Água Contaminada com fezes em Porto velho + João Gonçalves Junior em 2022 + Confúcio diz que não é candidato - Resenha Política - Notícias
Resenha Política : Água Contaminada com fezes em Porto velho + João Gonçalves Junior em 2022 + Confúcio diz que não é candidato
Enviado por alexandre em 01/09/2021 15:07:54


facebook sharing button
twitter sharing button
email sharing button
whatsapp sharing button
print sharing button
 Água Contaminada com fezes em Porto velho + João Gonçalves Junior em 2022 + Confúcio diz que não é candidato  - Gente de Opinião

FEZES 

Um relatório sobre a qualidade da água potável para consumo humano em Porto Velho, elaborado por técnicos da Funasa e Fiocruz, a pedido da Secretaria Municipal de Saúde de Porto Velho, revelou que a população da capital está ingerindo água contaminada por coliformes fecais. Um problema que provoca variados tipos de doenças sem que a própria população saiba que está bebendo água com alto índice de contaminação. Não é de hoje que a água para consumo humano em Porto Velho apresenta índices de contaminação microbiológica.  

TRATAMENTO 

A coluna teve acesso com exclusividade ao relatório que indica a necessidade de providências urgentes por parte das autoridades na correção do tratamento da água distribuída pela CAERD, assim como, campanhas de orientação às famílias que utilizam soluções alternativas para seu abastecimento, a exemplo de poços artesianos. Tais soluções exige que seja feito o tratamento intradomiciliar da água para o consumo humano.  

AMOSTRAS 

As coletas para análise foram feitas em 21 de julho e encerraram em 05 de agosto. Foram analisadas sessenta e uma amostras de água destinada ao consumo humano, distribuídas pelo sistema de abastecimento (SAA), soluções alternativas coletivas e soluções alternativas individuas (poços artesianos). Todas, sem exceção, apresentaram índices altos de contaminação. A população da capital está literalmente bebendo água contaminada com fezes.   

LENÇOL  

Como não há tratamento de esgoto na capital, o lençol freático da cidade é contaminado pela forma como é descartado o esgoto pela população. Com o período de chuvas próximo, a contaminação aumenta em razão da falta de tratamento adequado dos detritos, o que faz com que contamine o lençol freático e, por sua vez, contamine a água captada através dos poços artesianos pela população para consumo humano.  

SANEAMENTO 

A promessa de sanear o esgoto e tratar a água potável se renova a cada eleição, mas Porto Velho continua sendo a capital com a menor taxa de coleta de esgoto e tratamento de água. Ao que parece há em andamento um processo para que seja licitada uma empresa interessada em investir no setor, embora não haja notícia clara informando em que fase se encontra. Uma promessa que todos torcem para que se cumpra.  

EFEITO ORLOFF 

Em papo informal com um “cardeal”  do MDB, este cabeça chata ficou sabendo que uma reunião ocorrida em Brasília, entre o ex-senador Amir Lando e o senador Confúcio Moura, no apartamento do segundo, ficou acertado que a princípio Lando sairia candidato ao Senado e Moura a governador. Amir Lando voltou a aparecer no estado (embora não resida mais por estas bandas há bastante tempo) e anunciar a pré-candidatura.  

TO BE OR NOT TO BE 

Confúcio Moura nega publicamente que seja candidato a governador. O problema é que nas duas vezes em que saiu candidato negou até quanto pode, mas terminou candidato. Quando Confúcio diz que não é candidato é porque ele é candidatíssimo, observou o “cardeal emedebista”.  Quanto a Lando, somente ele acredita na própria pretensão. Época de eleição ele canta de galo, em breve vai embora de novo cantar noutro terreiro feito ‘galo veio’.  

PERFIL 

A primeira dama da capital, Ieda Chaves, começa a ser incentivada a disputar uma cadeira na Câmara Federal ou na Assembleia Legislativa. É um nome com apelo forte em razão das ações sociais que vem se dedicando desde a posse do prefeito Hildon Chaves, e sem remuneração. Quem consegue se aproximar da primeira dama fica empolgado com a forma tranquila e humilde com que abraça as causas sociais. Aparentemente tem um perfil de madame, mas no trato pessoal é uma criatura de uma humanidade inigualável e um carisma contagiante. Tem chances enormes caso decida encarar a disputa.  

BALÃO 

Pelas perorações do prefeito de Jaru nos veículos de comunicação da capital, João Gonçalves Junior (primo do chefe da Casa Civil), apresentando somente os dados de maior relevância da administração municipal, teêm pretensões maiores nas eleições de 2022, mesmo desconversando quando instado a falar sobre as eleições estaduais. O balão é ainda inflado por quem avalia que há espaço para candidaturas fora dos nomes conhecidos e veem no guri uma alternativa. Não há dúvida de que é bem avaliado em Jaru, mas uma candidatura a governador como falam nos bastidores ainda é algo distante. Como balão, pode inflar imponente e bonito na subida e explodir na descida com resultados catastróficos.  Ademais, a confusão com o sobrenome do primo ainda vai atrapalhar muito por razões que em breve haveremos de testemunhar.  

BARULHO 

As primeira chuvas que caíram em Rondônia nos últimos dias são um prenúncio de muitos trovões e raios nos céus de Rondônia. Na política, como na natureza, o barulho também vai assustar muita gente... 

MEIO AMBIENTE 

O temporal que caiu na capital refrescou um pouco a sensação térmica de calor insuportável na capital onde as queimadas deixam nossas florestas em cinzas. Os malefícios ao Meio Ambiente, relegado pelos órgãos estaduais de controle, refletem em todos os setores, especialmente energético com o aumento do consumo para refrigerar os ambientes. O mundo exige do governo brasileiro ações efetivas para conter a degradação ambiental e a devastação das nossas florestas, os governos estaduais, em particular de Rondônia, tratam o setor com desprezo regulamentando garimpos, relaxando a fiscalização da extração vegetal e diminuindo as reservas ambientais. O resultado concreto é o forno que se tornou o clima de Rondônia. 

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo