leia também1 Michelle sobre Lula tomando banho de pipoca: "Isso pode, né?"
2 Bolsonaro sobre Lula-Alckmin: "Marcola e Beira-Mar se unindo"
3 Eleições: Confira as declarações de bens dos presidenciáveis
4 Holiday aciona o TSE e pede que candidatura de Lula seja negada
5 Bolsonaro no Flow tem o dobro da audiência de Lula no Podpah

Um dos exemplos citados pelo colunista diz respeito a falas progressistas de Janja sobre determinados temas, como a questão do aborto.

Política : Bolsonaro agradece a Michelle: “Me ajuda a vencer desafios”

Presidente pediu uma salva de palmas para primeira-dama durante evento


Michelle Bolsonaro Foto: Isac Nóbrega/PR

Em evento realizado em São Paulo nesta terça-feira (9), o presidente Jair Bolsonaro (PL) pediu aplausos para a sua esposa, Michelle Bolsonaro, e agradeceu pela ajuda que ela tem prestado em sua campanha à reeleição este ano. Segundo o chefe do Executivo, ter Michelle como sua companheira faz dele um homem mais feliz.

– Olha, eu tenho falado: “Quando um homem solteiro está cansado de ser feliz, ele procura uma mulher e se casa para ser mais feliz ainda”. Obrigado, Michelle. A barra é pesada, e você tem me ajudado bastante a vencer esses desafios – declarou o presidente.

Leia também1 Em debate, candidato do PCO defende a "extinção total" da PM
2 Bolsonaro sobre Lula-Alckmin: "Marcola e Beira-Mar se unindo"
3 Ministros do STF visam aumento do próprio salário em 18%
4 Defesa diz "não interferir" em posições pessoais de militares
5 Fachin cita 'pseudoafirmações de fraude' a juristas governistas

Na ocasião, ele e a primeira-dama participavam da abertura do Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (Siavs). Michelle está acompanhando o líder do Planalto em sua agenda pela cidade de São Paulo nesta terça. O casal ainda deve marcar presença no lançamento do Programa Caixa Pra Elas, da Caixa Econômica Federal, e participar de reunião com o sindicato patronal do setor imobiliário.

A primeira-dama tem se mostrado ativa na campanha. Ela, inclusive, foi a primeira a discursar na convenção que marcou o lançamento da candidatura à reeleição do presidente, realizada no Maracanãzinho no último dia 24 de julho. Na ocasião, ela disse que Deus tem promessas para o Brasil e que Ele é o pilar do governo Bolsonaro.

– Esta nação é próspera, esta nação é rica, ela só foi mal administrada. Deus tem promessas para o Brasil, e estas promessas irão se cumprir. Esta luta não é contra homens e mulheres, é contra principados e potestades – declarou.

Na ocasião, a primeira-dama também refutou a ideia de que o presidente seria contra as mulheres.

– Falam que ele não gosta de mulheres, [mas] ele foi quem mais sancionou leis de proteção para as mulheres: 70 leis – assinalou.



Política : Pros retira candidatura de Marçal e deve apoiar Lula

A candidatura presidencial do coach Pablo Marçal foi retirada pela nova direção do Pros. A formalização ocorreu em Brasília, na última sexta-feira (6), após a convenção nacional, mas uma nova decisão judicial fez com que houvesse mudança na cúpula do partido.


A remoção da candidatura foi feita de maneira unânime em votação realizada com a presença de 29 correligionários na reunião. A ata foi registrada pela agremiação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). 

 

Com a retirada de Marçal, a nova direção do Pros vai declarar apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no primeiro turno da eleição presidencial, que ocorrerá no dia 2 de outubro.

 

O partido vive uma guerra judicial desde semana passada, tendo mudança na direção três vezes. Em 31 de julho, a Justiça determinou que Eurípedes Júnior voltasse ao comando da sigla. Porém, três dias depois, ele foi removido do cargo, sendo substituído por Marcus Holanda.

 

Só que, na quinta-feira (4), o ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) Ricardo Lewandowski devolveu a presidência do Pros para Eurípedes.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

Marçal avisou que irá recorrer da decisão e acusou a retirada da sua candidatura de ser um golpe. “Minha candidatura é um ato jurídico perfeito, dentro do prazo hábil. Tem que ter um prazo para divulgação o que está rolando agora é um golpe, estão fazendo uma reunião de maneira escusa”, concluiu.

 

Fonte:iG

LEIA MAIS

« 1 (2) 3 4 5 ... 1339 »