PROFISSÕES - Brasil - Notícias
Brasil : PROFISSÕES
Enviado por alexandre em 13/05/2020 23:20:27

Confira 8 maneiras mais bizarras e nojentas que pessoas têm de ganhar dinheiro

Dinheiro é bom e todo mundo gosta. É certo que existe aquele ditado que diz que dinheiro não traz felicidade.

 

Mas convenhamos que ele pode comprar um monte de coisa para deixar alguém mais feliz. Por isso, sempre estamos querendo uma forma de conseguir ganhar mais dinheiro para fazermos o que quisermos. As informações são do Fatos Desconhecidos.

 

Geralmente, a maioria das pessoas ganha seu dinheiro trabalhando. Mas existem outras formas de se ganhar dinheiro e com recursos que temos, por exemplo nosso corpo ou então com alguns hábitos nojentos que a maioria tem. Mostramos aqui algumas dessas formas de se ganhar dinheiro.

 

Veja também

 

Conheça as 7 piores tragédias do mundo pornô: suicídio, estupro, pornografia infantil, incesto...

 

17 fotos históricas que revelam alguns horrores bizarros do nosso passado. CONFIRA

 

Fazendo cocô

 

Fazendo cocô

 

Existe uma bactéria, chamada C.Difficile, que infecta aproximadamente meio milhão de pessoas apenas nos EUA. Entre os sintomas, está a diarreia aquosa, cólicas e, em alguns casos, pode até chegar a ser fatal. Para tratar essa bactéria é receitado antibióticos. Mas mesmo depois de tomá-los a pessoa pode continuar com a bactéria.

 

E uma das soluções para isso, são transplantes de matéria fecal. Os transplantes são feitos pegando o rico bioma intestinal de uma amostra saudável de fezes humanos e transformando em uma pílula para que alguém que tenha a bactéria tome. Isso faz com que a população de bactérias úteis seja reabastecida, além de ajudar a eliminar a C. Difficile.

 

E o cocô extremamente saudável é uma mercadoria rara e que vale muito. Os doadores podem ganhar 250 dólares por cinco amostras por semana. Ou 13 mil dólares por ano.

 

Ganhar peso pela ciência

 

Ganhar peso pela ciência

 

Em 2012, os pesquisadores da da Faculdade de Medicina da Universidade de Washington, em St. Louis, queriam pessoas que ganhassem peso e seriam pagas para isso. Eles estavam pesquisando sobre diabetes e hipertensão e precisavam observar o ganho de peso.

 

Os participantes do estudo tinham que consumir mil calorias extras de fast-food diariamente. O objetivo era entender porque algumas pessoas desenvolvem esses problemas de saúde. Então, os participantes do estudo estavam cientes que poderiam adquiri-los. Eles receberam 3.500 dólares.

 

Peido artístico

 

Peido artístico

 

No fim do século XIX, um menino chamado Joseph Pujol descobriu que tinha um talento bem estranho. Enquanto ele estava nadando, em uma viagem em família, ele sentiu uma sensação estranha depois de mergulhar.

 

Ele então saiu da piscina e foi para uma área reservada onde tirou litros de suas nádegas. O médico de Pujol não se preocupou com aquilo e o garoto não pensou mais naquilo.

 

Anos depois, seus amigos o incentivaram a repetir o feito. Então Pujol descobriu que podia inalar tanto líquido ou ar através de suas nádegas e liberá-los quando bem entendesse. Ele começou a ganhar dinheiro fazendo exibições do seu "talento". E deslumbrava seus espectadores com uma grande variedade de flatos.

 

Comer demais

 

Comer demais

 

Quem nunca teve os olhos maior do que a barriga e comeu demais? Depois que fazemos isso, podemos ter dores de estômago, picos de pressão alta e letargia. Mas algumas pessoas conseguem fazer com que comer demais seja motivo de orgulho e uma forma de ganhar dinheiro.

 

Como é o caso de Joey Chestnut, que é um dos competidores de concursos de comida mais bem sucedidos que se tem notícias. Ele é dono de alguns recordes e já ganhou competições no mundo todo. Em 2010, ele ganhou 218.500 dólares apenas comendo.

 

Arrotar por dinheiro

 

 Arrotar por dinheiro

 

Arrotar pode ser considerado um esporte. E o seu recorde é de 2009, tendo uma duração de um minuto, 13 segundos e 57 milissegundos. Mas para que isso renda dinheiro, é preciso estar no lugar certo, na hora certa. Como foi o caso dessas mulheres, em St. Louis, em 2014.

 

Na época, estavam procurando pessoas para estrelar um comercial de refrigerantes. E a habilidade que eles mais precisavam, era de pessoas que conseguissem arrotar. O anúncio foi publicado e pagava 750 dólares para cada pessoa.

 

 Estourando espinhas

 

 

Quando se trata de espinhas, a recomendação é não espremê-las. Mas todos sabemos que isso é muito difícil. Mas existem os profissionais em espremer espinhas. E existem milhares de pessoas sendo pagas para fazer essa ação nojenta.

 

Essa carreira lucrativa pode pagar em média 345 mil dólares anualmente nos EUA. A médica Sandra Lee tem um canal no YouTube, onde é conhecida como Dr. Pimple Popper, que tem mais de seis milhões de inscritos. E ela conta o porquê do fascínio das pessoas.

 

"É parte fascinação, parte não pode desviar o olhar, não muito diferente de assistir a um acidente de carro. Há também algo satisfatório na resolução, como algo sendo removido que não deveria estar lá e agora a pele foi limpa de uma impureza".

 

 Guia de banheiro


Guia de banheiro

Fotos: Reprodução

 

Quando se está em uma cidade nova ou então em um lugar novo, e vem uma vontade de usar o banheiro, geralmente, vem junto um medo por não saber qual a condição que determinado banheiro estará. Por isso tem aplicativos que podem te dar essa informação, por um preço em troca, logicamente.

 


Um aplicativo, chamado "Toiletfinder", paga 20 dólares pelas análises de banheiros e 100 dólares por semana para seus redatores regulares. E os escritores contribuem anonimamente.

 

  Cheirar suvaco

 

 

O mau cheiro nas axilas é um problema que atinge muitas pessoas, principalmente em países tropicais. Empresas de desodorante paga pessoas para testar novos produtos para combater odor.

 

Meio Norte

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo