VIÚVA NEGRA - Policial - Notícias
Policial : VIÚVA NEGRA
Enviado por alexandre em 13/09/2021 14:37:25

Mulher que mobilizou cidade por justiça foi quem mandou matar o marido aponta investigações da Polícia

A mulher que ficou conhecida por mobilizar a cidade de Cuiabá exigindo justiça pela morte do marido, o empresário Toni Flor, morto há um ano, é, na verdade, a mandante do assassinato do esposo. Segundo a polícia, Ana Cláudia Flor matou o marido por questões financeiras. O casal tinha três filhos.

Em agosto do ano passado, Toni foi atingido por cinco disparos ao entrar na academia em que costumava lutar. O atirador fugiu. O empresário chegou a ser submetido a uma cirurgia, mas morreu no dia seguinte.

Leia também1 Namorado se declara para Flordelis, presa há um mês
2 Vereador de Duque de Caxias, no RJ, é assassinado a tiros
3 Ator do SBT é encontrado morto em apartamento de São Paulo
4 Filhos denunciam a própria mãe por ferir e castrar servidor do BC
5 RJ: Carnavalesco Paulo Barros é internado após passar mal

Em seus depoimentos, Ana Cláudia insistiu na tese de que o marido foi confundido com um policial rodoviário que também frequenta o local. No entanto, esta hipótese foi descartada logo no início das investigações porque o agente rodoviário só treinava à tarde.

Ana Cláudia chegou a liderar protestos e manifestações pela cidade pedindo justiça pelo marido. Ela também consolou familiares e distribuiu camisetas com a foto da vítima.

No entanto, a conclusão das investigações chocou a cidade: foi Ana Cláudia quem mandou executar o crime. Ela está presa desde o dia 19 de agosto e deve enfrentar o júri popular.

A mulher nega a acusação.

Ana Claúdia Flor e o marido, Toni Flor Foto: Reprodução

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo