Policial - Pau torto - Notícias
« 1 ... 150 151 152 (153) 154 155 156 ... 177 »
Policial : Pau torto
Enviado por alexandre em 09/05/2011 16:44:34



Meliante arromba casa de policial e ainda tenta matá-lo

Danilo Marcilio da Silva, 26, sem residência fixa foi preso sob a acusação de furto a residência e lesão corporal. Segundo informações prestadas pela Polícia Militar, o meliante Danilo Marcilio, arrombou uma residência de um policial militar e no ato de ousadia ainda tentou matá-lo com uma pedra de aproximadamente 5 kg, sendo que a vitima ficou lesionada gravemente na perna esquerda.

O meliante Danilo Marcilio que tinha em seu desfavor um mandado de prisão preventiva em aberto, na companhia de outro elemento (a policia já identificou), arrombaram o portão de uma residência pertencente a um policial militar. Os dois elementos foram surpreendidos por uma viatura do Núcleo de Inteligência da Polícia Militar, quando estava no quintal da residência e tentaram empreender fuga pulando muros de algumas casas.

O meliante Danilo foi capturado, enquanto o seu comparsa conseguiu fugir das garras dos policiais militares. Preso o meliante Danilo reagiu e com uma pedra tentou matar o proprietário da residência, que por muito pouco não teve a sua vida ceifada tamanha foi a valentia do infrator, a vitima foi atingida na perna esquerda e ficou com uma grave lesão no local.

Diante do delegado Marcos Vinicius Filho, o meliante Danilo disse que sabia que naquela residência morava um policial e por isso resolveu furtar para provar sua ousadia.
Após os procedimentos legais o delegado, lavrou o ato de flagrante delito em desfavor do meliante Danilo por furto à residência e lesão corporal, além de ter um mandado de prisão em aberto pelo crime de assalto à mão armada, em seguida o meliante foi recolhido a Casa de Detenção local onde ficará a disposição da Justiça.


Autor: Alexandre Araujo


Fonte: ouropretoonline.com


Policial : Na marra
Enviado por alexandre em 05/05/2011 11:18:58



Homem não aceita fim de relacionamento e agride ex-namorada

O funcionário público municipal Lúcio Ribeiro de Azevedo, 34, morador da zona rural de Ouro Preto do Oeste, foi acusado de agredir a sua ex-namorada funcionaria de um supermercado da cidade conforme ocorrência policial nº. 1001/2011. O motivo da agressão segundo apurou a Polícia é que o infrator não aceita o fim do relacionamento e para isso resolveu radicalizar e na base da violência física e moral exigir um reatamento do namoro.

A vitima que tem 26 anos, disse na Polícia que desde que terminou o namoro não vem tendo sossego, pois o infrator está ameaçando e seguindo a mesma até no seu local de trabalho e falando que iria matá-la, inclusive chegou ao ponto de invadir a residência da mãe da vitima.

Esta semana a vitima quando saia do seu local de trabalho foi surpreendida pelo agressivo infrator que com a voz ameaçadora tomou o aparelho celular das mãos da vitima e em seguida fugiu. A Policia Militar foi acionada e ao fazer diligência próxima a residência da vitima localizou o infrator com o celular subtraído minutos antes e sem se importar para as conseqüências judiciais em tom de ameaça disse. “Se Ela (vitima) não mudar de cidade vai levar um tiro na cabeça”. O infrator foi conduzido para a DP local para os procedimentos legais. Na presença do delegado Marcos Vinicius Filho, o infrator alegou que pegou o celular da sua ex- namorada apenas para verificar as mensagens e negou que tenha feito ameaça conta a vida da mesma. Após ouvir as partes o delegado arbitrou fiança de um salário mínimo em desfavor de Lúcio Ribeiro que pagou e foi posto em liberdade.

Autor: Alexandre Araujo

Fonte: ouropretoonline.com

Policial : Falastrão
Enviado por alexandre em 26/04/2011 19:32:46



Irandir parece que não perde mesmo o hábito de ser inimigo da verdade alardeou nos quatro cantos que estava adquirindo o jornal Folha de Rondônia. Pura mentira pelo menos declarou o empresário Ayres Amaral proprietário do matutino em contato com o competente jornalista Alan Alex veja o que diz na coluna Painel Político

Negando

Ayres Amaral, proprietário do jornal Folha de Rondônia negou que esteja vendendo o periódico para o complicado (e põe complicado nisso) ex-prefeito de Ouro Preto Irandir Oliveira. Ayres disse ter sido procurado por interlocutores que falavam em nome de Irandir, dizendo que existia o interesse, mas reunião e conversas mesmo, nada.

Relembrando

Para quem não sabe ou não lembra, Irandir Oliveira é figura conhecida nos meios policiais. Chegou a ser condenado por tráfico de drogas pela justiça do Mato Grosso, foi afastado do cargo por improbidade administrativa e estava sumido desde então. A última dele é uma acusação por parte da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) que afirma serem falsos os documentos apresentados por Irandir para conseguir a liberação para explorar linhas interestaduais por sua empresa, a Transbrasil (que nada tem a ver com a companhia aérea).

Policial : Nas malhas da Lei
Enviado por alexandre em 20/04/2011 02:00:10



Polícia Militar manda mais dois traficantes para a cadeia em Ouro Preto

O Núcleo de Inteligência da 3ª Companhia de Policiamento Ostensivo de Ouro Preto prendeu na noite de terça-feira (19) duas pessoas acusadas de tráfico de entorpecente. Os acusados Douglas de Oliveira, 20, morador da Rua José Lenk nº. 2058, COHAB e Marlucia Gonçalves Ferreira, 25, foram presos com 128 gramas de crack, droga esta que seria comercializada em uma boca de fumo mantida pelos acusados que algum tempo estavam sendo monitorados pela Polícia.



De acordo com informações repassadas a imprensa policiais militares do Núcleo de Inteligência, receberam uma informação dando conta que o elemento Douglas iria receber uma certa quantidade de droga de uma pessoa que trabalha em um bar próximo a Rodoviária estadual. De posse desta informação policiais passaram a monitorar os passos do elemento Douglas que ao chegar ao portão da sua residência foi abordado pelos policiais que questionaram onde estava a droga e vendo que a casa tinha caído, o elemento disse que a droga estava escondida em um terreno baldio localizado na Rua Gralha Azul. Conduzido até o local indicado o elemento mostrou aos policiais onde estava escondida a droga que segundo Douglas foi repassada por uma mulher identificada como sendo Marlucia Ferreira, grávida de seis meses.

A acusada foi localizada num “bar do Celso”, e diante dos fatos confessou que a droga pertencia ao seu irmão Marcelo Gonçalves Ferreira, preso na última segunda-feira (18) por policiais militares no centro da cidade. Douglas disse que não estava vendendo droga e apenas estava prestando um favor para uma amiga que pediu para o mesmo guardá-la.

O delegado titular da DP local Cristiano Martins Matos após ouvir os acusados lavrou o ato de flagrante delito com base no Art. 33 (tráfico) do Código Penal Brasileiro – CPB e caso sejam condenados poderão pegar até 12 anos de prisão. Douglas que foi acusado de ter participado do assassinato de José Carlos Tureta o popular “Pipiu”, no mês de agosto de 2009, mas foi absolvido pelo Tribunal do Júri Popular e Marlucia Gonçalves, foram recolhidos a Casa de Detenção local onde ficarão a disposição da Justiça.

Autor: Alexandre Araujo

Fonte: ouropretoonline.com

Policial : A casa caiu
Enviado por alexandre em 17/04/2011 22:34:30



Duas mulheres são presas ao tentar entrar com droga na Casa de Detenção de Ouro Preto

Agentes penitenciários da Casa de Detenção de Ouro Preto do Oeste e policiais civis prenderam duas mulheres acusadas de tentarem passar droga para dentro da unidade prisional. As acusadas Maria Perpétuo Socorro Bastos, vulgo “sol”, 50, com residência fixa na cidade de Rio Branco/AC e Maria Apelfeler, 54, moradora da Rua Tupinambá nº. 096, bairro Jardim Aeroporto I, tentaram passar droga para dentro da Casa de Detenção, utilizando um tubo de creme dental e dentro estavam seis parangas de crak que deveria ser entregue para os apenados Cristiano Bastos Pereira (filho de Maria Perpétuo) e Fábio Apelfeler (filho de Maria), ambos estão preso por tráfico de entorpecente.



Segundo relato dos agentes penitenciários a Senhora Maria Apelfeler, chegou no portão da Casa de Detenção e disse que queria entregar uma encomenda para o apenado Cristiano Bastos, quando o pacote foi aberto foi notado algo entranho no tubo de creme dental ao abrir os agentes encontraram a droga. Ao ser questionada sobre a droga, Maria, disse que uma mulher conhecida por “sol”, tinha ido na sua residência e pedido para que a mesma entregasse alguns objetos de higiene pessoal para o seu filho que estava preso.

Diante desta informação os agentes penitenciários informaram o fato ao delegado Marcos Vinicius Filho que juntamente com a equipe de narcótico saíram em diligência no intuito de prender a tal “sol”, que foi reconhecida quando estava em frente a um supermercado próximo a Rodoviária estadual. A acusada no inicio negou qualquer participação no fato, mas vendo que a casa tinha caído, resolveu levar os policiais civis até um quarto de um hotel localizado na Rua José Lenk, lá foram encontrados indícios que a droga foi introduzida no tubo de creme dental naquele local.

Diante dos fatos o delegado Marcos Vinicius, lavrou o ato de flagrante delito em desfavor das duas mulheres com base no Art. 33 (tráfico) do Código Penal Brasileiro – CPB e caso sejam condenada poderão pegar até 12 anos de prisão. Após os procedimentos legais as traficantes foram recolhidas na Casa de Detenção local onde ficarão a disposição da Justiça.

Autor: Alexandre Araujo

Fonte: ouropretoonline.com

« 1 ... 150 151 152 (153) 154 155 156 ... 177 »