Justiça - Mundo Cão - Notícias
« 1 ... 176 177 178 (179) 180 181 182 183 »
Justiça : Mundo Cão
Enviado por Visitante em 11/06/2010 14:38:28
Justiça



Vereadores de Ouro Preto segue o que disse São Francisco "é dando que se recebe" e o povo que se lasque

COLUNA MUNDO CÃO

O político que teme a VERDADE

Quando Bertolt Brecht escreveu — "a verdade é filha do tempo e não da autoridade" — denunciava o esforço autoritário de impor dogmas que não resistem à cobrança mais radical de todas. As verdades cujo prazo de validade se esgota em alguns anos são mentiras camufladas, manipulação da linguagem, arremedos de verdade que, como tais, causam medo, e não alegria. Você gestou público já parou para pensar o que é a verdade? A que ela está relacionada, como devemos colocá-la em prática? Por que muita gente foge dela? Por que é mais fácil mentir ou omitir a verdade, doa a quem doer?

A MENTIRA

Mentir é falar ou dizer algo contrário à verdade; é a expressão e manifestação contrária ao que alguém sabe, crê ou pensa. Pode-se crer na mentira, falar mentira e praticar a mentira. É o engano em seus diferentes aspectos; nocivo ao ser humano e ofensa grave diante de Deus. O diabo é o pai da mentira (João 8:44) e, portanto, a mentira é um instrumento diabólico que o homem usa para sua própria perdição. O mais triste é que o homem ama a mentira, não ama a verdade pois ele é mau por natureza (Romanos 1:25; Apocalipse 22:15).

Não precisa processar

“Eu prendo e arrebento”, foi a célebre resposta do general João Figueiredo ao questionamento sobre se era de fato prá valer aquela transição para a democracia. O último presidente militar do pós 64, queria mesmo naquela ocasião, em meados dos anos 80, era enfatizar que realmente estava em curso, sob seu comando, um processo de abertura política no País. Pela forma intempestiva como reagiu a uma simples pergunta de um repórter, o que ficou prá história é que o general jamais se libertara do ranço autoritário do regime. Prender e arrebentar realmente nunca combinarão com democracia. Guardadas as proporções e respeitadas as ressalvas de natureza ideológica entre uma personalidade e outra, pegou muito mal a ameaça de ingressar com processos judiciais, feita por um certo político a este jornalista que vos escreve.

As frases de Stanislaw

“No Brasil as coisas acontecem, mas depois, com um simples desmentido, deixam de acontecer”. Atualíssima a frase do Stanislaw Ponte Preta, especialmente se aplicada ao vai e vem, ao disse me disse, da política em Rondônia hoje. Qualquer semelhança com o quadro partidário estadual não é mera coincidência. Agora, nestas outras quatro também de Stanislaw encontre as personalidades políticas do estado em especial na região polarizada pelo município de Ouro Preto do Oeste a quem melhor vincular as alternativas correspondentes: *Mais vale um filé no prato do que um boi no açougue.*Antes só do que muito acompanhado. *O sol nasce para todos, a sombra pra quem é mais esperto* Há sujeitos tão inábeis que sua ausência preenche uma lacuna.

Quem paga mais é 1º lugar

O Brasil vive um momento dos mais quentes no que se refere ao debate político-eleitoral. Um dos temas mais cantarolados, entretanto, é o tocante às pesquisas pré-eleitorais, estas formadoras de opiniões diversas sobre a veracidade ou não dos números apresentados. E nessa linha caminham os entendimentos acerca do resultado, variando sempre de acordo com a conveniência momentânea de cada agrupamento político traduzindo em miúdos quem paga mais tem o seu nome na dianteira daí se faz necessário existir uma fiscalização eficaz por parte da Polícia Federal e Ministério Público Eleitoral no tocante a veracidade da pesquisa que é divulgada assim como opiniões a favor de determinado político com ou sem mandato.

Publicidade da Câmara


Estamos na metade do ano de 2010 e até o presente o momento a Câmara de vereadores de Ouro Preto ainda não abriu a licitação para a publicidade o que nos leva a uma pergunta ao nobre presidente da Casa de Leis vereador Gilvanes Fernandes (PTN) o que será que o Senhor está esperando para lançar o edital de licitação e também como fica a divulgação dos atos do Poder Legislativo municipal será que vem tendo respaldo jurídico e como fica o Tribunal de Contas do Estado nisso tudo?. Dizem que o valor de R$ 33 mil até dezembro é muito baixo, mas ai vale uma ressalva na opinião deste jornalista é muito dinheiro para divulgar trabalho nenhum dos nove vereadores que são verdadeiros come e dorme do erário público.


Publicidade da Prefeitura

A prefeitura municipal de Ouro Preto lançou o edital para seu plano de publicidade até ai tudo bem se não fosse alguns vícios contidos no certame o que nos leva acreditar que o prefeito Alex Testoni (PTN) vem sendo mal assessorado por pessoas no que diz respeito à elaboração de um edital não precisa ser um jurista para saber que a Lei nº. 8.666 de 21 de junho de 1993 não foi observada no seu bojo por completo.

Boiolagem argentina

A seca de títulos mundiais da seleção de los hermanos é tão grande, que até promessas absurdas já pintaram por lá.
Depois de Don Diego Maradona, afirmar que caso os argentinos faturem a copa, ele ficaria nú nas ruas de Buenos Aires, agora, a nova promessa do staff portenho, veio nesta semana com o coordenador-técnico da seleção, Carlos Billardo.
Em entrevista à um programa da rede de TV Telefe, Billardo foi enfático na resposta à pergunta do apresentador, que indagou sobre o que o mesmo prometeria se a Argentina fosse tricampeã.
Sem pestanejar, Billardo disse que faria sexo com o autor do gol do título. Não, você não leu errado. Ele (Billardo), fará sexo com o autor do gol do tricampeonato, se a Argentina for a campeã.
Tudo bem que o sexo, a cerveja e o churrasco estão liberados na delegação de lá, durante o Mundial, mas daí, já é atestado de boiolagem explícita.
O apresentador estupefacto com a resposta de Carlos Billardo, enfatizou a sua pergunta e novamente, o ex-treinador afirmou a sua promessa.
Ao final da entrevista, Billardo perguntou se a sua resposta foi gravada o que teve confirmada. E saiu com um leve sorriso amarelo típico de um "Me fudi legal!".

Corre-corre político

Em todo o País começou o “corre-corre” dos partidos políticos para as eleições de Outubro próximo. Tem político já conhecido tentando se reeleger, outros querem voltar para o poder, novas personalidades também estão aparecendo e ainda aqueles que nunca perderam a esperança de ganhar uma eleição. Para completar o cenário só falta mencionar que as listas de promessas e de propostas continuam extensas e cada vez mais difíceis de cumprir.

Abraços no ar proibidos

A Rádio Sociedade da Bahia não poderá enviar os tradicionais "abraços calorosos" no dia das transmissões de partidas de futebol, assim como nos programas jornalísticos e musicais que a referida Rádio transmite conforme determinação dada pelo Tribunal Regional Eleitoral. O TRE afirma ter percebido irregularidade nas transmissões agora, os elogios e envios de "abraços" só poderão ser dados pessoalmente. Seria de bom agrado para a democracia que a Justiça Eleitoral leia-se Ministério Público Eleitoral de Rondônia passasse a fiscalizar os programas ora vinculados em uma determinada estação de Rádio com abrangência em Ouro Preto do Oeste, apenas para lembrar rádio é uma concessão pública e o que estamos ouvindo é um palanque eleitoral antes do tempo e um aviso aos navegantes tudo está devidamente gravados caso alguém nos questione.

Vereador que gosta de ar

Tem um determinado vereador da região que ama um bom ar, calma amigos o dito cujo não quer ser um oficial da Aeronáutica e sim gosta de ter um bom ar condicionado não para refrescar seu corpo e sim seu bolso que por sinal anda com alguns “comprimidos” para dor de cabeça que em breve o nobre edil vai ter.

Mamando nas tetas

Coisa boa trabalhar (sic) em uma função ganhar como se fosse outra e por cima tendo no contra-cheque a chamada “produtividade” é assim a vida de um ex-politico da região que por sinal já hipotecou o seu apoio para mais de uma dezena de pré-candidatos a deputado estadual e tem compromisso com dois governáveis será que o voto do ex é feito matemática se dividi, soma, diminui e por ai vai.

Câmara São Francisco

A atual legislatura de Ouro Preto do Oeste nem bem completou um ano de atuação e já é considerada como a pior deste a emancipação política/administrativa do município. E por isso que já é conhecida como uma Câmara omissa com os vereadores dando um de São Francisco, na base do “é dando que se recebe”.

Lavando as mãos

As denúncias que foram publicadas dando conta das possíveis irregularidades cometidas na Secretaria Municipal de Ação Social - SEMAS parece que não foram levadas a cabo por quem deveria ao menos ir até a imprensa e explicar qual ou quais as providencias que seriam adotadas e por falar na SEMAS como perguntar não ofende qual o destino do programa “Pró Jovem” se alguém tiver noticia que nos informe a propósito estamos com um documento em mãos que comprova uma irregularidade em um certo conselho e para adiantar não tenho procuração do prefeito para defender, mas atesto que isso Ele não sabe.

Fator positivo

A administração do Hospital Municipal a cargo da competente Ivone Vicentin e o Canil municipal que vem sendo adequado dentro da nossa realidade méritos para o fiscal de carreira Joelmir Araujo e sua equipe.

Fator negativo

Uma certa figurinha que agora se intitula “o supra sumo” da prefeitura e que no passado recente foi noticia não por ser honesto e sim querer ser o “sabido”, mas a Justiça foi mais rápida do que o pulo do gato e fisgou portanto meu caro quem tem rabo maior do que véu de noiva é bom baixar a bola porque tudo foi devidamente registrado.

Começou bem

Uma figura que foi nomeada recentemente para um determinado órgão estadual aqui em Ouro Preto foi parada em uma blitz de trânsito da Polícia Militar ao lado da prefeitura até ai tudo bem. Mas o que nos chamou a atenção é que o agora portariado estava trajando bermuda, camiseta e chinelo de dedo e o horário era 9:20mim da manhã do dia 11 de junho de 2010 ai eu pergunto neste horário o cidadão deveria está no seu local de trabalho ou Ele trabalha em uma repartição que o traje é moda praia. Em tempo parabéns aos policiais militares que não se acorvadaram com o velho bordão “você sabe com quem está falando”.

A bola da polêmica

A bola que vem sendo alvo de reclamações dos jogadores da Copa do Mundo na África a Jabulani que no Brasil custa R$ 400.00 é fabricada no Paquistão e sai por R$ 1,35 (Um real e trinta e cinco centavos) isso mesmo é a chamada mão de obra barata que as grandes empresas exploram nos países miseráveis.

“Brasil que traga o hexa do país dos “preto veio”


Justiça : EDUCAÇÃO
Enviado por alexandre em 05/06/2010 19:26:39



Universidade Estadual de Rondônia: Afinal quem é o pai da criança

Em época de eleições somos bombardeados com todo tipo de noticias tendo como protagonistas os políticos e para não fugir da regra dois deles fizeram veicular mais uma mentira típica daqueles que estão exercendo cargo eletivo.

Acontece que os deputados estaduais professor Dantas (PT – Ouro Preto) e Tiziu Jidalias (PP – Ariquemes) estão anunciando a criação da Universidade Estadual de Rondônia como se fosse uma coisa inovadora para a classe estudantil sobre tudo aqueles que não têm condições financeiras de pagar um curso em uma Universidade particular.

Em um discurso enfático e cheio de demagogia o deputado Dantas disse que se faz necessário a criação e a imediata instalação da Universidade de Rondônia.

Apelando para o sentimentalismo emocional o deputado petista disse que a criação da UER vai atender os estudantes que não tem acesso as Universidades particulares devido o alto preço cobrado.

Mas o deputado Dantas não ficou sozinho neste tipo de sentimentalismo eleitoral e teve como companhia o deputado estadual e pré-candidato ao senado pelo PP Tiziu Jidalias que quer a imediata implantação da UER.

Cabe lembrar aos nobres deputados que a criação da Universidade Estadual de Rondônia é um projeto encabeçado pelo então deputado estadual Haroldo Santos e isso faz mais de 10 anos o que não é uma novidade.

Houve até mesmo reunião com a sociedade civil organizada em Ouro Preto do Oeste para discutir o assunto e na ocasião ficou pré-acertado que a UER iria funcionar inicialmente na Escola Estadual Joaquim de Lima Avelino até a construção de um Campus próprio que abrangesse os alunos da região central do estado.

Na gestão do então governador José de Abreu Bianco, houve uma denúncia que foram criados mais de 30 cargos para a UER sem nunca a mesma ter sido implantada coisa que somente agora vésperas das eleições o deputado Dantas que é professor veio se preocupar será porque?.

Em contato com o engenheiro agrônomo Haroldo Santos o mesmo parabenizou a iniciativa dos deputados Dantas e Tiziu pela iniciativa e solicitou que ambos empunhem a bandeira da UER.

“Fico feliz que um projeto que tanto defendemos agora volte a ser debatido, espero que vire uma realidade o que vai em muito beneficiar os alunos carentes”, disse o ex-deputado estadual Haroldo Santos.

Autor: Alexandre Araujo

Fonte: ouropretoonline.com



Justiça : IMPRUDÊNCIA
Enviado por alexandre em 30/05/2010 19:58:06



Avenida Daniel Comboni a via urbana da morte em Ouro Preto e prefeitura fica inerte

O trânsito de Ouro Preto do Oeste sempre foi alvo de severas criticas por partes das autoridades estaduais em face do não cumprimento das normas de segurança que disciplina o setor.

E nesta triste realidade a Avenida Daniel Comboni aparece nas estáticas da Polícia Militar como a via campeã em número de acidentes de trânsito, sendo que muitos destes registrados deixaram vitimas fatais e outras com seqüelas.

Como é o caso do vendedor de melancia Luiz Marques, 72 anos que teve a vida ceifada após ser atingido irresponsavelmente por uma mulher identificada apena por “Jandira” que desenvolvia segundo testemunhas velocidade acima dos 100 km em uma via urbana que registra quase que diariamente acidentes segundos dados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.



Antes de ser recapeada a Avenida Daniel Comboni já apresentava altos índices de acidentes, e após a conclusão parcial das obras de recapeamento a via tornou-se uma verdadeira pista de corrida para muitos motoristas e em especial os motoqueiros que aproveitam da qualidade do asfalto e fazem verdadeiros rachas, colocando em risco não só suas próprias vidas como de outras pessoas.

Mas não são só os motoqueiros que estão abusando de serem irresponsáveis, e comprovadamente muitos condutores de veículos leves e pesados (maioria jovens) estão sendo cúmplice para que a cada dia os números aumentem em um quadro que se faz necessário uma ação conjunta de todas as autoridades do município.

Em visita técnica no ano passado os técnicos do DETRAN constaram que o trânsito de Ouro Preto é uma desordem, com motoqueiro que não usa capacete e o carona segue o mesmo exemplo, motorista que dirige sem fazer o uso do cinto de segurança, falando ao telefone celular, crianças sentadas no banco da frente e outras irregularidades previstas no Código Brasileiro de Trânsito – CBT.

Prefeitura tem culpa no caso

A Prefeitura de Ouro Preto tem sua parcela de culpa para os acidentes de trânsito nas vias do município já que a falta de sinalização é uma realidade e na Daniel Comboni onde é quase zero a sinalização o Art. 88 do CBT diz “Nenhuma via pavimentada poderá ser entregue após sua construção, ou reaberta ao trânsito após a realização de obras ou de manutenção, enquanto não estiver devidamente sinalizada, vertical e horizontalmente, de forma a garantir as condições adequadas de segurança na circulação. Parágrafo único. Nas vias ou trechos de vias em obras deverá ser afixada sinalização específica e adequada”.

A reportagem apurou que existe um projeto de sinalização para as vias do município, mas estranhamente está engavetado e não tem prazo para ser colocado em pratica.
Autor: Alexandre Araujo

Fonte: ouropretoonline.com

Justiça : Colhendo
Enviado por alexandre em 27/05/2010 11:46:01



Vídeo lançado em Ouro Preto corta na carne e Testoni tira o boné e chora

O prefeito municipal de Ouro Preto do Oeste, Alex Testoni-PTN, foi surpreendido nos últimos dias com um vídeo feito e editado por profissionais que, na prática, lhe fez tirar o boné e chorar.

As imagens colhidas, de tão duras, na prática, esfacelam seu discurso feito no palanque. Elas confrontam, sem dó nem piedade, o que foi dito anteriormente em busca do voto, com a realidade nua e crua do município sob seu comando. O Rondonoticias teve acesso às imagens.

Numa delas aparece o candidato Testoni, sóbrio, sério, vendendo e entregando austeridade a qualquer custo.

No contraponto, mostra o já prefeito numa negociação de terrenos com uma imobiliária de Goiânia, supostamente comercializando terras do próprio município, segundo o vídeo, para a sua própria família.

Na prática, as imagens do já prefeito, desmentem literalmente o real e mostram Testoni combinando o calçamento de parte do terreno com bloquete e uso de máquinas da municipalidade.

Nas imagens seguintes, vê-se a placa e o chassi do veículo que realizou o serviço: Um caminhão pertencente à frota da prefeitura dentro do terreno, com funcionário e tudo realizando a edificação. Em outra situação, a fita mostra o discurso do prefeito falando de nepotismo e contrário à negociatas. Já imagens de confronto mostram o caminhão de transporte de petróleo pertencente ao Posto Dom Bosco, de propriedade da família, puxando o lixo da cidade.

Em dado momento das imagens, aparece o candidato Testoni dizendo em discurso inflamado, que vai valorizar o comércio local.

Na imagem que o desmente, mostra a prefeitura comprando cimento, segundo o vídeo (80 mil sacas) de sua própria empresa e, por vezes, adquirindo outros produtos no comércio de Ji-Paraná.

O Prefeito Alex Testoni, que já foi deputado estadual e conheceu os intramuros do poder, jamais imaginou que a oposição fosse tão cruel com ele.

Em função disso, discursou em praça pública se desculpando e prometendo não mais fazer o que fez. Em seguida, chorou copiosamente, tirou o boné e pediu ombro aos correligionários ouropretenses.

Neste caso, vale lembrar-lhe de um velho ditado. Faça o que digo, mas não faça o que eu faço.


Autor: Rondonoticias

Justiça : Invasão
Enviado por alexandre em 25/05/2010 12:00:00



Invasão de área pública: invasor diz que não funcionário da prefeitura e procura a polícia

O cidadão identificado como sendo João Alves de Oliveira Filho morador da Rua João Goulart nº. 928 bairro Nova Ouro Preto procurou a DP local para prestar ocorrência policial em desfavor do sitio ouropretoonline.com em razão de uma matéria jornalística vinculada sobre invasão de área pública.

João Alves procurou a DP segundo o mesmo a mando de funcionários da prefeitura e chegou a usar indevidamente o nome do prefeito Alex Testoni, alegando que não é funcionário da prefeitura municipal e que vem sim construindo uma obra em alvenaria em local de preservação ambiental.

João disse ainda que vem erguido a obra durante o dia e não a noite conforme foi vinculado na matéria e que a área foi adquirida na gestão do ex-prefeito Braz Resende (mas não informou como foi adquirida a tal área).

NOTA DA REDAÇÃO

Todo teor da conversa do cidadão João Alves de Oliveira Filho que telefonou do numero 34615900 foi devidamente gravado pela nossa reportagem que servirá de prova caso a Justiça seja acionada.

Informamos que a área localizada na Avenida Duque de Caxias esquina com João Goulart as margens do canal é pública e qualquer construção na mesma é considerada irregular assim é salutar que o prefeito Alex Testoni que desde que assumiu a administração municipal não permitiu invasão em área pública que nos últimos foi bastante ativa em Ouro Preto do Oeste com a “chamada indústria das invasões” com a ciência de autoridades que passaram pela prefeitura e em comum acordo com funcionários.

Autor: Alexandre Araujo


Fonte: ouropretoonline.com


« 1 ... 176 177 178 (179) 180 181 182 183 »