IMAGENS FORTES! REBELIÃO SANGRENTA NESTE DOMINGO NO 'FECHADO' DO COMPLEXO PENITENCIÁRIO ANÍSIO JOBIM. SEAP CONFIRMA MORTES DE VÁRIOS DETENTOS - Regionais - Notícias
Regionais : IMAGENS FORTES! REBELIÃO SANGRENTA NESTE DOMINGO NO 'FECHADO' DO COMPLEXO PENITENCIÁRIO ANÍSIO JOBIM. SEAP CONFIRMA MORTES DE VÁRIOS DETENTOS
Enviado por alexandre em 26/05/2019 18:59:55


Corpos de detentos mortos foram encontrados dentro de celas depois que a polícia entrou nos pavilhões rebelados

Neste domingo, 26, em horário de visitas dos familiares, no começo da tarde, os detentos de pavilhões do regime fechado do Complexo Penitenciário Anísio Jobim deram início a uma rebelião bastante sangrenta.


A polícia ainda não confirmou o total de mortos. Os corpos foram encontrado com muitas perfurações dentro de algumas celas.


A secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) confirmou a rebelião por volta das 12h. O Instituto Médico Legal já tinha sido acionado para remover os corpos dos detentos mortos.


A Tropa de Choque e a Rocam, ambos do Batalhão Especial da Polícia Militar do Estado, também foram acionados pela direção do Compaj, localizado no quilômetro 8 da rodovia BR 174.

 

Equipe do IML chegando para iniciar a remoção dos corpos


Foi confirmado que no início do motim os presos fizeram vários visitantes reféns e todos foram levados para o pátio do presídio. Logo em seguida foi iniciada a matança.


Alguns familiares de presos contaram que quando eram retiradas de dentro da unidade pela polícia, chegaram a ver presos amarrados e sendo golpeados pelos detentos rebelados.


A mãe de um detento, senhora com 67 anos de idade que foi visitar o filho neste domingo, passou mal e teve de ser atendida por uma equipe de socorro do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu).


O comentário principal em grupos do WhatsApp é que do lado de fora haviam muitos parentes de presos, que iam visitar os detentos quando a rebelião começou, e que houve muita gritaria, correria e pânico geral dentro do Compaj.

 

Familiares dos detentos foram colocados para o lado de fora e visitas

 foram canceladas após o início da rebelião sangrenta (Fotos: Divulgação) 


As pessoas que visitavam detentos do Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM) que é anexo ao Complexo Penitenciário Anísio Jobim também tiveram que deixar a unidade e as visitas foram canceladas.


Por volta de 13h30 a polícia já havia controlado o motim. A equipe do IML começou a remover os corpos após a realização da perícia criminal dentro das celas onde aconteceram os assassinatos cruéis.


Até ás 14h ainda a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária e a direção do Compaj, ainda não tinham divulgado o número oficial de detentos assassinados durante a rebelião.

 

Mais informações devem ser divulgadas pela Seap no decorrer do dia.

 

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES! 

 

 

 Fotos: Divulgação
 

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo